Por Eder – Depois quer falar que é coisa de Corinthiano, isso sim é coisa de peixe podre

Santistas presos no Paraguai tentam acordo de R$12 mil para reparar danos causados

Os advogados que atuam na defesa dos torcedores santistas presos no Paraguai sob acusação de perturbação da ordem pública e lesão grave propuseram, na manhã desta terça-feira, um acordo para reparar os danos causados pelos vândalos.

Amado Yuruhan, advogado da Embaixada Brasileira no Paraguai, que cuida do caso, apresentou um pedido de acordo de 28 milhões de Guaranis (cerca de R$11.116) para reparar os danos causados a Julio Ferreira, dono do restaurante El Mestizo, que foi agredido e assaltado pelos torcedores na madrugada de quarta para quinta-feira, após o empate entre Santos e Cerro Porteño (PAR).

Além disso, o advogado ofereceu 4 milhões de Guanis (aproximadamente R$1588) para serem doados a alguma entidade beneficente, a fim de compensar a sociedade paraguaia pelo delito de perturbação de ordem pública.

A juíza Patricia González, irá analizar o pedido e se pronuncirár nos próximos dias

Comentário: Não sei porque me veio na cabeça aquele antigo ditado ” papagaio come milho e o periquito leva a fama ” parabéns aos torcedores do peixe podre, representaram muito bem o torcedor brasileiro lá no Paraguai, valeu mesmo!

Por Cleber Aguiar – Em entrevista Palhinha nega ter roubado a esposa de Darlei !

Fonte: Portal Uol

Palhinha também fala sobre Muller, Telê Santana e outras histórias do passado

Palhinha também fala sobre Muller, Telê Santana e outras histórias do passado

Palhinha relembra romance com ex-mulher de Danrlei e bobagens de Muller

Alexandre Sinato e Ana Jardim

Palhinha marcou época no São Paulo no começo da década de 1990. Conquistou títulos importantes, ganhou dinheiro e fama. Ao longo de 18 anos de carreira, ele também acumulou algumas histórias e uma polêmica na vida particular. Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, o ex-atacante – hoje com 40 anos – contou que “morria de medo de Telê Santana”, admitiu que nunca esquecerá o pênalti perdido na final da Libertadores de 1994 e relembrou a polêmica causada por seu relacionamento com a ex-mulher de Danrlei.

“Na época o Danrlei falou muita bobagem, talvez porque o Grêmio não vinha bem e ele estava tomando muitos gols. Ele foi infeliz no que falou e ficou ruim para ele. As pessoas começaram a falar que ele era corno. Eu não traí ninguém, ele é que foi infeliz no que falou”, argumentou o ex-são-paulino, que jogou com Danrlei nos tempos de Grêmio.

Atualmente afastado do futebol depois de uma decepção ao atuar como empresário de jogador, Palhinha se dedica a uma clínica de estética na zona leste de São Paulo. Ao recuperar memórias dos tempos de atleta, ele falou sobre o assédio de mulheres conhecidas e comentou que Muller, em difícil momento financeiro atualmente, sempre se metia em confusão.

“O Muller é muito complicado, desde quando jogava. Sou suspeito de falar porque gosto muito dele, mas a mesma velocidade que ele tinha no campo, tinha para fazer bobagem fora de campo. Acho que o Muller não teve amigos que o ajudassem a frear um pouco”, opinou.

A EX-MULHER DE DANRLEI

Tenho um filho com a Michele, ex-mulher do Danrlei e que hoje também é minha ex-mulher. Eu me separei de 1998 para 1999 e em 2000 conheci a Michele. Ela já estava separada do Danrlei. Nunca tive amizade com o Danrlei, não sabia quem era a família dele. Morei seis anos com a Michele e temos um filho de oito anos, o Ryan. Na época o Danrlei falou muita bobagem, talvez porque o Grêmio não vinha bem e ele estava tomando muitos gols. Ele foi infeliz no que falou e ficou ruim para ele. As pessoas começaram a falar que ele era corno. Eu não traí ninguém, ele é que foi infeliz no que falou.

“O MULLER É MUITO COMPLICADO”

O Muller é muito complicado, desde quando jogava. Sou suspeito de falar porque gosto muito dele, mas a mesma velocidade que ele tinha no campo, tinha para fazer bobagem fora dele. Acho que o Muller não teve amigos que o ajudassem a frear um pouco. Todo mundo faz bobagem, eu fiz muita também. O Muller é louco [risos], é o jeito dele. Às vezes, você dava bom dia para o Muller e à tarde ele nem te olhava, parecia que nem te conhecia. Tenho carinho muito grande por ele.

Arquivo Folhapress
Você podia ganhar o jogo e dar show, mas no outro dia o Telê dava uma no gogó. Eu tomava bronca todo dia do Telê, morria de medo dele

APRESENTADORA FAMOSA ATACA

Eu estava em um restaurante jantando com amigos quando chegou uma mulher bastante conhecida, puxou a cadeira e perguntou se podia se sentar. Depois de um tempo, ela disse que se não saísse comigo não iria embora para lugar nenhum. Fiquei sem jeito e ainda perguntei: ‘você está louca, deve ter bebido, olha minha carcaça [risos]. A tentação foi bem grande.

MEDO DE TELÊ

O Telê [Santana] dava bronca todo dia. Você podia ganhar o jogo e dar show, mas no outro dia ele te dava uma no gogó. Eu tomava bronca todo dia do Telê, morria de medo dele. Você não esperava que o treinador sempre te cobrasse tanto e às vezes ficava um pouco chateado, mas foi muito bom para mim. Tenho uma saudade grande. Hoje é difícil achar um treinador que proteja tanto seus jogadores como ele fazia.

Arquivo Folhapress
O Ronaldão e o Zetti me trancavam no quarto e eu tinha que ler o jornal para saber o que estava acontecendo. Depois eles me perguntavam, parecia lição de casa

TRANCADO NO QUARTO

Eu não estudei. Então o Ronaldão e o Zetti me trancavam no quarto e eu tinha que ler o jornal para saber o que estava acontecendo, porque depois eles ficavam me perguntando, parecia lição de casa. Era um compromisso para que eu estivesse informado e não vivesse só do futebol.

PÊNALTI PERDIDO NA FINAL DA LIBERTADORES

Não sei se o Chilavert defenderia de novo, mas eu bateria novamente aquele pênalti, eu era o batedor oficial do São Paulo. Esse pênalti tirou meu sono por muito tempo, seríamos campeões pela terceira vez seguida da Libertadores, seria espetacular. Ali ficou um pedacinho da minha vida. Até digerir não foi fácil, foi bem complicado. A verdade é que a gente não esquece nunca, é uma coisa que marca. Mas não me vejo como culpado pela derrota porque o time não fez o suficiente antes dos pênaltis. Eu só me culpava no começo, depois parei.

*Nota da redação: Na final da Libertadores de 1994, após vitória por 1 a 0 no tempo normal, o São Paulo perdeu nos pênaltis para o Vélez Sarsfield. Palhinha errou sua cobrança

Fabio Braga/Folhapress
O Muricy é o melhor técnico do Brasil já faz tempo. Ele é chato para caramba, é xarope, mas se andar na linha, ele briga por você mesmo. Sou fã dele dentro e fora de campo. Ele é o top

MURICY: O MELHOR DO BRASIL

O Muricy é o melhor técnico do Brasil disparado há um bom tempo já. Tive vários treinadores com muita qualidade, mas o Muricy está muito acima da média. Você nota que muitas vezes os caras estão correndo por ele, já que ele compra as brigas dos jogadores. O Muricy é chato para caramba, é xarope, mas se andar na linha, ele briga por você mesmo. Sou fã dele dentro e fora de campo. Ele é o top. E agora está mais ranzinza, já que está ficando mais velho.

HOMOSSEXUALISMO

Cada um tem que se preocupar com sua vida. A escolha é de cada um. Falta muito respeito das pessoas nesse sentido. Eu tenho seis filhos e não sei qual será a opção de vida deles. Nunca ficarei contra as opções deles, desde que sejam homens e mulheres dignos. Falei com o Toninho Cerezo sobre isso, ele me disse: ‘Palha, ele é meu filho, não serei contra, é a opção de vida dele’”.

*Nota da redação: Toninho Cerezo é pai da transexual Lea T

DECEPÇÃO COM FUTEBOL

Eu estava trabalhando com jogadores de futebol e tive algumas decepções. Tem muita cobra nesse meio, muita cobra grande, e a gente que está começando passa a incomodar as pessoas. Aí me afastei do futebol. A única decepção que tive no futebol foi com essa pessoa, que continua como empresário de jogadores. Era uma amizade que eu tinha antes de cuidar de jogadores, então foi uma decepção grande. Para muita gente o dinheiro faz mal.

Arquivo Folhapress
Esse pênalti tirou meu sono por muito tempo. Ali ficou um pedacinho da minha vida. Até digerir não foi fácil, foi bem complicado. A verdade é que a gente não esquece nunca, é uma coisa que marca

PAIXÃO PELOS CARROS

As loucuras que fiz foram com carros. Eu não sossegava enquanto não comprava um carro novo que me agradava.  Você começa a ganhar dinheiro e quer comprar tudo, só depois vai baixando a poeira. Eu via um carro e ficava alucinado. Já comprei a grande maioria de marcas de carro que chegaram ao Brasil. Ainda tenho um sonho de consumo: uma Ferrari vai bem, mas preciso ganhar na loteria [risos].

SÃO PAULO

Será difícil ter um time como o São Paulo de 1992, individual e coletivamente. Era um grupo muito fechado, você não conseguia dar um espirro se não estivesse dentro da nossa cartilha de trabalho. Pensávamos no time. O Raí era o cara do momento, aparecia em TV, jornal, mas para a gente não importava quem aparecia, só importava ganhar. Eu ficava babando de vontade para jogar, o time era muito bom. O estádio estava quase sempre cheio e a gente entrava em campo sabendo que a chance de ganhar era sempre muito grande.

“GANSO É O CARA”

O Ganso é o cara, está muito acima dos outros. E você não escuta nada dele fora de campo. Ele joga muito e faz coisas que são complicadas para os outros parecerem simples. Sou fã dele, ele trata a bola com simplicidade, não precisa aparecer. Acredito que ele seja assim fora de campo, parece tratar todo mundo bem, com a mesma simplicidade que joga.

VERGONHA NA CARA

O que falta é um pouco de vergonha na cara dos jogadores mais novos, que hoje em dia ganham um absurdo. Os clubes estão pagando muito dinheiro e eles não estão preparados para essa situação. Não culpo a molecada por isso, é difícil mesmo lidar. O problema é quando deixam de ser profissionais e começam a achar que podem tudo, querem pegar todas as menininhas… E um jogador novo, com a energia à flor da pele e bem alimentado, vai desossar mesmo [risos]. O problema é que muitos jogadores de qualidade ficam pelo caminho.

RONALDINHO

Hoje a molecada vê o Ronaldinho Gaúcho virando a cara para um lado e tocando para o outro e acha que deve fazer isso. Eu queria ver o Ronaldinho fazer isso com o Telê Santana, ele estaria morto [risos]. O Telê ia agarrá-lo pelo cabelo. Estou falando isso, mas sou fã do Ronaldo, jogamos juntos no Grêmio.

Por Cleber Aguiar – Ex-goleiro do Corinthians e Seleção pode trocar o Roma pelo Liverpool

Fonte: Globo.com

Empresário de Doni afirma que clubes já estão negociando

Doni goleiro do Roma (Foto: Getty Images)Doni, goleiro do Roma (Foto: Getty Images)

O goleiro Doni, ex-Corinthians, Juventude e Seleção Brasileira, está perto de trocar o Roma pelo Liverpool. Pelo menos é o que garante o agente do arqueiro, Ovidio Colucci. A informação é da emissora britânica “Sky Sports”.

– Quando acontecer um acordo entre os dois clubes, nós começaremos a acertar os termos pessoais com o Liverpool. Doni ficará muito feliz em se juntar ao Liverpool e jogar no Campeonato Inglês – afirmou o empresário.

Na última temporada, Doni, de 31 anos, não foi titular absoluto do Roma e disputou 16 partidas na Série A do Calcio. Segundo a imprensa inglesa, o técnico dos Reds, Kenny Dalglish, busca um goleiro para fazer sombra ao espanhol Pepe Reina.

Por Eder – Ronaldo e Seleção Brasileira fazem seu último treino no CT do CORINTHIANS

“A República Popular do Corinthians saúda e dá boas-vindas à República Federativa do Brasil”. A saudação recebida pela seleção brasileira neste domingo (5), em sua chegada ao CT Joaquim Grava para dois dias de treinos, reforça a ótima relação entre o clube e a entidade que rege o futebol nacional.

A Seleção Brasileira treinou na tarde de ontem(6)no CT Joaquim Grava, do Corinthians, e foi recepcionada por ninguém menos do Ronaldo Fenômeno. O ex-jogador, que fará a sua despedida pela amarelinha na partida de hoje, às 21h50m (de Brasília), no Pacaembu, em São Paulo, estava à espera do grupo comandado por Mano Menezes.

Logo após os jogadores trocarem de roupa, o Fenômeno tratou de bater uma foto com alguns atletas e postou no Twitter. Em seguida, o grupo foi para o campo, mas sem Ronaldo, que apenas acompanhou a atividade comandada por Mano do lado de fora do gramado.

Comentário: Não foi no CT do peixe podre , dos pocus chorões nem lá no CT do pessoal da soberba, foi no CT do CORINTHIANS, e vai acostumando porque de agora em diante vai ser assim moçada dos outros times, pode ficar com inveja.

Não sei quando vai acontecer ,  mas depois que o CORINTHIANS for campeão desse torneio que dá muito dinheiro chamado Libertadores , imagino que o resto que é muito invejoso, vai ter uma nova piada para tirar sarro do Corinthiano, vai dizer que Corinthiano é feio, bobo e chato.

Não fiquem bravos não moçada, eu sei porque vocês não gostam do CORINTHIANS, aqui no Brasil só existe uma torcida: a do CORINTHIANS, com a diferença que uns torcem contra e outros torcem a favor, é como disse Geraldão pode falar que é maloqueiro, é sofredor, que é da marginal sem número, mas nunca vai poder negar que ELE é Grande e está eternamente em nossos corações.


Por Cleber Aguiar – CBF muda tabela de jogos !

Fonte: Folha de São Paulo

CBF altera partidas do Santos, e São Paulo ganha novo jogo em TV aberta

O São Paulo foi beneficiado outra vez em nova alteração feita no calendário do Campeonato Brasileiro.

A CBF (entidade que dirige o futebol nacional) comunicou nesta segunda-feira que para ajudar o Santos na final da Libertadores mudou duas partidas da equipe da Vila Belmiro, que jogará nos dias 15 (Montevidéu) e 22 (São Paulo) próximos contra o Peñarol.

Santos x Corinthians, que seria em 19 de junho (domingo), às 16h, na Vila, será realizado agora em 10 de agosto (quarta-feira), às 21h50.

Com esta mudança, o jogo do São Paulo contra o Ceará, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, que estava previsto para 19 de junho, às 18h30, passará a ser na mesma data, mas às 16h (horário em que a TV Globo transmite a partida).

Outro jogo do Santos que sofreu alteração foi contra o América-MG. De 25 de junho (sábado) foi para 2 de julho (sábado), às 18h30.

A partida entre Coritiba e Internacional passou de 18 de junho para 19 de junho (domingo), às 18h30, no Couto Pereira.

Por Cleber Aguiar – Espanha faz amistoso na Venezuela e abraça esporte chavista

Fonte: Folha Online

Por um bom cachê e com considerável investimento público, a seleção espanhola vai entrar hoje, às 17h30 (de Brasília) na mistura entre política e esporte da Venezuela de Hugo Chávez.

Os campeões do mundo, com força quase total (lesões impediram a convocação de Puyol e Xavi), enfrentam a medíocre seleção sul-americana em Puerto la Cruz.

O cachê dos espanhóis, pago por uma empresa privada, ficou na casa dos 2 milhões de euros (cerca de R$ 4,5 milhões). Mas todo o resto do investimento para a partida saiu dos cofres públicos. E, como virou praxe no regime chavista, o esporte se misturou à política local.

Harold Escalona/Efe
Cartaz promove amistoso entre Venezuela e Espanha, em Puerto de la Cruz
Cartaz promove amistoso entre Venezuela e Espanha, em Puerto de la Cruz

A organização nega, mas poucos acreditam que o jogo foi marcado para Puerto la Cruz sem se levar em conta fatores políticos do país.

A cidade fica no Estado de Anzoátegui, governada por Tarek William Saab, um dos mais próximos aliados do presidente Hugo Chávez.

Puerto la Cruz deixou para trás Maracaibo, cidade maior e com mais apreço ao futebol na Venezuela, onde o beisebol reina. O município, porém, é o principal foco de oposição a Chávez.

Junto com o governo federal, Saab praticamente tomou para si a organização do jogo entre os dois países.

A começar pelo megalomaníaco esquema de segurança. Serão nada menos do que 6.200 homens, ou praticamente um para cada cinco torcedores no estádio –em um clássico paulista, a proporção raramente passa de um policial para 30 fãs.

Mesmo com uma delegação que não chega a 40 integrantes, a seleção espanhola ocupa sete andares no melhor hotel da cidade litorânea _os outros dois andares são ocupados por membros do governo local e federal.

Para evitar que faltem homens para outros serviços públicos, Saab decretou feriado hoje em toda a região de Puerto la Cruz.

Seu governo ainda investiu o equivalente a R$ 3,2 milhões em melhorias na arena para o amistoso contra os campeões mundiais.

E Saab teve apoio federal. “Vamos garantir a realização do amistoso e temos a missão de converter a Venezuela num lugar atrativo para eventos esportivos internacionais”, declarou Héctor Rodríguez Castro, o ministro do Esporte da Venezuela.

ICFUT – Teste de paternidade! Shakira pode estar grávida de Piqué, do Barcelona

Fonte: Futebolinterior.com.br

O rumor ganhou força após cancelamento de um show da musa latina, na cidade de Almería

 

 O zagueiro espanhol Piqué e a cantora colombiana Shakira parecem ter abusado das comemorações pelo título do Barcelona na Liga dos Campeões. Isso porque a imprensa espanhola especula que estrela da música pop estaria grávida do jogador. A popstar nega.

Os comentários ganharam força na Espanha, sobretudo após um cancelamento de um show da musa latina, na cidade de Almería, na costa sul espanhola. Em seu Twitter, a deusa alegou problemas de saúde, o que gerou supeita da imprensa.Se as especulações se confirmarem, Piqué, 24 anos, e Shakira, 34, teriam o primeiro filho. O casal vinha tendo um relacionamento desde a Copa do Mundo da África do Sul. O namoro, porém, só foi oficializado em fevereiro deste ano, quando o jogador postou uma foto de ambos no Facebook.

Por Cleber Aguiar – Em Aparecida, Zé Love ouve pedido por gol na final e paga promessa

Fonte: Globo.com

Atacante santista visita Santuário de Nossa Senhora para deixar camisa do gol contra o Cerro Porteño e relembra que quase desistiu do futebol em 2009

 

Por Julyana Travaglia e Renato Cury Aparecida, São Paulo

Sinais da cruz, cânticos, orações e a sensação de que está “mais leve”. Na última segunda-feira, o atacante Zé Eduardo cumpriu a promessa que havia revelado ao Globoesporte.com um dia depois de voltar a balançar a rede adversária. Com a camisa que usou no jogo com o Cerro Porteño e findou um jejum de 13 partidas sem gols, ele foi assistir a uma missa no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, a 170km de São Paulo, para “agradecer pelo que tem acontecido na sua vida”. E relembrar que há um ano e meio, outros pensamentos passavam pela sua cabeça.

– Não é só o gol que eu vim aqui agradecer, mas por tudo que tem acontecido. Em um ano e meio, eu ganhei três títulos e tenho ainda a possibilidade de vencer a Libertadores. E pensar que no fim de 2009 eu quase desisti de tudo… – contou Zé Eduardo.

ze eduardo santos aparecida do norte (Foto: Miguel Schincariol / Globoesporte.com)Zé Eduardo foi na manhã de segunda-feira pagar promessa em Aparecida (Miguel Schincariol/GE.COM)

Há quase duas temporadas, o atacante vivia um período de incertezas na carreira. Aos 21 anos, sentia dificuldades para se firmar em um grande clube, depois de ter despontado no Palmeiras como uma grande promessa. Só em 2009 vestiu três camisas (São Caetano, América-MG e ABC-RN), sendo que ficou sem receber salários dos dois últimos clubes por seis meses.

– Eu cheguei a ligar para casa e conversar com o meu pai, falando que ia desistir. A situação estava muito complicada. Eu não recebia e ele tinha de tirar dinheiro do próprio bolso para me bancar – relembrou.

Cheguei a ligar para casa e conversar com meu pai, falando que ia desistir. A situação estava complicada”
Zé Love

A virada veio em um acordo de três meses com o Santos, que depois foi transformado em contrato até 2013, interrompido no início deste ano por uma transação para o Genoa – ele foi negociado com os italianos por aproximadamente R$ 6,1 milhões. Com gols, o atacante serviu de opção nos times de Dorival Júnior, Adilson Batista e do interino Marcelo Martelotte. Está entre os artilheiros do time no ano, com oito gols na temporada – atrás de Elano (14) e Neymar (9). Mas andava sofrendo desde que Muricy Ramalho chegou ao time, há quase dois meses.

– O homem é fera demais. Fiquei 13 partidas sem marcar um golzinho sequer e ele não me tirava do time porque sabia que eu estava me dedicando, dando o meu melhor. Fez igualzinho com o Aloísio (no São Paulo, em 2008). Se não fosse Deus e o Muricy para me ajudarem, a pressão seria ainda maior.