GAMES ICFUT – FIFA 12 vende 3.2 milhões numa semana

Fonte: gamevicio

por dragon20

imagem

O jogo  de futebol FIFA 12 tornou-se no lançamento mais forte da história da divisão desportiva da Electronic Arts, EA Sports, com 3.2 milhões de unidades vendida sem todo o mundo durante a sua primeira semana.
Não é só o lançamento mais forte da divisão, como também ultrapassa em 23% as vendas iniciais do jogo do ano passado.
Para além disso, o dia 1 de outubro foi o dia com mais tráfego de partidas online da história da EA Sports, estimando 10 milhões de partidas em que das quais 8 milhões foram de FIFA 12.

ICFUT – Timão sonha com Kleber, e Verdão faz jogo duro

Fonte: globo

Andrés Sanches sonda o atacante para 2012, mas Arnaldo Tirone diz que chance de aceitar oferta é pequena. Gladiador está em baixa no Palmeiras

Por Carlos Augusto Ferrari e Diego RibeiroSão Paulo

Kleber palmeiras  (Foto: Piervi Fonseca / Agência Estado)Kleber: desejo do Corinthians, em baixa no Palmeiras
(Foto: Piervi Fonseca / Agência Estado)

Mais de um mês depois de ter declarado que foi torcedor do Corinthians na infância e adolescência, o atacante Kleber pode reencontrar sua antiga paixão em 2012. Sabedor dos atuais problemas do atacante no Palmeiras, o presidente do Timão, Andrés Sanches, telefonou para o colega Arnaldo Tirone, mandatário do Verdão, e quis saber se há possibilidade de negociação do Gladiador, que tem contrato com seu atual clube até a metade de 2015.
Membros da cúpula do Palmeiras confirmaram o contato. Já Tirone negou que tenha sido abordado por Andrés e avisou que não tem a intenção de se desfazer do jogador, até para evitar reações intempestivas da torcida, insatisfeita com o time. Perguntado se haveria alguma chance de o Verdão aceitar negociar com o rival, Tirone fez jogo duro mas não descartou completamente.
– Acho pouco provável – respondeu.
O Corinthians vem amadurecendo a ideia desde que Kleber declarou, dias antes do clássico contra o próprio Timão, em 28 de agosto, ter sido torcedor do clube. Naquela semana, a principal organizada ligada ao Alvinegro divulgou uma ficha de inscrição do jogador na organização. O próprio atacante confirmou que o documento era real.

Ficha de sócio de Kléber na Gaviões da Fiel (Foto: Reprodução)Ficha de sócio de Kléber na Gaviões da Fiel
(Foto: Reprodução)

O clube acredita que o episódio serviu para criar identificação entre a torcida e o Gladiador. E é justamente esse o perfil de jogador procurado para 2012, com a intenção de atrair patrocinadores e turbinar o marketing do Timão. Um nome que já foi torcedor e passou até pela organizada seria ideal na visão dos corintianos – vale lembrar que o contrato com a Hypermarcas, principal patrocinadora, termina no fim deste ano.
Uma vaga na Taça Libertadores também é usada como trunfo pelo Corinthians, ainda mais se o rival não se classificar. Andrés Sanches tem a intenção de montar um elenco forte e realocar algumas peças do elenco, principalmente no ataque. Jorge Henrique seria o primeiro alvo: mesmo de contrato renovado recentemente, o atacante pode ser envolvido em alguma negociação por estar rendendo abaixo do esperado no Campeonato Brasileiro.

Andrés tem contato frequente com Kleber e o empresário Giuseppe Dioguardi. Em conversas pela noite paulistana, o presidente corintiano soube da insatisfação do atacante e de seu agente com o Verdão e deixou abertas as portas do clube. Como sempre costuma dizer, o dirigente entende que a vontade do jogador prevalece mesmo se a direção for contrária. O Gladiador, porém, estaria receoso em fazer a negociação caminhar para não despertar a ira dos alviverdes.

A negociação é difícil de sair do papel. O motivo é o mesmo pelo qual o Verdão não liberou o jogador para o Flamengo, em julho: a multa de R$ 143,6 milhões, firmada em contrato e exigida pelo clube para aceitar uma transação. Os direitos econômicos são divididos igualmente entre Palmeiras e Cruzeiro, e o valor mínimo estipulado para um início de conversa é de 6 milhões de euros (R$ 14 milhões). De qualquer forma, o Palmeiras não abre mão da multa completa.
Kleber está em baixa no clube desde a tal proposta flamenguista. De julho até o início de outubro, o atacante só fez um gol (pela Copa Sul-Americana), perdeu a faixa de capitão para Marcos Assunção e criticou sistematicamente os companheiros de time. As declarações de que o time só sabia jogar com a bola aérea desencadearam o período de silêncio experimentado pelos palmeirenses na semana passada. Luiz Felipe Scolari se irritou com as polêmicas públicas causadas pelo jogador e resolveu preservar o elenco.
Durante o silêncio, porém, boa parte da torcida não se esqueceu de Kleber. Além das constantes críticas ao seu comportamento, o jogador ainda viu torcedores protestarem na porta do condomínio onde mora, em Osasco. A diretoria do Palmeiras desconfiou do ato e considerou a hipótese de premeditação, já que os próprios torcedores divulgaram as imagens do protesto ao GLOBOESPORTE.COM.

Protesto Kleber Palmeiras (Foto: Wagner Eufrosino / Globoesporte.com)Torcedores protestam na porta do condomínio onde mora Kleber (Foto: Wagner Eufrosino / Globoesporte.com)

Antigo defensor de Kleber, Felipão desistiu de encobrir as críticas do atacante e tinha até a intenção de colocá-lo no banco de reservas depois do empate em 1 a 1 com o Atlético-GO. Dias depois, o atacante ficou parado por conta de uma tendinite no joelho esquerdo, e agora é esperado para voltar ao time neste domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro. No Palmeiras, conselheiros e parte da diretoria já consideram que o Gladiador está próximo de sua despedida.
Por meio da assessoria de imprensa do Corinthians, o GLOBOESPORTE.COM tentou um contato com Andrés Sanches, mas não obteve resposta.

ICFUT – Neto responde comentários de Dunga e diz que "ataque" foi só na esfera esportiva

Fonte: uol

O comentarista Neto respondeu às declarações de Dunga no programa Kajuru Pergunta, na última terça-feira, e disse que não tem rabo preso com ninguém: "Só não sei se o ex-técnico da seleção brasileira pode falar a mesma coisa"

O comentarista Neto respondeu às declarações de Dunga no programa Kajuru Pergunta, na última terça-feira, e disse que não tem rabo preso com ninguém: "Só não sei se o ex-técnico da seleção brasileira pode falar a mesma coisa"

Neto comentou em seu blog, nesta quarta-feira, a repercussão da entrevista de Dunga ao programa Kajuru Pergunta, exibido na última terça. O ex-jogador diz que suas críticas se limitaram à esfera esportiva e que vive, sim, de polêmicas porque não tem rabo preso com ninguém. “Só não sei se o ex-técnico da seleção brasileira pode falar a mesma coisa”.

No programa do canal Esporte Interativo, o ex-técnico da seleção respondeu às duras críticas do comentarista da Band. Em seu blog, sob o título “Cada um acredita em quem quiser”, Neto manteve as declarações, mas reiterou que tratou apenas do aspecto esportivo do trabalho de Dunga.

“Nunca o questionei como pessoa. A não ser pelo comportamento ranzinza e mascarado como treinador da maior seleção de futebol do planeta”, afirmou, lembrando o atrito de Dunga com o repórter da Globo Alex Escobar, durante o Mundial.

“[Dunga] convocou uma lista imensa de atletas. Muitos deles inexpressivos. Também nunca tinha tido experiência em comando. Por isso muitas vezes se mostrava um desastre taticamente”, questionou Neto.

O comentarista da Band ainda rebateu a declaração de Dunga, quando o ex-técnico do Brasil afirmou que Neto nunca assume sua culpa, citando a má forma do ex-jogador quando não foi convocado para a Copa de 90. “Estive fora de forma a vida inteira. Só que todos sabiam que eu era sim, sem falsa modéstia, o melhor jogador do País nas temporadas de 90 e 91. Quem viveu a época sabe disso”.

ICFUT – Hope Solo: ‘Ficar nua é muito libertador’

Fonte: globo

A goleira e musa Hope Solo fez um ensaio nu para a edição de outubro da revista Espn Body, dos Estados Unidos. A publicação chega às bancas apenas na sexta-feira, entretanto, a beldade colocou fotos no twitter e a revista divulgou um teaser do ensaio no qual Hope Solo diz não se achar uma sexy symbol (como que é?).

– Estou muito honrada de ter oportunidade de celebrar não só o corpo de uma atleta, mas de um corpo feminino. Ficar nua é muito libertador. Mas não levo a sério essa coisa de ser uma sexy symbol. Eu sou um atleta. Só isso que sei – afirmou Hope Solo.

No vídeo, Hope aparece de roupão dando entrevista e em algumas cenas tirando fotos. Em um momento, a musa chega a fazer abdominais antes de posar para as lentes do fotógrafo:

– Só deixando a barriguinha pronta…

Veja a foto divulgada pela revista e algumas imagens do vídeo de lançamento:


ICFUT – Livro de luxo do Corinthians só tem uma única venda em lançamento popular

Fonte: uol

nacao-livro-que-relembra-a-historia-do-corinthians-chega-as-livrarias-edicao-e-limitada-e-de-alto-luxo-com-modelos-podendo-chegar-a-r-15-mil-1317827106280_615x300

Edição de alto luxo pode chegar a custar até R$ 15 mil e terá tiragem limitada

Na noite da última terça-feira, em São Paulo, ocorreu o lançamento popular do livro “Nação Corinthians”, uma obra cheia de pompa e com preços que variam de R$ 6,5 mil a 15 mil. Alguns corintianos curiosos até foram à livraria e tiveram a oportunidade de folhear um modelo dos mais baratos da obra, que conta com 624 páginas e estava exposta na loja.

No entanto, apesar dos petiscos servidos gratuitamente na livraria, além de refrigerante, água, vinho e até com a previsão da presença de alguns heróis do livro, apenas um corintiano que foi ao local comprou o livro na ocasião. Mas o novo dono da obra de 6,5 mil reais não quis se identificar e nem saiu da loja com o livro, que pesa 30 Kg e será entregue depois ao anônimo corintiano.

“Realmente é uma obra incomum e com um valor bem incomum para a grande maioria dos corintianos. Eu mesmo não teria condições de comprar”, admitiu o ex-lateral esquerdo Wladimir, único ilustre presente no evento desta quinta-feira.

Mas o jogador que mais vestiu a camisa do Corinthians, com 806 jogos, também fez questão de lembrar que tem mais de 1.500 corintianos com dinheiro suficiente para adquirir o livro, já que esse é o número limitado de edições para a obra.

A editora Toriba, especializada em livros de colecionadores, garante que foram produzidos 1.500 livros e não haverá mais nenhuma desta da obra na história. Dentre esses livros, 1.400 saem por R$ 6,5 mil, 90 custam R$ 9 mil e apenas dez exemplares foram avaliados em R$ 15 mil.

Apesar da venda única no lançamento “popular”, já foram comercializados mais de 200 obras na  pré-venda pelo site da editora e também no lançamento de luxo ocorrido na semana passada em uma boate fechada para vips como Ronaldo, Luciano Huck, entre outros famosos corintianos.  O livro realmente agradou corintianos mais abastados e só restam três unidades da obra de R$ 15 mil.

A FÉ

Livro retrata em várias páginas a devoção de jogadores, torcedores e padres pelo Corinthians

O livro mais caro tem como diferenciais o couro italiano da caixa que vem com a obra, além de uma página com seis assinaturas de ex-jogadores, seis fotos em formato 50 cm x 50 cm e impressas em papel algodão. A edição de R$ 9 mil  tem um couro de qualidade um pouco inferior, as mesmas assinaturas dos heróis, mas só uma foto de craque para ser escolhida. Já o livro mais em conta tem uma capa de tecido e uma página assinada individualmente por um dos seis heróis.

Segundo a editora, após pesquisas em diversas publicações, os nomes escolhidos foram Sócrates, Rivellino, Basílio, Waldimir, Neto e Marcelinho Carioca, que ganharam cachê para participar da obra e também fizeram um ensaio exclusivo com o fotógrafo Bob Wolfenson.

Nas 624 páginas do livro estão espalhadas frases históricas sobre o Corinthians de ilustres como Pelé e Osmar Santos, entre outros, além de textos de corintianos famosos, dentre os quais  os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Lula. A obra tem ainda frases e textos de corintianos anônimos, fotos da história do clube e está dividida em seis capítulos: surgimento da nação, povo, fé, guerreiros, batalhas e heróis.

ICFUT–COPA SUL AMERICANA: Vasco sofre virada do Aurora (BOL) e se complica

Fonte: lancenet

Cruz-maltino abre o placar, mas time da casa vira. Brasileiros precisarão vencer por três gols de diferença para se classificar

Aurora x Vasco (Foto: Danilo Balderrama/Reuters) Vasco não conseguiu passar pelo Aurora em Cochabamba (Foto: Danilo Balderrama/Reuters)

Recheado de reservas, o Vasco foi até Cochabamba, na Bolívia, para enfrentar o Aurora pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana e volta para o Brasil com uma derrota na bagagem. Depois de uma ‘ajudinha’ do goleiro boliviano no primeiro tempo, que fez o Vasco abrir o placar, o time Cruz-Maltino viu o Aurora virar no segundo tempo sem grandes dificuldades e vencer por 3 a 1, nesta quarta-feira.

As equipes voltam a se enfrentar no próximo dia 26, às 19h15, em São Januário. Para se classificar às quartas de final, o Vasco precisará vencer por três gols de diferença. Para passar de fase com dois gols, apenas a vitória por 2 a 0 interessa.

FICHA TÉCNICA
AURORA (BOL) 3 X 1 VASCO

Local: Municipal Félix Capriles, Cochabamba
Data-Hora: 4/10/2011 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Georges Buckley (PER)
Auxiliares: Jonny Bossio (PER) e Jorge Yupanqui (PER)
Renda e público: Não divulgado
Cartões amarelos: Edson Zenteno, Edward Zenteno, Villalba, Andaveris (AUR); Fagner, Bernardo(VAS)
Cartões vermelhos: Villalba 22’/2ºT (AUR)
Gols: Bernardo 40’/1ºT (0-1), Villalba 4’/2ºT (1-1); Andaveris 11’/2ºT (2-1); Reinoso 28’/2ºT (3-1)
AURORA (BOL): Pablo Lanz, Peña, Edward Zenteno e Jose Barba; Iván Huayhuata, Ronald Segovia, Edson Zenteno, Sanjurjo e Galindo (Andaveris – 38’/2ºT); Villalba e Jair Reinoso (Darwin Peña – 43’/2ºT). Técnico: Julio Cesar Baldiviesco
VASCO: Fernando Prass, Fagner, Douglas, Nilton e Julinho (Márcio Careca – 40’/2ºT); Fellipe Bastos, Diego Rosa, Jonathan (Allan – 17’/2ºT) e Bernardo; Leandro e Elton. Técnico: Cristovão Borges

ICFUT–BRASILEIRÃO SÉRIE A: Resultados 05/10/2011, Gols e Classificação

Fonte: lancenet

Cruzeiro e São Paulo empatam em jogo emocionante

O placar de 3 a 3 foi ruim para ambos, que podem se complicar no complemento da rodada do Brasileiro

Cruzeiro x São Paulo (Foto: Ramon Bitencourt) Cruzeiro x São Paulo (Foto: Ramon Bitencourt)

Eletrizante. Não há outra palavra para descrever o empate por 3 a 3 entre Cruzeiro e São Paulo, na noite desta quarta-feira, na Arena do Jacaré. Em uma partida cheia de alternativas e reviravoltas, ninguém saiu satisfeito com o resultado. Keirrison, Charles e Anselmo Ramon fizeram para a Raposa; Cícero, Dagoberto e Juan para o Tricolor.

A igualdade ainda deixa o Cruzeiro próximo da zona de rebaixamento e pode complicar as pretensões de título do Tricolor, caso Corinthians e Vasco vençam no complemento da rodada, no fim de semana.

O JOGO

O são-paulino esperou ansiosamente pela volta de Luis Fabiano, que veio contra o Flamengo. Depois de passar em branco, diante do Cruzeiro, nesta quarta, o torcedor queria ver o camisa 9 fazer seu primeiro gol após a volta.
Mas foi outro atacante que marcou. Keirrison, aos 12 minutos, abriu o placar para os donos da casa. O jogo teve um primeiro tempo muito equilibrado. Com os dois times em busca do ataque, chances de ambos os lados deixavam claro que não faltariam gols no confronto. E foi o que se viu no 3 a 3.
Fabuloso teve sua chance. Ainda na primeira etapa, aos 30 minutos, cobrou pênalti, mas Fábio pegou. Tragédia para o goleador? Faltava muito tempo para o jogo acabar. E o camisa 9 ainda seria protagonista.
Destacando-se como pivô, com bons passes, Luis Fabiano, já no segundo tempo, deixou Cícero na cara do gol. Ele tirou o goleiro e empatou. Cinco minutos depois, poderia ter se consagrado. João Filipe rolou, mas Fabuloso, ansioso para marcar, deu um passo à frente e ficou impedido.
Entraria então em ação outro velho conhecido da torcida. Se Fabuloso não brilhava como esperado, Dagoberto resolveu ajudá-lo. Com um golaço, em que driblou três marcadores, deixou o São Paulo na frente.
A partida se encaminha para o fim e o Sampa assumiria a segundo posição do Brasileirão. Mas Luis Fabiano apareceria novamente. Outra vez como vilão, escorregou após falha na saída de Rogério Ceni. Charles, dentro da área, aproveitou e fez.
Com as duas defesas vacilando, Juan, após lindo lançamento de Dagoberto, e Anselmo Ramon, após cobrança de escanteio e desvio no meio do caminho, fizeram de cabeça.
O empate não foi bom para ninguém. O São Paulo segue na terceira posição e o Cruzeiro ameaçado pelo rebaixamento. Pior do que os times ficou a situação de Luis Fabiano. O ídolo não marcou, perdeu pênalti, ficou impedido e escorreu em gol.

O São Paulo voltará a campo na quarta da semana que vem, quando enfrentará o Internacional, na Arena Barueri. Já o Cruzeiro terá, no mesmo dia, duelo contra o Bahia, em Salvador.

Confira todos os gols:

 

Brandão é quem brilha na volta de Borges ao Olímpico

Fonte: lancenet

Grêmio derrotou o Santos no Olímpico com gol do camisa 9

Grêmio x Santos - Brandão (Foto: Ricardo Rímoli) Brandão comemora o segundo gol com a camisa do Grêmio na vitória sobre o Santos (Foto: Ricardo Rímoli)

No reencontro entre Borges, artilheiro do Brasileirão, e o Grêmio, de onde o jogador saiu pela porta dos fundos, quem levou a melhor foi o time gaúcho. O Tricolor derrotou o Santos por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Olímpico, e chegou à terceira vitória seguida. O Santos, sem Neymar, na Seleção Brasileira, emendou a terceira derrota consecutiva. O gol salvador foi marcado por Brandão, justamente o substituto de Borges no time de Celso Roth.

O resultado fez o Grêmio chegar à nona colocação, com 39 pontos, ficando a cinco pontos do G5. Já o Santos estacionou na 13ª posição, com 35 pontos. O próximo compromisso do Grêmio é na quarta-feira, novamente em casa. O adversário será o Figueirense, às 16h. Já o Santos tem clássico pela frente no domingo, contra o Palmeiras, na Vila Belmiro.

O JOGO

A noite de Borges começou a ficar ruim logo quando pisou em campo, ao receber uma avalanche de vaias do Olímpico inteiro, que só acabou após o apito final. Mas piorou para o santista quando Brandão abriu o placar logo com nove minutos de partida, de cabeça, aproveitando a cavadinha de Marquinhos (mais um que reencontrou um ex-time em Porto Alegre). O gol do Grêmio foi a resposta de Brandão, que quatro minutos antes havia desperdiçado chance cara a cara com Rafael.

Mesmo em vantagem e com o adversário nas cordas, o Grêmio não baixou a guarda. O time de Celso Roth seguiu na pressão, mas a pontaria não estava tão apurada assim.

O esboço de resposta do Santos só veio aos 16 minutos, com um chute torto de Ibson. O Peixe chegou com mais contundência aos 24 minutos, quando Alan Kardec recebeu na área, livre, mas desabou ao ser travado pela defesa. Nada de pênalti. O próprio Kardec ainda perderia outra chance aos 36. Victor apareceu bem.

Nervoso, o Santos saiu do primeiro tempo com quatro amarelados, mesmo fazendo menos faltas que o adversário (13 a 11). O desequilíbrio comprometeu a criação de jogadas, que se tornaram mais escassas com a proximidade do intervalo. Só o vaiado Borges, já aos 43, teve uma chance claríssima, mas desperdiçou.

 

Classificação

  Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Vasco da Gama-RJ 50 27 14 8 5 43 30 13 61.7
2  Corinthians-SP 48 27 14 6 7 39 28 11 59.3
3  São Paulo-SP 47 28 13 8 7 45 35 10 56.0
4  Botafogo-RJ 45 26 13 6 7 40 30 10 57.7
5  Fluminense-RJ 44 27 14 2 11 37 33 4 54.3
6  Flamengo-RJ 44 27 11 11 5 44 35 9 54.3
7  Internacional-RS 40 27 10 10 7 43 35 8 49.4
8  Palmeiras-SP 40 27 9 13 5 33 26 7 49.4
9  Grêmio-RS 39 27 11 6 10 32 33 -1 48.1
10  Atlético-GO 38 27 10 8 9 34 29 5 46.9
11  Coritiba-PR 37 27 10 7 10 44 34 10 45.7
12  Figueirense-SC 37 27 9 10 8 32 33 -1 45.7
13  Santos-SP 35 26 10 5 11 38 41 -3 44.9
14  Bahia-BA 33 27 8 9 10 32 35 -3 40.7
15  Ceará-CE 31 27 8 7 12 34 45 -11 38.3
16  Cruzeiro-MG 30 28 8 6 14 34 38 -4 35.7
17  Atlético-PR 27 27 6 9 12 27 38 -11 33.3
18  Atlético-MG 26 27 7 5 15 33 45 -12 32.1
19  Avaí-SC 22 27 5 7 15 32 57 -25 27.2
20  América-MG 20 27 3 11 13 33 49 -16 24.7