ICFUT – Ronaldo vai jogar no Timão novamente!

Fonte: Lancenet.com

Ronaldo: novo contrato, fim da aposentadoria e volta ao Corinthians

‘Ronaldo vai voltar a jogar. Se vai jogar dois, três ou cinco jogos não sei, mas vai voltar’, diz Andrés Sanchez

Ronaldo comemora gol contra o Cruzeiro em 13/11/2010 (Foto: Ari Ferreira) Ronaldo comemora gol do Corinthians sobre o Cruzeiro em 13/11/2010 (Foto: Ari Ferreira)

Marcelo Damato
Publicada em 12/05/2011 às 07:43
São Paulo (SP)

Ronaldo Fenômeno está voltando ao futebol e ao Corinthians. Clube e jogador devem assinar nas próximas semanas um contrato que irá pelo menos até o fim de 2012.

– Ronaldo vai voltar a jogar. Se vai jogar dois, três ou cinco jogos não sei, mas vai voltar – afirmou o presidente do Timão, Andrés Sanchez. Nos próximos dias, o Corinthians deve oficializar a proposta.

Em princípio, o ex-atacante jogará apenas amistosos. Terá caráter mais promocional do que esportivo. O Corinthians terá direito de explorar sua imagem. Com algumas mudanças, é o modelo de “embaixador do Corinthians”, que o LANCENET! revelou há quase um ano.

A contratação de Ronaldo pode ser antecipada se forem confirmados os amistosos contra a Internazionale (ITA), no dia 25, e o Barcelona (ESP), no dia 2 de junho.

Os amistosos estão sendo negociados por uma empresa de marketing, que está disposta a pagar até 2 milhões de euros a cada equipe.
O plano prevê que a empresa assumirá os custos, especialmente o cachê do time visitante em troca dos direitos de TV e das placas.

Ao Corinthians caberá a bilheteria e também o pagamento da sua maior estrela. O objetivo do clube, mais do que fazer dinheiro é promover sua imagem internacional. Para fazer os amistosos, ambos os times adiariam suas férias por alguns dias.

Por Cleber Aguiar – Neymar vai ser Papai !

Fonte: Globo.com

Neymar, 19 anos, já vai ser papai

Atacante engravidou uma garota de 17 anos e assumiu a paternidade. Nome da jovem é mantido em sigilo, “para evitar exposição”

Por GLOBOESPORTE.COM São Paulo

Neymar no treino do Santos (Foto: Ricardo Saibun / Site Oficial do Santos)Neymar vai assumir paternidade de criança em
Santos (Ricardo Saibun / Site Oficial do Santos)

Neymar, 19 anos, já vai ser papai. O atacante engravidou uma garota de 17 anos que também mora em Santos. O nome dela é mantido em sigilo para “dar tranquilidade” e “evitar exposição”, segundo o próprio Neymar.

O jogador foi avisado da gravidez na semana passada. Ele fez questão de entrar em acordo com a família da jovem e avisou que arcará com os custos da gravidez, que já estaria no terceiro mês.

Sobre o caso, Neymar divulgou uma nota em seu site oficial.

Diz a nota:

“Através desta nota venho confirmar a informação de que me tornarei pai ainda este ano. As duas famílias – a minha e a da futura mãe – já conversaram e estão prontas a nos ajudar a trazer o bebê ao mundo, dando a ele toda a assistência necessária e a melhor estrutura possível.

Em comum acordo, decidimos preservar o nome da mãe. Esta medida visa dar tranquilidade a ela durante os próximos meses, evitando sua exposição de forma desnecessária e garantindo, principalmente, a privacidade da criança, que nascerá daqui a alguns meses.

Peço a todos que respeitem esta decisão. A tranquilidade desejada é fundamental para o sucesso da gestação.

Concluo pedindo a Deus que abençoe a vida da nossa criança!!

Ela será muito bem vinda e já tem todo o nosso carinho e amor.

Neymar Jr.”

ICFUT- Memopops Corinthians 1979 , Vasco 1974 e Flamengo 1983 !

S. C. Corinthians Paulista

Campeão Paulista 1979
Em pé: Jairo, Mauro, Luis Cláudio, Amaral, Caçapava e Romeu
Agachados: Píter, Biro-Biro, Palhinha, Sócrates e Wladimir

Campeão Paulista de futebol em 1979 com um super time comandado por Sócrates e Palhinha. Escalação: Jairo, Zé Maria, Mauro, Amaral e Wladimir, Caçapava, Biro-Biro e Sócrates, Peter, Palhinha e Romeu. Contava ainda, entre outros, com Vaguinho na reserva.

C.R .Vasco da Gama

Time foi o primeiro carioca a conquistar o título Brasileiro-1974

Em pé: Andrada, Miguel, Alcir, Fidélis, Moisés e Alfinete. Agachados: Jorginho Carvoeiro, Zanata, Ademir, Roberto Dinamite e Luís Carlos. (Crédito: Site oficial do Vasco)

C.R. Flamengo


Por Eder – Clube de Criação de S.P. consagra República do Corinthians

C.P. 11 de Maio de 2011

Fonte : Agência CORINTHIANS

O Clube de Criação de São Paulo entregou os prêmios aos vencedores do seu 36º Anuário nesta quarta-feira (11), no Auditório Ibirapuera, em São Paulo. O grande destaque da noite foi o case “República Popular do Corinthians”, criado pela F/Nazca S&S para Nike, que ficou com 4 dos 14 Ouros concedidos pelos júris. O desempenho fez da Nike o Anunciando do Ano.

Os Ouros vieram das áreas de Campanha Integrada, Design, Material Promocional e Website. O case faturou ainda três Pratas em Mídia Exterior – Ambiente; pelo texto da “Carta Magna” na área técnica de Imprensa; e em Filmes para Outras Telas.

A ação consiste no lançamento do conceito de República, que norteou as iniciativas de marketing do Corinthians no ano passado, partindo do princípio que os 30 milhões de torcedores do time formam uma nação maior que muitos países. A campanha integrada envolveu diversas frentes, como internet, TV, ações promocionais (com forte apelo em redes sociais), marketing direto, distribuição de camisas e até um kit com certidão de nascimento e um passaporte que é carimbado a cada jogo. A campanha gerou R$ 13 milhões em mídia espontânea para o clube com a ajuda de corintianos famosos. Em um evento público, o então presidente Lula recebeu e vestiu a “faixa presidencial”. O apresentador Silvio Santos exibiu, orgulhoso, em seu programa de TV a sua “certidão de nascimento” e o seu “passaporte” da República Popular do Corinthians.

O festival do 36º Anuário do CCSP recebeu 2.570 inscrições. Júris que reuniram 104 profissionais selecionaram 445 peças para o shortlist, sendo que 299 delas entraram para a publicação por terem recebido Ouros, Pratas, Bronzes ou Prêmios Anuário (peças que não ganharam troféus mas foram selecionadas para integrar o livro). O livro também incluirá no Hall da Fama o diretor de arte Mauro Perez, um dos profissionais mais premiados da publicidade brasileira, sobretudo no período de 14 anos em que esteve na Talent, agência que deixou em 2002

ICFUT – Milene Domingues será modelo no lançamento do novo uniforme do ABC

Fonte: Futebolinterior.com.br

O evento será realizado na noite desta quinta-feira e a modelo é o principal atrativo

Nesta quinta-feira, o ABC vai fazer uma festa para lançar o novo uniforme do time na disputa do Campeonato Brasileiro da Série B e, como está virando costume, acertou com uma beldade para ser modelo principal. A escolhida foi a apresentadora da Rede TV! e ex-mulher de Ronaldo Fenômeno, Milene Domingues (foto).

A apresentadora, que já foi também modelo e jogadora de futebol, irá desfilar sua beleza nesta quinta-feira, no Teatro Riachuelo, no Midway Mall. O evento está previsto para começar às 19 horas e quem quiser comparecer terá que apresentar dez apostas na Timemania, referentes aos concursos 209 e 210. As vagas são limitadas e os ingressos poderão ser trocados na Loja da Lupo, no Midway Mall.

Além do novo uniforme, a diretoria do Mais Querido irá fazer a apresentação oficial de todo o elenco e da comissão técnica que vai disputar o Campeonato Brasileiro da Série B. Até o momento, 11 jogadores foram contratados e pelo menos mais dois devem desembarcar no Estádio Frasqueirão.

[videolog 636783]

Por Cleber Aguiar – CBF se frustra com exclusão de SP

Fonte: O Estado de São Paulo

O torneio deveria representar um grande teste para o Mundial de 2014, notadamente para a festa de abertura

SÍLVIO BARSETTI – O Estado de S.Paulo

RIO – A exclusão da cidade de São Paulo da Copa das Confederações, antecipada pelo secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, em entrevista ao Estado na terça-feira, pode ser apontada como um grande revés do Mundial de 2014. O anúncio oficial da não-participação do maior centro econômico do País no evento de 2013 está previsto para o dia 29 de julho. Até lá, os dirigentes do Comitê Organizador Local (COL) vão tentar minimizar a decisão, que amadureceu e se consolidou com a sequência de atrasos das obras do estádio do Corinthians, o Itaquerão.

Divulgação
Divulgação
Ainda só no papel. As obras do estádio do Corinthians estão atrasadas e, com isso, a cidade perde grande chance de aparecer no cenário mundial em 2013

Desde que o Brasil foi escolhido, em 2007, como sede do Mundial de 2014, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) passou a trabalhar com a ideia fixa de que São Paulo abrigaria o jogo de abertura do evento e o encerramento ficaria com o Rio. A Copa das Confederações deveria representar assim um grande teste para o Mundial, notadamente para as duas capitais pré-definidas como os centros mais importantes da competição.

Sem a cidade de São Paulo no torneio de 2013, o COL e toda a estrutura envolvida com a sede mais rica do País vão desperdiçar a única oportunidade de ver em prática toda a logística planejada para ser repetida em 2014, com margem reduzida de erros.

Esperava-se observar na Copa das Confederações, em São Paulo, dezenas de detalhes sobre o acesso ao Itaquerão, a mobilidade urbana em dias de grandes jogos, o movimento nos dois principais aeroportos da cidade, o trabalho das equipes de segurança a serviço de torcedores, delegações esportivas e autoridades. São muitos aspectos que contariam com o trabalho de milhares de pessoas.

Isso provavelmente vai poder ser feito no Rio, principalmente no entorno do Maracanã. E ainda nas outras três ou quatro cidades que vão receber jogos da Copa das Confederações.

O COL já descartou a hipótese de outro estádio da cidade ser definido como substituto do Itaquerão no torneio de 2013.

Na direção do comitê, presidido por Ricardo Teixeira, que comanda também a CBF, há um sentimento de frustração e de irritação com a saída de São Paulo do início da festa. Há entre seus dirigentes um consenso de que vários problemas na cidade-sede estão atrelados à má vontade política de figuras importantes do Estado.

Discurso pronto. Esse clima de animosidade teria se acirrado no curso do processo de exclusão do Morumbi do Mundial – que começou em 2009 e foi concretizado em junho do ano passado, após intensa negociação do presidente da CBF com a diretoria do Corinthians para a efetivação de um plano B.

Teixeira e seus assessores já têm um discurso pronto para diminuir esse impacto: vão lembrar que o Soccer City, em Johannesburgo, palco da abertura e do encerramento do Mundial de 2010 na África do Sul, estava fechado para obras durante a Copa das Confederações de 2009.

Isso, porém, não vai ser suficiente para anular a derrota. Em fevereiro, num evento em São Paulo, Ricardo Teixeira deixou clara sua expectativa sobre o Itaquerão. “Nós precisamos do estádio de vocês para a Copa das Confederações. É fundamental que a gente já tenha (ele pronto)”, disse, voltando-se para o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez.

Antes disso, Teixeira reforçou mais de uma vez a necessidade de que todos os 12 estádios da Copa do Mundo estivessem concluídos no máximo até o início de 2013, a fim de evitar transtornos. Já sabe, agora, que pelo menos um deles não estará. Sem São Paulo, a Copa das Confederações perde um pouco de sua importância e deixa o caminho aberto para que falhas de organização afetem a realização da Copa do Mundo na cidade.

Itaquerão. 68 mil é a capacidade de público para o Itaquerão ser o palco de abertura do Mundial de 2014

ICFUT – Arena Palestra: mais um problema.

Fonte: O Estado de São Paulo

Ministério Público quer suspensão de alvarás por causa de falhas na impermeabilização da área. Obras estão paradas

Daniel Akstein Batista – O Estado de S.Paulo

As já tão conturbadas obras da Arena Palestra ganharam um novo capítulo ontem. O Ministério Público de São Paulo enviou carta ao clube, à WTorre e à Prefeitura recomendando a suspensão do alvará para a execução da reforma do estádio.

Segundo o MP, há uma série de problemas de impermeabilização da área. Mas, de acordo com a empresa que planeja a futura Arena do Palmeiras, este não é um problema a ser temido. “O MP fez uma série de questionamentos, mas fizemos tudo direitinho”, garantiu Rogério Dezembro, diretor de novos negócios da WTorre. “Vamos dar atenção e um retorno ao MP, mas não é algo para parar as obras. Todas as licenças foram obtidas e o alvará está válido.”

Como disse Dezembro, não será este documento que parará as reformas do estádio. Até porque elas já estão paradas. Ontem, o Palestra Itália viveu dia atípico. Ao invés do vai e vem dos mais de 300 operários que seguiam diariamente a rotina de quebradeira no estádio, o que se viu foram máquinas paradas e um vazio frustrante.

Como prometido, a WTorre paralisou as obras da futura Arena e só vai retomá-las assim que Arnaldo Tirone assinar a escritura que falta.

A expectativa era a de que o presidente palmeirense devolvesse o documento ontem, mas novamente Walter Torre, presidente da empresa, ficou esperando em vão. “A gente está fazendo uma minuta do contrato, estou esperando que meus advogados acertem tudo para eu poder assinar”, justificou Tirone. “Estou tranquilo”, garantiu.

Torre havia dado um prazo para que o Palmeiras resolvesse o imbróglio e resolveu parar as obras assim que não teve a resposta positiva na terça-feira. Em busca da paz com o clube, o empresário chegou até a dar uma garantia pessoal caso a reforma não seja concluída. Outros três diretores da construtora fizeram o mesmo. O Palmeiras acha pouco os 38% do seguro de performance (se a empresa sair do negócio, clube e nova construtora arcariam com os 62% restantes do valor total da obra), mas deve acatar a proposta de Torre.

Agora vai? A promessa é que Tirone assine a escritura hoje e as obras voltem ao normal amanhã. Ele, porém, queria acrescentar no contrato uma cláusula que liberasse o clube para procurar outras empresas em curto período de tempo, para descobrir se o acordo com a WTorre foi realmente o melhor. Não conseguiu.

Nem Palmeiras nem a WTorre querem encerrar o contrato, mas a parceria já vem há semanas com ruídos. A demora de Tirone em assinar o documento irritou Walter Torre, que alega já ter colocado R$ 40 milhões na Arena. Caso o contrato chegue ao fim, a empresa vai cobrar este valor do clube que, inicialmente, teria um problema em mãos: uma casa cheia de entulhos. Por isso mesmo, queria conversar com outras construtoras agora, para saber o que fazer caso a WTorre deixe a parceria.

Dos cerca de R$ 300 milhões que serão gastos na Arena, o Banco do Brasil financiará R$ 150 milhões. E avisou que não bancará o projeto enquanto não tiver o documento final em mãos.