Por Cleber Aguiar – Once Caldas ( COL ) x Santos ( BRA ) – Taça Libertadores 2011

Fonte: Oncecaldas.com.co

Tradutor Google

Victoria, classificação e liderança

Parte de Once Caldas rodada foi aplicada para classificar 2×1 Huila para avançar entre os top 8 da Liga colombiana, com 29 pontos, assumindo a liderança no torneio. Os objetivos eram brancos e Wason Renteria Mirabaje Matías, com desconto para visitar Del Valle. Uma excelente introdução para o jogo de quartas-de-final da Copa Libertadores nesta quarta-feira contra o Santos do Brasil em Manila.

Os cerca de 14 000 espectadores para o estádio vibrou asisiteron com o futebol, golos e emoção que só conta com o Once Caldas Palogrande é agora uma das oito melhores equipes da Copa Santander Libertadores da América e do líder do Postobón League.

O conjunto de Caldas, que tem o departamento de desfrutar de uma atmosfera especial de otimismo e esperança, também tem o atacante Wason Renteria Colômbia, que com um gol de domingo foi em 9 no torneio na Colômbia e 4 na Copa Libertadores.

Fonte: La Patria.com

Tradutor Google

07:50, hora oficial do partido. Deverá ser preenchido o Palogrande. Uma vez no querer vencer para dar um passo para as semifinais. Santos, sem as duas partidas. Hernández Expectativa.

PÁTRIA | Manizales

A Dayro Moreno dificilmente deixá-lo em quadra ontem, onde ele esperava pares sintético. Uma vez fora da sede do clube e os torcedores perceberam que o placar chegou, ele correu e não deixar ir. Alguns queriam cumprimentá-lo, outros abraçam e outros olhando para a foto, o autógrafo …

O fã de futebol termômetro na região está no topo. E não admira, uma vez que o Once Caldas recebe hoje, às 19:50, em Santos, Brasil, para o primeiro jogo das quartas de final da Copa Santander Libertadores.

De um lado da quadra enquanto os outros Dayro assediado um grupo de crianças esperando para lhes dar a oportunidade para cumprimentar os jogadores. Alguns deles, suas mães foram nos braços de seus heróis para assumir as suas fotos, muitas fotos.

Valentierra, Wason, Henriquez, Núñez, e até mesmo técnicos Mirabaje Osorio tinha que carregar as crianças.

Em meio à empolgação fora, jogadores e treinadores entraram no estádio e fez uma prática em particular. O “Mister” privacidade queria tomar algumas precauções para jogá-lo para Santos.

Foi-se a vitória contra o Cruzeiro, apresentou outro brasileiro que passou duas vezes a Palogrande e não tenha se saído bem. Ele perdeu as duas partidas em 1998 e 2004, respectivamente.

Grupo de 180 minutos

No segundo turno é um jogo de 180 minutos. Hoje jogamos os primeiros 90 em Manila, e outra próxima quarta-feira 90 em Santos. Jogadores e treinadores dizem que o ideal é fazer valer a vantagem de casa para ir mais suavemente na Vila Belmiro.

Ambos são conhecidos. Enquanto em Manila dizer que o Santos sofreu em altura, perdida sem Ganso no campo e é fraco na defesa, dizem os Santos Onze ainda não venceu em casa na Copa do tuning e os últimos minutos e surpresa gols.

Para o jogo de hoje, Osorio treinador não poderá contar com Carlos Carbonero, expulso contra o Cruzeiro. Ele, sua assistente e fisioterapeuta Pompilio Paez Miguel Rodas também pode ser devido a suspensão. Tudo indica que o usuário venha Humberto Serra, menos técnica.

Nos lados do Santos, não veio de ganso e de Arouca. O técnico não revelou a titular da décima primeira.

A manhã de treinamento foi novamente cheios de alegria quando os treinadores e os jogadores estavam no centro do pequeno campo que esperaram pacientemente. Depois de posar para a foto voltou para casa das mãos de suas mães e feliz ao Lar Infantil Arco-íris, porque eles se conheceram seus ídolos.

Uma vez que esses, por sua vez, estavam esperançosos de que hoje temos que vencer Santos para continuar fazendo história.

Os jogadores estão dizendo

O que pode desequilibrar o jogo com o Santos?

Diego Amaya
O homefield e opções, eu acho que esta é a chave que, se, sem vantagens defensivas. Esse é o objetivo de nós.

Arnulfo Valentierra
A tranqüilidade para definir, temos de aproveitar as chegadas. O outro é a altura, devemos aplicá-la, mas jogando um bom futebol.

Matthias Mirabaje
Você tem que especificar as opções. Não podemos saltar opções de passe e dar vida a uma equipa que jogou muito bem.

Alexis Henríquez
Deve ser definido aqui, como com as opções, a definição e construção de altura. Temos uma equipe e nós podemos.

Luis Nunes
Os objetivos são de ter a bola e deve tirar proveito de marcar as opções que temos. Não será fácil, mas mostramos que podemos.

Dayro Moreno
A disposição, precisamos jogar bem, temos de ter a bola e perceber as oportunidades geradas objetivo.

Fonte: O Estado de São Paulo

Santos testa os nervos da torcida na Colômbia

Após sufoco nas oitavas, Muricy Ramalho mantém postura defensiva contra o Once Caldas em busca da vaga na semifinal

SANCHES FILHO – O Estado de S.Paulo

SANTOS – Único clube do País que restou na Copa Libertadores, o Santos coloca à prova nesta quarta-feira o bom momento contra o Once Caldas, às 21h50 (de Brasília, com trasmissão do estadão.com.br e da rádio Estadão ESPN), em Manizales, na Colômbia. Desgastada e com desfalques importantes, a equipe de Muricy Ramalho terá de apostar numa postura defensiva no Estádio Palogrande para segurar os colombianos e decidir a vaga às semifinais no Pacaembu, na próxima quarta.

Evelson de Freitas/AE – 6/5/2011
Evelson de Freitas/AE – 6/5/2011
Descontração. Time sofre com maratona

A perspectiva é de sofrimento parecido com o que o time da Vila enfrentou para arrancar o empate sem gols com o América, no México, que garantiu a passagem às quartas. Como em Querétaro, Muricy vai armar o time para jogar defensivamente. Jonathan e Léo (ou Alex Sandro) terão ordem expressa para primeiro defender e raramente sair para o ataque – os dois só poderão se arriscar alternadamente.

Sem Arouca, que sente dores musculares, Adriano vai para o jogo. Embora julgue que o titular seja eficiente na função de primeiro volante e tenha mais qualidade na saída da bola, Muricy até prefere Adriano para este tipo de confronto: para ele, o reserva marca mais forte. A tendência é que também Danilo e Elano se posicionem mais atrás para tirar os espaços dos atacantes e meias colombianos. Sob o comando do técnico, o Santos deixa de lado o futebol ofensivo em prol do resultado e torce por lampejos de Neymar para conseguir marcar na casa do rival.

Ataque comprometido. Quatro vezes campeão brasileiro – três com o São Paulo e uma com o Fluminense – e com inúmeros títulos estaduais, Muricy Ramalho não esconde que o seu grande objetivo é ganhar a Libertadores para acabar com o estigma de não saber disputar a competição. Mesmo assim, o técnico não poupou titulares na fase final do Campeonato Paulista e sofre com as consequências.

A principal delas é a ausência de Paulo Henrique Ganso, principal responsável pela criação de jogadas. O meia atuou contra o Corinthians e sofreu uma lesão muscular na coxa direita. Elano e Léo, entre outros, também reclamam de desgaste.

Além dos problemas físicos, os obstáculos do Santos para voltar da Colômbia com uma vitória sobre o Once Caldas não são poucos. Nos 2.150 metros da cidade colombiana, o time de Muricy tem pela frente uma equipe embalada após a vitória heroica sobre o Cruzeiro em Minas (2 a 0), após ter sido derrotada por 2 a 0 em casa no jogo de ida.

O goleiro Rafael, herói da classificação no México com defesas seguras, mais uma vez se prepara para ser bastante exigido. A altitude de Manizales não chega a ser visto com obstáculo sério por fisiologistas e médicos, mas é superior à enfrentada nos 1.800 metros de Querétaro. “Exige maior atenção do goleiro porque a bola fica mais rápida”, ressaltou Rafael.

Crise extra campo. Líder do Apertura no Campeonato Colombiano, o Once Caldas disputa as quartas de final da Libertadores pela primeira vez desde que foi campeão, em 2004 – o time parou nas oitavas em 2005 e 2010. A boa fase dentro dos gramados não reflete, no entanto, a péssima situação que o clube vive fora das quatro linhas. Com salários atrasados há três meses, os jogadores chegaram a ameaçar nem entrar em campo no jogo de volta com o Santos.

O Once Caldas tenta viabilizar patrocínio para amenizar sua dívida, que gira em torno de US$ 4,5 milhões (cerca de R$ 7,2 mi). Um dos principais jogadores do time, o atacante Rentería, ex-Internacional, chegou ao clube em janeiro e ainda não recebeu.

ONCE CALDAS – Martínez; Palacios, Amaya, Henríquez e Nuñez; Henao, Mejía, Payol e Micolta; Moreno e Rentería. Técnico: Juan Carlos Osorio.

SANTOS – Rafael; Jonathan, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Danilo, Elano e Alan Patrick; Neymar e Zé Eduardo. Técnico: Muricy Ramalho.

Árbitro – Juan Soto (VEN); Horário – 21h50 (de Brasília); TV – Globo, BandSports, SporTV2 e SporTV HD; Rádio – Estadão ESPN (AM 700/FM 92,9); Local – Estádio Palogrande, em Manizales (COL).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s