Por Edgar Santista – Desportivo Brasil elimina Santos da Copinha em noite inspirada de Chico

Time do interior vence por 2 a 1, em São Carlos, e pega o Fluminense nas quartas de final da competição. Peixe sofre os dois únicos (e fatais) gols

Com dois gols de Chico, destaque da partida, o Desportivo Brasil venceu o Santos por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, em São Carlos, avançou para as quartas de final da Copa São Paulo e viu a torcida gritar “olé”. Até aqui, o Peixe tinha a melhor defesa, sem ter sofrido gols. Mas os únicos foram fatais para o time alvinegro.

Na próxima sexta-feira, o Desportivo Brasil encara o Fluminense pelas quartas de final da Copinha. A equipe carioca eliminou o Grêmio com triunfo por 4 a 1.

O Desportivo Brasil não se intimidou e partiu para cima do Santos logo nos primeiros minutos da etapa inicial. Chegou com perigo pelas laterais, mas os chutes cruzados não deram trabalho ao goleiro Guido. Assustado com a postura do adversário, o Peixe demorou a se encontrar em campo.

Passada a pressão do time do interior paulista, a equipe alvinegra começou a se arriscar mais no ataque. E em duas oportunidades, ambas pela lateral direita, por muito pouco não abriu o marcador. Pedro Castro e Neilton cabecearam por cima. De qualquer forma, o 0 a 0 no placar demonstrou o equilíbrio da partida.

Santos x Desportivo Brasil pela Copinha (Foto: Celio Messias/Agência Estado)Desportivo Brasil levou a melhor sobre o Santos na Copa São Paulo (Foto: Celio Messias/Agência Estado)

Mais esperto, o Santos voltou para o segundo tempo sem dar muito espaço ao Desportivo Brasil. E deixou claro, aos oito minutos, que ia pressionar. Victor Andrade cabeceou e acertou o travessão. Só que a equipe do interior aproveitou um contra-ataque aos dez minutos e abriu o marcador.

Após ótimo passe de Gustavo, Chico bateu forte da entrada da área e acertou o ângulo direito de Guido. Na tentativa do empate, o Peixe se abriu mais e sofreu com os contra-ataques do Desportivo. Foi num desses lances, aliás, que o Desportivo ampliou aos 24. Chico entrou driblando na área e definiu o jogo: 2 a 0.

O Santos buscou a reação, mas só conseguiu iniciá-la aos 37 minutos, quando Gustavo Henrique fez de pênalti. Porém, era tarde para tentar o empate. A partir daí o Desportivo Brasil se segurou na defesa, adotou os chutões, a cera e manteve a vitória que levou o time para as quartas de final.

Esse tropeço do Santos, fatal por ser em fase eliminatória, foi o único da equipe no torneio. Antes, na fase de grupos, tinha vencido Inter de Limeira, Vitória-PE e Assu-RN. Na segunda fase, o Peixe ainda passou pelo Guarani. Mas parou nas oitavas de final para o Desportivo Brasil, que teve até agora três vitórias e depois empates.

Texto: GLOBOESPORTE.COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s