Por Eder – Departamento médico projeta Adriano com seis quilos a menos

Fonte: Lancenet

Com acompanhamento especial, Joaquim Grava e Bruno Mazziotti esperam ver Imperador mais leve em dez dias

Os profissionais do departamento médico do Corinthians já projetam a condição física ideal de Adriano, que realizou o primeiro treinamento no CT Joaquim Grava nesta segunda-feira. Segundo Joaquim Grava, consultor médico do clube, o atacante tem de perder cerca de seis quilos para voltar a um bom condicionamento físico.

– Durante esta semana, vamos fazer uma avaliação, hoje não é só de balança, sem margem de erro. Diria que ele está, no máximo, cinco ou seis quilos acima do peso. Mas é um atleta muito forte, com uma condição física muito interessante – afirmou Grava, em coletiva no CT Joaquim Grava.

Para o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, que acompanhou de perto o primeiro dia de treinos de Adriano no CT, a estréia do novo camisa 10 do Corinthians está garantida para o dia 22 de maio, contra o Grêmio, no Olímpico. Segundo Mazziotti, Adriano, porém, ainda passará por um período de cerca de duas semanas em processo especial de recondicionamento físico e fortalecimento muscular, antes de ir a campo.

– A idéia é terminar fortalecendo para que ele vá para o campo de maneira bem segura. Nunca apresentou histórico de lesão grave. De repente em uma fase de dez a quinze dias – disse.

OPINIÃO:Quando Ronaldo Fenômeno veio jogar no CORINTHIANS, algumas pessoas vieram me perguntar qual era a minha opinião naquela época, e eu disse que eu só poderia avaliar o Ronaldo como jogador e que era em campo que ele teria que dar a resposta como jogador diante das expectativas que se criava sobre ele devido ao grande jogador que ele foi, ainda é, e sempre será. Guardada as devidas proporções eu digo o mesmo á respeito do Adriano, que ontem percebeu que para ter o apoio da torcida vai ter que fazer sua obrigação como jogador.

ICFUT – Ídolo santista, Giovanni diz que foi usado pelo presidente

Fonte: ig.com.br

Em entrevista ao iG, Giovanni acredita que ajudou Luís Álvaro a vencer Marcelo Teixeira na última eleição

O meia Giovanni, ídolo da torcida do Santos, não encerrou a carreira como imaginava. O atleta, que não teve o jogo de despedida tão esperado pelos torcedores, revelou que deixou o clube magoado com a atual diretoria. Em entrevista exclusiva ao iG, o ex-camisa 10 do Santos disse que foi usado pelo presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro durante a última eleição. O pleito, realizado em dezembro de 2009, fez o atual mandatário vencer o ex-presidente Marcelo Teixeira, que estava há uma década no poder.

“Eu me senti usado. Eu achava que o presidente (Luís Álvaro) ia me dar apoio, como eu dei nas eleições. Mas, quando o homem está lá em cima, ele se esquece de quem o ajudou”, disparou Giovanni.

Enquanto Teixeira confiava em Vanderlei Luxemburgo para convencer os sócios em 2009, Luís Álvaro apostou em Giovanni como cabo eleitoral e superou o rival em todas as urnas. O discurso da campanha era reparar um grande erro cometido com o ídolo do clube e conceder ao ex-jogador uma partida de despedida, o que já tinha faltado em 2006, quando foi dispensado por Luxemburgo em sua segunda passagem pelo Santos.

Após vencer a eleição, Luís Álvaro apresentou Giovanni como novo reforço do Santos. O início parecia um sonho para atleta e torcedores do clube. O camisa 10 foi apresentado no Salão de Mármore da Vila Belmiro, que ficou lotado para receber o ídolo. Giovanni entrou acompanhado de crianças batizadas com seu nome – pequenos Giovannis e Giovannas – com os cabelos tingidos de vermelho. A festa ainda contou com a exibição de um vídeo em homenagem ao craque.

Além do presidente santista, Giovanni não esconde sua mágoa com o ex-treinador do Santos, Dorival Júnior. “O Dorival não me queria. Eu não ia ser bem-vindo, ele me aceitou porque o presidente tinha um compromisso comigo”, disse o ex-camisa 10.

O meia Giovanni é considerado pelos torcedores do Santos um dos grandes ídolos do clube. O ex-camisa 10 é lembrado pela sua primeira passagem na Vila Belmiro na década de 90, quando foi vice-campeão brasileiro em 1995. Em dois anos (95 e 96), Giovanni marcou 69 gols em 104 jogos, além de protagonizar partidas memoráveis e lances geniais, que inspiraram a criação de uma torcida em sua homenagem: os “Testemunhas de Giovanni”.

Em 2006, Giovanni foi dispensado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Já na temporada passada, o ídolo santista participou de sete jogos e marcou um gol – diante do Rio Claro pelo Campeonato Paulista.

Confira a entrevista completa com Giovanni:

iG: O que você está fazendo depois que parou de jogar?
Giovanni: Eu estou cuidando da família, esposa, tenho meu filho, isso que é o mais importante na nossa vida.

iG: Quais os projetos para o futuro?
Giovanni: Tenho dois projetos. Continuou com a minha escola educacional, que vai do maternal até o ensino fundamental. Mas tenho que pessoas que cuidam disso para mim. E agora estou abrindo uma clínica de fisioterapia

iG: Como surgiu a ideia de criar uma escola educacional?
Giovanni: A minha esposa é formada nessa área, então tivemos essa ideia de criar uma escola

iG: Qual passagem pelo Santos marcou mais?
Giovanni: Todas as épocas marcaram. Cada uma na sua época. Mas a primeira (1995) foi a que me jogou para cima no futebol. Naquela época as portas do futebol internacional se abriram para mim. A última marcou pelos títulos, já que, apesar da boa passagem na década de 90, eu não tinha conquistado títulos

iG: Você foi cabo eleitoral do presidente Luís Álvaro na última eleição. Você acredita que ajudou na campanha?
Giovanni: Talvez eu tenha ajudado, já que os torcedores que são sócios votam. Sei que o torcedor do Santos gosta muito de mim por tudo que a gente fez pelo clube. Creio que tenho uma parcela de contribuição.

iG: Considerou produtiva sua última passagem pelo Santos?
Giovanni: No início, sim. Mas o futebol tem coisas que não podemos falar. Eu vi coisas que não posso falar. Às vezes você coloca a sua confiança no homem e acaba se decepcionando.

iG: Ficou magoado com alguém?
Giovanni: Vou te falar a verdade. Eu me senti usado. Eu achava que o presidente ia me dar apoio, como eu dei nas eleições. Mas, quando o homem está lá em cima, ele se esquece de quem o ajudou.

iG: Ficou magoado com o Dorival Júnior?
Giovanni: Quando o presidente indica um jogador ao clube, o treinador fica constrangido. O Dorival não me queria. Eu não ia ser bem-vindo, ele me aceitou porque o presidente tinha um compromisso comigo.

iG: Faltou oportunidade?
Giovanni: Eu comecei bem ano passado, mas depois o time começou a ganhar e eu fui deixado de lado.

iG: O Ronaldo se aposentou recentemente. Você jogou com ele no Barcelona. O que você pode dizer do Ronaldo.
Giovanni: Eu joguei com vários jogadores excepcionais, como Ronaldo, Romário e Rivaldo. Mas, o Ronaldo é o que tem mais carisma. Você gosta fácil dele. Todos gostam do Ronaldo. Isso somado com o que jogava dentro de campo é perfeito.

ICFUT – Corinthians rejeita dieta e espera que Adriano perca 6 kg em dez dias

Fonte: ig.com.br

Ex-atacante da Roma estava visualmente fora de forma em seu primeiro dia de trabalho em seu novo clube

Adriano treinou no CT do Corinthians nesta segunda-feira

Adriano vestiu pela primeira vez o uniforme de treinos do Corinthians na manhã desta segunda-feira. Suas roupas eram largas, mas não disfarçavam a barriga saliente que o atacante tentará reduzir nos próximos dias. Nada suficiente para preocupar o departamento médico do clube.

"Vamos fazer uma avaliação em relação ao peso dele durante a semana. Atualmente, não analisamos apenas pela balança. Existe também uma avaliação fisiológica. Olhando, diria que ele está com 6 kg, no máximo, acima de seu peso ideal. O Adriano é um atleta muito forte", comentou o médico Joaquim Grava.

O peso de jogadores do Corinthians se tornou um tabu após a contratação de Ronaldo, que tinha muita dificuldade para entrar em forma. O site oficial do clube omite essa informação, embora divulgue a altura dos atletas. Com Adriano, no entanto, o assunto parece não incomodar tanto.

Joaquim Grava até minimizou a necessidade de Adriano fazer dieta. "Isso é balela. Atleta precisa comer para não cair em campo", argumentou, estipulando um prazo curto para o atacante perder peso. "O que podemos fazer é dar uma orientação dietética. O próprio jogador sabe o que precisar fazer. São só 6 kg a mais. Em dez dias, ele perde tudo", apostou.

O fisioterapeuta Bruno Mazziotti, principal responsável por ajudar Ronaldo a se preparar fisicamente nos últimos anos, concordou com a análise do chefe do departamento médico do Corinthians. "Nos treinos, o Adriano vai gastar muito mais calorias do que consumir", defendeu.

Fazer o atacante emagrecer não é a única preocupação de Grava e Mazziotti. "O Adriano está em fase final de recuperação da lesão no ombro direito. Em torno de 45 dias após a cirurgia, ele já está apresentando uma evolução ótima. Vamos fortalecê-lo para que ele vá a campo de forma bem segura", comentou o fisioterapeuta, lembrando que o jogador se contundiu poucas vezes na carreira. "Isso facilita."

O que também deixa o departamento médico do Corinthians confiante é o longo período para recuperar Adriano. O atacante não tem poderá disputar o Campeonato Paulista e só poderá estrear contra o Grêmio, em 22 de maio, em Porto Alegre, pelo Brasileiro. "Mas ele estaria bem para jogar as finais do Estadual se fosse o caso", avisou Joaquim Grava.

ICFUT – Obras de estádio da Copa de 2014 podem ser paralisadas

Fonte: futebolinterior

O principal argumento é que não há “garantias orçamentárias” para conclusão da obra

Projeto Mané Garrincha vai sair do papel?

O tempo está passando e os preparativos para a Copa do Mundo de 2014 continuam atrasados. O mais “novo” problema da organização do Mundial é o Estádio Mané Garrincha, em Brasília, que teve pode ter suas obras paralisadas pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF).

Os principais argumentos do órgão são que não há “garantias orçamentárias” e o estádio pode tornar-se um elefante branco, por conta da ausência de clubes de grande tradição, no Distrito Federal.

O Mané Garrincha “moderno” teria capacidade para 70 mil pessoas e custaria R$ 671 milhões. Vale ressaltar que os clubes do Distrito Federal não chegam a passar dos mil pagantes de média no campeonato local.

A falta de garantia se deve ao fato de que o Ministério Público de Contas questiona o modelo de financiamento da empresa imobiliária Terracap, que tem a propriedade do terreno do Mané Garrincha e vinha bancando as obras.

O problema é que o dinheiro para custear estas obras, era proveniente de terrenos vendidos pela Terracap. No entanto, o MP já detectou irregularidades nas licitações de vendas destes terrenos. Duas destas licitações, inclusive, já foram embargadas pela Justiça.

ICFUT – Beckham é flagrado ao lado de atriz estonteante em praia da Califórnia

Fonte: futebolinterior

O Spice Boy protagonizou um comercial para a uma linha dietética da Pepsi

Sofia e Beckham chamam a atenção na praia

Quem visitou a cidade de Santa Mônica, na California (Estados Unidos), no último dia 28 de março, deve ter achado que o astro inglês David Beckham estava atrás de mais um “rabo de saia”. Isso porque o meia do Los Angeles Galaxy foi flagrado em momentos descontraídos com a modelo e atriz colombiana Sofia Vergara.

No entanto, os puritanos de plantão podem ficar tranquilos. O ex-jogador de Manchester United, Real Madrid e Milan não trai a ex-Spice Girls Vitória Beckham. Na verdade, o Spice Boy protagonizou um comercial para a uma linha dietética da Pepsi.

O astro chamou a atenção de quem estava a sua volta, mas a grande estrela foi mesmo Sofia. Com 38 anos, mas um corpão de fazer inveja a qualquer modelo de 20 anos, esta gata latina mostrou porque é uma das estrelas da série norte-americana Modern Family.

0002047903360_img

0002047903351_img

Veja mais fotos

Veja um curto vídeo da gata:

ICFUT – Zagallo é nomeado embaixador da base do Botafogo no Oriente Médio

Fonte: globo.com

Homenageado pelos campeões juniores da Taça Guanabara, Velho Lobo assume função de captar investidores e promover o intercâmbio de atletas

Quatro títulos mundiais e 12 temporadas no Botafogo (1958 a 1970) combinados com sete anos de experiência nos Emirados Árabes, Arábia Saudita e Kwait. O currículo de Zagallo não pede mais explicações para esclarecer o motivo de ele ter sido nomeado embaixador das divisões de base alvinegras no Oriente Médio. Na manhã desta segunda-feira, o Velho Lobo se emocionou ao encontrar o elenco campeão por antecipação da Taça Guanabara de Juniores no futuro centro de treinamento em Marechal Hermes, zona norte do Rio de Janeiro, e receber uma placa de homenagem das mãos do artilheiro do time, Jairo, do presidente Maurício Assumpção e do vice de futebol André Silva, como forma de oficializá-lo na nova função.

– É uma satisfação muito grande. Eu, que convivi 12 anos com esse clube, quando ainda era soldado, volto agora como embaixador. É um salto e tanto (risos). Estamos juntos aqui para fazer o melhor possível para conseguir fundos para a base. Vai ser uma tarefa difícil, mas acho que deixei meu nome marcado quando passei pelo Oriente Médio. Então, espero abrir as portas para o Botafogo – disse Zagallo, que chegou a se emocionar durante a entrevista coletiva.

De acordo com Mauricio Assumpção, o objetivo da nomeação do ex-treinador e jogador do Alvinegro e da Seleção Brasileira é trazer investimentos para as categorias de base e promover intercâmbios com atletas e times do Oriente Médio.

Zagallo recebe homenagem no Botafogo (Foto: Mariana Kneipp / GLOBOESPORTE.COM)Zagallo é oficializado como embaixador da base no Oriente (Foto: Mariana Kneipp / GLOBOESPORTE.COM)

– Essas parcerias serão muito importantes para o Botafogo. Interessa trazer investimentos para manter o nível da base, trazer torneios para cá, ir até lá, até mesmo fornecer atletas. Achar investidores que queiram patrocinar as categorias alvinegras. É para isso que contamos com o nosso embaixador – afirmou o presidente.

Assumpção lembrou ainda que, caso o projeto com o Oriente Médio traga resultados positivos, ele poderá ser expandido para outras áreas do mundo.

– Esse é um primeiro passo. Antes, vamos ver se dá certo. Mas esse projeto pode ser uma vitrine. A partir daí, podemos partir para outros lugares – concluiu.

ICFUT – Torcedora vai tatuar assinatura de Renato Gaúcho

Fonte: lancenet

Fanática pelo Grêmio, Taciane Reis esteve na concentração da equipe para pegar autógrafo do técnico

O último domingo, dia 10 de abril, foi especial para a gremista Taciane Reis, de 17 anos. Fanática pelo time do coração, a moça que já tem tatuado nas costas o escudo do Imortal, agora vai eternizar também a assinatura do técnico e ídolo Renato Gaúcho. Para isso, a moça esteve na concentração do Tricolor e pediu que  comandante desse autógrafo no seu pulso.

“Quando eu fiquei sabendo que o Grêmio vinha para cá, me lembrei na hora daquela menina que tatuou o nome do Paul McCartney após o show dele em Porto Alegre. E agora quis fazer o mesmo com o Renato”,  disse a estudante de educação física ao site oficial do clube.

A concretização do sonho da torcedora deve acontecer ainda nesta segunda-feira, dia 11, quando ela prometeu marcar um horário com o tatuador.

ICFUT – Grêmio associa crianças do Instituto do Câncer em visita de jogadores

Fonte: globo.com

Quatro atletas interagem com as crianças antes do treino desta segunda-feira

Para alegria das crianças em tratamento no Instituto do Câncer Infantil, em Porto Alegre, quatro jogadores do Grêmio fizeram uma visita nesta tarde de segunda-feira. Distribuindo carinho e presentes, o goleiro Marcelo Grohe, os laterais Gabriel e Bruno Collaço, e o meia Pessalli representaram o clube.

Gabriel, do Grêmio, visitando o Instituto do Câncer Infantil (Foto: Eduardo Cecconi / GLOBOESPORTE.COM)Gabriel conversa com o menino Matheus (Foto: Eduardo Cecconi / GLOBOESPORTE.COM)

Primeiro, o quarteto ouviu o presidente e fundador Algemiro Brunetto falar sobre os 20 anos do Instituto. Depois, com pequenas bolas azuis de borracha, brincaram e conversaram com as crianças.

Gabriel, do Grêmio, visitando o Instituto do Câncer Infantil (Foto: Eduardo Cecconi / GLOBOESPORTE.COM)Brunetto fala sobre o Instituto do Câncer Infantil (Foto: Eduardo Cecconi / GLOBOESPORTE.COM)

Um dos mais felizes com a visita foi o menino Matheus. Com 2 anos e 10 meses, ele combate uma leucemia. Esperou os jogadores fardado com o calção branco e a camisa tricolor, assim como o próprio Grêmio conquistou a Libertadores e o Mundial em 1983.

Segundo a mãe,  Fernanda, Matheus se dizia colorado, até ceder à pressão de inúmeros familiares gremistas. Antes da visita o avô do garoto comprou o uniforme, e o garoto recepcionou os atletas com adesivos do Grêmio colados nos aparelhos.

Para surpresa de todos, o Grêmio havia preparado a associação das 24 crianças em tratamento no local. Além das bolas e também de chocolates, os jogadores entregaram a cada um o cartão de sócio do Grêmio.

Gabriel, do Grêmio, visitando o Instituto do Câncer Infantil (Foto: Eduardo Cecconi / GLOBOESPORTE.COM)Grohe e Gabriel entregam cartão de sócio a Matheus (Foto: Eduardo Cecconi / GLOBOESPORTE.COM)

ICFUT – Zico se diz magoado com Flamengo, fala em traição e critica Patricia Amorim

Fonte: uol.com.br

A conturbada saída do Flamengo ainda mexe com Zico. Nesta segunda-feira, o ídolo rubro-negro deixou claro que a polêmica do ano passado ainda o incomoda bastante. Ele demonstrou mágoa com a atual direção do clube, criticou a presidente Patricia Amorim e defendeu-se mais uma vez das acusações que lhe custaram o cargo de diretor-executivo de futebol.

“É inadmissível o que aconteceu. O que fizeram foi uma traição muito grande sobre uma coisa que não existe. O presidente do conselho [fiscal] vai na imprensa para falar de você, dos seus filhos e depois diz que suas declarações foram deturpadas”, reclamou Zico em entrevista ao Sportv.

O ex-camisa 10 do Flamengo foi alvo de acusações do Conselho Fiscal do clube. Segundo os responsáveis por checar as contas rubro-negras, as contratações de Val Baiano, Leandro Amaral e Cristian Borja foram intermediadas pelos filhos de Zico, Júnior e Bruno, que atuariam como laranjas do empresário Alan Espinosa.

Zico defendeu-se, mas o desgaste causado pelo tema tornou sua permanência praticamente insustentável. Opositores também disseram que o ex-meia estaria enfraquecendo as categorias de base do Flamengo com o acordo firmado com o CFZ, clube do qual ele era presidente de honra.

“Eu não assinei a parceria que foi feita com o CFZ. Não fiz o contrato, quem assinou foi a Patricia [Amorim]. Não existia nada de ilegal na parceria”, argumentou.

“Acho que a Patricia não soube me defender. Era um assunto no qual ela deveria ter tomado a frente e não tomou. Fiz questão de ir ao conselho, mas ela me negou isso. Não me proibiu, mas mandou outra pessoa lá no dia em que eu queria ir. Eu poderia esclarecer tudo de maneira muito fácil”, emendou Zico.

ICFUT – Ronaldinho Gaúcho e Luxemburgo participam de homenagem ao imortal e rubro-negro José Lins do Rêgo na ABL

Fonte: globo.com

Homenagem a José Lins do Rêgo na Academia Brasileira de Letras: O presidente da ABL, Marcos Vilaça, recebe uma

camisa do Flamengo e do técnico Vanderlei Luxemburgo e Ronaldinho Gaúcho / Foto: Alexandre Cassiano / O Globo

Para todo rubro-negro, o Flamengo é imortal. Assim a presidente Patrícia Amorim agradeceu, em nome do clube, a homenagem feita pela Academia Brasileira de Letras, no início da tarde desta segunda-feira, ao ilustre torcedor e imortal José Lins do Rêgo, que completaria 110 anos em 2011.

O técnico Vanderlei Luxemburgo e o craque Ronaldinho Gaúcho compareceram ao evento, na sede da ABL, e entregaram uma camisa personalidada com o nome de José Lins do Rêgo ao presidente da Academia, imortal Marcos Villaça, que, bem-humorado, se recusou a vestir a camisa.

– Essa camisa é para o José Lins. Vai ficar no nosso Centro de Memória. Não vou vestir, não – brincou Villaça, torcedor do Fluminense.

Patrícia Amorim com Marcos Villaça, Luxemburgo e RonaldinhoPatrícia Amorim com Marcos Villaça, Luxemburgo e Ronaldinho / Foto: Alexandre Cassiano / Extra

O clima descontraído tomou conta da homenagem. Durante a leitura de uma crônica de José Lins do Rêgo de 1954, comemorativa à conquista do bicampeonato carioca, o alvo foi o Vasco da Gama. A presidente Patrícia Amorim, que lia a crônica, não se conteve na parte que dizia "lá embaixo recolhia-se o Vasco".

– Estão vendo? É desde aquela época – brincou Patrícia.

A dirigente, que estava acompanhada de beneméritos do clube, apresentou o craque rubro-negro a Marcos Villaça como Ronaldinho Carioca.

– Este aqui é o Ronaldo Assis Moreira, ex-gaúcho, agora Ronaldinho Carioca.

Os jogadores do Flamengo, devido à vitória sobre o Botafogo, no domingo, por 2 a 0, ganharam folga nesta segunda e terça-feira, e só voltam aos treinos na quarta pela manhã, na Praia da Barra.

A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, foi à ABL acompanhada de beneméritos do clubeA presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, foi à ABL acompanhada de beneméritos do clube / Foto: Alexandre Cassiano / O Globo