Por Cleber Aguiar – Comercial ganha do Botafogo de virada e no Santão

Fonte: Jornal da Cidade ( Ribeirão Preto )

Em clássico de alto nível, Comercial passa pelo Botafogo no Santa Cruz e deixa rival para trás na tabela

Bruno Bellomi

Foto: J.F.Pimenta / EspecialElionar Bombinha fez jus ao status de principal contratação para o ataque comercialino e marcou os dois gols da vitória do LeãoElionar Bombinha fez jus ao status de principal contratação para o ataque comercialino e marcou os dois gols da vitória do Leão

Foram 26 anos de espera, mas no sábado o Botafogo e Comercial fizeram um clássico digno de suas tradições. De virada, o Leão venceu por 2 a 1 no estádio Santa Cruz, pela 3ª rodada do Paulistão. O astro da noite foi Elionar Bombinha, autor dos gols do Bafo.

O Comercial chegou aos três pontos e está em 13º lugar. Com os mesmos três pontos, o Pantera é 15º.

O Botafogo volta a campo na próxima quarta-feira, às 17h, contra o Guaratinguetá, fora de casa. Já o Leão joga em casa, diante do Catanduvense, também na quarta-feira, às 19h30.

O jogo
A partida começou nervosa e equilibrada. Logo o Botafogo passou a dominar. Aos 10 minutos o lateral-direito Raul cruzou da direita para a grande área, mas o goleiro Alex pegou.

Aos 14 minutos o Pantera chegou ao gol. Paulinho puxou contra-ataque e cruzou, a zaga afastou, mas o meia Alex pegou a sobra e chutou de pé esquerdo no ângulo direito do goleiro Alex.

A partir do gol o Tricolor recuou. O Comercial ganhou terreno e, aos 24 minutos, o meia Romerito tocou em profundidade para o atacante Elionar Bombinha, que chutou de bico na trave esquerda de Márcio.

Aos 40, o Leão chegou ao empate com Bombinha, que recebeu cruzamento do lateral-direito Sidny, ganhou da zaga botafoguense e cabeceou no canto direito de Márcio: 1 a 1 no clássico.

O segundo tempo começou a todo vapor. Aos 17 minutos o atacante Talles Cunha saiu machucado para a entrada do também atacante Lucas Dantas, que sofreria pênalti do zagueiro Fabão, aos 20 minutos.

O lateral-esquerdo Paulinho bateu no canto direito rasteiro e o goleiro Alex fez grande defesa. No rebote o atacante André Dias chutou no travessão.

Como quem não faz toma, o Comercial virou aos 35, com Bombinha. O meia Carlos Magno roubou a bola do volante Gil Baiano, avançou e tocou para o atacante no bico direito da grande área para um belo chute de perna direita no canto direito de Márcio.

O Bota ainda tentou o empate, mas parou nas conclusões erradas dos seus atacantes.

Herói, atacante diz que torcida ajudou muito
Grande herói do clássico Come-Fogo, o atacante Elionar Bombinha não escondeu a alegria por ter dado ao Comercial a primeira vitória em seu retorno à elite. Ele ainda agradeceu a torcida pelo apoio no clássico contra o Botafogo.

“Temos que agradecer a essa torcida maravilhosa que estamos conhecendo agora”, disse.

O atacante ainda comentou que a dedicação nos treinos falou mais alto. “Fico feliz por ter essa sorte que tive hoje [ontem], essa força. Tento me dedicar o máximo e agora temos que dar sequência”, afirmou.

Já o técnico do Comercial, Márcio Fernandes, foi direto aos críticos. “Fechamos os espaços do Botafogo, principalmente nas costas do Rossato. Pude mostrar que, de bola, eu entendo”, comentou.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 x 2 COMERCIAL

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP) 
Data: 28 de janeiro de 2012, sábado 
Horário: 19h30 (de Brasília) 
Árbitro: Marcelo Aparecido de Ribeiro de Souza 
Assistentes: Alberto Poletto Masseira e Alex Alexandrino 
Assistentes adicionais: Thiago Duarte Peixoto e Giuliano Dutra Pellegrini 
Público: 8.191 pagantes 
Cartões Amarelos: Thiago Ulisses (Botafogo-SP); Fabão, Rafinha e Vagner (Comercial)
Gols: BOTAFOGO: Alex Barros, aos 14 minutos do primeiro tempo
COMERCIAL: Elionar Bombinha, aos 39 do primeiro e aos 34 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Márcio; Raul, Cris, Gustavo Bastos e Paulo Junior; Gil Baiano, Alex, Thiago Ulisses e Camilo; Talles Cunha (Lucas) e Luiz Ricardo (André Dias)
Técnico: Lori Sandri

COMERCIAL: Alex; Sidny, Fabão, Rafinha e Rossato (Jordã); Vágner, Jonilson, Carlos Magno e Romerito (Jailton); Enan (Tiago Galhardo) e Elionar Bombinha 
Técnico: Márcio Fernandes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s