ICFUT – É hora de vibrar, nação corintiana!

Texto do Corintiano Rubens Melo

twitter :  @_rubensmelo

E não, não vamos vibrar por mais um mero título, não vamos vibrar por mais uma pequena estrela – Até porque nunca necessitamos deste tipo de coisa pra demonstrar nossa grandeza, de demonstração de grandeza sempre bastou nosso distintivo – vamos vibrar por ser mais uma vez a resistência, resistir bravamente mais uma vez contra tudo e contra todos e ainda sentir o sabor da vitória, vibrar por sentir na pele novamente a cobiça de cada um dos nossos (muitos e muitos) adversários.
Até porque, nada é mais gostoso do que vibrar muito depois de uma semana cheia de “Da-lhe Porco!” (Né Kleber?) ou “Vamos Vascão!” e toda aquela esperança chata de quem no fundo sabia que a taça estava muito longe da terra do Cristo Redentor.
Dentro das quatro linhas, mais um jogo que se não fosse pelas circunstâncias especiais de uma verdadeira final de campeonato, seria outro típico Corinthians x Palmeiras, um clássico pouco técnico, extremamente pegado e de grande parte emocional. Emoção que também se refletiu no Rio de Janeiro, quando o Vasco da Gama abriu o placar com Diego Souza. Eram Vascaínos, Palmeirenses, Santistas, São Paulinos, Gremistas, Colorados, Israelenses, Palestinos, Xiitas e Sunitas comemorando juntos, como se estivessem dando um grande passo para a derrubada de um gigante que lutava com suas próprias forças no Pacaembú. Gol que deixou a última rodada da competição ainda mais emocionante e cheia de expectativa, a cada bola que aparecia na tela, a cada anúncio em cada um dos dez estádios, o frio na barriga aumentava e a qualquer momento poderia aparecer um novo rebaixado, um novo classificado para a Libertadores e até com uma boa dose de azar, um novo campeão.
E então um gol que veio em forma de alívio, um gol de garoto do terrão corintiano, que colocou água e mais água no champagne imaginário dos vascaínos. Renato Abreu com um chute no cantinho empatou o jogo para o Flamengo no clássico carioca e abriu caminho pra mais uma grande conquista de nossa nação, conquista que se tornou ainda mais grandiosa depois de uma madrugada de perda. A perda de Doutor Sócrates, uma verdadeira lenda do futebol, respeitado dentro de toda a imprensa, respeitado dentro da política, respeitado certamente dentro de todo o Brasil, e porque não o mundo. Mas quis alguém que, no dia de uma perda tão dolorosa para nossa nação, houvesse uma nova glória, uma grande vitória, dia para então abrirmos caminhos para a entrada de novos grandes nomes, novos ídolos em nossa longa história que se reconstrói a cada instante.
Agora é esperar 2012, e que ano que vem seja mais uma vez um ano de grande alegrias para nós, nação corintiana!

Por Cleber Aguiar – Balotelli tem carro de R$ 280 mil detido um dia após comprá-lo

Fonte: Portal Terra

Atacante de 21 anos voltou a se envolver em confusão fora dos gramados. Foto: Getty Images

Atacante de 21 anos voltou a se envolver em confusão fora dos gramados
Foto: Getty Images

Sempre vendo seu nome se envolver em polêmicas fora dos campos, o italiano Mario Balotelli não fugiu à regra na última terça-feira. O atacante do Manchester City, 21 anos, passou por um susto ao ter sua nova Maserati detida por policiais em uma estrada perto de Worsley, na Inglaterra, apenas um dia depois de ter comprado o carro por 100 mil libras (cerca de R$ 280 mil), de acordo com o jornal The Sun.

A publicação afirma que os oficiais pararam o automóvel de Balotelli por suspeita de que ele poderia estar dirigindo acima do limite de velocidade. A polícia logo anunciou que confiscaria o carro por possibilidade de não estar registrado legalmente, mas o atacante conseguiu provar que seus documentos estavam em ordem.

O último automóvel de Balotelli, também uma Maserati, já havia sido depredado com pés-de-cabra em abril, e submetido a uma brincadeira dos outros jogadores do Manchester City em agosto, quando um saco de peixes foi encontrado no banco traseiro, causando um odor insuportável.

Entre as confusões em que o italiano já se meteu desde a transferência para o Manchester City, em agosto de 2010, estão um acidente de trânsito que destruiu seu carro anterior, um Audi R8; uma briga em um restaurante com um acompanhante de uma prostituta que teria saído com Wayne Rooney; e uma multa por ter atirado um dardo em um jogador das categorias de base do time inglês.

Por Cleber Aguiar – Vamos ser Tri Santossssss !!!!!

Fonte: Globo.com

Ela apareceu. O desejo maior de quem está no Mundial de Clubes da Fifa. O objeto que Neymar & cia. querem levar para Santos.

Com vocês, a taça do Mundial:

O troféu vencido pelo Inter de Milão no ano passado ficou exposto nesta quarta-feira durante a coletiva de imprensa do Comitê Organizador do Mundial no hotel Marriot, em Nagoia.

O novo dono da taça será conhecido no dia 18 após a final em Yokohama.

 

Por Cleber Aguiar – Por que o Corinthians foi o melhor ?

Fonte: Folha Online

Humberto Luiz Peron

futebol na rede – Colunista da Folha de São Paulo

DE SÃO PAULO

Não se discute um campeão em torneio de pontos corridos, com 38 rodadas. Por isso, a conquista do Brasileiro pelo Corinthians no último domingo não pode ser contestada. Aqui vou até destacar aqui os principais passos que fizerem o time de Tite levar a taça.

Início arrasador
Mesmo com o Campeonato Brasileiro sendo disputado em pontos corridos desde 2003, muitos clubes ainda não aprenderam que as primeiras rodadas são tão importantes quanto a reta final do torneio. Por isso, o Corinthians – por também não participar de nenhuma competição paralela no início da competição -, enquanto os outros times ainda tentavam montar seu elenco, abriu uma confortável vantagem nos dez primeiros jogos, quando somou 28 pontos.

Confiança no treinador
Não foram poucas as oportunidades, durante a campanha, em que a cabeça do técnico Tite foi pedida pelos torcedores e por boa parte da imprensa. Mas a diretoria do clube acertou em manter o treinador, que havia montado o elenco. Até porque não conseguiria contratar um substituto melhor.

O maior respaldo que os dirigentes do clube deram ao treinador foi quando ele afastou o zagueiro e capitão Chicão do time titular. Em nenhum momento o corpo diretivo tentou interferir na decisão do técnico. Com retaguarda, Tite, que é um comandante, começou a acertar na maioria de suas mudanças nas partidas, principalmente na última parte do campeonato. Entre seus êxitos estão a entrada do esquecido Ramires, que decidiu o jogo contra o Ceará, e a entrada de Adriano, contra o Atlético-MG, quando o centroavante marcou o gol da virada.

Defesa sólida
Um sistema defensivo forte é fundamental para que uma equipe conquiste um torneio de pontos corridos. Por isso, o desempenho da defesa corintiana, que só levou 36 gols na campanha, foi um dos pilares da conquista corintiana. O papel da defesa foi fundamental para que o Corinthians conseguisse a incrível marca de 18 vitórias – das 21 que teve no torneio – fosse apenas por um gol de diferença. Se a equipe tivesse tomado mais um gol nessas vitórias magras, o título escaparia.

O fato de o time ter tomado poucos gols não é mérito apenas da zaga, que se acertou com a entrada de Paulo André no lugar de Chicão, mas também do conjunto muito forte do time. Não se pode esquecer o trabalho de proteção dado pela dupla de volantes formada por Ralf e Paulinho – o melhor jogador do time no torneio – e o esforço dos atacantes como o jovem William, por exemplo, que sempre ajudavam na marcação.

Poder de Decisão
Aqueles que criticam o sistema de pontos corridos adoram dizer que ele não permite a formação de equipes que sabem jogar partidas decisivas, mas o Corinthians mostrou exatamente o contrário. O número de gols marcados em cada tempo de jogo é um bom parâmetro. Dos 53 tentos anotados, 31 aconteceram no segundo tempo. Assim, o time conseguiu mudar várias vezes o resultado na etapa complementar e ainda obteve seis viradas fundamentais para a conquista do título.

Mostrando força, o Corinthians conseguiu grandes resultados em jogos que a derrota já estava anunciada. Exemplos não faltam: o empate com o São Paulo, quando o time vivia seu momento mais conturbado no torneio; a igualdade com o Vasco, em São Januário; e outro ponto sofrido foi conquistado em Porto Alegre, contra o Internacional, com um gol no último minuto.

Talento resolve
O Corinthians não apresentou o futebol mais bonito do torneio – mas foi o mais regular e que oscilou pouco na competição – e concordo com aqueles que dizem que o Corinthians não tem um grande craque, mas, no momento em que o time mais precisou, seus jogadores mais importantes acabaram se destacando. Na lista não faltam os meias Alex e Danilo, os atacantes Liedson e Emerson e o volante Paulinho, que apareceu com o mesmo destaque na defesa e se cansou de marcar gols – foram oito no total.

Tudo bem que sempre aparecem aqueles que dizem que o time foi muito favorecido pela arbitragem graças ao bom relacionamento do clube com a direção da CBF, mas, tirando a paixão de lado, não há como dizer que o Corinthians mereceu conquistar o Campeonato Paulista de 2011.

Mais pitacos em: http://www.twitter.com/humbertoperon

Até a próxima.

DESTAQUE
Para as homenagens que o craque Sócrates recebeu após a sua morte no último domingo. Em campo e na vida, ele mostrou que fazer as coisas da maneira mais simples gera grandes resultados, e um rápido toque de calcanhar pode ser mais útil que uma sequência de dribles. Sócrates foi um dos poucos jogadores da história que conseguia decidir uma partida num único segundo de genialidade, por isso nunca precisou ser um atleta, e, sim, apenas um jogador de futebol.

ERA PARA SER DESTAQUE
Para Flamengo e Internacional, que na última rodada conquistaram a vaga para a Copa Libertadores. O time do Rio de Janeiro chegou a sonhar com a conquista do título, mas caiu muito de produção. Já para o Internacional disputar o torneio continental mostra a recuperação da equipe no campeonato nacional, depois de um início muito ruim.

Humberto Luiz Peron

Humberto Luiz Peron, 41, é jornalista esportivo, especializado na cobertura de futebol, editor da revista “Monet” e colaborador do diário “Lance”. Escreve para a Folha.com às terças-feiras.

 

Por Cleber Aguiar – Goleiro do Corinthians ‘esquece’ a mulher na premiação da CBF

Fonte: Folha Online

Uma cena chamou a atenção ao final da festa promovida pela CBF para premiar os melhores jogadores do Campeonato Brasileiro, na noite de segunda-feira, em São Paulo. Minutos após ir embora, o goleiro corintiano Júlio César retornou ao auditório do Ibirapuera esbaforido. O motivo: havia ‘esquecido’ sua mulher dentro do local da celebração.

A informação está na coluna Painel FC, assinada por Eduardo Ohata e Bernardo Itri, publicada nesta quarta-feira. 

Almeida Rocha/Folhapress
Depois do gafe de Ronaldo, troféu do Campeonato Brasileiro é erguido por Alessandro (esq.) e Chicão
Após sucessão de gafes, troféu do Campeonato Brasileiro é erguido por Alessandro (esq.) e Chicão

Pentacampeão brasileiro, o Corinthians só ganhou duas das indicações.

Dos cinco concorrentes –o próprio goleiro Júlio César, o zagueiro Leandro Castán, os volantes Ralf e Paulinho e o técnico Tite–, apenas a dupla de marcação no meio de campo, unanimidade durante toda a competição, terminou vencendo em suas posições.

O Vasco, segundo colocado, teve o lateral direito Fagner, o zagueiro Dedé e o meia Diego Souza escolhidos para o onze ideal segundo os jornalistas convidados, além da dupla Ricardo Gomes e Cristovão Borges, escolhidos como os treinadores do ano, prêmio entregue por Mano Menezes, comandante da seleção brasileira.

 

ICFUT – Vencedora do Garota Fiolux Série B, Gata da Ponte vira nudista no Pânico na TV

Fonte: Futebolinterior.com.br

Vestida” como nudista, Aline Nowak, musa da Ponte Preta, participa de quadro do programa

Campinas, SP, 04 (AFI) – A vencedora do Garota Fiolux Série B, Aline Nowak, representante do clube Ponte Preta, segue sua carreira de sucesso embelezando o programa humorístico da Rede TV, Pânico na TV.

A bela loira foi um dos destaques do quadro “Afogando o ganso”, no qual belas mulheres descem uma “rampa” e mergulham numa pequena piscina de plástico. A cada domingo, o quadro segue um tema diferente e o do último fim de semana (04), foi a praia de nudismo de Tambaba (João Pessoa/PB).

Aline conta que, na verdade, as cinco mulheres que “afogaram o ganso” junto a ela não estavam completamente nuas. Mas não é possível notar qualquer tipo de roupa nas belas “nudistas” do humorístico. Confira no vídeo abaixo o desempenho da bela Aline Nowak e suas companheiras de quadro:

Por Cleber Aguiar – Proibido de levar mascotes, Santos terá apoio de “baleia assassina” no Japão

Fonte: Gazetaesportiva.net

Fellipe Lucena, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

 

Neymar e Ganso estarão no Japão, mas uma outra dupla que costuma fazer a alegria dos torcedores do Santos foi impedida de viajar para o Mundial. Alan Victor Ferreira, o Baleião, e Felipe Fernandes Baptista, o Baleinha, personagens que animam os jogos na Vila Belmiro, ficaram no Brasil. Em compensação, o time terá a companhia de um mascote muito parecido durante a preparação para a estreia: a “baleia assassina” do Nagoya Grampus.

“O Santos queria levar os mascotes para lá, para que eles ficassem no campo e fizessem ações promocionais. O problema é que a Fifa não permitiria a ida deles aos jogos, então não valeria a pena levá-los só para eventos fora do estádio”, explica Marcel Calixto, auxiliar de marketing santista.

Reprodução/Nagoya Grampus

O mascote do Nagoya Grampus fez tanto sucesso que a família de orcas foi ampliada pelo marketing do clube

A delegação alvinegra, que deixou o Brasil na noite de segunda-feira, fez uma escala em Frankfurt, na Alemanha, e chegará a Nagoya nessa quinta. O grupo ficará na cidade até 13 de dezembro, quando viajaa Toyota para fazer o reconhecimento do palco da semifinal, no dia seguinte. Durante esse período de preparação, serão cinco treinos no pequeno Mizuho Stadium, que tem capacidade para cerca de 25 mil pessoas e é utilizado pelo Nagoya Grampus em jogos pela Liga Japonesa.Curiosamente, o time japonês carrega uma orca (chamada também de baleia assassina) em seu escudo. A espécie é um símbolo da cidade e atração principal do Aquário Público do Porto de Nagoya, conhecido pelos shows de acrobacia desses animais.

AFP

A orca – ou baleia assassina – é mascote do Nagoya Grampus e inspirou a criação de Baleião e Baleinha, personagens do Santos

O clube criou a simpática orca Grampus-Kun (que de assassina não tem nada) para ser seu mascote. Os torcedores gostaram e a família ganhou novos personagens, vendidos em forma de pelúcia: Grampako-chan, uma sorridente baleia fêmea, Grara, uma pequena orca vermelha, e Grampus-Kun Jr., um filhote marrento vestido de jogador.O departamento de marketing do Santos não pretende explorar a coincidência, mas promete manter Baleião e Baleinha em atividade. “Dia 11 de dezembro, eles estarão em uma festa beneficente para crianças e, dia 27, irão a um programa local. Nos dias dos jogos, é bem provável que eles estejam na Vila Belmiro. Estamos pensando em fazer uma fan fest. O clube está negociando com patrocinadores e posso dizer que está bem adiantado”, informa Marcel Calixto.

 

 

Por Cezar Alvarenga – Ontem definiu-se os primeiros classificados para as oitavas da Liga dos Campeões.

Fonte: Yahoo! Esportes

O Chelsea, o Olympique de Marselha e o Zenit de São Petersburgo garantiram presença nas oitavas de final da Liga dos Campeões, nesta terça-feira, após a última rodada da fase de grupos, na qual o Porto surpreendeu ao ser eliminado da competição.

No estádio Stanford Bridge, o volante Ramires deixou sua marca ao fazer o segundo gol da vitória do Chelsea por 3 a 0 sobre o Valencia, principal concorrente dos ‘Blues’ na briga por uma vaga para a próxima fase.

O ex-cruzeirense recebeu ótimo lançamento do atacante marfinense Didier Drogba, se livrou da marcação do zagueiro Victor Ruiz e tocou para o fundo das redes, na saída do goleiro adversário, seu compatriota Diego Alves.

Drogba foi o grande destaque da partida, já que fez os dois outros gols dos ‘Blues’, abrindo o placar logo aos 3 minutos e fechando a conta aos 31 da etapa final.

Com o resultado, o Chelsea se classificou em primeiro lugar do Grupo E, na frente do Bayer Leverkusen, da Alemanha, que empatou por 1 a 1 com lanterninha Genk, da Bélgica.

Apesar da derrota, o Valencia garantiu a terceira posição, que dá direito a uma vaga na primeira fase do mata-mata da Liga Europa.

Já no Grupo F, o Olympique de Marselha conseguiu sua classificação após vitória emocionante sobre o atual campeão alemão, Borussia Dortmund.

O time francês, que começou perdendo por 2 a 0, conseguiu uma virada espetacular nos minutos finais. Os comandados do técnico Didier Deschamps precisavam da vitória, já que na outra partida da chave, o Olympiakos, da Grécia, derrotou o já classificado Arsenal por 3 a 1.

O gol da vitória dos franceses foi marcado aos 42 da etapa final pelo meia Mathieu Valbuena, dois minutos após o ganês André Ayew ter empatado a partida.

Na chave G, a grande surpresa da rodada foi a eliminação do Porto, que ficou no 0 a 0 com o Zenit São Petersburgo.

A vaga para as oitavas da ‘Champions’ acabou ficando com os russos e os portugueses terminaram na terceira posição, classificando-se para a primeira fase do mata-mata da Liga Europa, onde poderão defender o título conquistado na temporada passada ao superar seus compatriotas do Braga na decisão.

Na outra partida da chave, que não valia mais nada, o já classificado APOEL Nicósia, de Chipre, grande revelação da competição, foi derrotado em casa por 2 a 0 pelo lanterninha Shakhtar Donesk.

O brasileiro Luiz Adriano, formado nas categorias de base do Internacional, abriu o placar aos 17 do segundo tempo. O atacante foi para o banco aos 29 e seu substituto Evgen Seleznyov, selou o resultado quatro minutos depois.

Apesar da derrota, os cipriotas terminaram na liderança da chave, com o mesmo número de pontos do Zenit, que superou no quesito do confronto direto (vitória por 2 a 1 em casa e empate sem gols na Rússia).

Brasileiros também se destacaram na chave H, na qual as duas vagas já tinham sido garantidas por Milan e Barcelona.

No estádio Eden de Praga, Pato e Robinho abriram 2 a 0 para o time italiano na casa do Viktoria Pilsen, com dois gols marcados no início do segundo tempo, mas o time tcheco surpreendeu ao arrancar o empate no fim da partida.

Os dois brasileiros mostraram muito entrosamento, um dando passe para o outro balançar as redes nas duas jogadas.

Aos 2 minutos da etapa final, Robinho ajeitou a bola com o peito para Pato, que se livrou da marcação do zagueiro Cisovsky e chutou para o gol de perna esquerda.

Dois minutos depois, foi a vez do ex-jogador do Internacional ser ‘garçom’ do ex-santista, após ótima jogada individual.

Mas quando a partida se encaminhava para uma vitória fácil do Milan, o zagueiro David Bystron descontou para os tchecos no último minuto do tempo normal e o atacante eslovaco Michal Duris deixou tudo igual nos acréscimos, para o delírio da torcida local.

Este tropeço não mudou nada para o Milan, já classificado para as oitavas, mas o Viktoria Pilsen garantiu a terceira posição do grupo, que dá direito a uma vaga na primeira fase do mata-mata da Liga Europa.

Na outra partida da chave, o líder Barcelona, que jogou com sua equipe reserva, goleou por 4 a 0 o lanterninha Bate Borisov, da Belarus, com dois gols do atacante Pedro, um dos únicos acostumados a atuar entre os titulares. Os outros foram marcados pelos jovens Sergi Roberto, de 19 anos, e Martín Montoya, 20.

O técnico Josep Guardiola resolveu poupar seus principais jogadores para preparar o clássico deste sábado contra o Real Madrid, pela 16ª rodada do Campeonato Espanhol.

Três brasileiros aproveitaram a oportunidade para iniciar a partida desta terça-feira entre os titulares, o lateral Maxwell, o meia Thiago Alcântara e a jovem promessa Rafinha, de 18 anos.