ICFUT – Modelos do Mundial Feminino de Futebol na Alemanha !

Fonte: Futebolinterior.com.br

Modelos alemãs desfilam de “vestidinho” pela Copa do Mundo Feminina. Veja!

O Mundial de 2011 será em solo alemão e o Brasil tenta sua primeira conquista

Entre os dias 26 de junho e 17 de julho será disputada a Copa do Mundo feminina de futebol, que vai ser realizada na Alemanha. Para promover a competição organizada pela Fifa, o país sede lançou vestidos com as tradicionais cores da Alemanha (vermelho, amarelo e preto). Apesar de toda a tradição no esporte, a Seleção Brasileira ainda não sentiu o gostinho de levantar a taça, sendo o melhor resultado o vice conquistado em 2007, ao perder a final diante da Alemanha, no Mundial da China.

Alemanha e Estados Unidos são os países com mais conquistas, sendo duas cada. A Noruega completa a lista de campeãs mundiais graças à conquista em 1995, na Suécia. No Mundial deste ano, a Seleção Brasileira novamente descarrega todas suas espeanças em cima de Marta, eleita nos últimos cinco anos como a melhor jogadora do futebol mundial. Apesar disso, camisa 10 da Seleção ainda aguarda pela conquista Mundial.

Por Cleber Aguiar – Imprensa Mundial rende-se a Ronaldo Fenômeno !

Fonte: O Estado de São Paulo

Imprensa mundial se rende a Ronaldo após despedida

‘Ronaldo se despede do futebol como um dos maiores da história’, divulgou o ‘Marca’

A trajetória de Ronaldo ao longo de sua carreira conquistou o mundo e isto ficou comprovado após sua despedida da seleção brasileira, na última terça-feira, no amistoso diante da Romênia, no Pacaembu. Alguns dos principais jornais dos cinco continentes repercutiram o assunto e exaltaram o Fenômeno.

Jonne Roriz/AE
Jonne Roriz/AE
Ronaldo em seus últimos minutos com a camisa da seleção

Na Europa, onde o atacante passou a maior parte da carreira e brilhou entre 1994 e 2008, os jornais homenagearam o jogador. Na Itália, o La Gazzetta dello Sport destacou a “triste despedida” sem gols de Ronaldo, que perdeu três oportunidades durante a partida, com a manchete: “Ronaldo, adeus sem gols”. Já o Corriere dello Sport estampou em seu site: “Ronaldo, adeus com a camisa do Brasil”. Na Holanda, primeiro país europeu a receber o atacante, que atuou pelo PSV entre 1994 e 1996, o site do canal televisivo Sport 1 também lembrou dos gols perdidos por ele, e estampou: “Ronaldo só esqueceu a cereja do bolo”. Mas talvez a melhor fase de Ronaldo tenha sido na Espanha, onde foi ídolo de Barcelona e Real Madrid. Até por isso, saíram de lá as manchetes que mais idolatraram Ronaldo em sua despedida. O Marca estampou: “Ronaldo se despede do futebol como um dos maiores da história”. Já o AS destacou o comportamento da torcida, dizendo que “Ronaldo é aclamado em sua despedida”. Até mesmo de onde menos se esperava os jornais elogiaram o Fenômeno. Na França, algoz da seleção nas Copas do Mundo de 1998 e 2006, o jornal L’Equipe estampou em seu site a matéria “O adeus de Ronaldo”, na qual falou sobre o discurso de agradecimento do jogador. Já na Argentina, eterna rival do Brasil, o Olé afirmou que Ronaldo “perdeu duas chances claras de gol”, mas “já havia feito muitos na carreira”.

Por Cleber Aguiar – Final da Libertadores será do Pacaembu

Fonte: Folha de São Paulo

Diretoria agrada à CBF e põe final no Pacaembu

Morumbi era o estádio preferido da Conmebol

DE SÃO PAULO

A CBF já havia adiado um jogo do Santos no Brasileiro para permitir ao time manter o foco na Libertadores.
Ontem, o clube retribuiu o agrado. Confirmou o segundo jogo da final da competição, em 22 de junho, contra o Peñarol, para o Pacaembu.
Assim, descartou o Morumbi, estádio para o qual fez lobby o São Paulo e que era o preferido da Conmebol. O primeiro jogo será quarta-feira, dia 15, no Uruguai.
Disputas políticas entre cartolas do clube tricolor e da CBF levaram a entidade a pedir a escolha do Pacaembu. O Morumbi era o preferido da Conmebol por sua capacidade para 67 mil pessoas.
A entidade que dirige o futebol sul-americano esperava ter um estádio maior para acolher todos os seus patrocinadores e convidados.
Mas, após a CBF contribuir com a preparação do time e dar folga ao Santos no Brasileiro, a diretoria resolveu escolher o estádio municipal.
Também pesou na decisão a opinião dos jogadores. Os atletas acreditam que o Pacaembu, por ser menor, permite que a torcida faça mais pressão sobre o adversário.
Como o Pacaembu comporta 38 mil pessoas, os ingressos devem ser mais caros do que seriam no Morumbi.
Em 2003, o Santos jogou no Morumbi a final da Libertadores ante o Boca Juniors, que foi campeão apesar da torcida de 70 mil santistas.

ICFUT – Coritiba x Vasco – Batalha Final ( Copa do Brasil 2011 )

Fonte: Folha de São Paulo

Finalistas têm superpoderosos

COPA DO BRASIL
Vasco põe futebol nas mãos de dirigente; agente tem 8 atletas no Coritiba

DE SÃO PAULO

A torcida que festejar nesta noite o inédito título da Copa do Brasil dificilmente se lembrará dos nomes de Rodrigo Caetano ou Luiz Alberto Martins de Oliveira Filho.
Mas os dois tiveram papel fundamental na construção dos elencos de Coritiba e Vasco, que decidem quem será o primeiro representante do país na Libertadores-2012.
O time carioca venceu o jogo de ida por 1 a 0 e será campeão mesmo se perder por um gol, caso marque ao menos uma vez nesta noite.
Um título será a volta por cima do Vasco após passagem pela Série B do Brasileiro. Curiosamente, o Coritiba trilhou o mesmo caminho.
E foi justamente após o descenso que os dois clubes decidiram dar poderes para aqueles que se transformaram em seus homens fortes.
Com auxílio de Carlos Leite, empresário do técnico Mano Menezes e então figura forte no clube, o Vasco contratou o valorizado dirigente Rodrigo Caetano, que trabalhara na reconstrução do Grêmio após o descenso.
“Quando cheguei aqui, em janeiro de 2009, o cenário era arrasador. Tínhamos só oito ou nove atletas, e o primeiro salário do ano só saiu no meio de março”, afirmou o diretor-executivo de futebol.
Ex-jogador de pouco sucesso, Caetano assinou contrato inicial de dois anos e recebeu autonomia para contratar e dispensar jogadores.
Com as finanças mais aliviadas, trouxe neste ano nomes caros, como Diego Souza, Felipe e Juninho Pernambucano (que ainda não estreou). A folha salarial, que era de aproximadamente R$ 1 milhão em 2009, dobrou.
“Nunca tive interferência do presidente [Roberto Dinamite]”, disse o dirigente, que já foi cogitado para assumir posto na CBF e pode ir para o Fluminense em breve.
Assim como o Vasco, o Coritiba contratou um dirigente para recuperar a imagem: Felipe Ximenes, ex-Fluminense. Mas quem acabou ganhando força foi o empresário Luiz Alberto, dono da LA Sports e parceiro do Avaí.
Amigo de família do vice-presidente Vilson Ribeiro de Andrade, o filho de um ex-senador recebeu aval para pôr seus atletas no time que venceria a Série B de 2010. Hoje, tem oito jogadores no elenco, sete em parceria com o clube.
“O Coritiba escolhe o jogador, e eu viabilizo sua chegada. Mas já indiquei jogador meu. No ano passado, indiquei o atacante Leonardo, que estava afastado no Avaí.
Até disse que pagaria o salário dele se fracassasse”, disse Luiz Alberto. (RAFAEL REIS)

Por Rogerinho – Entrevista com Kaká do Real Madrid !

Fonte: O Estado de São Paulo

”Quero jogar a Copa, mas não sei se vai dar”

De férias no Brasil, Kaká mostra dúvidas sobre sua condição técnica e física daqui a 3 anos e diz ter dívida com o Real Madrid

Luís Augusto Monaco – O Estado de S.Paulo

Kaká, Meia do Real Madrid
Desta vez as férias de Kaká são caseiras. Como a filha Isabella, que nasceu no dia 23 de abril (o filho Luca faz 3 anos sexta-feira), ainda está na fase de tomar vacinas e não pode viajar, ele vai descansar em São Paulo antes de se reapresentar ao Real Madrid no dia 12 de julho, em Los Angeles.

Ontem, durante quase 40 minutos ele conversou com o Estado. Deixou claro que não quer sair do Real antes de jogar o que pode no time espanhol, disse que voltar ao nível que mostrava no Milan é seu grande desafio e, com sinceridade, reconheceu: “Gostaria de jogar a Copa de 2014, mas não sei em que condição vou estar daqui a três anos.”

Qual o balanço você faz da temporada?

Em nível pessoal foi a mais difícil da minha carreira. Coletivamente posso dizer que foi boa. Ganhamos a Copa do Rei em cima do Barcelona, chegamos à semifinal da Copa dos Campeões e ficamos em segundo no Campeonato Espanhol. Não é o suficiente para um clube do tamanho do Real Madrid, mas foi boa. Pessoalmente foi muito difícil. Tive a lesão, voltei em janeiro, em março parei de novo, joguei os dois últimos meses… Foi complicado.

Você não estava 100% na Copa do Mundo. Aí entrou em férias e, quando se apresentou ao Real Madrid nos EUA, depois de dois ou três treinos resolveu fazer a cirurgia no joelho esquerdo. Essa decisão não poderia ter sido tomada antes, no início das férias?

A verdade é que não queria ser operado de novo. Depois da Copa fiz uns exames em São Paulo e os médicos me disseram que seria preciso operar. Quando cheguei aos EUA, mostrei os exames para os médicos do Real Madrid e fui levado para uma consulta com um especialista lá em Los Angeles, e ele também disse que teria de operar. Resolvi ir para a Bélgica me consultar com o médico que tinha operado o joelho do meu irmão. Ele também defendeu a necessidade da cirurgia, e aí fui operado lá. Hoje, vendo que não tinha como não fazer a operação, podem discutir se atrasei ou não a decisão.

Clinicamente você está zerado? Ainda tem algum problema no púbis ou no joelho?

No púbis não sinto mais nada. Mas o joelho não é mais um joelho 100%, porque foi operado duas vezes. Tenho de estar sempre cuidando, sempre tomando um remédio para a cartilagem, fazendo reforço muscular…

Você disse recentemente que tem uma dívida com a torcida do Real Madrid. Dá para pagar na próxima temporada?

Sei que ainda não correspondi às expectativas, não só da imprensa e dos torcedores, mas minhas também. Quero e acredito que muita coisa boa ainda vai acontecer comigo no Real Madrid. Tudo é confiança. E, diferentemente do que falam, o Mourinho tem me ajudado muito.

Aqui chegam notícias de que você estaria chateado com ele por não ser mais aproveitado…

E também dizem que ele não me quer no Real Madrid. Nada disso é verdade. Ele tem sido muito honesto comigo, coerente em suas decisões não só comigo mas com o time de forma geral. Só tenho a agradecer.

Há muitos rumores sobre o seu futuro. Você tem convicção de que vai continuar em Madri?

Sinceramente, é minha vontade.

E seleção? Como foram as conversas com o Mano?

Tive duas conversas muito boas com ele. Uma em outubro em Madri e outra por telefone em maio. Nessa última chegamos à conclusão de que seria melhor não ir para a Copa América e aproveitar o tempo para me restabelecer. Quero voltar para a seleção, mas primeiro tenho de jogar bem no Real.

Você tem o sonho de que a sua grande Copa possa ser a de 2014?

Espero ter essa oportunidade, mas não sei em que condição vou estar daqui a três anos.

Como você avalia Ganso, Neymar e Lucas?

Vão ficar pouco tempo no Brasil. Eles têm um talento impressionante e vão chegar muito longe. Acho que hoje o Neymar está um pouco à frente, mas os três são ótimos.

Você vê semelhança entre o futebol do Lucas e o seu?

Vejo. Ele tem uma arrancada muito forte.

Por Eder – República Popular do Corinthians na lista de Cannes Predictions

Nesta quarta-feira (08), foi divulgada pela Leo Burnett a 24ª edição do Cannes Predictions, uma clássica seleção feita para a conquista de prêmios (os Leões) no Festival Internacional de Comunicação, que acontece no sul da França entre os dias 19 e 25 deste mês de junho.

Entre os 40 indicados estão dois brasileiros. Um deles é a “República Popular do Corinthians”, feita pela F/Nazca S&S para Nike e Corinthians. Em 2010, as 40 campanhas selecionadas pela Leo Burnett no Cannes Precictions saíram de Cannes com 90 Leões, incluindo 11 dos 15 Grand Prix concedidos, um Titanium, 32 Ouros, 29 Pratas e 27 Bronzes. A lista de 2011 tem candidatos de 14 países.

Por Cleber Aguiar – Toda sorte do mundo para os irmãos tejotas que estão passando essa situação no Paraguai !

Fonte:Globo.com

Advogado tenta acordo para libertar santistas presos em Assunção

Foi proposto um ressarcimento ao dono do restaurante depredado por torcedores alvinegros após jogo contra o Cerro Porteño

[videolog 664147]

Por Adilson Barros Santos, SP

Torcedores Santos presos Paraguai (Foto: EFE)Torcedores do Santos estão presos Paraguai
desde o dia 2 de junho (Foto: EFE)

Para tentar a liberação dos torcedores que estão presos em Assunção desde a madrugada da última quinta-feira, após jogo contra o Cerro Porteño-PAR, semifinal da Taça Libertadores, o Santos mandou ao Paraguai dinheiro para ressarcir os estragos causados pelo grupo, que invadiu e pilhou um restaurante, além de ter agredido um torcedor cerrista.

O advogado Amado Yuruhan, da representação diplomática do Brasil em Assunção, apresentou um pedido de acordo. Seriam pagos cerca de R$ 11 mil para o dono do restaurante atacado. Além disso, mais R$ 1.600,00 seriam destinados a uma instituição beneficente local.

Foram detidas 61 pessoas. Três mulheres acabaram liberadas em seguida. Dos 58 restantes, 31 foram indiciados por perturbação da paz e lesão corporal grave. Na última segunda-feira, os torcedores gravaram um vídeo dizendo que agiram em legítima defesa.

A proposta de acordo agora será analisada pela juíza Patricia González. As informações são do site Ultima Hora, de Assunção.

Comentário do TJS e integrante do ICFUT ( Cleber Aguiar ) – Muita sacanegem isso também, o caras vem aqui no Brasil fazem o que quiserem e os brasileiros só faltam mandar rosas para nossos vizinhos.Agora punir os hermanos como foi no jogo Fluminense e Argentinos Juniors lá na Argentina ou procurar esses FDP da torcida do Cerro que mandaram uma chuva de pedras na torcida do Santos,  esse país de merda não vai buscar os responsáveis.

Só espero que resolva-se isso logo viu Governo Federal , erraram porém são brasileiros devem ser punidos aqui e não deixar os paraguaios abusarem  desses brasileiros e Luis Alvaro Ribeiro presidente do nosso querido Santos FC,  sei que não gosta de organizadas porém são eles que encaram o Brasil e outras países para gritar e cantar o nome do nosso glorioso Santos Futebol Clube  ” Então respeito é bom eu Gosto ” com a  nossa Torcida Jovem do Santos , são 41 anos de história de amor ao peixe não se esqueça disso !

ICFUT – Mano inclui Ganso e Pato na lista dos convocados para a Copa América

Treinador da Seleção Brasileira aposta nos dois jogadores, que estão voltando de lesões. Atacante Fred também está entre os 22 escolhidos

Paulo Henrique Ganso e Alexandre Pato estão convocados para a Copa América. O técnico Mano Menezes anunciou, na madrugada desta quarta-feira, os 22 convocados para a competição sul-americana após a vitória por 1 a 0 sobre a Romênia, no amistoso que marcou a despedida de Ronaldo da Seleção Brasileira. 

Dos jogadores chamados para os jogos contra a Holanda e a Romênia, Mano Menezes cortou os goleiros Fábio e Jefferson, os meias Henrique, Anderson e Thiago Neves e os atacantes Leandro Damião e Nilmar. 

– Não cortamos ninguém. Convoquei 22. Mas lógico que a conversa é individualizada. Olho no olho como eu gosto. E o limitador dos 22 para a Copa América não exclui ninguém da nossa trajetória que é muito maior. Não quer dizer que lá na frente eles não vão ter novas oportunidades na Seleção – disse Mano Menezes. 

Apesar da lista de convocados ter sido divulgada nesta terça-feira, dia 7, em São Paulo, a CBF terá até o dia 27 de junho para enviar os nomes dos atletas que participarão da Copa América à Conmebol. Caso tenha problemas médicos na primeira semana de treinos na Argentina, Mano Menezes pode mudar a lista dos 22 jogadores chamados para o torneio continental.

O treinador esperou por Pato e Ganso até o último minuto. A decisão de convocar ou não os atletas foi tomada nesta terça-feira, após conversar com o departamento médico da Seleção Brasileira, do Santos e com os profissionais que cuidaram a recuperação do atacante do Milan.

– (Ganso e Pato foram chamados) Pelo o que penso do potencial dos dois. O Pato tem uma trajetória maior na Seleção, esteve com a gente em vários jogos e fez gols. O Ganso só jogou uma partida comigo na minha estreia contra os Estados Unidos e sempre deixei claro que ele é um jogador bem completo para armar o time como eu penso. O Santos fez um planejamento para ele jogar na segunda partida da final da Libertadores (dia 22). Para ele jogar esta partida já terá dez dias de trabalho forte. E a nossa estreia na Copa América é só no dia 3 de junho. Então há tempo. Nos cercamos de todas as informações sobre o Pato e o Ganso para decidir – disse Mano Menezes. 

Os jogadores vão se apresentar no dia 20 de junho no Rio de Janeiro e iniciar os exames médicos. No dia seguinte, o grupo vai embarcar para a Argentina. A delegação ficará hospedada no Hotel Sofitel La Reserva Cardales, que fica a 60km de Buenos Aires.

O time canarinho está no Grupo B ao lado de Venezuela, Paraguai e Equador. A estreia será justamente contra os venezuelanos, no dia 3 de julho, em La Plata. As partidas seguintes vão acontecer em Córdoba, diante dos paraguaios, no dia 9, e equatorianos, no dia 13.

Goleiros
Julio César (Inter de Milão)
Victor (Grêmio)

Laterais
Daniel Alves (Barcelona)
Maicon (Inter de Milão)
André Santos (Fenerbahçe)
Adriano (Barcelona)

Zagueiros
Lúcio (Inter de Milão)
David Luiz (Chelsea)
Luisão (Benfica)
Thiago Silva (Milan)

Volantes
Ramires (Chelsea)
Lucas Leiva (Liverpool)
Sandro (Tottenham)

Meias
Elano (Santos)
Elias (Atlético de Madri)
Paulo Henrique Ganso (Santos)
Jadson (Shakhtar Donetsk)
Lucas (São Paulo)

Atacantes
Neymar (Santos)
Robinho (Milan)
Fred (Fluminense)
Alexandre Pato (Milan)

ICFUT – Era uma vez Ronaldo

Vestindo a camisa 9, com a qual conquistou tantas glórias, ex-atacante para no goleiro da Romênia no último jogo com a amarelinha: ‘Desculpem-me’

Por Leandro Canônico, Márcio Iannacca e Thiago Lavinas São Paulo

A Seleção Brasileira se despediu nesta terça-feira de um dos seus filhos mais ilustres, que tem como sinônimos sucesso e superação. Ronaldo Luís Nazário de Lima, o Fenômeno, fez contra a Romênia, em uma fria noite de São Paulo, no estádio do Pacaembu, os seus últimos 15 minutos com a camisa 9 do time canarinho. Não teve gol, mas houve muitos gritos e aplausos para o craque que encantou o Brasil por 18 anos. E no adeus, ele pediu desculpas, sorrindo espontaneamente, como sempre fez em toda sua carreira.

– Gente, vocês são demais. Desculpem-me, eu tive três chances e não consegui fazer um gol nos meus últimos quinze minutos, o que seria uma pequena retribuição a tudo que vocês fizeram por mim. Meu muito obrigado por tudo que vocês fizeram pela minha carreira, por me aceitarem do jeito que sou, por terem chorado quando chorei, por terem sorrido quando sorri. Só tenho a agradecer do fundo do meu coração. Muito obrigado e até breve, dessa vez fora dos campos – discursou Ronaldo, em um púlpito no centro do gramado.

No estádio do Pacaembu, acompanhando a despedida do Fenômeno, estavam mais de 30 mil torcedores, incluindo seus filhos Ronaldo e Alex, que entraram com ele em campo, suas filhas Maria Sophia e Maria Alice, que ficaram com a mãe, Bia Anthony, e seus pais, Sônia e Nélio. Durante o segundo tempo, o camisa 9 usou o Twitter para agradecer novamente o carinho da torcida e mais uma vez pedir desculpas pelos gols perdidos na despedida que terminou com vitória brasileira por 1 a 0.

– Obrigado a todos! Foi uma festa incrível! Me desculpem pelos gols perdidos e obrigado pelo amor, carinho e respeito que vocês me deram sempre! – escreveu.

pacaembu  despedida ronaldo brasil x romênia robinho (Foto: Agência Reuters)Robinho abraça Ronaldo após um gol perdido pelo Fenômeno: carinho dos colegas (Foto: Agência Reuters)

A preparação

Nem mesmo a forte chuva que atingiu São Paulo horas antes da partida estragou a festa programada para Ronaldo. Antes do duelo, aliás, o estádio respirou Fenômeno. No teste do som, a música de Marcelo D2 em sua homenagem e as narrações de alguns dos seus gols por Galvão Bueno, da Globo.

O telão do estádio do Pacaembu também não parou de reverenciar Ronaldo, mostrando vários dos seus gols pela Seleção Brasileira. E quando seu nome apareceu na escalação oficial da partida, os gritos da galera superaram até mesmo os em prol de Neymar, atual estrela do time canarinho.

Mas a festa foi mesmo completa aos 30 minutos do primeiro tempo, quando ele entrou em campo para os seus últimos minutos na Seleção. Antes, porém, a torcida já gritava: “Olêlê, olálá, Ronaldo vem aí e o bicho vai pegar”. Pouco depois, o telão mostrou o craque aquecendo e batendo bola com os filhos Ronald e Alex.

Quando a filmagem mostrou a caminhada dele do vestiário até o túnel de acesso ao campo, a galera gritou o seu nome e levantou para aplaudir. E pontualmente aos 30 minutos ele entrou no lugar de Fred, que ao sair reverenciou o craque. Com toques de primeira, o Fenômeno cadenciou o jogo.

Só não ampliou para o Brasil porque o goleiro Tatarusanu fez grande defesa aos 35 minutos, quando Ronaldo teve chance de marcar na pequena área, após passe do pupilo Neymar. Quatro minutos depois, o Fenômeno perdeu um gol incrível depois de toque de Robinho, que foi consolá-lo com um abraço e um beijo.

Era noite de festa, mas não de gol do camisa 9. Aos 42 minutos, mais uma vez ele parou nas mãos de Tatarusanu, o “nome” da despedida do craque. Ronaldo não colocou a bola na rede, mas a levou com ele depois do final do primeiro tempo, assim como apito usado pelo árbitro argentino Sergio Pezzotta.

Cumprimentado por brasileiros e romenos e um corredor humano formado pelos atletas, o Fenômeno deu uma volta olímpica pelo estádio acenando para os torcedores. Um deles, aliás, jogou uma bandeira do Brasil para o craque, que, de mãos dados com o filho Alex, não saia do foco da câmera do mais velho, Ronald.

Atrás do pentacampeão, garotos vestidos com a camisa 9 da Seleção Brasileira carregavam faixas que representavam os 15 gols dele em Copas do Mundo. E nas caixas de som a música “Deixa a vida me levar”, de Zeca Pagodinho, o hit que embalou os jogadores na Copa do Mundo de 2002, na qual Ronaldo brilhou.

Trajetória fenomenal
Ronaldo tinha apenas 17 anos quando estreou pela seleção principal. Foi logo em uma partida contra a Argentina, no Recife, em 1994. Ele entrou aos 35 minutos do segundo tempo, no lugar de Bebeto. De lá para cá foram 104 jogos, com 73 vitórias, 22 empates e apenas nove derrotas. Ao todo, ele fez 67 gols.

O Fenômeno participou de quatro Copas do Mundo. Como reserva em 1994, nos Estados Unidos, e como principal estrela nas edições de 1998, na França, 2002, na Coreia do Sul e no Japão, e 2006, na Alemanha. Embora tenha sido bicampeão do mundo, somente na Ásia foi protagonista, sendo o herói do penta.

Também com a amarelinha, Ronaldo atingiu um recorde invejado pela maioria dos atacantes do mundo: o de maior artilheiro da história das Copas do Mundo. Foram 15 gols em três edições, já que em 1994 ele não jogou. Com a camisa 9, o atacante fez quatro em 1998, oito em 2002 e três em 2006.

Apesar de a CBF ter organizado um jogo amistoso para sua despedida, Ronaldo deixou a Seleção Brasileira mesmo após a derrota para a França, nas quartas de final da Copa do Mundo da Alemanha. De lá para cá, ele não foi convocado por Dunga, não tendo a chance de disputar um último Mundial.

De qualquer maneira, a trajetória do Fenômeno pela Seleção Brasileira é digna de reverência, assim como toda sua história no futebol.

Obrigado, Ronaldo!

Todos os 15 Gols do Ronaldo em Copas

Por Edgar Santista – Eliminatórias da Eurocopa

Ibra faz três, Suécia goleia Finlândia e sonha com primeiro lugar no Grupo E

Zlatan Ibrahimovic irá para as férias em alta. Com três gols do centroavante do Milan, que começou no banco de reservas, a Suécia atropelou a Finlândia, por 5 a 0, no estádio Rasundastadion, em Solna, pela sexta rodada do Grupo E das eliminatórias da Eurocopa de 2012, em seu último compromisso na temporada.

Kallstrom e Bajrami completaram o placar para os mandantes, que agora somam 15 pontos, em segundo na chave, contra 18 da ainda 100% Holanda. Restam três jogos, entre eles o confronto direto em outubro, na Suécia, que pode definir quem irá se classificar direto para a fase de grupos e para a repescagem. A Finlândia permanece em quarto, com seis pontos.

Özil é destaque em nova vitória da 100% Alemanha contra o Azerbaijão

 

Foi com a categoria e habilidade de Özil que a Alemanha venceu pela sétima vez em sete jogos no Grupo A das eliminatórias da Eurocopa de 2012. Com boa atuação do meia do Real Madrid, que anotou um gol e deu passe para outro, a seleção não encontrou muitas dificuldades para fazer 3 a 1 no Azerbaijão, nesta terça-feira, no Estádio Tofig Bakhramov, fora de casa.

Destaque na vitória sobre a Áustria, na sexta-feira, o atacante “Super Mario” Gómez anotou o segundo. O jovem Schürrle fechou o placar nos acréscimos do segundo tempo, logo após os donos da casa diminuírem com Huseynov. 

O resultado deixa a equipe do técnico Joachim Löw muito próxima da vaga direta na fase de grupos da competição que será disputada na Polônia e Ucrânia em junho de 2012. Com 21 pontos, resta um empate em um dos últimos três compromissos (Áustria, Turquia e Bélgica) para garantir matematicamente a classificação. Um tropeço dos turcos, no entanto, já será o suficiente. Praticamente sem chances de pegar o posto que vale a repescagem, Azerbaijão permaneceu com três pontos, em quinto na chave.