ICFUT – Brasil encara Equador para recuperar moral e ser 1º do grupo

Fonte: http://www.terra.com.br

Fábio de Mello Castanho

Depois de duas vitórias convincentes contra os fortes Paraguai e Colômbia, um empate por 1 a 1 com a Bolívia. Para retomar a confiança para a fase final do Sul-Americano Sub-20, o Brasil enfrenta o Equador, de terça para quarta-feira, às 0h10 (de Brasília), no Estádio Jorge Basadre, em Tacna.

Esta é a principal preocupação do Brasil para uma partida que pode valer a liderança do Grupo B da competição. Uma vitória brasileira faz com que o time de Ney Franco não seja mais alcançado pelos equatorianos e teoricamente inicie a fase final com um jogo mais tranquilo. Em caso de empate ou derrota, a decisão fica para a última rodada, quando o Brasil folga.

“Uma vitória amanhã já volta a confiança. De repente com tropeço vamos para a segunda fase já com as pessoas questionando. É importantíssimo esse jogo. Se ganharmos, ficamos invictos. É importante para avançarmos em primeiro e entrarmos com confiança”, disse o meio-campista Alan Patrick.

Apesar de o Brasil ainda brigar pelo primeiro lugar do grupo, o técnico Ney Franco vai escalar um time misto, quase todo reserva para o duelo. O cuidado tem um motivo: quatro jogadores pendurados (Gabriel, Juan, Casemiro e Neymar ) que poderiam ser desfalques no início da primeira fase caso recebessem cartão contra o Equador.

Fora isso, há uma preocupação com o desgaste. Os brasileiros jogaram há dois dias contra a Bolívia. Desta forma, apenas Henrique e Zé Eduardo, dos considerados titulares, estarão em campo. Será a oportunidade de jogadores como Alan Patrick, Oscar e Galhardo mostrarem serviço e se credenciarem a uma vaga na equipe principal.

“É um jogo muito importante. Os jogadores que vão entrar querem aproveitar e mostrarem que podem ajudar o Brasil no resto da competição”, disse o zagueiro Saimon, um dos atletas que terão a primeira oportunidade de atuar no torneio.

Do outro lado, estará uma equipe que mostrou consistência nos dois jogos que realizou no torneio. Conseguiu um empate por 1 a 1 com a forte Colômbia e ganhou apertado do Paraguai por 1 a 0. Mesmo sem estar entre os mais cotados no início do torneio, pode surpreender e avançar para a segunda fase.

Quem
BRASIL: Aleksander; Galhardo, Saimon, Romário e Gabriel Silva; Fernando, Zé Eduardo e Oscar; Alan Patrick, Henrique e Diego Maurício. Técnico: Ney Franco

EQUADOR: John Jaramillo; Mario Pineda, John Narváez, Edder Fuertes e Denis Quiñones; Fernando Gaibor, Christian Penilla, Juan Cazares e Cristian Oña; Marcos Caicedo e Edson Montaño. Técnico: Sixto Vizuete.

Onde: Estádio Jorge Basadre, em Tacna (PER)
Quando Terça para quarta-feira, às 0h10 (de Brasília)
Árbitro Diego Abal (ARG)

Por que?: último jogo do Brasil na primeira fase no torneio que vale vaga nos Jogos Olímpicos e no Mundial Sub-20

Para ficar de olho

– Uma vitória garante ao Brasil o primeiro lugar do Grupo B

– Aos rostos novos da Seleção, que terão uma oportunidade de mostrar serviço

– Ao árbitro Diego Abal, que no jogo contra o Paraguai expulsou Henrique e Zé Eduardo e irritou o técnico Ney Franco, que também recebeu o cartão vermelho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s