Por Cleber Aguiar – Ficha Técnica e Gols : Barcelona-ESP 4 x 0 Al Sadd-CAT

FICHA TÉCNICA
BARCELONA-ESP 4 x 0 AL SADD-CAT

Local: Estádio Internacional de Yokohama (Japão)
Data: 15 de dezembro de 2011 (quinta-feira)
Horário: 8h30 (de Brasília)
Árbitro: Joel Aguilar (El Salvador)
Assistentes: William Torres e Juan Zumba (ambos de El Salvador)
Cartões Amarelos: Ibrahim Addulmajed e Mohammed Kasola (Al Sadd)

Gols:
BARCELONA: Adriano, aos 24 e aos 43 minutos do primeiro tempo; Keita, aos 18, e Maxwell, aos 35 minutos do segundo tempo.

BARCELONA: Valdés; Adriano, Puyol, Mascherano e Abidal (Maxwell); Keita, Thiago Alcântara e Iniesta; Pedro, Messi e Villa (Sánchez) (Cuenca).
Técnico: Josep Guardiola

AL SADD: Mohamed Saqr; Ibrahim Addulmajed, Abdulla Koni, Lee Jung e Nadir Belhadj; Talal Al Bloushi (Mohammed Al Yazidi), Ibrahim Khalfan, Wesam Abdulmajed e Mohammed Kasola; Mamadou Niang (Yusef Ali) e Kader Keita (Hasan Al Haydos).
Técnico: Jorge Fossati

 

Por Cezar Alvarenga – Após turbulência, Tite renova com o Corinthians.

Fonte: ESPN.com.br

Depois de um princípio de volta, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, confirmou a renovação com o técnico Tite por um ano. O anúncio foi feito durante em entrevista coletiva nesta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, no último dia de Andrés como mandatário alvinegro.

“O Tite renovou. Está tudo certo. Ele continua como treinador do Corinthians”, disse Sanchez, antes que alguém lhe perguntasse. O acordo com o técnico foi sacramentado na noite de quarta-feira.

A renovação estava bem encaminhada, mas o presidente afirmou durante o programa ‘Bem, Amigos’, do Sportv, que o empresário do treinador, Gilmar Veloz, pediu um aumento de salário altíssimo. “Pagar R$ 700, 800 mil? Aqui não é o Catar”, afirmara Andrés Sanchez. De férias nos Estados Unidos, Tite entrou diretamente para se acertar com o Corinthians, o que deu certo.

Segundo o presidente, Tite aceitou o teto salarial imposto pelo Corinthians para chegar a um acerto. “Perfeitamente”, resumiu Andrés Sanchez, com um aceno de cabeça, nesta quinta.

Esta já é a segunda vez que Tite dirige o Corinthians. O treinador chegou ao clube pela primeira vez em 2004 e até conseguiu uma bela recuperação com uma equipe que lutava contra o rebaixamento. No ano seguinte, porém, o treinador não aguentou os desmandos da MSI, parceira alvinegra naquele momento, e acabou demitido após goleada para o São Paulo.

Tite chegou para a sua segunda passagem em outubro de 2010 com a difícil missão de tentar salvar a temporada da equipe e buscar o título brasileiro. O treinador até fez uma ótima campanha, mas a taça ficou distante. Mesmo ficando oito jogos invicto (com cinco vitórias e três empates), o time alvinegro acabou em terceiro lugar e foi para a pré-Libertadores.

Foi justamente a competição continental que fez Tite viver seu pior momento no Corinthians. O time decepcionou, acabou eliminado pelo desconhecido Tolima, da Colômbia, e o treinador balançou no cargo. O presidente Andrés Sanchez, porém, sempre foi enfático no seu apoio ao técnico, aguentou todo o tipo de pressão da torcida e até mesmo dentro do próprio clube e segurou o treinador.

Deu certo. Mantido e com tempo para trabalhar, Tite montou a equipe ao seu feitio e uniu os jogadores ao seu redor. O treinador até teve momentos de turbulência, como a perda da final do Paulista para o Santos e o afastamento de Chicão em um período se vitórias, mas não perdeu o comando e levou o time ao pentacampeonato brasileiro.

Por Cezar Alvarenga – Paulo André renova com o Timão por três temporadas.

Fonte: ESPN.com.br

De contrato renovado até o final de 2014, o zagueiro Paulo André já projeta novas conquistas pelo Corinthians. O titular do time campeão brasileiro está bastante entusiasmado depois da prorrogação do seu vínculo, que anteriormente terminava em 31 de agosto de 2012.

“Ganhar títulos pelo Corinthians é algo que vicia. Na próxima temporada, vamos buscar todos os campeonatos que disputarmos”, avisou Paulo André, que se tornou titular absoluto depois do concorrente Chicão ser barrado às vésperas de um clássico contra o São Paulo, pelo último Brasileiro.

Vindo do francês Le Mans para o Corinthians, Paulo André precisou superar uma série de graves contusões no início de sua trajetória no Parque São Jorge, até se firmar sob o comando de Tite. “Estou muito feliz pelo título e pelos prêmios. É um dos momentos mais importantes da minha carreira. Fico contente pelo reconhecimento do clube ao meu trabalho”, discursou.

Parceira de Leandro Castán na defesa menos vazada do último Campeonato Brasileiro, Paulo André terá como principal objetivo pelo Corinthians em 2012 a conquista da Copa Libertadores da América. O clube contratou mais um concorrente para a sua posição: Felipe, que estava no Bragantino.

Por Cezar Alvarenga – Fábio Santos renova com o Timão por mais três anos.

Fonte: ESPN.com.br

O lateral esquerdo Fábio Santos conseguiu o que queria: um contrato mais longo com o Corinthians. Nesta quinta-feira, o clube confirmou a prorrogação do vínculo do atleta (o atual venceria no final deste ano) para mais três temporadas.

Fábio Santos ainda não assinou o seu novo compromisso com o Corinthians, porém já apalavrou bases salariais e outros detalhes contratuais com a diretoria. Um dia antes, o zagueiro Paulo André também teve o seu contrato renovado, até o final de 2014.

Reforço pouco badalado para 2011, Fábio Santos havia chegado ao Parque São Jorge para ser o reserva imediato de Roberto Carlos. Quando o veterano trocou o Corinthians pelo russo Anzhi Makhachkala, no entanto, ele se tornou titular e agradou ao técnico Tite.

O atual reserva da lateral esquerda corintiana é Ramon, que veio do Vasco e teve oportunidades de jogar no último Campeonato Brasileiro porque Fábio Santos se contundiu.

Por Cleber Aguiar – Fielzão não vai ser do Corinthians

Fonte: R7.com.br

Fundo imobiliário administrado pela BRL Trust será o verdadeiro dono do estádio

Gilberto Nascimento, do R7

O tão sonhado Fielzão não vai ser do Corinthians. Ao contrário do que os torcedores alvinegros imaginam, o verdadeiro dono do estádio será o fundo imobiliário Arena, a ser administrado pela empresa BRL Trust Serviços Financeiros.

A decisão de criar um fundo imobiliário para ajudar na construção do Itaquerão partiu da direção do clube. Quem idealizou a proposta foi o diretor de marketing do Corinthians, Luís Paulo Rosenberg.

A instituição financeira BRL é quem irá assumir o financiamento de R$ 450 milhões do BNDES para a construção do estádio, que abrigará o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014. O BNDES não faz empréstimos para times de futebol. A BRL Trust funcionará como um fiador e dará as garantias necessárias.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) – órgão ligado ao Ministério da Fazenda e responsável pela regulamentação e fiscalização do mercado de ações -, autorizou a constituição do fundo Arena, mas ainda não concedeu o seu registro de funcionamento.  

De acordo com o órgão do governo, que forneceu informações por meio de uma nota, esse registro, “que representa sua entrada na base de dados de participantes do mercado da CVM”, só será “eventualmente concedido, após concluída a distribuição das cotas constitutivas do patrimônio inicial do fundo”. 

A direção do Corinthians foi procurada, por meio de sua assessoria, para se manifestar sobre o assunto, mas não retornou.

Por Cleber Aguiar – Entrevista com Marcelo Teixeira ex- Presidente do Santos FC.

Fonte: Folha de São Paulo

Cartola apoia fundo que comprou Ganso
Ex-presidente Marcelo Teixeira sai em defesa de parceria que está em litígio com atual administração

DOS ENVIADOS A TOYOTA

Marcelo Teixeira, ex-presidente do Santos e desafeto do sucessor Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, é o único brasileiro no Comitê da Fifa sobre o Mundial de Clubes. Ele defende a polêmica parceria com o fundo DIS em direitos sobre atletas, que gera atrito entre clube e Ganso. (LEONARDO LOURENÇO E RODRIGO BUENO)

Folha – O senhor é o maior credor do Santos? Como foi o acordo para essa dívida que penhorou a Vila Belmiro?

Marcelo Teixeira – Coloquei recursos financeiros da família duas vezes. Todos os valores da primeira dívida foram ressarcidos, sem juros. Eu tinha duas ações, uma em nome da família e outra, da universidade. Hoje, com juros e tudo, os valores superam R$ 40 milhões. Os valores caíram em quase 40%, a serem pagos em seis anos. Foi a proposta deles, aceita pela família. Podiam dar uma penhora correspondente, o CT, a chácara, mas deram a Vila, um palco sagrado com valor calculado de R$ 106 milhões.

O senhor quase vendeu Neymar?

Veio uma proposta de quase € 20 milhões. Os diretores diziam que tinha que vender. Seria um crime pensar ou no retorno do meu recurso ou em deixar o clube azul vendendo Neymar. Depois, o Luis Alvaro continuou a negociação e também não aceitou vender.

Como vê a briga entre Santos e DIS [Grupo Sonda, que detém parte dos direitos de Neymar e Ganso após comprá-los na gestão de Marcelo Teixeira]?

É um momento político. Fiquei dez anos, não podiam dizer que era ladrão. Então o DIS foi uma maneira que encontraram para ter esse tipo de discussão. Só que o Delcir [Sonda] não é empresário que vive do futebol, ele vive do futebol também, mas não como outros. O Santos não se enganou ao fazer a parceria [a divisão dos direitos de Ganso gerou atrito entre jogador e clube às vésperas do Mundial]. Foram sete jogadores, alguns não vingaram, num investimento de € 1,3 milhão.

O Ganso se aproximou do senhor e se afastou de Luis Alvaro? Como é seu contato hoje com ele e com Neymar?

Os dois se aproximam de mim. Houve um momento em que tiramos uma foto com o Ganso, e foi a público. Criaram então naquela renovação uma relação até maldosa. Não mantemos o mesmo contato de antes, mas, quando possível, eles telefonam.

Por que Neymar está ligado ao Santos e Ganso atrita com o clube?

O ponto de desequilíbrio foi quando o Ganso se machucou, e o Santos postergou a negociação. Era necessário um amparo maior ao jogador.

Quais as críticas maiores que faz a Luis Alvaro?

Ele é mais elogiado pelas conquistas em campo do que na parte financeira, administrativa e patrimonial. O que o Santos fez nos dois últimos anos, um tijolo a mais do que herdaram em dezembro de 2009? Nada foi feito de diferente [nesses setores].

Ele teve sorte com a herança?

Essa safra foi criada para acontecer isso. Não coloquei R$ 1 milhão na mão de uma família [de Neymar] à toa. A atual gestão criou outros fatores. Todos têm mérito.

Como chegou à Fifa?

Começou quando o Brasil se candidatou à Copa. O cargo era do Ricardo Teixeira. Você não pode acumular duas funções na Fifa. Quando foi nomeado presidente do COL, houve a indicação do meu nome. Partiu dele.

O que acha da situação de Teixeira na Fifa atualmente?

Percebemos que o Comitê de Ética é bastante independente e muito imparcial. Acho que nós podemos ficar tranquilos no que se refere à questão de apuração. O Ricardo tem história no futebol. E a Fifa é muito rigorosa.

Como é trabalhar agora no torneio com o Santos?

Tenho que analisar minha participação como membro da comissão, mas é inevitável minha relação com o Santos. Eu me isentaria de qualquer decisão. Pediria para me licenciar. Ano passado com o Inter, dormi tranquilo. Esse ano não dormi. Criei essa geração, meu sentimento de ver o Neymar aquecer, o Ganso.

Por Cleber Aguiar – Entrevista com Felipão !

Fonte: O Estado de São Paulo

Chefe está desanimado com Palmeiras para 2012

Técnico do Palmeiras espera por grandes nomes, mas já se prepara para sofrer por mais uma temporada

DANIEL BATISTA, LUIZ ANTÔNIO PRÓSPERI – O Estado de S.Paulo

Luiz Felipe Scolari entra hoje de férias preocupado, já que a promessa da diretoria do Palmeiras era de um time forte para 2012, mas tudo caminha para uma situação bem diferente. Em entrevista exclusiva ao Estado, o treinador não esconde a frustração com o andamento das negociações de reforços, pede nova postura da diretoria, mas garante que não vai pedir demissão.

Você acha que vão vir os grandes reforços prometidos?

Pelo jeito as coisas não estão acontecendo. Até agora só tenho o Juninho. Prometi que não vou me envolver em negociações. Para isso, temos diretor de futebol, vice e presidente. Se for participar de negociação, vai voltar a ser como foi o ano inteiro e não quero mais sofrer. Amanhã (hoje) viajo e quando voltar, vou trabalhar com o que tiver na mão.

Vai aceitar nomes que não estão na lista que você pediu?

Para vir jogador que eu não pedi, que sejam iguais aos que eu tenho aqui, prefiro ficar com os que estão no Palmeiras. Pelo menos já trabalho com eles. Não quero apostas. Se a diretoria não conseguir trazer jogadores experientes, quero que ela passe isso para a torcida, como estou fazendo com vocês. Do jeito que está, não mudou nada em relação a como terminamos o ano. Saiu o Gabriel Silva e veio o Juninho. Se vier os nomes, poderemos brigar de igual para igual com qualquer time.

Então não é para a torcida criar espectativas?

Se a diretoria for buscar nomes mais fáceis para não gastar o valor necessário, não vou falar para a torcida que esse ano será diferente. Vou dirigir o time e pronto. E tem outra. Outros times vêm atrás dos meus jogadores e chegam oferecendo qualquer coisa, como no caso do Pierre. O Atlético quer que ele fique, mas está oferecendo jogadores que não interessam para eles. Assim não quero papo. Quero dinheiro para contratar ou jogadores bons que têm lá.

Ano que vem completam 10 anos do pentacampeonato com a seleção. Não é ruim você celebrar essa data nessa situação?

Nesse momento da minha vida, vejo o resto do que foi planejado e meu lado pessoal preenche um pouco a frustração do profissional. Não olho as coisas só pelo futebol. O lado pessoal conta também e isso faz com que eu tenha mais paciência no futebol. E quando você vê um jogador do seu time evoluir é especial. O Gabriel Silva, por exemplo, não era nem titular quando eu cheguei e hoje está indo embora para a Udinese. O Vinicius também evoluiu.

Não pensa em demissão?

Tem duas coisas. Eu fiz uma carta dando liberdade para o Palmeiras me tirar sem qualquer multa e não tiraram. Agora, depois de todo o trabalho que me foi solicitado, eu não vou pagar multa para sair. Já recusei umas 30 propostas e cinco delas topariam pagar a multa. Não quis sair. Então agora fico até o fim. Vejo todos os dias que a diretoria está tentando, mas dos 12 que eu pedi, uns sete ou oito todo mundo quer e oferecem salários estratosféricos.

Por que o Palmeiras não adota a mesma tática?

A diretoria está administrando a situação financeira. Acho engraçado quando vejo o Andrés Sanchez dizer que não paga X por um técnico ou por jogador. Ele paga duas vezes mais do que fala. Sei porque tentamos contratar dois jogadores que foram para lá recebendo duas vezes mais do que oferecemos.

Não aceitaria dirigir um time na Libertadores em 2012?

Disputar a Libertadores é ótimo, mas se eu ganhar um Campeonato Paulista pelo Palmeiras, pelas dificuldades que temos, vai ser como se fosse umas cinco Libertadores.

Se vierem os reforços pedidos, promete título?

Se vier uns três ou quatro, que me deem sustentação para todos os jogos, posso lançar os mais novos e todos saem ganhando. Ano que vem a cobrança será maior. Indiquei o Luis Caballero, do Olímpia, mas em cima da hora, o clube paraguaio pediu mais e o Palmeiras desistiu do negócio. Precisamos de jogadores que não vão sentir a pressão. Me falaram do Osvaldo, do Ceará, eu não quero. Já tenho outros jogadores para a posição. Falam que o Palmeiras quer ele para valorizá-lo.

Sobre a saída de Kleber. Acha que errou em alguma coisa?

Sim. Em 2012, se surgir qualquer proposta por A ou B vou mandar vender. Se não vender, empresário arrebenta o meu time. Na ocasião, eu bati o pé porque estávamos jogando bem, tudo organizado e tentei junto do presidente montar uma situação para ele ficar, mas o jogador resolveu sair. Agora não vou mandar segurar ninguém.

O que espera do Valdivia?

Ele está 95% bem fisicamente. O problema é que ele precisa estar em paz com as lesões e com ele próprio. Se conseguir isso, vai jogar o que sempre jogou. Pode ver que os problemas extracampo são sempre no Chile. No Brasil não acontece nada. Acho que ele pode ser decisivo ano que vem.

Tem esperança de que as polêmicas vão diminuir em 2012?

Não vejo a hora dos prédios (da administração) na Arena ficarem prontos, em abril. O problema é que hoje as reuniões são no CT, então fica todo mundo junto. Ano que vem é cada um no seu prédio. Vai melhorar. Peço pelo amor de Deus para não atrasarem as obras. Se precisar, ajudo colocando um tijolinho.

Por Cleber Aguiar – Dilma veta uso de FGTS para obras da Copa

Fonte: O Estado de São Paulo

Autorização havia sido incluída por parlamentares da própria base aliada em medida provisória

TÂNIA MONTEIRO / BRASÍLIA – O Estado de S.Paulo

A presidente Dilma Rousseff vetou ontem o usos de recursos do FGTS para financiar obras de infraestrutura ligadas à Copa de 2014 e à Olimpíada de 2016. A autorização para uso do dinheiro havia sido incluída por parlamentares da própria base aliada do Palácio do Planalto em medida provisória que estabelecia a desoneração de impostos para alguns setores da economia.

Além de derrubar o uso do FGTS, a presidente Dilma também vetou outros dois artigos incluídos no texto original da MP durante a tramitação no Congresso. Entre eles está a autorização para propaganda institucional da indústria de cigarros. A nova lei, sancionada ontem, deve ser publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União.

Pela proposta dos deputados e senadores, o Fundo de Investimento do FGTS poderia injetar até R$ 5 bilhões em projetos relacionadas à Copa e à Olimpíada. O dinheiro seria aplicado, por exemplo, no financiamento de obras como aeroportos, metrô, reforma urbanística e até construção de hotéis. O FI-FGTS só não poderia aplicar os recursos na construção de estádios e arenas esportivas.

Desoneração. A presidente Dilma também resolveu tirar o setor de transporte coletivo urbano da lista de segmentos que poderão participar da experiência-piloto de desoneração da folha de pagamento, objetivo inicial da medida provisória. Ainda assim, a lista de beneficiados ficou bem maior do que o estabelecido pela equipe econômica.

A experiência prevê substituir a contribuição patronal sobre os salários por uma alíquota sobre o faturamento das empresas, de 1,5% a 2,5%. O experimento vai até 2014, dois anos a mais do que o prazo estipulado pelo Ministério da Fazenda. A lista de setores que participarão do piloto inclui fabricantes de calçados, software, confecções e até empresas de call center.

Os setores têxtil e mobiliário, que estavam na lista original, foram excluídos do texto em outubro, quando a MP foi votada na Câmara. A exclusão foi feita a pedido das empresas. Na avaliação das entidades, a desoneração proposta pelo governo resultaria, na prática, em mais impostos. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Mobiliário (Abimóvel), apenas duas empresas do setor recolheriam R$ 5 milhões a mais, por ano.

Por Cleber Aguiar – Com gols brasucas e ajuda de goleiro trapalhão, Barça goleia e vai à final

Fonte: Globo.com

Adriano, duas vezes, e Maxwell marcam no fácil triunfo sobre o Al Sadd que coloca o clube catalão na decisão do Mundial de Clubes diante do Santos

Por Thiago Dias Direto de Yokohama, Japão

Como em um teatro, a plateia japonesa fez silêncio para ver o Barcelona jogar nesta quinta-feira no Estádio Internacional de Yokohama. Educada, a torcida local só aumentava o tom nas jogadas de ataque e depois respeitava o espetáculo. O volume chegou ao auge nos gols dos brasileiros Adriano, duas vezes, Maxwell – todos com grande ajuda do goleiro trapalhão Saqr – e tranquila vitória de 4 a 0 sobre o Al Sadd e a classificação do time de Pep Guardiola para pegar o Santos na final do Mundial de Clubes da Fifa, domingo, às 8h30m(de Brasília). Mas nem tudo foi festa e aplausos para os espanhóis.

Aos 35 do primeiro tempo, David Villa sofreu uma fratura na tíbia da perna esquerda e teve que deixar o gramado de maca, direto para um hospital em Yokohama, segundo o Twitter oficial do Barça. Desse modo, o camisa 7 está fora do confronto contra o Peixe. Para piorar, o chileno Alexis Sánchez, que substituiu Villa, saiu no segundo tempo deixou o gramado sentindo uma lesão muscular.

Barcelona comemora gol contra o Al Sadd (Foto: Reuters)Barcelona comemora primeiro gol diante do Al Sadd (Foto: Reuters)

Santos de olho

Muricy Ramalho, Neymar, Ganso, Edu Dracena, Rafael, Arouca,Henrique, Vinicius Simon, Anderson Carvalho e Felipe Anderson acompanharam ao vivo a vitória da equipe de Guardiola, em uma área reservada no estádio que foi palco da conquista do penta da Copa do Mundo pelo Brasil em 2002.

A trupe do Peixe viu de perto um Messi apagado no primeiro tempo, mas ligado no segundo. O craque até tentou até uma bicicleta e quase marcou em cobrança de falta, defendida por Saqr. No entanto, o camisa 10 passou em branco.

Por outro lado, quem “brilhou”, às avessas, foi o goleiro Saqr, do Al Sadd. Aos 25, o camisa 18 falhou feio e deu o gol de presente para Adriano abrir o placar dentro da pequena área. Aos 43, o ex-jogador do Coritiba chutou de canhota por baixo de Saqr, que aceitou de novo. Na segunda etapa, o arqueiro deu mole outra vez no quarto tento anotado por Maxwell.

Saqer goleiro do Al Sadd contra o Barcelona (Foto: AFP)O Barcelona não precisava, mas Saqr colaborou no triunfo catalão (Foto: AFP)

Terremoto e Shakira

Antes de a bola rolar, o telão do estádio, que recebeu um público de mais de 60 mil pessoas, tocou música de Shakira, mostrou gols de Mundiais anteriores e deu um recado importante à torcida: “Em caso de terremoto, mantenha-se sentado e espere estar seguro”. Daniel Alves apareceu no campo, tirou foto e colocou no Twitter, mas foi só: o lateral-direito foi poupado por Guardiola, assim como Xavi e Piqué, e ficou no banco.

Com a bola rolando, era possível até ouvir os gritos dos jogadores tamanho era o silêncio da torcida japonesa no estádio. Apenas quando o Barça chegava perto da área do Al Sadd o volume aumentava na arquibancada. E isso aconteceu várias vezes no primeiro tempo: o time espanhol deu 11 chutes a gol e teve 70% da posse de bola.

Messi no jogo do Barcelona contra o Al Sadd (Foto: Reuters)Messi não produziu muito no primeiro tempo (Foto: Reuters)

Apagado, Messi buscou algumas jogadas no início da partida. Aos oito, deu uma arrancada e chutou em cima da zaga. Aos 20, chutou de canhota de fora da área, a bola bateu em um rival e saiu. Foi tudo que o camisa 10 fez.

Silenciosa, a torcida japonesa esperava show. E via o Barça tocar a bola até conseguir furar a retranca do clube do Qatar. O pai de Neymar entrou na arquibancada aos 16 minutos, a tempo de ver a primeira grande chance da partida: David Villa aproveitou passe errado da defesa, entrou pela esquerda e bateu cruzado, mas Saqr defendeu.

Neymar no telão. Lambança no gramado

Dois minutos depois, Neymar – o filho – apareceu no telão ao lado de Ganso. Aplausos da torcida, que já espera ansiosa pelo duelo com Messi na final de domingo. Aos 25, aplausos para outro brasileiro, graças à bela ajuda do goleiro do Al Sadd: após cruzamento de Pedro da esquerda, Saqr deixou a bola para Belhadj, que deixou para Saqr, que… fez lambança. A bola ficou no pé de Adriano, que colocou para o fundo da rede (assista no vídeo ao lado).

O que já estava com cara de ser fácil, ficou mais ainda. O Barça continuou com domínio total e marcou de novo aos 33, mas em impedimento: Villa aproveitou rebote de chute de Iniesta, em posição irregular.

David Villa deixa o jogo do Barcelona lesionado (Foto: Reuters)Momento em que Villa sente a lesão (Reuters)

Dois minutos depois, a má notícia do dia para Guardiola: Villa levou a pior em uma dividida com Koni pela direita após bater para o gol, caiu de mau jeito, sentiu dores no tornozelo e deixou o gramado de maca, com cara de preocupação. Minutos depois, o Barcelona confirmou o pior: o jogador fraturou a perna esquerda.

O chileno Sanchez, que foi titular e fez gol na vitória sobre o Real Madrid no último sábado, substituiu o camisa 7. Logo em seguida, Adriano fez 2 a 0 para o Barcelona, depois de receber passe de Thiago Alcântara na entrada da área e bater de canhota por baixo do goleiro.

O Al Sadd ainda tentou aprontar e fez a torcida japonesa aplaudir de pé o time de Jorge Fossati: Kader Keita arrancou pela direita, driblou Guardiola e Abidal, entrou na área e chutou por cima aos 44, no primeiro arremate da equipe na partida.

Adriano comemora gol do Barcelona contra o Al Sadd (Foto: Reuters)

Messi desperta

Messi voltou mais “acordado” na etapa final. Aos nove, a bola “grudou” nos pés do camisa 10, que evitou a marcação de quatro rivais e bateu de fora da área, rente à trave esquerda. Seis minutos depois, o argentino quase balançou a rede: em cobrança de falta, Messi bateu colocado e obrigou Saqr a fazer grande defesa. Para desespero dos japoneses, que já preparavam as câmeras e o grito de gol.

O terceiro do Barça saiu aos 18, em lance de Messi. O melhor do mundo deu passe perfeito para Seydou Keita, que entrou pela direita da área e bateu sem defesa para o goleiro do time de Fossati. Com o 3 a 0 no placar, Messi queria o dele.E tentou fazer de placar: após invadir a área, dividiu com a defesa e no rebote tentou uma bicicleta, mas sem direção. Mesmo assim, aplausos japoneses. Até no replay.

Messi no jogo do Barcelona contra o Al Sadd (Foto: Reuters)Messi quase fez um golaço de bicicleta (Foto: Reuters)

Guardiola colocou mais um brasileiro em campo, Maxwell no lugar de Abidal aos 21, mas perdeu Sanchez por lesão na coxa esquerda. O chileno, que havia substituído Villa, deixou o gramado para a entrada de Cuenca exibindo a perna para o técnico e pode ser outro problema para a decisão de domingo.

Aos 35, Maxwell chutou cruzado sem muita força. Mas Al Saqr, em dia nada inspirado, acabou falhando novamente: 4 a 0 para o Barça . Nos minutos finais, o time espanhol, em ritmo de treino como em toda a partida, ainda criou novas chances, mas não conseguiu aumentar o placar.

ICFUT – Links Barcelona( Espanha ) x Al Saad ( Catar ) – Mundial de Clubes da Fifa 2011

http://atdhe.tv/

http://www.vertvonline.org/
http://www.rojadirecta.org/
http://www.futebolaovivo.net/tvonline.php
http://www.eugeniosvirtual.com/tevirtual/jogos_vivo.html
http://www.tvaovivogratis.net/
http://www.tvgol.org/
http://www.tvbr.rg3.net/
http://www.assistirtvgratis.net/
http://tvdenet.blogspot.com/