Por Cleber Aguiar – Botafogo vai faturar com o Engenhão!

Fonte: O Estado de São Paulo

Botafogo, enfim, vai faturar!

Se em 2008 o Engenhão chegou a dar R$ 1,7 milhão de prejuízo, neste ano, como palco principal no Rio, a previsão é de superávit

Bruno Lousada / RIO – O Estado de S.Paulo

O excesso de jogos pode não ser o ideal para conservar o gramado do Engenhão, mas é bom para o bolso do Botafogo. A diretoria alvinegra espera lucrar pelo menos R$ 4 milhões neste ano com o estádio, principal palco do futebol carioca até o fim de 2012, data prevista para o término das obras de reforma do Maracanã para a Copa de 2014.

Marcos de Paula/AE

Sem “casa”, Flamengo e Fluminense firmaram parceira com o Botafogo para usar o Engenhão. A dupla Fla-Flu assinou um termo de fidelização, que consiste na participação dos clubes na receita dos bares e do estacionamento. “É um acordo bem equilibrado e bom para todo mundo”, disse o diretor-executivo do Botafogo, Sérgio Landau.

Além da despesa operacional, que pode chegar a R$ 35 mil, a diretoria rubro-negra e a tricolor pagam R$ 5 mil por jogo pelo aluguel do estádio, erguido com dinheiro público (cerca de R$ 400 milhões) para os Jogos Pan-Americanos de 2007. Depois da competição, a prefeitura do Rio concedeu para o Botafogo a administração do Engenhão por 20 anos.

Se o estádio, em 2008, deu prejuízo de R$ 1,7 milhão para o clube alvinegro, com Ronaldinho Gaúcho e Conca em ação, aliado à maior visibilidade da arena, a expectativa é de alto faturamento. Até o preço dos 68 camarotes subiu. Se antigamente cada um era vendido por R$ 60 mil por ano, atualmente vale R$ 280 mil. E todos estão ocupados.

“As empresas estão nos procurando mais. Estamos perto de fechar dois grandes contratos de patrocínio para explorar setores internos do estádio com publicidade e merchandising”, afirmou Landau. Para melhorar o atendimento ao público, o Botafogo fechou, desde 2009, acordo com oito empresas de alimentação.

“Há dois anos, contratamos uma empresa terceirizada para reduzir os custos de manutenção, que passaram de R$ 700 mil para R$ 450 mil por mês. O Engenhão é superavitário. Temos um projeto de realizar eventos (como shows) aqui. Depende apenas do calendário”, comentou Landau.

Nos últimos meses do ano passado, com a interdição do Maracanã, o campo do Engenhão virou alvo de críticas. Para evitar que isso se repita em 2011, pois estão previstos cerca de 90 jogos no estádio ao longo da temporada, a diretoria alvinegra contratou, em dezembro, o engenheiro agrônomo Artur Jorge de Melo, especialista em gramados.

Pois o ano mal começou e o técnico Muricy Ramalho já alertou os responsáveis pelo estádio. “É melhor darem atenção ao gramado, pois está ficando desgastado”, avisou o treinador depois da vitória do Fluminense sobre o Macaé, por 3 a 1, na quinta-feira.

A diretoria alvinegra já acendeu o sinal de alerta quanto ao tema. Ainda mais com a recente medida da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) de transferir partidas de estádios menores para o Engenhão, algo que não estava previsto no começo do campeonato. Tal medida afeta o planejamento elaborado pelo engenheiro agrônomo e eleva a preocupação de todos no clube.

Em nota oficial, divulgada na última terça-feira, o presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, alertou o presidente da Ferj, Rubens Lopes, a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, e o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, para a “sobrecarga” no gramado do Engenhão.

“Recomendo a transferência de todo e qualquer jogo não programado anteriormente para o Engenhão para seus estádios de origem, senão não haverá como mantermos o gramado em condições”, relatou o engenheiro agrônomo no laudo técnico enviado a Rubens Lopes. Por meio de sua assessoria, a Ferj informou que vai prevalecer o bom senso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s