Por Edgar Santista – Mágica de Messi resolve, e Barcelona abre vantagem sobre nervoso Real

Argentino marca duas vezes, cala o Santiago Bernabéu e deixa o time catalão bem perto da final da Champions. Próximo confronto será na terça-feira

 

Por GLOBOESPORTE.COM Madri

No terceiro ato dos duelos entre Real Madrid e Barcelona, Lionel Messi foi quem protagonizou o espetáculo, deixando o português Cristiano Ronaldo como mero figurante. Na tarde desta quarta-feira, o argentino marcou os dois gols, sendo o segundo deles uma pintura (assista no vídeo ao lado), da vitória do clube catalão por 2 a 0 sobre o Real, no Santiago Bernabéu, na partida de ida da semifinal da Liga dos Campeões. A expulsão do brasileiro naturalizado português Pepe e o escorregão do lateral-esquerdo Marcelo no lance do primeiro gol facilitaram o triunfo do Barça, que ficou bem próximo da decisão. O jogo de volta acontecerá na próxima terça-feira, no Camp Nou. 

Para se garantir na final da Champions, o Barcelona pode perder até por um gol de diferença na Catalunha. Para não depender da prorrogação ou dos pênaltis, o Real Madrid necessita vencer por três de diferença ou por dois com o placar a partir de 3 a 1. O vencedor do duelo enfrentará Manchester United ou Schalke 04 em Wembley. Na partida de ida, os Diabos Vermelhos bateram os alemães por 2 a 0, em Gelsenkirchen.

Messi comemora gol do Barcelona contra o Real Madrid (Foto: AFP)Messi comemora o segundo gol do Barcelona sobre o Real com os companheiros (Foto: AFP)

Nos duelos anteriores entre os dois arquirrivais, empate por 1 a 1 no Campeonato Espanhol e vitória do Real na final da Copa do Rei. Na competição nacional, no último dia 17, Messi e Cristiano Ronaldo marcaram os gols da igualdade. No título da Copa, na semana passada, gol do português no triunfo por 1 a 0. Agora, o argentino fez dois e está à frente do rival em tentos: 3 a 2. Na temporada, o hermano também está em vantagem com 52 gols contra 42 do gajo, assim como na Champions League, 12 a 10.

Em campo, o confronto não foi diferente das declarações da véspera dadas por José Mourinho e Pep Guardiola. Enquanto o português acusou o espanhol de reclamar dos acertos da arbitragem, o treinador do Barça afirmou que a resposta seria dada dentro de campo. E foi aí que o Barcelona calou o Santiago Bernabéu: com futebol.

O estádio, que por sinal, estava vestido de branco para o clássico. As faixas nas arquibancadas já demonstravam o espírito dos merengues para o duelo. Em uma delas, a paixão estava estampada para os rivais perceberem que estavam chegando para uma guerra: “Vivemos por você! Vença por nós!”. Na outra, a expectativa pela final da Liga dos Campeões, em Wembley: “Até a final, vamos Real!”

guardiola mourinho real madrid x barcelona (Foto: EFE)Antes do jogo, Guardiola e Mourinho se cumprimentam visivelmente constrangidos (Foto: EFE)

Etapa inicial truncada e cheia de bulhas entre os jogadores de Real e Barça

Daniel Alves e Sergio Ramos na partida do Real Madrid contra o Barcelona (Foto: EFE)Daniel Alves e Sérgio Ramos discutem após lance
do lateral no clássico desta quarta (Foto: EFE)

O Real Madrid entrou em campo disposto a segurar o ímpeto do Barcelona e chegar ao gol de Valdés nos contra-ataques. Congestionando o meio-campo e segurando as principais peças do rival, a equipe de José Mourinho soube segurar a maior parte do tempo as estrelas do time catalão, principalmente Messi e Xavi, que tiveram pouco espaço para trabalhar a bola. Pepe foi escalado para ficar na cola do hermano durante os 90 minutos.

Mas sempre que o argentino ou o espanhol tinham espaço, o Barça chegava com força ao gol do Real Madrid. O primeiro lance de perigo da partida aconteceu aos três da etapa inicial. A bola sobrou no alto para Xavi, que chutou de primeira. Casillas pegou no meio do gol, sem dar rebote. No minuto seguinte, Cristiano Ronaldo soltou a bomba e Valdés defendeu com segurança.

A primeira bulha do jogo aconteceu aos cinco. O árbitro Wolfgang Stark demorou a assinalar uma falta e os jogadores do Barcelona iniciaram um princípio de reclamação. Mesmo com o Real fechado, o time catalão seguiu melhor. Aos dez, Villa recebeu pelo lado direito, avançou para a meia-lua e chutou de canhota. Casillas voou na bola, que passou rente à trave direita.

Assim como gosta, a posse de bola era o forte do Barcelona na partida. O time tinha maior domíno do jogo, mas não chegava de forma contundente ao gol do Real. A melhor oportunidade do time catalão aconteceu aos 24. Messi lançou em profundidade para Xavi já dentro da área. O camisa 6 chutou de primeira e Casillas defendeu com segurança.

Sempre que o Barcelona partia para o ataque, os jogadores do Real Madrid se posicionavam atrás da linha da bola, o que dificultava as ações dos visitantes. Em dado momento da etapa inicial, Cristiano Ronaldo chegou a pedir para os companheiros pressionarem os rivais em busca de uma maior posse do “balón”.

Cristiano Ronaldo na partida do Real Madrid contra o Barcelona (Foto: EFE)Cristiano Ronaldo tenta levar vantagem na dividida com Pedro, do Barça (Foto: EFE)

Real acorda na etapa inicial e assusta o Barça com bomba de CR7

José Mourinho também é retirado do jogo e vai para a arquibancada (Foto: AFP)José Mourinho acabou a partida nas socias do 
Bernabéu. Ele também foi expulso (Foto: AFP)

A partir dos 30 minutos, o Real acordou na partida e passou a ter mais posse de bola. E foi aí também que os ânimos se acirraram ainda mais no clássico espanhol. Aos 35, Di María cavou uma falta após entrada de Daniel Alves. O brasileiro se irritou e reclamou com veemência. Porém, o lateral-direito só foi advertido aos 38, quando derrubou Di María ao lado da grande área.

E a confusão tomou conta do jogo. Além do lance de Daniel Alves, Arbeloa ainda deu um encontrão em Pedro, que foi ao chão reclamando de um soco no rosto. Em meio às discussões, Piqué chegou a agarrar o pescoço de Sérgio Ramos, que tentava evitar brigas entre os mais exaltados. Do lado de fora, José Mourinho apenas sorria.

Enquanto o brasileiro Kaká se aquecia no banco (ele acabou não entrando), o Real quase abriu o marcador. Da intermediária, Cristiano Ronaldo soltou a bomba e pegou Valdés de surpresa. O goleiro se esticou todo e fez a defesa. Na sobra, Özil, em impedimento, chutou para nova defesa do arqueiro, mas o juiz já havia invalidado o lance.

Após o término do primeiro tempo, mais uma confusão, desta vez no banco de reservas. O goleiro reserva Pinto deu um tapa no rosto do lateral Arbeloa e acabou expulso. Keita e Valdés separaram os “irritadinhos” e seguiram para o vestiário.

José Pinto arruma confusão no intervalo do jogo (Foto: Getty Images)José Pinto arruma confusão após o fim do primeiro tempo e acaba expulso após tapa no rosto do zagueiro Arbeloa, do Real. Além do arqueiro, Pepe, dos merengues, levou vermelho na etapa final (Getty Images)

Pepe é expulso, Marcelo escorrega no lance do gol e Messi coloca Barça em vantagem

Pepe recebe o cartão vermelho (Foto: Reuters)Pepe recebe o cartão vermelho (Foto: Reuters)

Na volta para a etapa final, Mourinho mudou a equipe. Mas não foi com a entrada de Kaká. O técnico português optou por Adebayor na vaga de Özil, que não repetiu a boa atuação da final da Copa do Rei. E a alteração surtiu efeito. O Real Madrid começou melhor no segundo tempo e quase marcou logo aos quatro minutos.

Cristiano Ronaldo recebeu dentro da área, mas se enrolou na hora de finalizar. Quase o primeiro do Real. Quando parecia que o time merengue teria o seu momento de pressão, o brasileiro natualizado português Pepe foi imprudente em uma entrada em Daniel Alves. O jogador solou o lateral-direito do Barça e levou o cartão vermelho.

Inconformado, José Mourinho não parava de reclamar do lance e chegou a ouvir algumas palavras de Puyol, capitão do Barcelona. De tanto esbravejar na beira do gramado e soltar ironias para o quarto árbitro, o português também foi expulso pelo alemão Wolfgang Stark. Quem também foi advertido, mas com amarelo, foi o lateral-direito do Real, Sérgio Ramos. Por acúmulo de cartões, ele está fora do jogo de volta.

Com um jogador a mais, Guardiola optou por colocar em campo um atleta mais agudo. Affelay entrou na vaga de Pedro aos 25 e, seis minutos depois, ajudou o Barça a abrir o placar. O holandês aproveitou escorregão de Marcelo, avançou para a linha de fundo e cruzou. Messi se antecipou aos zagueiros e tocou para o fundo da rede: 1 a 0.

jogadores do Barcelona comemoram vitória sobre o Real Madrid (Foto: EFE)Jogadores do Barcelona comemoram a vitória sobre o Real Madrid no Santiago Bernabéu (Foto: EFE)

Em vantagem, o Barcelona soube ainda mais tirar proveito do seu futebol de toque e posse de bola – 71% contra 29% dos rivais. Ora em busca do segundo gol, ora disposto a segurar o marcador para decidir a vaga no Camp Nou. A irritação dos donos da casa também ficou latente com o estilo da equipe catalã.

Aproveitando-se do nervosismo dos rivais, a magia de Messi entrou em campo. Aos 41, o argentino passou por Diarra, Sérgio Ramos e Albiol, invadiu a área e tocou na saída de Casillas: 2 a 0 Barcelona e mais um golaço do hermano. Silêncio no Bernabéu. A decisão será na próxima terça-feira. O vencedor estará na final da Liga dos Campeões.      

real madrid 0 x 2 barcelona
Casillas, Arbeloa, Sergio Ramos, Albiol e Marcelo; Pepe, Lass Diarra e Xabi Alonso; Özil (Adebayor), Cristiano Ronaldo e Di María. Valdés, Daniel Alves, Piqué, Mascherano e Puyol; Busquets, Xavi e Keita; Pedro (Affelay), Messi e Villa (Sergi Roberto).
Técnico: José Mourinho Técnico: Pep Guardiola
Gols: Messi, aos 31, e Messi, aos 41 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Daniel Alves e Mascherano (Barcelona); Sérgio Ramos, Adebayor e Arbeloa (Real Madrid)
Cartões vermelhos: Pepe (Real Madrid)
Árbitro: Wolfgang Stark (ALE)
Auxiliares: Jan-Hendrik Salver (ALE) e Mike Pickel (ALE).
Estádio: Santiago Bernabéu, Madri (Espanha)

Por Edgar Santista – Santos vence São Paulo no Futsal

Em clássico de golaços de Falcão e Jackson, Peixe vence São Paulo por 8 a 6 na Arena Santos

Em um clássico eletrizante na Arena Santos, a equipe de Futsal do Santos FC/Cortiana Plásticos venceu o São Paulo por 8 a 6, nesta terça-feira (26). Na partida válida pela terceira rodada do Campeonato Paulista, Valdin (3), Falcão (2), Jackson (2) – os dois últimos com um golaço cada, e Neto marcaram os gols do Peixe. Bebeto (2), Foste, Renan, Melo e Johnny fizeram os do rival santista.

“Foi nosso primeiro clássico e os ingredientes para um jogo de tamanha representatividade não faltaram. Golaços, emoção e uma bela apresentação. Esperamos ter a mesma sorte também nas próximas partidas como esta”, disse Falcão, que atuou com a camisa de número 300 gols, em homenagem ao número de gols anotados pela Seleção Brasileira.

Com o segundo triunfo consecutivo no Estadual, o time de Fernando Ferretti pulou da 13ª para a sétima posição na tabela de classificação, com seis pontos.

Agora, o Santos FC volta a atuar apenas no próximo dia 07 (sábado), já pela nona rodada da Liga Nacional. O Peixe encara Tubarão (SC), às 17 horas, na Arena Santos. E pelo Paulista, o próximo compromisso acontece no dia 24 de maio, fora de casa, diante de Santo Antonio da Alegria.

E nesta quarta-feira (27), Falcão, Valdin, Neto, Pixote, Jé, Djony e Jackson se apresentam à Seleção Brasileira, que jogará contra a Ucrânia em dois amistosos nos próximos dias 1º e 03, em São Bernardo do Campo (SP) e Uberlândia (MG), respectivamente.

O grupo de Futsal do Santos FC tem o patrocínio de Cortiana Plásticos, Centro Universitário Lusíada (Unilus) e Votorantim Cimentos. O apoio é do Laboratório Cellula Mater e da Prefeitura Municipal de Santos.

ICFUT – Links de transmissão para os jogos de Hoje 27/04/2011

ICFUT – Links de transmissões de jogos ao vivo.

http://www.vertvonline.org/
http://www.futebolaovivo.net/tvonline.php
http://www.eugeniosvirtual.com/tevirtual/jogos_vivo.html
http://www.tvaovivogratis.net/
http://www.tvgol.org/
http://www.tvbr.rg3.net/
http://www.assistirtvgratis.net/
http://tvdenet.blogspot.com/

Libertadores 2011

27/04 – 19h30 –
Jaguares-MEX  x Junior-COL
27/04 – 19h30 –
Estudiantes-ARG  x Cerro Porteño-PRY
27/04 – 21h50 –
Once Caldas-COL  x Cruzeiro-BRA
27/04 – 21h50 – A
Santos-BRA  x América-MEX

Oitavas-de-final – COPA DO BRASIL – 2011

27/04 – 19h30 –
Grêmio Prudente-SP  x Ceará-CE
Placar da ida: 1 x 2
27/04 – 21h50 – A
São Paulo-SP  x Goiás-GO
Placar da ida: 1 x 0
27/04 – 21h50 –
Horizonte-CE  x Flamengo-RJ
Placar da ida: 1 x 1
27/04 – 21h50 –
Vasco da Gama-RJ  x Náutico-PE

Semifinais – Liga dos Campeões

27/04 – 15h45 –
Real Madrid  x Barcelona

Por Cleber Aguiar – Jogador do América-MG é assaltado !

Fonte: Globo.com

Polícia abre inquérito para investigar assalto a jogador do América-MG

Segundo delegado, buscas pelos suspeitos e pelo carro estão sendo feitas.
O jogador deve ser intimado para depor.

Jogador do América-MG é assaltado (Foto: Reprodução TV Globo)Jogador do América-MG é assaltado
(Foto: Reprodução TV Globo)

A Polícia Civil abriu um inquérito nesta quarta-feira (27) para apurar o assalto do carro do jogador do América-MG Otávio Henrique Silva. O zagueiro do time mineiro foi abordado por dois suspeitos armados quando chegava em casa na Região da Pampulha, em Belo Horizonte, na noite desta terça-feira (26).

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Isaias Oliveira Costa, da Delegacia de Surpevisão de Investigação de Furtos e Roubos de Veículos, buscas pelos suspeitos e pelo carro do jogador são feitas nesta quarta-feira (27). Ainda segundo o delegado, o jogador vai ser intimado para depor.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os suspeitos teriam obrigaram uma mulher, que passava perto da casa de Otávio na Região da Pampulha, a entrar no veículo do jogador. Os dois foram abandonados às margens da BR 040, em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Eles não sofreram ferimentos.

No início da tarde, o América-MG informou que o carro do jogador foi encontrado em Curvelo, a 160 quilômetros de Belo Horizonte. O clube disse que Otávio vai treinar à tarde, depois de buscar o veículo.

ICFUT – Juninho Pernanbucano é do Vasco !

Fonte: Globo.com

Com ‘salário mínimo’, Juninho está oficialmente de volta ao Vasco

Ídolo recebe camisa 8. Contrato prevê valor simbólico, mas há premiações por metas no Brasileiro, além de percentual em novos patrocínios

Por Rafael Cavalieri Rio de Janeiro

Juninho Pernambucano está oficialmente de volta ao Vasco. O meia de 36 anos assinou contrato e já tirou foto com a camisa 8. O presidente Roberto Dinamite esteve no Qatar resolvendo os últimos detalhes do acerto, que foi sacramentado na última terça-feira. O jogador deve começar a trabalhar no dia 10 de junho, mas ainda não há data marcada para apresentação oficial.

Juninho abriu mão do alto valor que recebia no Al-Gharafa em nome do desejo de encerrar a carreira em São Januário. Entendendo que a situação do Vasco não permite grandes investimentos, o meia tem garantido apenas cerca de R$ 600 por mês – pouco mais que o salário mínimo brasileiro, que atualmente é R$ 545. Mas o tratamento não é o de um trabalhador comum. Seu contrato terá bonificação por metas alcançadas. Dependendo dos resultados do time no Brasileiro, Juninho receberá premiações – há valores fixados em caso de título e classificação para a Libertadores. Também existe acordo em relação a patrocínios. O jogador terá direito a 50% de futuros contratos com novos parceiros. Além disso, o Reizinho tem um projeto da diretoria para seguir na Colina após o fim da carreira, com um cargo no departamento de futebol.

– Volto sem ação de marketing alguma. Eu e o Vasco somos parceiros, na alegria e na tristeza. Eu volto para ganhar um salário mínimo, porque preciso ser justo com o torcedor. Tenho que dar resultado e, se acontecer, sou premiado. Eu me preparo nestes dois meses restantes antes do Brasileiro e volto em agosto firme e forte, sabendo que não sou mais o Juninho de dez anos atrás, mas posso ainda contribuir muito. O torcedor pode confiar na entrega e no espírito guerreiro que vou levar aos meus novos companheiros e daqui vou torcer muito, já a partir deste domingo, como venho fazendo desde que saí do Brasil. Acompanho tudo e sou Vasco. Estou muito ansioso para chegar ao Rio de Janeiro e sentir este calor – disse o jogador, em entrevista ao site oficial do clube.

juninho pernambucano e dinamite camisa vasco (Foto: Divulgação / Twitter)Juninho Pernambucano recebeu o presidente Roberto Dinamite no Qatar (Foto: Divulgação / Twitter)

Juninho volta ao Vasco dez anos depois da despedida, em 2001, quando conquistou o título brasileiro de 2000 – por conta da queda de uma grade no segundo jogo da decisão com o São Caetano, o jogo do título foi disputado em janeiro da temporada seguinte, no Maracanã. O retorno acontece depois de várias tentativas frustradas de reaproximação.

Juninho teve problemas com Eurico Miranda, mandatário do clube durante todo o seu período na Colina, que começou em 1995, depois de se destacar no Sport. A saída do dirigente abriu caminho para a volta, mas as negociações sempre emperravam na questão financeira.

– Estou retornando ao Vasco por duas instituições deste clube, que são a sua torcida linda e fantástica e seu presidente, homem simples e do bem. Eu precisava fazer isto e sempre disse que o que faltava era iniciativa. Em 2009, Rodrigo Caetano me mandou um e-mail e conversamos. A coisa não andou. Faltava o projeto, o encaminhamento de uma proposta de trabalho. E este ano, com a ajuda do próprio Rodrigo e do José Fuentes (empresário do jogador), Roberto esteve em Recife e ali sacramentei minha volta. Estou muito feliz – comentou.

Com 295 jogos e 55 gols pelo Vasco, Juninho participou do maior momento da história do clube, a conquista da Libertadores de 1998. Além do Brasileiro de 2000, também conquistou o título nacional de 1997, o Carioca de 1998, o Torneio Rio-São Paulo de 1999 e a Mercosul de 2000.

Relembre :


Por Cleber Aguiar – Libertadores 2011

Cruzeiro

Brandão estreia no ataque do Cruzeiro contra Once Caldas

Time mineiro tenta manter invencibilidade na Copa Libertadores, às 21h50, na Colômbia

Fonte:  O Estado de S.Paulo

MANIZALES – Melhor time da 1.ª fase da Libertadores e ainda invicto, o Cruzeiro encara o Once Caldas, às 21h50 (de Brasília). Na Colômbia, o técnico Cuca promoverá a estreia do atacante Brandão, emprestado pelo Olympique de Marselha. Ele será o substituto de Thiago Ribeiro, que torceu o joelho esquerdo e ficará três semanas afastado.

Washington Alves/Divulgação
Washington Alves/Divulgação
Atacante Brandão será o substituto de Thiago Ribeiro

A diretoria celeste atendeu um pedido de Cuca e fretou um avião – ao custo de R$ 368 mil -, que levou o time à Colômbia, diminuindo o tempo de viagem. Apesar de Manizales estar situada a 2.153 metros acima do nível do mar, Cuca minimizou os eventuais efeitos da altitude no desempenho do Cruzeiro. “O que influencia lá é a torcida, que comparece em massa e o time do Once Caldas, que é um time bom.”

Além de Thiago Ribeiro, o treinador não contará com o lateral-direito Pablo, que sofreu estiramento na panturrilha direita. Cuca deverá deslocar o volante Marquinhos Paraná para o setor, escalando Leandro Guerreiro no meio.

Por Cleber Aguiar – Santos ( BRA) x América ( MEX ) – Libertadores 2011

Fonte: O Estado de São Paulo

Na Vila, Santos tenta por mão na vaga da Libertadores

Objetivo é vencer América por diferença de pelo menos dois gols, o que deixaria o jogo da volta menos dramático no México. Times terão força máxima

[videolog 648668]

SANCHES FILHO – Especial para o Estado – O Estado de S.Paulo

SANTOS – O Santos vai tentar derrotar o América, do México, por mais de um gol de diferença, nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília, com transmissão do estadão.com.br e da rádio Estadão ESPN), na Vila Belmiro, para deixar bem encaminhada a classificação às quartas de final da Copa Libertadores. Jogadores e comissão técnica estão conscientes: a oportunidade maior de garantir a vaga é nesta quarta, em casa.

Robson Fernandjes/AE
Robson Fernandjes/AE
Trio entrosado. Ganso, Neymar e Elano são as armas para o Santos fazer os gols que precisa

Se o objetivo for atingido, a equipe entrará mais confiante e menos pressionada para o confronto com o São Paulo, sábado à tarde, no Morumbi, pela semifinal do Campeonato Paulista, já que será menor a responsabilidade no jogo de volta diante dos mexicanos, terça-feira, em Querétaro, a 200 quilômetros da Cidade do México e 1800 metros acima do nível do mar.

Com a chegada de Muricy Ramalho, contratado no começo do mês, o time de Neymar e Paulo Henrique Ganso passou a ser mais competitivo e eficiente na defesa, sem perder a força ofensiva. Fez nove gols, sofreu apenas dois nos últimos cinco jogos e está mais equilibrado em todos os sentidos, até emocionalmente.

Após a vitória por 2 a 1 contra o Cerro Porteño, em Assunção, o time se convenceu de sua capacidade, tornando-se capaz de superar qualquer desafio. É um Santos que joga o futebol mais bonito do País e que, em alguns momentos, chega a lembrar a geração de ouro, com Pelé à frente, porém diferente do das goleadas de 2010.

No time dos últimos jogos, os laterais primeiro marcam e aparecem menos, e só alternadamente, no ataque. E para os que contestam o futebol sem brilho de Elano nas partidas mais recentes, o treinador responde que em meio a tantos jogadores de velocidade é preciso que alguém prenda mais a bola, quebre o ritmo “e pense o jogo”.

Muricy vai implantando a sua filosofia de trabalho aos poucos. Com um jogo a cada três dias e sem espaço para treinos, o novo treinador orienta a colocação dos jogadores em ensaios de pouca duração, em campos reduzidos. O resto é mais na base da conversa. O treinador compreendeu a necessidade de mudar o comportamento dos mais novos, que se irritavam com marcação mais dura, caiam nas provocações dos adversários e exageravam nas reclamações contra a arbitragem.

Escalação ideal. E deu resultado. Depois das expulsões de Neymar, Zé Eduardo e Elano contra o Colo Colo, na Vila, ninguém mais ficou fora por cartão. E como também não tem jogador importante machucado, ele poderá repetir pela terceira vez consecutiva a escalação considerada a ideal.

“Isso é bom porque melhora o entrosamento da equipe”, diz Muricy. Contrariando a fama de marrento e de exigente ao extremo, o novo comandante vem até surpreendendo o grupo com algumas concessões.

Uma delas é diminuir o tempo de concentração. Normalmente os jogadores eram recolhidos ao Hotel Recanto dos Alvinegros, no CT Rei Pelé, dois dias antes dos jogos, mas, por decisão de Muricy, a concentração para enfrentar a Ponte Preta, sábado passado, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, começou só na tarde da sexta-feira. “É importante que o atleta passe um pouco mais de tempo ao lado dos familiares. A rotina de treinar, concentrar, viajar e jogar provoca desgaste. É preciso mais convívio social”, explicou o treinador.

América. A equipe mexicana chegou ao Brasil com sua força máxima e, segundo seus jogadores e o técnico chileno Carlos Reinoso, disposto a provocar uma surpresa na Vila Belmiro. O treinador disse conhecer bem o Santos e descartou marcação especial em Ganso e Neymar. “O Santos é um grande time e tem outros jogadores perigosos também.”

SANTOS – Rafael; Jonathan, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Danilo, Elano e Ganso; Neymar e Zé Eduardo. Técnico: Muricy Ramalho.

AMÉRICA-MEX – Ochoa; Layun, Mosquera, Valenzuela e Rojas; Pardo, Oliveira, Rosinei e Montenegro; Sánchez e Vuoso. Técnico: Carlos Reinoso.

Árbitro – Jorge Larrionda (URU); Horário – 21h50 (de Brasília); TV – SporTV e BandSports; Rádio – Estadão ESPN (AM 700/FM 92,9); Local – Vila Belmiro, em Santos (SP).

Por Cleber Aguiar – Agentes de Ganso conversam com o Milan !

Fonte: O Estado de São Paulo

Agentes de Paulo Henrique Ganso se reúnem com dirigentes do Milan

Representantes discutiram por mais de três horas sobre contratação do jogador santista

MILÃO – Agentes de Paulo Henrique Ganso se reuniram com dirigentes do Milan, nesta quarta-feira, na sede do clube italiano. Os representantes do meia do Santos conversaram por cerca de três horas com o vice-presidente do time da Itália, Adriano Galliani, e o diretor esportivo Ariedo Braida, segundo informaram o jornal Gazzetta dello Sport e a agência de notícias italiana Ansa.

Hélvio Romero/AE - 11/3/2011
Hélvio Romero/AE – 11/3/2011
Ganso já admitiu estar ‘mais próximo’ do futebol italiano

Apesar de o Santos garantir que segue lutando para segurar Ganso, o próprio jogador admitiu, na semana passada, em entrevista à rede de tevê italiana Sky, que está “mais próximo” de atuar no futebol italiano e reconheceu que Milan e Inter de Milão lutam para contratá-lo.

No início deste mês, o presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, afirmou que não havia recebido nenhuma proposta do exterior por Ganso, mas acusou Milan e Inter de Milão de aliciarem o jogador de forma ilegal, sem antes consultar o clube da Vila Belmiro. Por causa do fato, o Santos chegou a enviar uma notificação à Fifa com o objetivo de coibir o suposto aliciamento dos clubes italianos.

O certo é que Ganso estará em campo nesta quarta-feira, contra o América do México, às 21h50, na Vila Belmiro, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. O Milan espera poder contar com o jogador após o fim desta temporada europeia, que se encerra em maio, mas a possível continuidade do Santos nas próximas fases do torneio continental poderá adiar por mais tempo o sonho do meio-campista de se transferir para o time italiano.