ICFUT – São-paulinos garantem reestreia de L. Fabiano com recorde de público

Fonte: terra

Para a estreia de Luís Fabiano, todos os 63.939 ingressos foram esgotados. Foto: Luiz Pires/Vipcomm/Divulgação

Para a estreia de Luís Fabiano, todos os 63.939 ingressos foram esgotados
Foto: Luiz Pires/Vipcomm/Divulgação

Perto de voltar a vestir a camisa do São Paulo nos gramados, Luís Fabiano não esperava uma recepção tão calorosa quanto a que tem recebido. Mas, nesta sexta-feira, confirmou-se o quadro que já se esperava desde o início da semana: sua reestreia, no domingo, contra o Flamengo, terá o maior público deste Brasileiro.

A diretoria chegou a colocar carga extra e todos os 63.939 ingressos foram esgotados a dois dias da partida. Quantidade que supera os 60.514 pagantes que estiveram no Morumbi para a milésima partida de Rogério Ceni pelo clube, na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG – até agora, é o jogo com maior número de pagantes nesta edição do torneio.

Uma mobilização muito maior do que a imaginada por Luís Fabiano quando o Sevilla, da Espanha, aceitou há sete meses mais de R$ 17 milhões oferecidos pelo São Paulo para contratá-lo. E o camisa 9 já havia sido apresentado em 29 de março no estádio do time tricolor diante de 45 mil pessoas aproveitando entrada franca.

"Eu esperava certa recepção, mas não tão grande como foi já na minha apresentação. Sabia que tinha deixado certo carinho com a torcida, mas não sabia que era tão grande assim. Estou gostando muito, está muito legal. É bem gratificante", comentou o atacante, que abriu um largo sorriso a cada vez que ouvia alguém falar de ingressos em sua entrevista coletiva nesta sexta-feira.

"Desde a minha chegada, tenho que agradecer muito aos torcedores. Em nenhum momento, ninguém ficou insatisfeito ou com dúvida sobre a minha volta. Em todo lugar que ia, um deles me mostrava expectativa, transmitia apoio para voltar logo", lembrou, com fortes recordações principalmente da homenagem que recebeu de Rogério Ceni no jogo mil do goleiro.

Luís Fabiano estava nos vestiários naquela partida, mas não queria aparecer para a torcida. Até que o capitão insistiu tanto pela sua presença na entrada com o time no campo que cedeu a sua camisa com o número 1000 – ao contrário dos outros atletas, o arqueiro foi o único a posar para a foto com seu uniforme de jogo e o número 01.

"Eu não queria entrar no campo porque, para mim, era uma frustração não poder participar. Mas o Rogério pediu e foi uma loucura. O torcedor me apoiou, incentivou. Aquilo ali deu uma força muito grande", disse o centroavante, que adiou em sete meses sua reestreia por conta de lesão em tendão próximo ao joelho direito.

O artilheiro só tenta minimizar sua posição de astro no domingo. "A mobilização é importante, mas não é só para mim. É para todos os jogadores porque um estádio cheio motiva todos. O torcedor tem amor pelo São Paulo, não está vindo exclusivamente para me ver. Sou só incentivo", declarou, rindo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s