Por Cleber Aguiar – Gustavo admite que está perto de deixar o Botafogo

Fonte: O Dia Online

Rio – O zagueiro Gustavo confirmou que está deixando o Botafogo e que seu destino é a Portuguesa. Gustavo não se reapresentou ao Alvinegro justamente para sacramentar a transferência.

“Não me apresentei pois estou negociando, praticamente acertado com a Portuguesa. Espero conquistar o meu espaço lá. Estou na expectativa de o meu empresário me avisar nesta segunda-feira. Devo fazer exames médicos na terça ou na quarta-feira. Faltam os últimos detalhes”, disse Gustavo em entrevista à Rádio Brasil.

Mesmo com contrato até o fim do ano, o Botafogo vai liberar Gustavo. O zagueiro falou sobre sua passagem pelo clube.

“Cheguei na metade do campeonato e acho que fiz um bom  trabalho nas oportunidades que tive. É óbvio que o fim da competição não foi tão bom. Vou ficar na torcida pelo Botafogo. Que ele consiga seus objetivos em 2012. Tinha tudo para ser mais aproveitado. Poderia ter uma sequência maior. Mas as coisas não aconteceram como nós esperavámos, que eram o título e a vaga na Libertadores”, disse Gustavo, que até já se despediu:

“Fica a minha gratidão pelo prestígio que o torcedor botafoguense me deu.”

Por Cleber Aguiar – Agora no CSE-AL, Túlio segue em busca pelo milésimo gol

Fonte: Portal  Terra

 

Túlio Maravilha espera marcar seu milésimo gol com a camisa do Botafogo. Foto: Agência Lance

Túlio Maravilha espera marcar seu milésimo gol com a camisa do Botafogo
Foto: Agência Lance


O atacante Túlio Maravilha já tem um lugar onde seguir na busca pelo seu milésimo gol: o Clube Sociedade Esportiva (CSE). A equipe, que disputa a primeira divisão do Campeonato Alagoano, confirmou o acerto com o folclórico jogador nesta segunda-feira, por meio de seu presidente, Antônio Oliveira.

“Chegamos a um acordo e estamos providenciando os bilhetes de embarque para ele e sua família. É um grande investimento que estamos fazendo, porque se trata de um jogador experiente, que fez gols por onde passou”, disse o dirigente ao jornal Gazeta de Alagoas.

Com 975 gols na carreira, de acordo com sua contagem, o centroavante recentemente reclamou do Botafogo, clube em que quer marcar o tento de número mil, dizendo que os alvinegros não o procuraram ao final da última temporada, “como haviam sido prometido”.

Pouco depois, porém, ele voltou atrás e garantiu que tudo não passou de um mal entendido, ambas coisas por meio de seu Twitter. Túlio ainda informou que retorna ao time de General Severiano quando restarem sete gols para a sonhada marca.

ICFUT – Copa SP: São Carlos elimina o Flamengo, o último campeão

São Carlos, SP, 9 (AFI) – O Flamengo, que defendia o título do ano passado da Copa São Paulo de Júnior, está eliminado da competição de 2012. De forma surpreendente, o time carioca empatou com o São Carlos, por 2 a 2, nesta segunda-feira à noite, no Estádio Luisão, em São Carlos, no fechamento dos jogos desta segunda-feira pela terceira rodada da fase inicial.
A liderança e a vaga do Grupo I ficou com o São Carlos, com cinco pontos, igual ao União São João, que na preliminar bateu o Aquidauanense-MS, por 2 a 1. Eles empataram em um gol no saldo, mas o São Carlos levou vantagem no segundo critério de desempate, o número de gols marcados: 5 a 4.O mais incrível é que o Flamengo foi eliminado sem vencer, com três empates. Na estreia ficou no zero a zero com o Aquidauanense-MS, depois ficou no 1 a 1 com o União São João e, agora, empatou com o São Carlos, por 2 a 2.

Palmeiras com 100%
Ainda à noite, o Palmeiras garantiu a sua vaga na segunda fase ao vencer a Ferroviária, por 2 a 0, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara. Com isso, chegou aos nove pontos dentro do Grupo E.

O Rondonópolis ficou na vice-liderança, com seis pontos, e ainda pode se classificar pelo índice técnico. Na preliminar o time de Mato Grosso enfiou 6 a 1 no Linhares-ES, que somou apenas um ponto como a Ferroviária.

Mais dois classificados

À tarde, outros quatro jogos definiram mais dois classificados. O Santo André manteve a liderança isolada do Grupo G ao bater o Confiança-SE, por 2 a 1. O Internacional goleou o Lemense, por 7 a 1, chegou aos seis pontos e aguarda a vaga pelo índice técnico.

No Grupo A, o Cruzeiro se garantiu ao golear o América-SP, por 6 a 1, ficando com nove pontos. O Mirassol fez 3 a 1 sobre o ABC, atingiu os seis pontos e agora aguarda a vaga pelo índice técnico.

Confira os resultados desta segunda-feira pela 3.ª rodada: 

Grupo A
ABC-RN 1 x 3 Mirassol-SP
América-SP 1 x 6 Cruzeiro-MG

Grupo E
Linhares-ES 1 x 6 Rondonópolis-MT
Ferroviária-SP 0 x 2 Palmeiras-SP

Grupo G
Confiança-SE 1 x 2 Santo André-SP
Lemense-SP 1 x 7 Internacional-RS

Grupo I
São Carlos-SP 2 x 2 Flamengo-RJ
Aquidauanense-MS 1 x 2 União São João-SP

Fonte: Futebolinterior.com

Por Edgar Santista – Henry reestreia fazendo gol da vitória do Arsenal na FA Cup

Francês sai do banco aos 22 da etapa final, e apenas 11 minutos depois, define triunfo dos Gunners sobre Leeds: 1 a 0. Próximo rival é o Aston Villa

Não, ele não é mais o mesmo Thierry Henry de 2003/2004. Os 34 anos de idade pesam e a velocidade não é mais a mesma… Mas talento é uma daquelas coisas que o tempo não leva embora. E, nesta segunda-feira, o francês deu bela prova disso. Com a camisa 12 às costas, meias na altura do joelho, barbado, masa com a tradicional careca iluminada, ele saiu do banco de reservas e precisou somente de 11 minutos em campo para mudar a história do jogo entre Arsenal e Leeds United, pela terceira fase da Copa da Inglaterra.

Após receber ótimo passe de Song, dominou, girou e tocou na saída do arqueiro adversário para decretar a vitória dos Gunners em seu primeiro jogo após acertar um contrato de somente dois meses com o clube londrino: 1 a 0. O resultado garante o Arsenal na quarta fase da FA Cup, quando vai enfrentar o Aston Villa. Pelo Twitter, Wilshere, que desfalcou o Arsenal, mas estava no estádio, resumiu o sentimento no Emirates.

– Típico do Henry! Estou extasiado! #VoltaDoRei – escreveu.

henry leeds x arsenal (Foto: Reuters)Henry vibrou muito com o gol marcado logo em sua reestreia pelo Arsenal (Foto: Reuters)

Sem Van Persie, ataque do Arsenal sofre

O Arsenal começou melhor, mas Arshavin e Chamakh mostraram, mais uma vez, o porquê de a torcida dos Gunners pegar tanto em seus pés. Sem seu principal artilheiro na temporada, Van Persie, poupado, e Gervinho, na Copa Africana de Nações, o Arsenal acabou indo com a dupla de ataque reserva para o jogo. Era uma chance ótima de buscar uma redenção. Mas isso passou longe nos primeiros 45 minutos.

chamberlain white leeds x arsenal (Foto: AFP)Jogo foi pegado no primeiro tempo (Foto: AFP)

Jogando no Emirates Stadium e contra uma equipe de menor porte, o time de Arsene Wenger não tinha outra opção senão partir para o ataque desde o primeiro minuto de jogo. E foi exatamente isso o que o Arsenal fez. No entanto, sem muita organização, mais na base da vontade. Arshavin, por exemplo, foi um dos que mais buscaram jogo, mas cometeu muitos erros de passe e não conseguiu criar chances claras de gol. A única veio já aos 25 minutos, quando Ramsey arriscou de fora da área e a bola passou rente à trave do adversário.

De resto, apenas muito toque de bola e chegadas nem um pouco objetivas dos Gunners. Do outro lado, para o Leeds, a tática era bem simples: segurar o jogo o máximo possível para levá-lo para prorrogação e pênaltis. Ao total, foram 11 chutes no primeiro tempo, mas nenhum acertou o alvo. Na arquibancada, é claro, a tensão dos torcedores locais era evidente. Ainda mais sabendo que um de seus maiores ídolos de todos os tempos estava no banco de reservas louco para voltar a jogar com a camisa vermelha e branca: Thierry Henry.

Que estrela! Em sua primeira chance, Henry muda o jogo

O segundo tempo começou ainda sem Henry, mas com Chamberlain fazendo bela jogada pela ponta direita, cortando os zagueiros do Leeds e chutando com perigo. Era um sinal para a torcida dos Gunners: o Arsenal começou a criar mais oportunidades claras de gol. O problema é que a pontaria continuava ruim. Aos seis, por exemplo, Chamakh acertou cabeçada perigosa, porém, ela foi apenas mais uma finalização para fora.

henry leeds x arsenal (Foto: Reuters)Artilheiro, Henry deixou o dele logo na volta ao time
do Arsenal (Foto: Reuters)

A primeira bola do Arsenal que foi na direção do gol aconteceu aos oito, quando Arteta chutou colocado no canto esquerdo e o goleiro defendeu. Pouco depois, Arshavin fez lance individual, entrou na área e chutou forte pra fora. A bola não entrava, mas a pressão assustou o Leeds, que começou a errar e possibilitou nova boa chance para o Arsenal, aos 12, quando Ramsey encontrou Chamberlain livre e ele cruzou errado para Chamackh. A sucessão de gols perdidos, então, fez com que Arsene Wenger mudasse o time.

Aos 22 minutos do segundo tempo, enfim, ele foi a campo. Ovacionado pela torcida, Thierry Henry entrou no lugar de Chamakh. Com ele, também entrou Theo Walcott, substituindo Chamberlain. E o francês não precisou de muito tempo para mudar o jogo. Aos 33, ele recebeu sua primeira bola em condições de marcar, com um passe primoroso de Song. O resultado? Arsenal 1 a 0. Recebeu na área, dominou e deu um tapa na bola no canto, sem chances para o goleiro.

A partir de então, tudo virou festa. O jogo estava decidido, o Arsenal classificado e Henry, mais uma vez, consagrado. C’est magnifique!

Fonte: globoesporte.com