Por Cleber Aguiar – Caçula, Santos FC conquista a Liga de Futsal, o “Brasileiro” da modalidade

Fonte: Santosfc.com.br

Arnaldo Hase

Nos pênaltis, Santos FC levanta taça inédita da Liga Futsal. Clique na imagem e veja mais fotos!

O Santos FC conquistou na noite desta terça-feira a Liga Nacional de Futsal, o torneio mais importante da modalidade no Brasil, em um jogo que serviu para testar o coração dos quase 4 mil santistas que lotaram a Arena Santos e de outros  milhões que acompanharam a partida de longe.

O primeiro time paulista a conquistar o ‘Brasileirão’ do Futsal teve que suar demais para vencer o forte Carlos Barbosa, um dos maiores vencedores do Futsal recente no País. E suar dobrado, pois o vinha com desfalques importantes: Falcão, expulso no primeiro jogo da final, Jé e Jackson, machucados. Para muitos, parecia impossível. Mas aqui é Santos, terra de campeões e reis,  onde impossível é duvidar da tradição do nosso time.

No tempo normal, 3 x 2. Neto, Pixote e Deives marcaram os gols da vitória que não encerrariam a noite: era preciso vencer os dois tempos de 20 para conseguir chegar à prorrogação, em dois tempos de dez. O Santos chegou e disputou uma prorrogação nervosa, truncada, onde o gol parecia que poderia sair a qualquer momento em qualquer detalhe. Mas não saiu.

Vieram os pênaltis e a entrada do goleiro Paulo Victor, torcedor do Santos, especialista em penalidade. E logo de cara ele defendeu o primeiro! O Peixe, no entanto, desperdiçou um e a série de cinco pênaltis terminou empatada em 4 x 4. Vieram os alternados. 5 a 5, 6 a 6, 7 a… Paulo Victor novamente brilhou para deixar o Carlos Barbosa com 6 e fazer a torcida explodir na Arena Santos.

O antes
O Santos havia perdido o primeiro jogo, em Carlos Barbosa (RS), por 4 x 3. A partida foi marcada pela polêmica e por erros de arbitragem, que culminaram na expulsão do melhor atleta do mundo já após o fim do jogo. Como recuperar um time que já tinha desfalques sérios como Jé e Jackson? Com união, confiança e cuidado com os mínimos detalhes. Para o técnico multi-campeão Fernando Ferretti, acostumado a decisões, uma missão difícil, mas plenamente alcançável.

Na segunda-feira, o elenco se concentrou no CT Rei Pelé para a grande final. Nesta terça, uma palestra motivacional com o técnico Muricy, os craques Neymar e Elano e o presidente Luis Alvaro. Tudo junto a uma preparação minuciosa que recuperou psicologicamente os atletas e manteve mais aceso do que nunca o espírito campeão, característica maior do time experiente montado pelo Peixe.

E se a final foi dramática, também serviu para mostrar que apesar de ter o melhor atleta de todos os tempos do futsal em seu time, o mago Falcão, o Peixe tem, acima de tudo, um elenco campeão.

E o melhor é que a história do Futsal santista está só começando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s