ICFUT – Lesão de Fabuloso vira ‘caso raro’ para os médicos: ‘Não vamos dar prazo’

Fonte: lancenet

Luis Fabiano e o médico Rene Abdalla (Foto: Reprodução/Facebook) Luis Fabiano e o médico Rene Abdalla, quando da primeira operação (Foto: Reprodução/Facebook)

A situação de Luis Fabiano virou um drama no São Paulo. Prestes a completar cinco meses de recuperação de uma lesão em um dos tendões da coxa direita, e após ser submetido a duas cirurgias, uma no tendão, e outra para cicatrizar o local, o atacante não sabe quando poderá voltar a jogar. Nesta sexta-feira, os médicos do São Paulo se pronunciaram sobre a situação e também não conseguiram precisar o período de retorno. Renê Abdalla, ortopedista que operou Luis Fabiano pela primeira vez, classificou o caso como ‘raro’.

– Em todas minhas experiências com operações, confesso que nunca vi um problema assim. E outros cirurgiões me falaram a mesma coisa. Foi feito tudo que vocês possam imaginar e agora vamos aguardar a recuperação – afirmou Renê.

O experiente ortopedista, especialista em lesões no joelho, disse que não fez outra coisa durante esta semana que não consultar colegas de profissão sobre a situação de Luis Fabiano. A complexidade do problema é tamanha, devido às alterações surpreendentes que foram surgindo, segundo ele, que Renê não descarta um novo problema no futuro.

– Claro que agora estamos mais seguros de que isso não vai acontecer, porque nos cercamos para isso. Tanto que apelamos para os cirurgiões plásticos. A situação ortopédica (a lesão no tendão), foi resolvida. Agora é o lance de fechar mesmo a cicatrização – afirmou o médico.

Rotina parecida tem seguido José Sanchez, médico do São Paulo e que acompanha o caso de Fabuloso desde que ele retornou ao clube. Sanchez, inclusive, fez questão de esclarecer como serão os procedimentos a partir de agora. O chefe do departamento médico tricolor que evitar qualquer especulação sobre o tratamento.

– Fizemos tudo que era necessário e quero que saibam que nunca escondemos nada de vocês. A partir de agora, vamos comunicar tudo por boletim médico à medida que forem surgindo novidades. Esperamos que, agora, ele possa fazer o que mais gosta – disse Sanchez.

Luis Fabiano segue internado no Hospital do Coração. Ele deve ter alta neste fim de semana. Nas próximas três semanas, seguirá com a perna direita inmobilizada. Ao fim desse período, deve retirar os pontos e, assim, voltar ao processo normal de recuperação para voltar aos gramados. Ele vai perder pelo menos metade do Brasileirão, cujo primeiro turno acaba no dia 28 de agosto. Luis Fabiano se lesionou em março, quando foi contratado pelo Tricolor do Sevilla (ESP). Ele custou cerca de R$ 17 milhões, na maior contratação da história do clube.

 

ICFUT – Acerto com Real trava e Santos quer Neymar em "projeto centenário"

Fonte: terra.com.br

Presidente do Santos, Luis Álvaro Ribeiro comparece a reunião do Clube dos 13. Foto: Ricardo Matskawa/Terra

"Queremos ele no nosso centenário e por muito mais tempo", disse Luis Alvaro sobre Neymar
Foto: Ricardo Matskawa/Terra

O presidente santista Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro confirmou a presença de Neymar no Mundial de Clubes em dezembro, no Japão. O mandatário classificou a chance de o atleta sair como nula e disse que o time alvinegro luta para mantê-lo durante todo o ano de 2012, quando o Santos comemora seu centésimo aniversário. As negociações do atleta com o Real Madrid, que luta para trazê-lo ainda em agosto, permanecem emperradas.

"A ideia é que ele fique conosco por mais tempo até do que o meio do ano que vem. Queremos ele no nosso centenário e por muito mais tempo, e ele sabe que se ficar aqui por mais uns dois anos os ganhos dele devem triplicar", afirmou o dirigente nesta sexta-feira, em entrevista ao Terra.

As negociações do camisa 11 com o Real Madrid estão "estacionadas". Isso, porque o atleta ainda não acertou com o clube, apesar de seus representantes terem costurado um acordo em reunião realizada em Paris. Nela, o Santos deu preferência ao clube espanhol em uma eventual transferência, mas os madrilenos esbarram no desejo do atleta de permanecer no Brasil, ao menos por enquanto.

"Os representantes dele nos passaram que existe uma proposta e que os números são tentadores, mas almocei com ele e com o Ganso na quarta e tenho absoluta convicção que eles não saem daqui", acrescentou Luis Alvaro, que alerta: "se o Real Madrid ou qualquer outro clube depositar a multa, vou acionar a Fifa por aliciamento de jogador".

O Real cogitava depositar o astronômico valor de 45 milhões de euros (aproximadamente R$ 100 milhões) correspondente à multa rescisória de Neymar, mas também não contava com uma pequena preferência do atleta pelo Barcelona, arquirrival dos madrilenos e que também luta pela aquisição do atacante. Contudo, o time catalão quer o camisa 11 apenas no meio do ano que vem, o que agrada ao Santos.

Irritado com o andamento da negociação, o Real teria exigido uma posição de Neymar até o próximo dia 10 de agosto, pois caso o jogador recuse transferir-se para a Espanha, a equipe de Madri buscará outras contratações. Sobre isso, Luis Alvaro ironizou: "que seja no dia 10, no dia 8 ou no dia 5. Ninguém vai tirar o Neymar do Santos".

"Tenho a absoluta certeza de que o Neymar não sai do Santos antes do Mundial. A ideia agora é contar com ele por mais tempo, e vamos buscar isso", exaltou o presidente, que também aproveitou para criticar a postura dos jornais espanhóis, que deram a venda de Neymar para o Real Madrid como concretizada. "Os jornais de lá cansaram de vender o Ganso para o Milan, por exemplo. Não dá para acreditar neles", finalizou

ICFUT – Ronaldinho Gaúcho, Thiago Neves e Kleber são absolvidos no STJD

Fonte: globo.com

Rubro-negros ficam livres de punição pelo cartão amarelo contra o Palmeiras. Atacante escapa da acusação de falta de fair play no mesmo jogo

Em julgamento na tarde desta sexta-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Ronaldinho Gaúcho, Thiago Neves e Kleber foram absolvidos das acusações que sofreram no último 0 a 0 entre Flamengo e Palmeiras. Os rubro-negros tiveram de responder pelos cartões amarelos que receberam, já que no dia seguinte Thiago Neves afirmou se tratar de uma combinação para ambos ficarem suspensos contra o Ceará. Já o atacante palmeirense foi denunciado por falta de fair play no lance em que chutou a gol depois de o jogo ter sido interrompido para atendimento a Junior Cesar. Thiago Neves e Ronaldinho foram absolvidos por unanimidade. Kleber teve um voto para suspensão por um jogo e três para absolvição. Com três cartões amarelos, o atacante não enfrenta o Atlético-MG, sábado, às 21h.

Único dos três jogadores presentes, Thiago Neves não quis dar entrevistas na saída do tribunal. Disse apenas uma frase.

– Estou feliz por poder fazer o que eu mais gosto, que é jogar.

Em seu depoimento, o meia negou que tenha forçado o cartão.

– Não foi combinado. Só depois do jogo é que eu comentei com o Ronaldinho que tinha sido uma boa para o Flamengo. Procuro jogar todos os jogos. Pensei que ia pegar a bola e acabei acertando o adversário – declarou.

Michel Asseff Filho, advogado rubro-negro no caso, argumentou que não há regra impedindo que cartões sejam forçados. O advogado do Palmeiras, André Sica, usou a mesma linha para defender Kleber.

O árbitro Leandro Pedro Vuaden também teve de responder pelo caso, já que a procuradoria entendeu que houve omissão do juiz na polêmica de Kleber. Vuaden explicou que em lances de bola ao chão não cabe ao árbitro julgar quem deve ficar com a bola. Foi proposto ao juiz que ele recebesse apenas uma advertência, sem julgamento. Vuaden aceitou.

Laser

A procuradoria do STJD também pediu a condenação do Palmeiras pelo fato de Vuaden ter relatado na súmula a paralisação do jogo aos 10 minutos por conta de a torcida ter usado um laser para atrapalhar o goleiro Felipe. O clube foi punido com multa de R$ 5 mil.

Acompanhando de perto a preocupação do tribunal com o tema, Michel Asseff Filho fez um apelo para que torcedores rubro-negros não usem laser nas partidas.

ICFUT – Ricardo Teixeira será alvo de protesto em sorteio no Rio de Janeiro

Fonte: futebolinterior

Uma faixa com os dizeres "Fora Ricardo Teixeira" será levada pelos manifestantes

Uma manifestação de torcedores, movimentos sociais e associações de moradores será realizada neste sábado no Rio, dia do sorteio de grupos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, às 15 horas, na Marina da Glória, na zona sul da cidade. Em uma passeata com destino ao local do evento, o Comitê Popular da Copa e da Olimpíada irá protestar contra as remoções de moradores para obras das competições, e a Frente Nacional de Torcedores pedirá a saída do presidente da CBF e do Comitê Organizador Local (COL) do Mundial, Ricardo Teixeira.

Nesta sexta-feira, as entidades convocaram uma entrevista coletiva para expor as reivindicações. "Queremos a inclusão de todos os moradores nos benefícios que virão com as duas competições e, definitivamente, um legado diferente do que foi deixado pelo Pan de 2007", disse Inalva Brito, uma das organizadoras da manifestação e moradora da Vila Autódromo, em Jacarepaguá, na zona oeste da cidade, que é uma área ameaçada de remoção.

Segundo ela, entre 20 e 25 mil pessoas devem ser removidas até 2016 na cidade. "Muitas famílias estão sendo levadas para locais completamente dominados pela milícia, como Cosmos, na zona oeste", disse o representante da Central de Movimentos Populares (CMP-Rio), Marcelo Edmundo. A concentração para a passeata será no Largo do Machado, na zona sul, às 10 horas.

Uma faixa com os dizeres "Fora Ricardo Teixeira" será levada pelos manifestantes. "Não há mais espaço para pessoas autoritárias no espaço democrático em que vivemos. Também defendemos uma investigação sobre o que acontece na CBF", disse o presidente da entidade denominada Frente Nacional de Torcedores, João Marques.

O representante da CMP-Rio afirmou que os movimentos não se opõem à realização dos jogos. "Apenas acreditamos que é uma oportunidade de repensar as cidades para que todos possam viver com dignidade e tenham seus direitos respeitados", afirmou.