ICFUT – Especial: LNET! explica a operação Neymar

Fonte: lancenet

Diante do assédio dos times espanhóis, Santos quase desistiu do craque. Conheça o projeto para o ‘fico’

Neymar durante entrevista coletiva de 'apresentação' do Santos (Foto: Marcelo Hazan) Para seduzir Neymar a jogar na Espanha, os clubes ofereceram fortunas. Não deu! (Foto: Marcelo Hazan)

Pouca gente sabe, mas nove dias antes de o Santos renovar com Neymar até 2014, o presidente do clube chegou a desistir do atacante. Maior defensor da permanência do craque, Luis Álvaro jogou a toalha após uma conversa áspera com o pai do jogador. Os números oferecidos por Real Madrid e Barcelona pareciam impagáveis.
– Saí da reunião arrasado. Não teríamos como bancar o que ofereciam a ele. Fui para casa, tomei um lexotan (tranquilizante) e duas taças de vinho já conformado que havíamos perdido Neymar – conta Luis Álvaro.
Para o espanto do dirigente, no dia seguinte (1 de novembro), o pai do jogador o procurou para tentar um acordo. Começou a discussão do contrato anunciado em 9 de novembro, que surpreendeu o mundo. A operação foi um marco no futebol nacional. Contrariando o histórico de exportação de craques, o Santos preferiu recusar mais de R$ 100 milhões para apostar que a permanência do astro vai trazer mais títulos e mais dinheiro ao clube. O dia do fico de Neymar encerrou um assédio feroz dos clubes espanhóis.
– Foram os meses mais dramáticos da minha vida. Engordei oito quilos em quatro meses – confessou o presidente santista.
A investida espanhola começou em junho, após várias propostas do Chelsea, em 2010. O primeiro a tentar foi o ex-jogador Ronaldo. Em nome do Real Madrid, ofereceu menos do que a multa rescisória (45 milhões de euros) e levou um “não”. Dias depois, o presidente do Barcelona, Sandro Rosell, veio ao jogo de despedida do Fenômeno e fez uma oferta. Em julho, o presidente do Real, Florentino Pérez, procurou Luis Álvaro. Dispostos a contar com o craque, os dois clubes aceitaram pagar a multa. Faltava só convencer Neymar.
Neymar falou em sair
Para seduzir o ídolo a jogar na Espanha, os clubes ofereceram fortunas, com salários mensais próximos a R$ 3 milhões. Enquanto traçava um plano de marketing para chegar perto disso, o Santos apostou no fator psicológico.
– Nós falávamos: lá você vai trabalhar com o Mourinho. Lá você não será o astro que é aqui. Aqui, você pode ser o melhor do mundo jogando no Brasil – lembrou Odílio Rodrigues Filho, vice-presidente santista.Pelé também entrou na jogada.
Desde o ano passado, após as primeiras propostas, o Rei ficou ao lado da direção pedindo ao craque para ficar.
Mesmo assim, diante de tanto assédio espanhol, Neymar chegou a falar para a direção que jogaria somente até a Olimpíada de 2012. Para a sorte do futebol brasileiro, a Joia mudou de ideia e ficará até 2014.

Joia foi ‘sequestrada’
No ano passado, na primeira investida do Chelsea, o Santos “sequestrou” Neymar para evitar a saída dele. Após a partida contra o Avaí, em Florianópolis, representantes do time inglês esperavam o craque em um hotel em São Paulo para fechar o negócio. Tudo estava acertado com o pai dele e a multa seria paga. O clube se antecipou.
– Pegamos o jogador no aeroporto e levamos para a casa de um dos integrantes do comitê de gestão.
Ele ficou o dia descansando num quarto enquanto discutíamos o novo contrato em que aumentamos o salário e a multa de 35 milhões de euros para 45 milhões de euros. O pai brinca que sequestramos ele – revela o presidente Luis Álvaro.
Bate-Bola
Armênio Neto (gerente de Marketing do Santos)
Qual é o tamanho do desafio em relação ao plano de carreira do Neymar?
É grande. Dá medo de não conseguir, mas é esse medo que nos move para ter sucesso. E o Neymar é excepcional como ídolo. Não existe ninguém assim no Brasil.
Qual era a estratégia para ele no início de 2010, quando a diretoria assumiu o Santos?
Desde o início a estratégia era criar um plano de carreira para os principais atletas. Pensamos iniciar em 2011, mas a proposta do Chelsea, em julho de 2010, antecipou as coisas em seis meses.
Como está a busca de patrocinadores para viabilizar financeiramente o acordo com o Neymar?
A reação ao anúncio do acordo foi melhor que imaginávamos. Já fechamos com três parceiros (o último foi a Claro, há uma semana).
Qual é a meta?
Não há limite. Quanto mais, melhor, desde que, é claro, não atrapalhe o trabalho do Neymar como atleta, que é a prioridade. Mas falta pouco para termos lucro.
Qualquer empresa serve?
Não. Não nos interessa só o dinheiro. Por exemplo, quando fechamos com a Nextel, o fizemos porque nos interessa fixar uma imagem do jogador. Aquele comercial com o pai dele foi um marco. Ele mudou até a maneira como as empresas o veem.

ICFUT – São Paulo quer e empréstimo de Nilmar é possível, diz agente

Fonte: lancenet

Atacante quer voltar ao país. Tricolor não poupará esforços para contratá-lo

Nilmar do Villarreal (Foto: Heino Kalis/Reuters) Segundo Orlando da Hora, a liberação do clube espanhol vai depender da proposta a ser feita (Foto: Heino Kalis/Reuters)

O São Paulo está disposto a abrir o bolso, tem interesse em Nilmar, atacante do Villarreal (ESP), e pode trazê-lo por empréstimo, sem ter de arcar com o montante de uma contratação definitiva.

Segundo Orlando da Hora, empresário de Nilmar, a liberação do clube espanhol vai depender da proposta a ser feita. Recentemente, o Villarreal recusou 20 milhões de euros da Roma para negociá-lo em definitivo, mas, segundo o agente, o clube agora está ciente de que o atacante deseja voltar para o Brasil.

– Caberia um empréstimo, sim, pois há o interesse dele em voltar no momento, até para voltar à Seleção – garantiu Orlando, em entrevista ao LANCENET!, por telefone.

– Difícil não é (a negociação). Mas depende da primeira conversa. Aí veremos como vai se encaminhar – completou o agente.

O Tricolor ainda não fez proposta, mas segue interessado no jogador mesmo depois de o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes ter retornado da Europa, onde foi consultar a situação de alguns atletas, inclusive do atacante.

Agora, com a nova possibilidade de negociação, o clube não poupará esforços. Segundo membros da cúpula, dinheiro é o que não falta e Nilmar, assim como o meia Jadson, são alvos nos quais a diretoria está disposta a investir mais pesado.

O próprio João Paulo disse, esta semana, que o clube pode fazer investimentos semelhantes ao de Luis Fabiano, em torno de R$ 18 milhões.

O principal entrave para o negócio, além de convencer os espanhois a cederem, é a concorrência. Além da Roma, Internacional e Atlético-MG, no Brasil, têm interesse em Nilmar. O Galo já até fez uma proposta oficial, que não agradou o atacante.

Caso seja contratado, Nilmar seria o primeiro reforço com qualidade para ser titular e melhorar a qualidade técnica da equipe, de acordo com a visão da diretoria. Seria o parceiro ideal para Luis Fabiano. A posição é uma das prioridade do elenco.

ICFUT – Cássio revela: ‘Nem minha mãe sabia do acerto com o Corinthians’

Fonte: lancenet

Em entrevista exclusiva ao LANCENET!, goleiro revela que contou a novidade apenas após o título brasileiro

Após voltar ao Brasil, Cassio treinou no Veranópolis Esporte Clube (RS) para manter a forma (crédito: Radio Veranense) Após voltar ao Brasil, Cassio treinou no Veranópolis Esporte Clube (RS) para manter a forma (crédito: Radio Veranense)

O goleiro Cássio, reforço do Corinthians revelado pelo LANCE! na edição desta sexta-feira, escondeu o acerto até da sua própria mãe. Após ter assinado um pré-contrato, ainda no mês de setembro, o arqueiro conseguiu a liberação do PSV (HOL), voltou ao Brasil e, durante meses, guardou a notícia.

O anúncio para dona Maria e seus familiares ocorreu apenas no último domingo, às 19h, quando o Timão confirmou o pentacampeonato brasileiro.

– Estávamos num camping e, assim que acabou o jogo, eu contei. Foi ruim ter escondido dessas pessoas que me ajudaram tanto na minha vida, mas foi necessário – revelou o jogador, que veio a São Paulo para realizar exames médicos e, antes de voltar para Veranópolis, concedeu entrevista exclusiva ao LANCENET!, por telefone.

Cássio falou ainda de suas expectativas, de sua impressão da Fiel e da estrutura do CT Joaquim Grava, onde esteve na tarde da última quinta-feira, e da briga com Julio Cesar pela camisa 1 do Corinthians.

Acompanhe a entrevista exclusiva do mais novo reforço do Timão:

O ACERTO

"Quando eu vim da Holanda, eu já vim para o Brasil (em novembro) e assinei um pré-contrato. Não dava para anunciar nada porque o Brasileirão estava em disputa. Eu forcei a barra para ser liberado porque o pessoal do PSV nunca quis que eu saísse. Quando soube do interesse real do Corinthians, eu não tive a menor dúvida de fazer de tudo para que o PSV me liberasse."
PERFIL
‘Eu sou muito tranquilo dentro de campo, gosto de orientar os zagueiros. Por ser alto (1,95m), tenho facilidade de sair nas bolas aéreas. Mas claro que preciso melhorar e tenho que treinar todos os dias com afinco para me aprimorar. Posso prometer vontade, dedicação e esforço para corresponder. Quero ajudar o Corinthians a ganhar títulos."
EXPECTATIVAS
"Eu estou muito feliz por ter a chance de jogar num grande clube, é um sonho para mim. Eu pude ir ao CT e conhecer a estrutura do Corinthians, que é fantástica. Nem na Europa eu vi algo parecido. Não deixa nada a desejar para ninguém. O clube está de parabéns por ter esse local de treinamentos de primeiro mundo. Até hotel eles estão construindo, isso lá na Holanda não existe. Podem ter certeza que vontade e empenho não faltarão nunca"
CHEGADA PÓS-TÍTULO BRASILEIRO
"Com certeza, a responsabilidade aumenta ainda mais. Eu sei que estarei numa equipe onde a pressão é grande, mas que sempre briga pelos títulos. Isso dá um ânimo a mais, não vejo a hora de iniciar a pré-temporada, os treinos e mostrar para o clube que valeu a pena me trazer. O Corinthians foi campeão brasileiro com méritos e mostrou que tem um time forte"
FICAR EM SILÊNCIO POR MESES
"Foi difícil, nem minha mãe (Maria) sabia disso. Ela foi uma pessoa que me ajudou demais, eu não queria ter feito isso com alguém tão importante na minha vida, mas foi necessário. Eu nunca passei fome, mas tive uma vida muito difícil e minha mãe, sozinha, conseguiu me criar. Ela e meus familiares são tão especiais, não queria ter feito isso, mas não teve jeito. Para se ter uma ideia, eles fizeram até um bolão para saber qual time eu jogaria em São Paulo. Aí, no último domingo, depois que o Corinthians foi campeão, estávamos num camping e eu contei para todo mundo. Eles ficaram surpresos, mas felizes."
JULIO CESAR
"Eu cheguei em novembro e acompanhei apenas alguns jogos. O papel dele foi muito bem executado, sem dúvida. Quando se é campeão é porque as peças se encaixaram. O Julio foi um dos destaques do time campeão."
BRIGA PARA SER TITULAR
"Eu vim com a intenção de ser titular. Sei que o Julio vem jogando há tempos, mas a nossa disputa será leal. Nunca tive problema com outro goleiro e sei que não terei com ele. Todo mundo sempre quer jogar para mostrar seu valor, comigo não é diferente. Vou buscar ser titular, sim, mas com respeito a ele."
FÍSICO
"Vim antes de dezembro porque queria estar bem, adaptado, quando começasse a pré-temporada. Voltei ao Brasil e fiquei treinado no SUl. Fiz isso porque o trabalho na Europa é bem diferente. Lá, se treina apenas uma vez ao dia, por menos de duas horas. Aqui, não. No Brasil, são dois períodos e os goleiros sempre vão ao campo antes dos jogadores de linha para treinar mais. No PSV, o trabalho era voltado a jogar com os pés porque isso era necessário executar nos jogos. Eu precisava chegar antes para treinar com um preparador de goleiro daqui."
CIDADE DE SÃO PAULO
"Eu me assustei um pouco com o trânsito, a cidade é muito grande (risos). Lá em Eindhoven, cidade holandesa que é sede do PSV, tinha 350 mil habitantes. Aqui tem mais gente, né? (risos)"
FUTEBOL BRASILEIRO
"Sem dúvida, o momento é maravilhoso. Desde que eu saí, em 2007, a mudança foi grande. Não tem atraso de salário, tudo tem melhorado, a Copa do Mundo está chegando aí."
LIBERTADORES
"Eu acho que a pressão será grande, mas o time é competitivo, pode chegar. Já vi quem são os adversários da primeira fase e sei que nosso grupo não é fácil, não. Mas cada jogo é uma história, vamos esperar para ver como será."
FIEL
"Eu já estive no Pacaembu, pelo Grêmio, e sei a força que a torcida do Corinthians tem lá. O que mais me chamou atenção foi quanto à paciência. Na época, com Mascherano, o time não estava bem. Mas a torcida não vaiou em nenhum momento. Isso é muito legal para o jogador, dá ainda mais motivação. Como dizem, é um bando de loucos mesmo, mas loucos que só ajudam."

Por Cezar Alvarenga – Racha no Chelsea pode causar saída em massa.

Fonte: Yahoo! Esportes

Apesar da classificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, em primeiro lugar no grupo E, o Chelsea chega ao fim do ano sob tensão, devido à quarta colocação no Campeonato Inglês, dez pontos atrás do líder Manchester City, e à recentemente eliminação nas quartas de final da Copa da Liga Inglesa, diante do rival Liverpool. Contratado nesta temporada com status de ‘novo José Mourinho’, após causar sensação ao levar o Porto aos títulos da Liga Europa, Campeonato Português, Taça e Supertaça de Portugal, o jovem técnico André Villas-Boas, de 34 anos, vem tendo trabalho para lidar com um elenco formado por jogadores experientes, que estão há muito tempo juntos e têm fama de derrubar treinadores, como já aconteceu com o brasileiro Luiz Felipe Scolari, que ficou apenas oito meses no comando dos Blues, entre julho de 2008 e fevereiro do ano seguinte.

Em meio às cobranças por resultados, e tendo de mostrar à diretoria, torcida e imprensa inglesa que terá pulso firme para lidar com os jogadores, Villas-Boas tentou ganhar – ou não perder – o grupo a partir dos líderes, num jantar com o capitão John Terry, o meia Frank Lampard, o atacante Didier Drogba e o goleiro Petr Cech. Todos com mais de 30 anos, ou seja, pouco mais jovens que o treinador. No encontro, o português pediu que o quarteto assumisse a responsabilidade de manter o elenco unido e concentrado nos objetivos da equipe na segunda metade da temporada.

Não deu certo. Segundo revela o jornal inglês ‘The Sun’, diante da resistência dos jogadores, Villas-Boas preferiu continuar a conversa num outro dia, mas este segundo encontro jamais se realizou. O treinador, então, partiu para o tudo ou nada: reuniu todo o elenco no campo de treino e disse o que pensa de cada jogador, um por um, diante dos companheiros. O resultado imediato foi o afastamento do atacante francês Nikolas Anelka, de 32 anos, e do zagueiro brasileiro Alex, de 29, que serão liberados para buscar outro clube na janela de transferências de janeiro. Villas-Boas reservou à dupla as palavras mais duras da ‘lavagem de roupa suja’.

– Não quero mais vê-lo próximo à equipe principal – o treinador afirmou, de acordo com uma fonte do jornal inlgês, a Anelka, que foi proibido de usar as instalações do clube na mesma hora dos colegas. Ele passará a treinar com a equipe B do Chelsea.

– E o mesmo vale para você – continuou Villas-Boas, dirigindo-se a Alex, ainda segundo o ‘The Sun’.

O desabafo do português deixou o elenco em choque. Nem mesmo Drogba escapou da ira do técnico:

– Você não é sequer uma fração do jogador que foi na última temporada.

Outros jogadores devem seguir o mesmo caminho de Anelka e Alex, como o meia francês de 31 anos Florence Malouda – que um dia revelou o desejo de jogar no Brasil antes de encerrar a carreira -, o lateral-direito português José Bosingwa, de 29 anos, e o atacante de 26 anos Salomon Kalou, marfinense como o astro Drogba, que interessa ao Paris Saint-Germain.

Mas existe a possibilidade de uma saída em massa após o constrangimento público a que submeteu seus jogadores. O que talvez obrigue Villas-Boas, caso não perca o cargo, vítima da própria situação que criou, a reconstruir o elenco. Resta saber se não era esse, no fundo, o verdadeiro objetivo do treinador quando deu início à queda-de-braço com o elenco.

Barrado do jogo de terça-feira contra o Valencia, que decidia a classificação para as oitavas da Liga dos Campeões da Europa, o meia Frank Lampard, um dos ídolos da torcida, ficou os 90 minutos no banco de Stamford Bridge enquanto seus colegas faziam 3 a 0 no time espanhol, garantindo a primeira colocação do grupo. Ídolo da torcida, há dez anos no clube, Lampard não ficava na reserva em um jogo decisivo do Chelsea desde 2003. A mensagem de Villas-Boas foi clara: quem manda no time é ele, e ninguém pode se considerar acima do bem e do mal. Agora, já se cogita até mesmo uma transferência do jogador, de 33 anos, para o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, para substituir o astro David Beckham.

Quem também deve deixar o Chelsea em janeiro é Didier Drogba. Mas por enquanto é apenas uma saída temporária – e providencial para acalmar os ânimos nestes tempos de incerteza. Drogba é nome certo na seleção da Costa do Marfim que disputará a Copa Africana de Nações, na Guiné Equatorial e no Gabão. Dependendo do sucesso do seu país no torneio, o atacante pode ficar até um mês longe do clube.

Mas Thierno Seydi, agente de Drogba, já declarou à imprensa inglesa que o atacante de 33 anos, cujo contrato com o Chelsea terminará no meio de 2012 – não vai hesitar em se transferir imediatamente para qualquer clube que ofereça um salário melhor do que o do time de Londres. Enquanto isso, o marfinense se esquiva da polêmica:

– Meu futuro não é importante. Meu objetivo é continuar fazendo gols – comentou após marcar dois gols na vitória sobre o Valencia.

Por Cleber Aguiar – Imprensa da Capital Paulista é um lixo !

Cleber Aguiar  Equipe ICFUT Minha querida nação santista, podia está usando esse espaço para falar da chance do nosso gloriso Santos Futebol Clube de conquista o maior título de sua história, porém preciso fazer uma critica a uma reportagem do jornal FOLHA DE SÃO PAULO 09/12/2011 D2, CADERNO DE ESPORTES, assinado por Leonardo Lourenço e Rodrigo Bueno com a reportagem POUCO CASO.  Olha nunca vi tanta inveja e raiva por uma agremiação como tem a imprensa paulistana, isso claro fruto da geração gloriosa de Pelé & Cia que deixou muito desses FDP chorando por causa do Corinthians.

Nossa o Santos está no Japão representando o futebol brasileiro e esses dois reporteres de merda que devem ser torcedores do trio-de-lata só tem isso para falar do Santos, ou seja ,que o peixe não grande clamor no Japão.No que isso interessa esse momento, todos sabem que o Santos é a equipe brasileira mais conhecida no exterior e claro no Japão com nossas décadas de 80,90 terriveis e a grande ascensão do São Paulo,Grêmio e Internacional  é um espaço que conquistaremos com o tempo.Por isso acho que nenhum jornalista precisa estampar e querer arranhar a imagens de um clube que só trouxe alegria ao futebol brasileiro e inúmeros craques.

Agora que dor de cotovelo, hein ?… a cidade de Santos e principalmente a torcida santista, não temos culpa que no TODO PODEROSO TIMECO não nasceram craques como, Pelé, Pagão,Couitinho,Edu,Zito,Nilton Batata,Clodoaldo,Gi10vanni,Diego,Robinho ,Neymar entre outros que não foram citados pois não cabe nesse espaço.Não temos culpa que a última grande relevação do TIMECO foi Dentinho …rsrsrsrs, que o maiores goleadores do São Paulo  são santistas  são  os casos  de Serginho Chulapa e Careca, o maior ícone da democracia corintiana Sócrates era um santista e por fim a falência do Palmeiras não é culpa do Santos e sim de sua diretoria.

Imprensa Paulistana mal amada ,por favor deixe o glorioso Santos Futebol Clube em paz, pare de querer mancha a imagem do Santos toda hora e principalmente parem de vender o Neymar para todo mundo, jajá até o corinthians o Neymar vai ser vendido…rsrsrsrrs.Folha de São Paulo e seus jornalistas que vergonha, olha que os santistas não ficam falando que o Jornal Estado de São Paulo é melhor do que vocês, apesar disso ser verdade.

Dr. Sócrates vai com Deus, foi feliz não importava com nada e ainda vestiu a camisa do clube de coração o Santos.

Vamos ser TriSantos !!!!!!!!!!!!!!!!!

Chupa São Paulo, Corinthians,Palmeiras e principalmente a Folha de São Paulo.

Vai um trecho da reportagem !!!

Pouco caso

Depois de conquistar fama mundial na era Pelé, Santos goza de pouca popularidade em sua chegada
ao Japão, país onde nunca teve grande destaque