GAMES ICFUT – Adivinha quem está na capa de PES 2012?

Fonte: gamevicio.com.br

imagem

Se você chutou Lionel Messi, capa do jogo nos últimos três anos, já errou feio pois a mais ou menos um mês foi anunciado por Jon Murphy, lider líder europeu da equipe de desenvolvimento do game, que o argentino não seria mais estrela da capa de PES 2012.

imagem

Jon Murphy declarou que “Com a constante evolução de PES, é hora de termos um jogador na capa de grande perfil e de alta qualidade. O novo jogador tem todos os atributos do novo jogo, na medida em que é um forte todo-o-terreno, com muitas habilidades, rápido e capaz de fazer magia dentro de campo. Tivemos três anos fantásticos trabalhando ao lado do Lionel Messi e agradecemos pelo seu esforço e apoio. Ele foi uma das chaves na evolução da série, e nós desejamos-lhe o melhor”. Após um intervalo de tempo e alguns rumores, surgiu enfim a “bendita” capa do jogo:

imagem

A imagem de Crisitano Ronaldo estará em todas as embalagens e material publicitário de PES 2012. Segundo Jon, ”Cristiano Ronaldo personifica tudo aquilo que buscamos conquistar com o PES 2012, ele é rápido, habilidoso, bom de passe e devastador no ataque. Seus movimentos e energia iluminam qualquer jogo e estamos muito felizes por ele ter aceitado trabalhar conosco no principal título da série”.

imagem

Ronaldo se pronunciou sobre a escolha para capa e elogiou a evolução da série. “Há muito tempo admiro a série PES, mas o que a Konami conseguiu esse ano é notável, PES 2012. É uma simulação brilhante de uma partida real. Se você conhece futebol, vai gastar horas com esse jogo incrível”. A mudança foi da água para o vinho e de uma capa com a estrela do Barcelona se transformou em uma com a estrela do arquirrival Real Madrid, será que a mudança no jogo também será tão radical?

A Konami aproveitou o anúncio para confirmar as datas de lançamento, as versões para PC, PS3 e X360 chegam no dia 27 de setembro e para PSP, PS2 e Wii a partir de 8 de novembro. As versões para 3DS e iOS também estão em desenvolvimento, a versão demo do jogo estará disponível para PC, PS3 e X360 nesta quarta.

Por Cezar Alvarenga – Manchester City contrata Nasri do Arsenal.

Fonte: ESPN.com.br

O Arsenal anunciou na manhã desta terça-feira (horário de Brasília) em seu site oficial que chegou a um acordo para a venda do meia-atacante francês Samir Nasri ao Manchester City. O clube não divulgou valores, mas a imprensa do país especula que o negócio gire em torno de 22 milhões de libras (R$ 58,5 milhões). A transação aumenta a ‘debandada’ vivida pelo time londrino.

Antes da transação do atleta de 24 anos formado no Olympique de Marselha e há três no Emirates, o técnico Arsene Wenger já havia perdido o meia Fábregas (para o Barcelona), o volante Denílson (para o São Paulo), o zagueiro/lateral Eboué (para o Galatasaray) e o lateral-esquerdo Clichy (também para o Manchester City). Outros jogadores menos badalados também saíram.

Por outro lado, quase ninguém chegou, seguindo a política que marca a carreira do treinador de não gastar com supercontratações e, sim, investir em talentos desconhecidos, caso do próprio Nasri que agora irá defender um adversário do mesmo país. Apenas o atacante marfinense Gervinho, vindo do Lille, e o zagueiro Carl Jenkinson, do Charlton, foram contratados.

Especula-se que no City Nasri receberá um salário semanal maior que o dobro do recebido em Londres, que era de cerca de R$ 239,3 mil (90 mil libras) por semana. Ele viaja ainda nesta terça para Manchester, onde será submetido a exames médicos para, só então, ser oficialmente anunciado por seu novo clube.

Por Cleber Aguiar – Bebê de jogador da Seleção sub-20 é sequestrado em Goiânia

Fonte: Portal Terra

Claudio Correa de Rezende Junior

Um bebê de 4 meses, filho do meio-campista Dudu, do Cruzeiro, destaque da Seleção brasileira campeã mundial sub-20, foi sequestrado na noite dessa segunda-feira em Goiânia (GO), cidade natal do atleta. De acordo com a Polícia Militar, a mãe da criança, ex-namorada do jogador, passeava com o bebê próximo à casa dela, quando foi abordada por dois homens armados que estavam numa moto preta.

 

Os suspeitos anunciaram o assalto e levaram a criança. Porém, logo depois, o bebê foi encontrado a dois quarteirões do local atrás de uma igreja. Um estudante ouviu o choro do menino e chamou a polícia. O bebê foi imediatamente devolvido à mãe e dormiu em casa.

A polícia de Goiás ainda apura os fatos, mas, por enquanto, não divulgou nenhum detalhe sobre os motivos e possíveis autores do sequestro. Ainda segundo a PM, as pessoas do bairro sabem que o bebê é filho do jogador do Cruzeiro, e isso pode ter motivado a escolha da criança como vítima do sequestro.

Segundo a assessoria de imprensa do Cruzeiro, o clube não possui autorização para falar sobre assuntos particulares de jogadores. O meia Dudu foi orientado pela polícia de Goiânia a não se manifestar publicamente antes do término das investigações. O atleta treinou normalmente na manhã desta terça-feira na Toca da Raposa 2 com os demais companheiros.

Por Cleber Aguiar – PORTAS ABERTAS

Fonte: Folha de São Paulo

Mônica Bergamo

As negociações do BB (Banco do Brasil) com a Odebrecht em torno do financiamento do Itaquerão foram retomadas e podem ser finalizadas em breve. A empreiteira garantirá os R$ 400 milhões que o banco tomará no BNDES para repassar para a construção do estádio do Corinthians.

BEM LONGE
O BB batia o pé e não aceitava garantias do Corinthians – o banco não faz negócios com times de futebol.

TIME
E a empreiteira começa nesta semana a treinar mão de obra de Itaquera para trabalhar na construção. Há um temor de que, no pico da obra, em meados de 2012, faltem trabalhadores qualificados na região. A empresa precisará contratar cerca de 1.500 pessoas.

SONHO MEU
E o presidente do Santos, Luiz Alvaro de Oliveira Ribeiro, considera “um sonho” a projeção que o Corinthians faz de arrecadar R$ 300 milhões com os “naming rights” do Itaquerão. Acha que o valor não é plausível.

Por Cleber Aguiar – Líder rebelde despontou na seleção líbia de futebol

Fonte: Folha de São Paulo

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Possível líder da Líbia pós-Gaddafi, o presidente do CNT (Conselho Nacional de Transição), Mustafa Abdel Jalil, 59, já era uma figura conhecida na Líbia antes da revolução. Foi ministro da Justiça e o primeiro membro do alto escalão a desertar.
Nascido em Al Bayda (norte de Benghazi), Jalil dedicou a juventude ao futebol e fez parte da seleção nacional líbia, quando ficou conhecido no país pela primeira vez.
Tornou-se membro do Ministério Público em 1975, após se formar em sharia -lei islâmica- e direito, na Universidade da Líbia. Foi nomeado juiz em 1978 e se destacou ao dar sentenças abertamente contra os interesses de Gaddafi. Apesar de sua posição contra o regime ditatorial, em 2006 foi convidado pelo filho do ditador, Saif al Islam, para ser ministro da Justiça. No cargo, não deixou de criticar decisões do ditador.
Em 2010, atacou, em TV pública, o regime por não acatar decisões dos tribunais e manter 200 políticos em cativeiro. Tentou renunciar, mas seu pedido foi rejeitado.
Desertou em 15 de fevereiro, quando foi enviado para negociar com os primeiros rebeldes em Benghazi, e ajudou a criar o CNT para atuar como governo de transição nas regiões sob domínio rebelde. Abdel Jalil se tornou o político mais odiado por Gaddafi, que ofertou € 300 mil (R$ 690 mil) por sua captura.

Por Cleber Aguiar – Repelente

Fonte: Folha de São Paulo

Engenhão, que substitui o Maracanã neste Brasileiro, não consegue atrair torcedores, apesar das campanhas convincentes dos clubes cariocas

LUCAS REIS
DE SÃO PAULO

Os times do Rio voam em campo. Mas a nova casa do futebol carioca agoniza.
Enquanto Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense fazem deste Brasileiro o mais carioca da era dos pontos corridos, o Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, amarga públicos cada vez mais decepcionantes.
Os números mostram isso.
A média de torcedores no Engenhão, que até a 18ª rodada recebeu 23 partidas, é de apenas 12,1 mil pagantes.
Desempenho abaixo até mesmo da média geral do campeonato: 13,1 mil.
Nem mesmo o Flamengo, dono da maior torcida do país, que vê Ronaldinho brilhar em campo e faz ótima campanha, salva o estádio. A média do time na arena, construída para o Pan-07, é de 19,9 mil pagantes -bem abaixo de, por exemplo, Bahia e Corinthians como mandantes.
“Se estivéssemos jogando no Maracanã, com o Ronaldinho voando em campo como está, nossa média de público seria europeia, com mais de 50 mil por jogo”, disse Luiz Augusto Veloso, diretor de futebol do Flamengo.
Em 2009, último ano em que a arena fez parte de todo o Brasileiro, a média do time foi de mais de 40 mil. “Estamos elaborando novos planos e estratégias para estimular a presença do torcedor do Flamengo no Engenhão.”
O fechamento do Maracanã, em obras para o Mundial de 2014, é apontado também por Botafogo e Fluminense como a principal causa da baixa média de público.
“A ausência do Maracanã, que é a nossa casa, foi realmente muito sentida”, declarou o presidente do Fluminense, Peter Siemsen.
Atual campeão brasileiro, o time conquistou o título em um Engenhão lotado, contra o Guarani. Mas neste ano vê sua média de público não passar dos 7.000 pessoas.
“O Botafogo tem feito de tudo para minimizar esse impacto. E de nossa parte haverá esforço conjunto para fortalecer o uso do Engenhão”, completou Siemsen.
O Engenhão pertence ao município do Rio, mas está arrendado ao Botafogo. Segundo Antônio Carlos Mantuano, vice-presidente do clube, o problema é cultural.
“É difícil mudar o hábito de 60 anos. Mas não tenho dúvida de que o Engenhão vai se consolidar como a nova casa do futebol carioca.”
Outro fator, apontado principalmente por torcedores, é a localização da arena, distante das zonas mais ricas.
Mas, para Mantuano, não há queda gritante. “Se analisar os últimos anos, a média do Maracanã não foge muito do que é hoje no Engenhão.”

Por Cleber Aguiar – Zico fecha acordo para ser o técnico do Iraque

Fonte: O Estado de São Paulo

Tendência é que ex-craque brasileiro dirija seleção até Copa de 2014

Rodrigo Viga Gaier – Reuters

RIO – O ex-jogador Zico disse nesta segunda-feira que acertou com a federação iraquiana de futebol para ser o novo técnico da seleção do Iraque e que agora falta apenas assinar o contrato. “Está tudo certo. Eu e meus advogados enviamos a minuta do contrato para lá. Da minha parte está tudo ok. Só falta assinar o contrato”, afirmou Zico à Reuters, por telefone, nesta segunda-feira.

Técnico tem experiência internacional, mas não no Brasil - Márcio Mercante/AE
Márcio Mercante/AE
Técnico tem experiência internacional, mas não no Brasil

As negociações começaram na semana passada e se intensificaram no último final de semana. Segundo Zico, a minuta encaminhada à federação iraquiana prevê duas possibilidades: uma delas é que ele dirija a seleção do Iraque nas eliminatórias da Copa do Mundo e na Copa da Ásia e a outra é que o contrato se estenda até o Mundial de 2014 disputado no Brasil.

“Eles estão pensando num projeto mais longo e acho que a tendência é que seja até 2014”, disse Zico, que comandou a seleção japonesa na Copa do Mundo de 2006. Representantes do futebol iraquiano disseram este mês estar determinados a contratar Zico para comandar a seleção nas eliminatórias do Mundial. O Iraque está no Grupo A, com Jordânia, China e Cingapura.

O ex-jogador da seleção brasileira afirmou que está motivado com a nova oportunidade e não demonstrou receio com a violência no país, alvo constante de atentados. A previsão é que os jogos da seleção aconteçam longe das áreas de conflito, segundo ele.

“É o grande desafio da minha carreira. Quero superar tudo (violência) com muito trabalho e motivação”, declarou.   Zico disse que inicialmente a comissão técnica será formada por seu irmão, Edu, e o preparador físico Moraci Sant’anna. “Por enquanto somos nós três. Mas chegando lá é que eu vou poder conhecer o material humano e ver se há necessidade de levar mais gente”, afirmou ele, que não revelou as bases financeiras do acordo.

“Vou ser o responsável também pelas categorias de base e outros profissionais, que podem ser brasileiros, podem dirigir essas seleções.”

De acordo com Zico, o visto para entrar no Iraque já está sendo agilizado e sua expectativa é viajar para aquele país na quinta-feira. Ele já treinou o time turco Fenerbahçe, o russo CSKA Moscou e o grego Olympiakos, e deixou no ano passado o cargo de diretor de futebol do Flamengo depois de apenas quatro meses alegando ter sofrido pressões dentro do clube. O ídolo flamenguista nunca treinou um clube brasileiro.

Por Cleber Aguiar – Kleber Gladiador é da Fiel !

Fonte:Gazetaesportiva.net

Gaviões da Fiel diz que Kleber Gladiador é sócio da torcida

São Paulo (SP)

Palmeiras e Corinthians duelam apenas no domingo, mas as polêmicas começaram cedo na semana que antecede o clássico pelo Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira, foi divulgado via Twitter oficial da Gaviões da Fiel, maior organizada do Timão, que o atacante Kleber Gladiador é sócio da torcida desde 2001.

A Gaviões está promovendo uma enquete pela internet para discutir a possibilidade de expulsão do atleta do quadro de sócios. O jogador ainda não se pronunciou.

O envolvimento de Kleber com torcidas organizadas não é novidade. Quando defendia o Cruzeiro, ele comparecia a festas da Máfia Azul e posava para fotografias trajado com o uniforme da facção.

Divulgação

Ficha divulgada pela Gaviões da Fiel, no site da torcida, mostra a assinatura do Gladiador e é datada de 2001

A saída do atacante do time mineiro também teve relação com uniformizadas, já que a torcida da Raposa não gostou de saber que ele participava de festas da palmeirense Mancha Verde.

Kleber voltou ao Palmeiras em 2010 dizendo que sempre foi torcedor do clube. Em sua apresentação, ele chegou a dizer que costumava frequentar o Palestra Itália para torcer pelo Verdão, sem se preocupar com o passado são-paulino.