Por Cleber Aguiar – Entrevista com o zagueiro Dedé do Vasco !

Fonte: O Estado de São Paulo

‘Certo é que fico até o fim da Libertadores’, diz Dedé

Destaque do time de São Januário, jogador diz que espera valorização do clube para ficar no Brasil até a Copa do Mundo-14

TIAGO ROGERO – O Estado de S.Paulo

RIO – A estreia oficial é uma. A que ele gosta de lembrar, outra. Em agosto de 2009, Dedé vestiu a camisa do Vasco pela primeira vez. Entrou durante o segundo tempo de um jogo pela Série B do Brasileiro. Em maio de 2010, quase um ano após ter sido contratado – período em que disputou apenas sete partidas -, ganhou uma chance no time titular, pelas quartas de final da Copa do Brasil. A 26 dias do fim do contrato, agarrou a oportunidade. E não largou mais. Aos 23 anos, o “Mito”, como tem sido chamado pelos torcedores, marcou 17 gols, 13 pelo time da Colina. Em meio à apertada agenda do fim de duas competições, Dedé respondeu às perguntas do Estado. Falou sobre a relação com Ricardo Gomes, seleção, a “disputa” com Neymar pelo título de craque do Brasileiro e a permanência no Vasco, garantida pelo menos até a Libertadores.

O ídolo da torcida vascaína ressalta a importância de Ricardo Gomes para o time - Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE
O ídolo da torcida vascaína ressalta a importância de Ricardo Gomes para o time

Como é ter o apelido de ‘Mito’?

Não me considero um mito. Sou simples para ter essa visão. Acho um apelido forte, mas curto o carinho do torcedor.

Por que faz tantos gols?

Altura e boa impulsão. Desde o Volta Redonda ia ao ataque.

Como foi jogar com Júnior Baiano no Volta Redonda?

Ele foi importante para minha carreira. O Baiano me deu conselhos que servem, até hoje, para dentro e fora do campo. Foi ele quem me aconselhou a não deixar o Vasco para ir para o futebol coreano (em 2010). Eu era a sétima opção e ele dizia que eu tinha qualidade e tinha que estourar no Brasil.

Fica no Vasco até quando?

É certo que fico até a Libertadores, mas minha vontade é de ficar até a Copa. Mas isso depende. O Vasco detém parte dos meus direitos, um empresário detém a outra. Claro que eu teria uma valorização na Europa, mas mesmo que não seja nos padrões de lá penso em uma valorização também aqui. Acredito que o clube vai fazer o possível para que isso aconteça.

Sonha em jogar na Europa?

Sim. E jogar uma Copa. Mas as coisas acontecem naturalmente. No Vasco fiz minha “estreia” faltando menos de um mês para terminar o contrato. Certamente me mandariam embora. No ano seguinte já comemorava o prêmio de melhor zagueiro do Brasileiro.

Acha que o esforço do Santos em segurar Neymar, mesmo com tantas propostas, pode ser uma tendência no Brasil?

Vejo jogadores brasileiros com altos salários na Europa voltando. Luis Fabiano, Denilson e muitos outros. O mercado brasileiro está se fortalecendo.

Para alguns comentaristas você disputa o título de craque do Brasileiro com Neymar. Dá para ganhar?

Com o Neymar é covardia (risos)! Ele é fora de série e um dos melhores do mundo. Tenho de estar feliz só pelo fato de cogitarem isso.

O que representa Ricardo Gomes para o grupo do Vasco?

Ele é a coluna que sustenta o grupo. O Ricardo, com aquele jeito calmo, é mais que um excelente treinador. Conversa e explora o que cada um tem de melhor.

E para você?

Quando a gente ganha espaço, é cercado por um monte de pessoas oportunistas. O Ricardo não é amigo antigo, mas virou um. Além disso, sabe tudo da posição que jogo. Procuro conversar bastante com ele.

Como o grupo superou a internação do Ricardo (em agosto, sofreu um AVC)?

Não foi fácil. No dia em que aconteceu, minha vontade era de pedir que o jogo fosse paralisado. Sabíamos que estava acontecendo algo, mas não o que era. Acho que a superação dele nos motivou. Estamos atrás desses títulos (do Brasileiro e Sul-Americana) para dedicar ao Ricardo. Ele é o responsável pelo bom momento do Vasco.

Hoje, a dupla “titular” de zaga do Mano Menezes na seleção é formada por David Luiz e Thiago Silva. Acha que tem vaga?

Acho que é muito cedo. Tenho é que trabalhar para manter o bom momento. Ser convocado é o primeiro passo. Brigar por vaga é outra história.

Por Cleber Aguiar – Entrevista com César Sampaio do Palmeiras

Fonte: Folha de São Paulo

Montaremos um time para ser campeão em 2013, diz César Sampaio

O telefone de César Sampaio não para de tocar. São empresários oferecendo atletas para o Palmeiras em 2012.

“Só tem Kaká e Robinho. Mas, quando pergunto onde jogam, é no ASA de Arapiraca. Com todo o respeito, não vai resolver meu problema”, ironiza o gerente de futebol.

À Folha o ex-meio-campista disse que o time precisa de seis ou sete reforços e que conquistas são para 2013.

Folha – Qual avaliação você faz do time neste ano?
César Sampaio – Tem muitas lições importantes para tirar de 2011. Não só os erros. Os dois últimos jogos foram muito bons. Estou muito feliz com o grupo, acho que o espírito foi recuperado. Mas lógico que precisamos qualificar o elenco. Com a saída do Danilo e do Kleber, perdemos jogadores importantes. Também é preciso levar em consideração a recuperação do Valdivia. Só a parte tática e física não adiantam. Tem que ter uma superação.

O Palmeiras está hoje no lugar em que merece?
Baseado nos problemas que o time teve no ano, as lesões, os erros, o máximo que poderíamos estar é três posições acima da que estamos hoje [o time é o 13º].

A única coisa que resta no ano é tirar o título do Corinthians?
O torcedor é paixão. A gente sabe que, se isso acontecer, para os torcedores salva o ano. Para nós, que trabalhamos na inteligência do negócio, não é o jogo do Corinthians que vai fazer com que esse time seja competitivo.

Qual o seu orçamento para contratações?
Não sei ainda. Tem jogadores que retornam de empréstimo, e pretendemos colocar alguns, que o Felipe [Luiz Felipe Scolari, técnico] não pretende utilizar, como parte da negociação. Uns são caros e estão bem empregados. Não gostaria, mas, para determinado atleta, talvez tenhamos que recorrer a um parceiro.

Scolari já te passou uma lista de reforços?
Já. Tem 12 nomes “número 1”, aqueles que todo mundo quer. Mas tem mais uns 20 jogadores que são plano B e C.

Quantos jogadores esse time do Palmeiras precisa?
Eu penso em seis, sete “número 1”, para ter um elenco. Temos limitações e carências em algumas posições.

O Palmeiras vive um de seus piores anos. Como convencer atletas a jogar no clube?
Toda e qualquer empresa tem momentos de baixa. Mas a marca Palmeiras é muito forte. E significa muito no cenário nacional e internacional. Tem o centenário em 2014. Devagarzinho vamos colocar o trem nos trilhos.

Foi o Scolari quem te indicou para assumir o cargo?
Não sei. Quem fez o convite foi o presidente. Não sei se o [Arnaldo] Tirone conversou com ele, deve ter conversado. O que mais pesou na minha negociação foi a minha função. Eu disse que queria que as minhas ideias fossem ouvidas. Não que elas fossem aceitas, mas que eu pudesse questionar. Ele me deu 100% de autonomia. A primeira bucha foi me reunir com o Felipe e dizer que, se fosse detectada a má vontade do grupo e a intenção de prejudicá-lo, eu teria que demiti-lo.

E o que ele te respondeu?
Ficou tranquilo. Disse que, se o problema fosse ele, que abriria mão da multa rescisória. Que não quer atrapalhar. Disse que quer terminar a carreira no Palmeiras. A gente corre risco de rebaixamento, e ele falou que, se cair, quer ficar e subir o Palmeiras.

O Galeano foi contratado para fazer a função que você faz, mas é visto com desconfiança por atletas. Teme isso por ser muito amigo do técnico?
O Galeano é muito útil para o Felipe. Acho que completo o Galeano. Não sei se foi contratado para fazer a minha função e não sei se dá para acumular as duas funções: dar suporte para a comissão e ser gerente. Acho difícil, porque tem muita demanda.

Se suas ideias não forem aceitas, vai torná-las públicas?
Não. É coisa interna. Fiquei chateado como foi conduzido o caso do Kleber. Poderia tratar internamente. Mas todo mundo presenciou. Como diz o ditado, “lavar a roupa suja é no fundo do quintal”.

Você conversou com os atletas para saber se demitiria o Scolari. Quais as queixas deles?
É assunto interno. Não sou pombo [-correio].

O Valdivia fica?
Fica, tem contrato até 2014. Conversei com ele, mostrei que todos os problemas que teve o atrapalharam bastante e que é importante que o foco dele seja o Palmeiras. Queremos que seja um dos pilares desse elenco em 2012.

É possível prometer algo para a torcida para o ano que vem?
Vamos montar um time competitivo. Se vai disputar títulos, depende de como as peças vão se encaixar. Mas um time para voltar à Libertadores e que no fim de 2012 só precise de alguns reforços para disputar para ser campeão em 2013.

Por Cezar Alvarenga – Filho mais novo de Mazinho, renova com Barcelona.

Fonte: UOL Esportes

A família Nascimento está cada vez mais ligada ao Barcelona. Nesta segunda-feira, Rafinha, filho do ex-volante Mazinho, renovou seu contrato com o clube espanhol e seguiu os passos do irmão Thiago Alcântara, já integrado à equipe principal. Destaque da equipe b, o garoto de 18 anos já estreou pelo time profissional e fez com que os dirigentes corressem para ampliar seu acordo.

O contrato anterior de Rafinha terminaria em junho de 2012 e tinha uma multa rescisória de 12 milhões de euros. Diante do interesse do Chelsea e do Real Madrid, o Barcelona aceitou assinar um novo vínculo apenas até a temporada 2013/14, como queria Mazinho. A nova multa será de 30 milhões de euros.

“Poder assinar com um clube como o Barcelona, o melhor do mundo, é maravilhoso. Estou muito feliz”, comemorou Rafinha, meio-campista ofensivo de grande porte físico. Autor de cinco gols na segunda divisão pela equipe B, o filho de Mazinho chamou a atenção de Pep Guardiola e estreou entre os profissionais no último dia 9, diante do L’Hospitalet, pela Copa do Rei.

Foram apenas 15 minutos em campo, mas a participação já animou Rafinha. “É uma daquelas coisas que você mal acredita. Era meu sonho desde os 13 anos, quando cheguei ao Barcelona. Foi a realização de um sonho.”

Rafinha é presença frequente nas categorias de base da seleção espanhola. Já foi convocado pelas equipes sub-16, sub-17 e sub-19. Em breve, ele precisará decidir se tentará atuar pela Espanha ou pelo Brasil entre os profissionais. O irmão Thiago optou pelos atuais campeões mundiais.

Por Cezar Alvarenga – Los Angeles Galaxy é campeão da MLS.

Fonte: Yahoo! Esportes

Com um gol de Landon Donovan, o Los Angeles Galaxy, equipe do inglês David Beckham, venceu o Houston Dynamo por 1-0 na noite de domingo e conquistou o título da Major League Soccer (MLS), o campeonato de futebol dos Estados Unidos.

O gol do título foi marcado aos 27 minutos do segundo tempo da final, disputada diante de 30.281 torcedores no estádio Home Depot Center de Carson, perto de Los Angeles.

Este foi o terceiro título do Galaxy, depois das conquistas de 2002 e 2005.

Beckham, 36 anos, conquistou pela primeira vez o campeonato desde que chegou ao LA Galaxy em 2007. A final pode ter sido a última partida do inglês pela equipe, com a qual tem contrato até 31 de dezembro.

 

ICFUT – Grêmio anuncia contratação Kléber

Fonte: futebolinterior

Tricolor perdeu para o Ceará, por 3 a 1

Porto Alegre, RS, 20 (AFI) – Depois de uma derrota em casa para um time que briga contra o rebaixamento, nada melhor do que acalmar a torcida anunciando um reforço de peso. E foi isso que fez a diretoria do Grêmio, neste sábado, depois dos 3 a 1 aplicados pelo Ceará em pleno Estádio Olímpico. O executivo de futebol do clube gaúcho, Paulo Pelaipe, convocou entrevista coletiva para anunciar que o atacante Kleber já assinou.

"O Kléber é jogador do Grêmio. Está contratado pelo Grêmio. Toda documentação já está com nosso departamento jurídico, assim como a documentação do Cruzeiro. O que acontece é que o Kléber é jogador do Palmeiras até o dia 31 de dezembro e precisamos de uma autorização do Palmeiras para poder apresentar o atleta. Estamos aguardando essa autorização", explicou o dirigente.
De acordo com ele, o Grêmio já tem as documentações entregues por Palmeiras e Cruzeiro, que detêm 50% dos direitos econômicos de Kléber cada um, e também já tem contrato assinado com o jogador a partir do dia 1.º de janeiro de 2012, quando será registrado na CBF. Ainda segundo Pelaipe, o lateral-esquerdo Gilson, que pertence ao Grêmio e está emprestado ao América-MG, também já assinou pré-contrato com o Cruzeiro, como parte da negociação.
Paulo Pelaipe, porém, não conseguiu fugir do principal assunto do dia no Olímpico: a situação do técnico Celso Roth, que teve sua saída pedida pela torcida. O dirigente tentou despistar, mas deu dicas de que o treinador não faz parte dos planos para 2012. "Ele tem contrato com o Grêmio até 31 de dezembro e vai honrar esse compromisso com o clube. Vamos fazer uma avaliação de todo trabalho do ano, depois do Campeonato Brasileiro, e vamos tomar a melhor decisão para o clube", afirmou.
O ponto é que o Grêmio já pensa em 2012, como o próprio Pelaipe afirmou. O dirigente explicou que a diretoria já está encaminhando a renovação com a comissão técnica, citando o preparador Paulo Paixão e integrantes do departamento médico como exemplos de profissionais que terão seus contratos renovados. Roth, porém, parece não estar nos planos. "Estamos preocupados com a produção da equipe", lembrou Pelaipe. "A torcida não merece esse ano de 2011. Mas estamos nos mexendo", garantiu.

ICFUT – Morte da mãe de Maradona causa comoção na Argentina

Fonte: gazetaesportiva

A morte de Dalma Salvadora Franco, mãe de Diego Maradona, na noite do último sábado, em Buenos Aires, causou comoção na Argentina. Além de um minuto de silêncio em várias partidas do campeonato nacional e de milhares de mensagens de famosos via Twitter, Tota, como era conhecida, teve faixas estendidas em sua homenagem por torcedores do Boca, clube do coração de Dieguito.

A senhora, que tinha 81 anos de idade, sofreu uma descompensação cardiorrespiratória em julho, se recuperou, mas voltou a ser internada recentemente na clínica Los Arcos, no bairro Palermo. No fim de 2010, houve um problema semelhante. Dessa vez, ela não resistiu.

No último sábado, o Pibe de Oro comandou Al Wasl, dos Emirados Árabes, na derrota por 1 a 0 para o Al Ain pela Copa dos Emirados), e logo depois embarcou para a capital de sua terra natal para o enterro.

Pela rede de microblogs, a hashtag (termo citado pelos usuários) Fuerza Diego ficou entre a mais comentada dentre os argentinos. Na Bombonera, antes do clássico contra o Racing, a torcida azul e amarela estendeu faixas com os mesmo dizeres.

Aficionados do Boca, clube de coração de Maradona, prestaram sua última homenagem a dona Tota

ICFUT – Após gol de Adriano, Neymar e Elias mandam recado para o Imperador

Fonte: futebolinterior

Corinthians venceu o Atlético-MG, por 2 a 1, em São Paulo, no Pacaembu

São Paulo, SP, 20 (AFI) – Após o gol que garantiu a vitória do Corinthians, por 2 a 1, no Pacaembu, em São Paulo, o nome do Imperador Adriano ficou por muitos tempos nos TT’s, do Twitter. Um dos craques do Brasileirão, o atacante Neymar, parabenizou o jogador pelo gol. Além dele, o ex-meia Elias, que está longe do clube também mandou um recado para o atacante.

No seu twitter, Neymar postou a seguinte frase: "Quando o cara tem "estrela" não adianta! Parabéns Imperador", finalizou o atacante, que ficou de folga do SAntos, que foi derrotado pelo Coritiba, por 1 a 0, em Curitiba. De Portugal, o meia Elias também mandou um recado ao atacante.

"… e claro q nao iria esquecer do Todo Poderoso, cada vez mais perto! Vai Corinthians!… Adriano ta me ouvindo!!!, comentou o ex-jogador do Timão Elias. Com a vitória deste domingo, se aproxima do titulo, com 67 pontos, na ponte do campeonato. Ainda enfrenta o Figueirense e o Palmeiras para fechar o Brasileiro.

ICFUT–BRASILEIRÃO SÉRIE A: Resultados 20/11/2011

Resultados

20/11/2011 17:00 (Dom) Cruzeiro 1 x 1 Atlético-PR Arena do Jacaré
20/11/2011 17:00 (Dom) Atlético-GO 0 x 0 Flamengo Serra Dourada
20/11/2011 17:00 (Dom) Botafogo-RJ 1 x 2 Internacional-RS Engenhão
20/11/2011 17:00 (Dom) Corinthians 2 x 1 Atlético-MG Pacaembu
20/11/2011 19:00 (Dom) Bahia 0 x 2 Palmeiras Pituaçu
20/11/2011 19:00 (Dom) Figueirense 0 x 4 Fluminense Orlando Scarpelli
20/11/2011 19:00 (Dom) Coritiba 1 x 0 Santos Couto Pereira

 

Gols

 

 

 

 

 

 

Classificação

  Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Corinthians-SP 67 36 20 7 9 52 36 16 62.0
2  Vasco da Gama-RJ 65 36 18 11 7 54 38 16 60.2
3  Fluminense-RJ 62 36 20 2 14 58 48 10 57.4
4  Internacional-RS 57 36 15 12 9 56 42 14 52.8
5  Figueirense-SC 57 36 15 12 9 45 43 2 52.8
6  Flamengo-RJ 57 36 14 15 7 57 46 11 52.8
7  São Paulo-SP 56 36 15 11 10 53 44 9 51.9
8  Botafogo-RJ 55 36 16 7 13 51 44 7 50.9
9  Coritiba-PR 54 36 15 9 12 56 40 16 50.0
10  Santos-SP 52 36 15 7 14 53 50 3 48.1
11  Grêmio-RS 47 36 13 8 15 47 54 -7 43.5
12  Palmeiras-SP 46 36 10 16 10 42 39 3 42.6
13  Atlético-GO 44 36 11 11 14 43 42 1 40.7
14  Atlético-MG 42 36 12 6 18 45 54 -9 38.9
15  Bahia-BA 42 36 10 12 14 40 47 -7 38.9
16  Cruzeiro-MG 39 36 10 9 17 40 48 -8 36.1
17  Ceará-CE 38 36 10 8 18 44 60 -16 35.2
18  Atlético-PR 38 36 9 11 16 36 53 -17 35.2
19  América-MG 34 36 7 13 16 48 63 -15 31.5
20  Avaí-SC 30 36 7 9 20 44 73 -29 27.8
Santos e Vasco foram campeões respectivamente da libertadores 2011 e da Copa Brasil
LegendaPG – Pontos Ganhos | JG – Jogos Disputados | VI – Vitórias | EM – Empates
DE – Derrotas | GP – Gols Pró | GC – Gols Contra | SG – Saldo de Gols
%A – Porcentual de Aproveitamento de Pontos


 
 
Classificados à Libertadores
 
 
Classificado à Pré-Libertadores
 
 
Classificados à Sul-Americana
 
 
Rebaixados à Série B
 
 
Campeões da Libertadores 2011 e Copa Brasil