ICFUT – Cruzeiro constrói história a cada jogo em 2011

Fonte: lancenet

Raposa não vencia por tantos gols desde 1994 e Montillo fez três pela primeira vez na carreira, além de outras marcas

o jogador Montillo do Cruzeiro comemora gol (Foto: Leonardo Morais/Futurapress)

Montillo comemora um dos gols contra o América/TO (Foto: Leonardo Morais/Futurapress)

Como Cuca bem frisou anteriormente, o importante para o Cruzeiro de 2011 se eternizar de fato, é fazer história "lá na frente", nos jogos decisivos com vitórias e títulos. Mas, pouco a pouco, a equipe por ele montada consegue marcas importantes coletivas e individuais de destaque.

A sonora goleda por 8 a 1 contra o América/TO no sábado deixou a classificação para a decisão do Campeonato Mineiro praticamente confirmada. Mas, muito mais do que isso, representou pelo menos um grande feito histórico celeste e também um individual, do seu maior astro, o camisa 10 Montillo.

A última vez que o time celeste havia marcado oito gols em uma só partida foi em 19 de janeiro de 2003, quando goleou o Araxá, por 8 x 2, em amistoso realizado no estádio Fausto Alvim, na cidade do Alto Paranaíba.

Veja os lances da goleada do Cruzeiro sobre o América/TO

O resultado ante o Dragão no jogo de ida da semifinal do Estadual, no entanto, se torna ainda mais expressivo pela seguinte marca. Nenhuma outra vitória, desde 1994 foi tão dilatada quanto o último conquistado. A Raposa fez 8 x 0 no Villa Nova, no Mineirão, pelo Campeonato Mineiro daquele ano.

– Fomos eficazes, criamos as oportunidades e fizemos os gols – destacou o técnico Cuca em entrevista coletiva.

Passando para os feitos individuais, destaca-se o meia Montillo, cérebro e alma do time celeste desde que foi contratado, no ano passado. Ele demonstra estar no ápice de sua forma técnica e física e a prova disso é que ele fez três gols no mesmo jogo pela primeira vez na carreira.

– Primeira vez na minha carreira que faço três gols, importante. O time está jogando bem e queremos conseguir coisas importantes. Não ganhamos nada ainda – comentou o camisa 10 celeste.

Mais marcas

Um só jogo reservou para o Cruzeiro ainda mais feitos de relevância. O técnico Cuca chegou à nona vitória consecutiva com o Cruzeiro, ampliando a sua maior sequência de vitórias sob o comando do clube celeste.

São ainda 15 jogos de invencibilidade. A última derrota foi no clássico contra o Atlético/MG na primeira fase do Mineiro.

A partida contra o América/TO foi a de número 50 do treinador no comando. Nela, aconteceu o centésimo gol, anotado por Léo.

– Eu estava treinando e me especializando para quando chegar na hora fazer o gol. Fico feliz por ter ajudado o Cruzeiro a sair com a vitória. Agora é continuar para sermos campeões – comemorou o zagueiro.

Todas as marcas celestes conquistadas no sábado:

Coletiva 1: Cruzeiro não fazia oito gols no mesmo jogo desde 2003.
Coletiva 2: Foi a maior vitória celeste desde um 8 a 0 contra o Villa Nova em 1994.
Coletiva 3: Raposa chega a sua nona partida seguida com vitória. São 15 jogos de invencibilidade agora.
Individual 1: Montillo fez três gols em um mesmo jogo pela primeira vez na carreira.
Individual 2: Cuca chegou ao seu jogo de número 50 no Cruzeiro.
Individual 3: Léo marcou o centésimo gol celeste sob o comando de Cuca.

Veja os melhores momentos e os gols da goleada:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s