ICFUT – Seu amor é canibal? De Rossi é flagrado mordendo bumbum de atriz em iate

Fonte: Futebolinterior.com.br

Enquanto os jogadores ameaçam fazer greve, meia da Roma curte férias com novo affair

Eis a prova do “crime”

 Enquanto a associação dos jogadores de futebol da Itália ameaça fazer greve nas primeiras rodadas do Italiano, o meia Daniele de Rossi aproveita a “pré-temporada” para curtir com a belíssima atriz inglesa Sarah Felberbaum, na paradisíaca ilha de Ponza, na Velha Bota.

Os dois pombinhos foram flagrados pelos paparazzi em total clima de romance em iate, no Mar Tirreno. O jogador mostrou que não pretende “afrouxar a marcação” em sua musa. Tanto que foi flagrado dando uma mordida no bumbum da loira.

Atualmente com 28 anos, De Rossi atua na Roma desde 2001 e é um dos principais ídolos do clube. Além disso, já atuou pela seleção italiana em mais de 60 partidas. Já Sarah, de 31 anos, apesar de inglesa, trabalha há mais de uma década na Itália, onde já atuou como modelo e atriz.

Video da gata!

Por Cleber Aguiar – Botafogo despacha Galo pela Sulamericana 2011

Fonte: Globo.com

A CRÔNICA
por Edgard Maciel de Sá

Um é pouco, dois é bom, três é… melhor. Três vitórias em apenas 13 dias. Foi o que conseguiu o Botafogo sobre o Atlético-MG. Depois do triunfo por 2 a 1 em Ipatinga, há duas semanas, o clube carioca voltou a vencer nesta terça-feira, por 1 a 0, no Engenhão, fechou a trinca carioca sobre os mineiros e garantiu a sua classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. Herrera, de pênalti, marcou o único gol da partida. O outro jogo da série foi válido pelo Campeonato Brasileiro: 3 a 1, no sábado.

O adversário do Botafogo na próxima fase da competição internacional ainda será definido. Na noite desta terça-feira, Universidad Vallejo-PER e Independiente Santa Fé-COL se enfrentam na Colômbia. O primeiro jogo terminou empatado em 1 a 1. O vencedor ainda terá de encarar o Deportivo Cáli-COL para que, enfim, seja conhecido o próximo rival do Alvinegro. As oitavas serão disputadas nos dia 28 de setembro, 5 ou 19 de outubro.

Pelo Campeonato Brasileiro, a equipe do técnico Caio Júnior volta a campo no próximo sábado, às 18h (de Brasília), para disputar o clássico contra o Fluminense, no Engenhão. Já o Atlético-MG, que vem de seis derrotas seguidas e está na zona de rebaixamento da competição, também terá um clássico pela frente, diante do Cruzeiro, no domingo, às 18h (de Brasília), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

herrera comemora gol do botafogo sobre o atlético-mg (Foto: Fábio Castro/AGIF)Herrera comemora o gol da vitória do Botafogo sobre o Atlético-MG (Foto: Fábio Castro/AGIF)

Domínio do Galo, gol do Bota

Graças à vitória por 2 a 1, em Ipatinga, há duas semanas, o Botafogo entrou em campo jogando pelo empate e podendo até perder por 1 a 0 que mesmo assim ficaria com a vaga. A tranquilidade, no entanto, logo virou relaxamento. E foi o que bastou para o Atlético-MG quase abrir o placar em dois chutes do volante Serginho. Dominando a posse de bola, a equipe mineira trocava passes com facilidade e só não levava mais perigo ao gol de Jefferson porque esbarrava em suas próprias limitações técnicas.

Com 15 minutos de partida, o técnico Cuca se viu obrigado a fazer a primeira substituição. Após sentir uma fisgada na coxa direita, Dudu Cearense deu lugar a Mancini. Com o apoiador visivelmente fora de forma, a mudança não alterou o ritmo da partida. Apostando nos contra-ataques para confirmar sua classificação, o Botafogo irritava os poucos torcedores que compareceram ao Engenhão com muitos erros de passe. Com apenas uma finalização (de Elkeson, em cobrança de falta) nos primeiros 45 minutos, os jogadores logo passaram a ser vaiados. E quem assustou novamente foi o Galo: Caio chutou de fora da área e Jefferson não conseguiu segurar. Na sequência da jogada, Fábio Ferreira afastou o perigo.

Quando a primeira etapa parecia se encaminhar para um 0 a 0 sem graça, o Botafogo achou um gol. Herrera recebeu a bola na área, se enrolou com o zagueiro Leonardo Silva e caiu. Pênalti que o próprio Herrera cobrou no meio do gol para abrir o placar.

Times mais ofensivos e placar inalterado

A vantagem no placar não convenceu o técnico Caio Junior, que fez duas alterações no intervalo: Márcio Azevedo entrou no lugar de Cortês e Alex substituiu Felipe Menezes. Cuca respondeu logo depois com as entradas de Magno Alves e Daniel Carvalho nas vagas de Jônatas Obina e Richarlyson, respectivamente. As mudanças deixaram o jogo mais aberto e as oportunidades começaram a aparecer. Elkeson quase marcou um golaço ao arrancar do meio-campo e chutar raspando a trave esquerda de Renan Ribeiro. Magno Alves também esteve perto de balançar a rede ao acertar cabeçada no travessão de Jefferson após cobrança de escanteio.

O Galo, no entanto, passava a impressão de que poderia jogar por semanas a fio que mesmo assim não conseguiria balançar a rede. O time até tocava bem a bola, mas sempre pecava no detalhe final, como em duas chances claras perdidas por Mancini e Magno Alves. Os dois times ainda ensaiaram alguns ataques, mas erraram as finalizações. Aos 43, enfim, o Galo encontrou o caminho do gol, em cabeçada de Mancini. Mas a arbitragem anulou o lance, corretamente, por impedimento. No fim, 1 a 0 no Engenhão, que teve público pagante de 4.070 pessoas (renda de R$ 59.240,00).

Por Cleber Aguiar – TÚLIO É OFICIALMENTE APRESENTADO PELO BONSUCESSO

Fonte: Site Oficial do Bonsucesso

Túlio Maravilha jogara com a camisa 967 representando o números de gols na carreira

Mostrando sua simpatia e irreverência habituais e já conhecidas do torcedor carioca em especial, Túlio Maravilha foi apresentado de maneira oficial pelo Bonsucesso e disposto a reviver os melhores momentos de sua carreira na qual vestiu camisas de grandes clubes do futebol nacional, chegando inclusive à seleção brasileira.

Entusiasmado com a possibilidade de defender o campeão da Série B na Copa Rio, o jogador acredita que tem muito a oferecer ao clube na competição, que é muito importante segundo o maior artilheiro em atividade no futebol mundial.

“Para mim é uma honra vestir uma camisa de tanta história no futebol e acredito demais no projeto ambicioso que me foi apresentado. A Copa Rio é o melhor caminho para o clube chegar à Série D ou à Copa do Brasil, e será disputada por equipes igualmente tradicionais, como Olaria, Bangu, Madureira dentre outras, e já estou pensando na estreia com o São João da Barra no próximo dia 03. Sempre fui um jogador disciplinado e me cuido muito, e vou entrar na competição com todo o gás para conquistar mais um título para o Bonsucesso”, afirmou.

Feliz com a presença da imprensa na apresentação do jogador, o presidente Zeca Simões garante que as contratações não vão parar no artilheiro Túlio Maravilha.

“Já temos definido que Alcides Antunes será o nosso vice de futebol e chega ao clube por carinho e principalmente por acreditar no projeto do Bonsucesso. A partir deste momento, o futebol profissional do clube estará a cargo deste profissional vitorioso e que no ano passado contribuiu muito para o título brasileiro do Fluminense, e os nomes passarão pela sua avaliação”, garantiu Simões.

Túlio se apresenta ao técnico Manoel Neto na próxima segunda-feira e se dedicará integralmente ao clube, já que está licenciado de suas atividades políticas em Goiânia. Na manhã desta quarta-feira, o Bonsucesso disputará jogo-treino com o Bangu, em Moça Bonita.