ICFUT – Seleção enfrenta Argentina e busca primeiro título com Mano Menezes

Fonte: gazetaesportiva

O aproveitamento de 57,7% nas 15 partidas iniciais é decepcionante para o técnico Mano Menezes na Seleção Brasileira. Mas ele pode apagar todas as frustrações no jogo contra a Argentina pelo Superclássico das Américas. O treinador tem a chance de comemorar nesta quarta-feira, a partir das 21h50, no estádio Mangueirão, em Belém (PA), o primeiro título no comando do time pentacampeão mundial.

Como já havia acontecido no encontro de ida em Córdoba, Mano Menezes pôde convocar apenas atletas que atuam no cenário nacional. Ainda assim, o grupo parece entender a importância do jogo até para o futuro do treinador.

"É sempre bom jogar um clássico. Brasil x Argentina é um jogo que todo mundo quer participar, ainda mais por valer medalha e ser dentro do nosso país", comenta o meia Lucas, do São Paulo.

Para o jogo de volta do Superclássico das Américas, Mano Menezes encontrou alguns obstáculos. Dois jogadores foram descartados por lesão, o volante Paulinho (Corinthians) e o atacante Leandro Damião. Já o lateral Mário Fernandes (Grêmio) abriu mão da convocação, de forma surpreendente, com a alegação de problemas particulares.

AFP

O técnico Mano Menezes tem a chance de conquistar o seu primeiro título à frente da Seleção nesta quarta-feira

Uma das esperanças para fazer a festa do torcedor paraense com gols é o atacante Borges, do Santos, o artilheiro do Campeonato Brasileiro. Perto de completar 31 anos, o atleta demonstra empolgação de um iniciante.

"Eu estou à disposição para ajudar de qualquer maneira. Cabe ao Mano definir o melhor para o time, eu estou feliz. Sei que o Fred é um grande jogador e tem várias convocações", exalta o camisa 9 do Peixe, que está confirmado como titular, mas terá a sombra do jogador do Fluminense no banco.
Com uma formação extremamente ofensiva, Mano Menezes programa outras novidades entre os titulares: o lateral Bruno Cortês (Botafogo), o volante Rômulo (Vasco) e o meia-atacante Lucas (São Paulo).

Perigo maior? – Na Argentina, a ordem é comemorar o reforço de jogadores que atuam no Brasil. A principal novidade na partida desta quarta-feira deve ser a presença do meia Montillo, do Cruzeiro – também estão à disposição Guiñazu e Bolatti, do Internacional, já que D´Alessandro acabou cortado.

Por outro lado, o volante Augusto Fernández crê que a Argentina também pode aproveitar o conhecimento dos jogadores que atuam no campeonato nacional. "A decisão do Sabella em convocar atletas de poucos clubes nos permite entender com mais rapidez o que nosso técnico quer", aposta.

FICHA TÉCNICA
BRASIL x ARGENTINA

Local: Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão), em Belém (PA)
Data: 27 de setembro de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Jorge Larrionda (Uruguai)
Assistentes: Pablo Fandiño e Mauricio Espinosa (ambos do Uruguai)
BRASIL: Jefferson; Danilo, Dedé, Réver e Cortês; Ralf, Rômulo e Lucas; Neymar, Borges e Ronaldinho Gaúcho
Técnico: Mano Menezes.
ARGENTINA: Orión; Cellay, Desábato, Sebá Dominguez e Pillud; Fernández, Canteros, Papa e Montillo; Mouche e Viatri
Técnico: Alejandro Sabella.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s