Por Cleber Aguiar – Joel Santana se despede do Bahia e confirma acerto com o Flamengo

Fonte:Portal IG

Esta será a quinta passagem do técnico pelo time carioca, que deve ser apresentado na segunda-feira

Foto: AE

Joel Santana pediu demissão do Bahia e acertou com o Flamengo

Não demorou muito para o Flamengo achar seu novo treinador. Um dia após a oficialização da demissão de Vanderlei Luxemburgo, o clube anunciou Joel Santana como o substituto. O técnico que se desligou do Bahia também na tarde desta quinta-feira foi ao CT do Tricolor se despedir dos jogadores e confirmou o acerto com o time carioca.

Leia mais: Joel confirma acerto com o Fla e gera reclamação no Bahia

“Ainda não sei quando assumo lá (no Flamengo), precisamos ver. Não estou me despedindo doBahia, é apenas um até logo. É a quinta vez que estou voltando ao Flamengo. E lá eles têm o mesmo carinho por mim”, declarou Joel, que carregava uma bandeira do Bahia nas mãos.

Confira ainda: Luxemburgo diz que sofreu fritura parecida com a de Zico no Fla

Será a quinta passagem do treinador peloFlamengo. Na mais recente, entre 2007 e 2008, Joel conquistou um Campeonato Carioca e deixou a equipe para treinar a seleção da África do Sul. Em seu retorno ao Brasil, passou por Botafogo e Cruzeiro antes de assumir o Bahia em setembro.

Conseguiu que o Tricolor escapasse do rebaixamento no Brasileirão, mas iniciou 2012 já um pouco contestado pelo fraco desempenho no Baiano. O técnico não descarta, no entanto, voltar a treinar o clube no futuro.

“Isso é o momento do futebol. Estou indo, mas posso voltar. Nada vai separar a paixão que nós temos. Nada vai acabar o meu carinho do Bahia. O mundo do futebol muda a todo momento. Estou indo lá para uma missão. Mas se não der certo, quem sabe, o Bahia quiser, e eu estiver disponível, eu volto”, garantiu.

A última partida de Joel Santana à frente do Bahia foi nesta quarta-feira, na vitória de virada sobre o Feirense. Na ocasião, informações já davam conta de que o treinador substituiria Luxemburgo noFlamengo, mas ele garantiu após o jogo que não havia conversa nenhuma com o Rubro-negro. Apesar de a troca vir a se confirmar dois dias depois, Joel mantém o discurso de antes.

“Eu só conversei com as pessoas do Flamengo quando o Luxemburgo não estava mais no cargo. Conheço o Luxemburgo desde a Arábia. Ele não era nem treinador. O Melo, preparador do Luxemburgo, é como um irmão pra mim. O que aconteceu foi ontem. Me ligaram e pediram, e eu aceitei”, esclareceu.

Joel Santana não revelou o tempo de contrato com o Flamengo e só deve ser apresentado pelos cariocas na segunda-feira.

Por Cezar Alvarenga – Após ser demitido, Luxemburgo fala sobre processo de “fritura” e Ronaldinho

Fonte: UOL Esportes

Um dia após ser demitido como técnico do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, na zona oeste do Rio de Janeiro, em que atacou a diretoria do clube. O pentacampeão brasileiro disse ter se sentido “fritado” pela direção dentro da Gávea e ainda cutucou Ronaldinho Gaúcho.

“A diretoria não resolvia os problemas, insistia em varrer as coisas para baixo do tapete. Tem uma hora que complica, não dá para segurar mais, a coisa estoura. Tenho certeza que a Patrícia [Amorim] só tomou a decisão de demitir pela cabeça dos outros. Não foi uma coisa dela. Foi uma pressão das pessoas que a cercam. Isso mostra bem o que acontecia naquela diretoria”, disparou o treinador. “Essa falta de autoridade dela enquanto presidente foi um intenso desrespeito. Ela não foi leal comigo. E eu estive do lado dela o tempo inteiro”, emendou.

“Há aproximadamente um mês, já sabia que ia sair do Flamengo após estes dois jogos da pré-Libertadores. Foi um ‘fritura’ muito bem feita pelas pessoas de dentro da diretoria do clube, muito bem conduzida pelas pessoas que queriam me ver longe dali. Vazaram informações preciosas para a imprensa com o claro objetivo de me desgastar. Foi o processo mais feio que já vi em toda a minha vida profissional”, declarou o veterano treinador.

Luxemburgo afirmou que sua relação com Ronaldinho era apenas profissional e deixou no ar a avaliação de falta de comprometimento do jogador mais famosos do elenco que comandou até esta semana.

“Minha relação com ele era exclusivamente profissional. Eu jamais vou querer o Ronaldinho para casar com a minha filha. Não tenho que ser amigo dele, jantar com ele, ficar distribuindo sorrisos ao lado dele. Eu queria apenas que ele jogasse futebol e cumprisse com seus compromissos. E tenho certeza que isso não era pedir muito”, disse.

O ex-técnico do Flamengo ainda criticou a atuação do cartola Luiz Augusto Veloso como elo entre o grupo e a direção do clube, citando falta de pulso na condução desta relação.

“E outra coisa, falaram muito de problemas de relacionamento do Luxemburgo com o grupo. O desgaste dentro do elenco sempre existe, mas o que ocorreu dessa vez foi uma falta de pulso da diretoria. Eu procurava passar os problemas, mas faltava esse meio campo com a diretoria do clube. Se esse elo da diretoria com a comissão técnica faltou, não é problema meu”, criticou.

A decisão da demissão de Luxemburgo aconteceu após uma reunião na casa de Hélio Ferraz, vice-presidente do clube. Um dos grandes articuladores desta ação foi o vice de finanças, Michel Levy.

“Cada pessoa escolhe seus pares. Ele (Michel Levy) é um homem-chave da administração da Patrícia. As declarações dele trouxeram inúmeros prejuízos ao grupo. E a diretoria tem que arcar com esses prejuízos”, disse.

Por fim, Luxemburgo comparou seu processo de desligamento do Flamengo com a recentemente saída de Zico da direção, em episódio que abalou a antiga amizade entre os dois ex-jogadores.

“Infelizmente, essa coisa de ser fritado parece ser normal no Flamengo. E sempre conduzido pelas pessoas que estão ao lado da presidente. Aconteceu comigo o mesmo que ocorreu com o Zico. O desgaste foi aumentando, ninguém da diretoria se posicionava e a história estourou em cima de nós. É complicado assistir a tudo isso”, afirmou.

A última partida de Luxemburgo à frente do Flamengo aconteceu na quarta-feira, com a vitória por 2 a 0 sobre o Real Potosí, que assegurou para os cariocas uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores.

A expectativa é que a direção do Flamengo anuncie a contratação de Joel Santana nas próximas horas. O veterano treinador comunicou na quinta-feira seu desligamento do comando do Bahia.

Por Cleber Aguiar – Elano e Muricy divergem, e meia inicia ano com saída misteriosa

Fonte: Portal Terra

Elano foi substituído no intervalo da partida. Foto: Alê Vianna/News Free/Gazeta Press

Elano foi substituído no intervalo da partida
Foto: Alê Vianna/News Free/Gazeta Press

Elano iniciou o ano com o pé esquerdo nesta quinta-feira. O meio-campista do Santos permaneceu apenas 45 minutos em campo na estreia dos titulares na temporada, contra o Oeste, após uma substituição misteriosa, não motivada por lesão, que iniciou com um pedido pessoal a Muricy Ramalho, ainda no primeiro tempo.

O jogador fez o sinal de substituição ao banco de reservas e, posteriormente, acabou acertando uma bola no travessão. Ainda chegou a “discutir” com o técnico santista na beira do campo, que chamou Ibson para aquecer, mas só o colocou em campo no intervalo.

“Ele (Elano) falou que estava com dificuldade para marcar, junto ao Pará, do lado direito. Conversei com ele para se acalmar”, relatou Muricy. O jogador evitou dar entrevistas na saída de campo, mas declarou não ter sofrido nenhuma lesão ou indisposição. Mais tarde, por meio do Twitter, o meio-campista santista tratou de negar qualquer atrito.

“Gente, não ouve briga nenhuma entre eu e Muricy (sic)”, escreveu Elano. “Querem arrumar coisa aonde não tem”, acrescentou. Já o meia Ganso ainda deixou o primeiro tempo com a impressão de lesão do companheiro. “Acho que deve ter sentido uma coisa”, disse.

Elano terminou o ano pouco utilizado devido à recuperação de uma lesão e acabou preterido entre os titulares na final do Mundial de Clubes, contra o Barcelona. Durante o último ano, ele se envolveu em polêmicas na sua vida pessoal e passou a ser criticado após atuações inconsistentes, culminadas com dois pênaltis perdidos sequencialmente: nas quartas de final da Copa América, pela Seleção Brasileira, e contra o Flamengo, pelo Santos.

Desde então, Elano tem evitado entrevistas e teve a saída especulada. Pelo retorno, o Santos pagou R$ 6,5 milhões ao Galatasaray, da Turquia, em dezembro de 2010.

ICFUT – Estaduais – Gols

Santos 1 x 1 Oeste – Paulistão 02/02/2012

Madureira 2×2 Botafogo – 3 Gols – Campeonato Carioca 2012 – 02/02/12

São Paulo 1 X 1 Guarani – 4ª Rda. Paulistão 2012 – 02/02/2012

Grêmio 1×0 São Luiz – O Gol da partida – Campeonato Gaúcho 2012 – 02/02/12

Jogos de 01/02/2012

Paranavaí 1 x 3 Coritiba – Gols – Campeonato Paranaense 2012 [01/02/12]

Itumbiara 0 x 2 Goiás – Gols – Campeonato Goiano 2012 [01/02/12]

Fluminense 1 x 2 Boavista – Gols – Campeonato Carioca 2012 [01/02/12]

Palmeiras 2 x 0 Mogi Mirim – Gols – Campeonato Paulista 2012 [01/02/12]

Ituano 0 x 1 Corinthians – Gols – Campeonato Paulista 2012 [01/02/12]

Ceará 5 x 1 Tiradentes – Gols – Campeonato Cearense 2012 [01/02/12]

Vitória da Conquista 4 x 0 Juazeirense – Gols – Campeonato Baiano 2012 [01/02/12]

Juazeiro 1 x 1 Serrano – Gols – Campeonato Baiano 2012 [01/02/12]

Bahia 3 x 2 Feirense – Gols – Campeonato Baiano 2012 [01/02/12]

São Caetano 1 x 1 XV de Piracicaba – Gols – Campeonato Paulista 2012 [01/02/12]

Mirassol 1 x 2 Paulista – Gols – Campeonato Paulista 2012 [01/02/12]

Guaratinguetá 2 x 1 Botafogo-SP – Gols – Campeonato Paulista 2012 [01/02/12]

Bragantino 1 x 1 Portuguesa – Gols – Campeonato Paulista 2012 [01/02/12]

Bangu 1 x 3 Vasco – Gols – Campeonato Carioca 2012 [01/02/12]

Atlético-PR 4 x 0 Roma Apucarana – Gols – Campeonato Paranaense 2012 [01/02/12]