ICFUT – Esposa de Diego Forlán, ganha prêmio de mais bela !

Fonte: Futebol interior.com.br

Mulher de uruguaio bate musa da Copa e vence prêmio Bola Rosa de Ouro
Zaira Nara, esposa de Diego Forlán, bate Larrisa Riquelme em competição premia a mais bela esposa, namorada, amiga ou até mesmo fã de atletas de futebol
O melhor jogador da última Copa do Mundo, o uruguaio Diego Forlán do Atlético de Madrid-ESP, bate um bolão também fora das quatro linhas. Isso porque, a sua mulher, a argentina Zaira Nara vence a última edição do Bola Rosa de Ouro, que premia a mais bela esposa, namorada, amiga ou até mesmo fã de atletas de futebol.

Zaira Nara ficou na frente de nada mais e nada menos, do que a “musa da Copa do Mundo”, Larrisa Riquelme, do Paraguai. A mulher de Forlán ganhou com uma diferença de 66 votos. A irmã da campeã, Wanda Nara, conquistou a sétima colocação, ela é esposa do argentino ex-Grêmio, Máxi Lopez.Como o Portal Futebol Interior é um site democrático, não vamos dizer quem é a mais linda e sim mostrar algumas fotos das duas musas, para que vocês mesmos tirem suas próprias conclusões de quem é a mais bela.

Veja video da Gata !

ICFUT – Estado físico de jogadores preocupa Corinthians para a Libertadores

Fonte: folha.com

Apesar da vitória, o jogo contra a Portuguesa deixou uma preocupação entre os jogadores do Corinthians: o preparo físico.

Roberto Carlos é cercado por companheiros após gol olímpico que decretou a vitória do time sobre a Portuguesa

“O time jogou bem no primeiro tempo, mas caiu muito no segundo. Vamos ter que melhorar muito até o jogo contra o Tolima”, disse o goleiro Júlio César. “Esse sim é o jogo das nossas vidas, o jogo do ano. A gente não deixa de pensar na Libertadores.”

“Agora vamos ter que nos recuperar para os próximos jogos”, disse Ronaldo. “Hoje tínhamos que sufocar no começo e administrar depois.”

O camisa 9 aguentou 75 minutos e fez apenas uma finalização, segundo o Datafolha.

Tite afirmou que não pretende poupar ninguém na quarta-feira, contra o Bragantino. “Quem tiver condições clínicas e médicas vai jogar”, declarou o treinador.

Jorge Henrique, poupado do jogo deste domingo, ainda é dúvida.

ICFUT – Após goleada, Santos apresenta volante Charles nesta segunda

Fonte: folha.com

O Santos vai aproveitar o embalo após a goleada por 4 a 1 sobre o Linense, fora de casa, pela estreia do Campeonato Paulista, para apresentar um dos reforços para esta temporada.

O volante Charles, contratado junto ao Lokomotiv Moscou, da Rússia, vestirá a camisa do clube do litoral paulista pela primeira vez nesta segunda-feira, às 11h (de Brasília), no CT Rei Pelé.

O jogador, 25 anos, ficará no clube por empréstimo, até o final deste ano. Charles, porém, ainda se recupera de uma cirurgia no joelho esquerdo.

A previsão do Santos é que o jogador estreie entre a segunda quinzena de fevereiro e o início de março.

Revelado no Cruzeiro, o volante chegou a jogar no Ipatinga e no Cabofriense. Depois, voltou ao time de Belo Horizonte e jogou até 2008, quando se transferiu para o leste europeu.

ICFUT – Argentina vence Uruguai e Peru decepciona na estreia do Sul-Americano Sub20

Fonte: http://www.futebolinterior.com.br

A Seleção Brasileira estreia na madrugada desta terça-feira contra o Paraguai

O Campeonato Sul-Americano Sub20 começou neste sábado com dois jogos, ambos válidos pelo Grupo A. A Argentina estreou com o pé direito, enquanto o Peru, local onde está sendo realizada a competição, decepcionou seus torcedores. A Seleção Brasileira entra em campo na madrugada desta terça-feira.

Em um clássico do futebol sul-americano, a Argentina saiu perdendo para o Uruguai, mas acabou conseguindo uma grande virada, vencendo por 2 a 1. O gol da vitória foi marcado por Iturbe aos 44 minutos do segundo tempo. Assim, os hermanos chegaram aos três pontos e estão na vice-liderança, enquanto a seleção azul-celeste é a quarta colocada.

Jogando diante de seus torcedores, que compareceram em grande número no estádio, cerca de 30 mil pessoas paragaram ingressos, o Peru não resistiu a força do Chile e acabou perdendo por 2 a 0, caindo para a lanterna do Grupo A. Já os chilenos estão na liderança.

Estreia Canarinha
A primeira rodada terá mais dois jogos pelo Grupo B nas próximas segunda e terça-feira. A Colômbia terá pela frente o Equador, na segunda-feira, às 22 horas. A partida será abertura da chave, que ainda conta com Brasil, Bolívia e Paraguai.

A estreia da Seleção Brasileira será no início da madrugada de terça-feira, quando encara o Paraguai, às 0h10. Os comandados de Ney Franco iniciam a competição como favoritos e as fichas estão depositadas principalmente na estrela de Neymar, que vem sendo bastante assediado pela imprensa local, além dos torcedores.

Confira os jogos da primeira rodada

Domingo
Argentina 2 x 1 Uruguai
Peru 0 x 2 Chile

Segunda-feira
22 horas

Colômbia x Equador

Terça-feira
0h10

Brasil x Paraguai

ICFUT – Confrontos das oitavas-de-final da Copa SP

Fonte: http://www.futebolinterior.com.br

A 42.ª ediação da Copa São Paulo de Juniores teve início com 92 clubes, porém, nas oitavas-de-final, somente 16 seguem na luta pela taça da competição em 2011. Os paulistas ainda são a maioria, com oito times: Nacional, Paulista, Pão de Açúcar, Ponte Preta, Porto Feliz, Rio Preto, Santos e São Paulo. Cariocas, baianos e paranaenses têm dois representantes cada: Flamengo, Fluminense, Bahia, Vitória, Coritiba e Atlético-PR. Mineiros são representados pelo América, enquanto que os gaúchos estão com o Internacional.

Segue os confrontos da fase:

Flamengo x São Paulo
Fluminense x América-MG
Paulista x Pão de Açúcar
Coritiba x Atlético-PR
Santos x Rio Preto
Ponte Preta x Porto Feliz
Internacional x Nacional-SP
Bahia x Vitória

ICFUT – Copa SP: Ponte, Inter-RS e Bahia avançam; Zebra passeia em Jaguariúna e Barueri

Fonte: http://www.futebolinterior.com.br

Na manhã deste domingo, a Ponte Preta entrou como franco atirador contra o Grêmio e deu resultado, pois a Macaca venceu por 1 a 0 e avançou às oitavas-de-final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Internacional suou, mas também passou, ao vencer o PC São José por 3 a 2 de virada. Para fechar a rodada da manhã, o Bahia aprontou para cima da Portuguesa e se credenciou à próxima fase, ganhando por 2 a 1. Neste domingo, a zebra apareceu novamente na segunda fase da Copa São Paulo de Júnior. Jogando em Jaguariuna, o Palmeiras foi surpreendido pelo Nacional e deu adeus à Copinha. No final da noite, o maior campeão da Copinha, o Corinthians também foi eliminado.

A primeira equipe a garantir vaga saiu na sexta-feira à noite, quando o Flamengo garantiu vaga, ao eliminar o Cruzeiro nos pênaltis. No sábado, Pão de Açúcar, Coritiba, Atlético-PR, Rio Preto e São Paulo também avançaram.

Macaca nas oitavas
O grande favorito era o Grêmio, no duelo contra a Ponte Preta, em partida que aconteceu em Leme. Logo no primeiro tempo, o clube gaúcho teve a chance de abrir o placar em uma cobrança de pênalti, mas o goleiro da Macaca fez grande defesa.

Para piorar a situação do Grêmio, Matheus Olavo, aos 43 minutos, do primeiro tempo, fez o único gol da partida que deu a classificação para a Ponte Preta. Agora, nas oitavas-de-final, a Macaca vai enfrentar o vencedor do confronto entre Corinthians e Porto Feliz.

Bavi nas oitavas
Logo no início do jogo, o Bahia mostrou que queria se classificar as oitavas-de-final. Isso deu resultado, pois o clube baiano venceu a Portuguesa por 2 a 1, em jogo realizado na cidade de São Paulo.

O Bahia abriu dois gols, com Anderson, aos 14 do primeiro tempo e Fábio, aos nove do segundo. A Portuguesa diminuiu com Davi, aos 17 da segunda etapa. Na próxima fase, o Tricolor irá enfrentar seu maior rival, Vitória. Na tarde deste domingo, o Rubro-Negro baiano derrotou o Barueri por 1 a 0, em Guarulhos e avançou para as oitavas de final da competição.

Dançou o vira
Internacional e PC São José por coincidência também se enfrentaram na primeira fase e o resultado foi de empate. Agora, o Inter dançou o vira e venceu a partida por 3 a 2, em jogo realizado em Araras.

O PC São José, logo no primeiro minuto abriu o placar, com Douglas. Mas o Internacional no segundo tempo fez três gols, com Giovani, aos 12 e aos 30, e Paulinho aos 34. Douglas ainda fez mais um para o Primeira Camisa, aos 37. Agora o clube gaúcho vai encarar nas oitavas, o vencedor de Palmeiras e Nacional.

Acabou o sonhou!
Jogando no Estádio Alfredo Chiavegato, em Jaguariúna, com grande presença de público, o Palmeiras foi derrotado pelo Nacional, por 2 a 0, e foi eliminado na competição. Esta foi a segunda surpresa nesta fase do torneio. No último sábado, o Paulista eliminou o Vasco, que assim como o Verdão estava com 100% de aproveitamento. Na próxima fase, o Nacional enfrenta o Internacional, que derrotou o PC São José, na manhã deste domingo.

O Naça saiu na frente logo aos oito minutos e durante o restante da partida atuou nos contra-ataques para definir a partida. Desta forma, o Nacional ampliou no final do primeiro tempo com Rodrigo. No segundo tempo, o Palmeiras tentou pressionar, mas não conseguiu furar o bloqueio adversário e, ainda acabou com dois jogadores a menos.

Bye-bye Timão
No jogo que encerrou a segunda fase da competição na noite deste domingo, o Corinthians foi mais um 100% a cair. Seguindo os passos de seu maior rival Palmeiras, o Timão foi derrotado pelo Porto Feliz, por 1 a 0, e acabou dando adeus.

Dono da melhor campanha na primeira fase, o Timãozinho foi surpreendido aos 32 minutos da primeira etapa com gol de Júnior. Durante toda a partida as equipes fizeram uma partida muito abertura, com boas chances de gols perdidas para ambos os lados, mas principalmente pelo lado do Porto Feliz.

Confira os confrontos da 2ª fase:

Sexta-feira
Cruzeiro 2 (3) x 2 (5) Flamengo – Araras

Sábado
Fluminense 4 x 1 Grêmio Prudente – Taubaté
Vasco da Gama 1 x 2 Paulista – São Bernardo do Campo
Pão de Açúcar 1 (3) x 1 (2) Figueirense – Jaguariúna
Atlético-MG 2 (1) x 2 (4) Coritiba – São José do Rio Preto
Santos 5 x 0 América-RN – São Carlos
Mogi Mirim 1 x 3 Atlético-PR – São José dos Campos
América-MG 3 x 0 Juventus – Taboão da Serra
Rio Preto 2 x 1 Juventude-RS – Paulínia
São Paulo 2 x 0 Olé Brasil – Limeira

Domingo
Grêmio 0 x 1 Ponte Preta – Leme
Internacional-RS 3 x 2 PC São José – Araras
Portuguesa 1 x 2 Bahia – São Paulo
Palmeiras 0 x 2 Nacional – Jaguariúna
Vitória 1 x 0 Barueri – Guarulhos
Corinthians 0 x 1 Porto Feliz – Barueri

ICFUT – Paulistão: Grandes na frente e mandantes se dão melhor

Fonte: http://www.futebolinterior.com.br

Corinthians e São Paulo venceram. Paulista, Mirassol e Paulista também

Seis jogos fecharam neste domingo a rodada inaugural do Campeonato Paulista – o Paulistão 2011. E aconteceu apenas um empate, mostrando que a competição será equilibrada e todos vão lutar por vitórias, uma vez que o empate é sempre um resultado ruim em termos de pontuação. O Corinthians venceu o primeiro clássico, diante da Portuguesa, enquanto o São Paulo passou pelo Mogi Mirim, ainda sem Rivaldo.

A rodada teve apenas dois empates e apenas dois clubes – e grandes – vencendo fora de casa. O Santos fez 4 a 1 sobre o Linense, em Lins, e o são Paulo bateu o Sapão, em Mogi. No mais, supremacia dos mandantes. No total, foram marcados 27 gols, com a média de 2,7 gols por jogo.

Gol olímpico
No Pacaembu, a Portuguesa promete surpreender, mas quem deu as cartas foi o Corinthians, que venceu bem com gols de Paulinho e Roberto Carlos – olímpico, de trivela, três dedos.

Em Mogi Mirim, Rogério Ceni, de pênalti, abriu o placar para o tricolor, que depois ampliou com Marcelinho Paraíba, de cabeça, aos 44 minutos do segundo tempo. O Mogi, sem Rivaldo, se mostrou muito fraco.

Gol histórico
Sem puder atuar em Americana, porque o Estádio Décio Vitta demorou a ser liberado pela Federação Paulista de Futebol (FPF), o novato Americana, ex-Guaratinguetá, venceu o Bragantino, muito recuado, por 1 a 0. O gol foi marcado por Marcinho, que fez o primeiro da história do novo clube.

Outros três jogos aconteceram no Interior, a partir das 19h30. E Mirassol, o time da casa saiu atrás, mas virou, por 2 a 1, sobre a Ponte Preta. Leandro Silva, de cabeça, abriu o placar para a Macaca, mas o meia Xuxa marcou os gols da virada.

Paulista na frente
Em Jundiaí, o Paulista foi melhor e venceu o Ituano, por 2 a 1, com gols de Barboza e Hernane, ainda no primeiro tempo. Oliveira descontou para o Galo de Itu na etapa final.

Em Bauru, num jogo equilibrado, Noroeste e Santo André empataram, por 2 a 2. Márcio Gabriel abriu para o Noroeste, mas Rychely empatou no primeiro tempo. Na etapa final, Da Silva usou a cabeça para recolocar o Norusca na frente, mas de novo apareceu o esperto Rychely para deixar tudo igual. Melhor assim, mais justo.

Próxima rodada
Não vai dar tempo de descansar. A segunda rodada começa já na quarta-feira, com sete jogos. E será completada quinta-feira com outros três jogos.

Confira os resultados da 1.ª rodada do Paulistão:

Sábado
Palmeiras 0 x 0 Botafogo
Linense 1 x 4 Santos
Oeste 3 x 0 São Caetano
São Bernardo 3 x 1 Grêmio Prudente

Domingo
Mogi Mirim 0 x 2 São Paulo
Corinthians 2 x 0 Portuguesa
Americana 1 x 0 Bragantino
Noroeste 2 x 2 Santo André
Mirassol 2 x 1 Ponte Preta
Paulista 2 x 1 Ituano

ICFUT – Dorival Júnior quer repetir façanha no Atlético-MG depois de 18 anos

Fonte: http://www.uol.com.br

Depois de comandar a reação do Atlético-MG no último Brasileirão, livrando-o do rebaixamento à Série B, o técnico Dorival Júnior começa 2011 com a possibilidade de superar uma espécie de maldição que atinge os treinadores da equipe. Desde o início da década de 90, um técnico não começa e termina uma temporada em seu cargo no alvinegro mineiro. O último a alcançar a façanha foi Jair Pereira, que comandou a equipe atleticana de janeiro de 1991 a março de 1992.

Depois disso, quem mais se aproximou desta marca foi Levir Culpi, que estreou pelo Atlético-MG em 3 de junho de 2006 na derrota para o Brasiliense pela Série B. Apesar do tropeço no primeiro jogo, o treinador levou a equipe de volta à Primeira Divisão com a conquista do título da Segundona. Levir foi mantido no cargo para o ano seguinte, em 2007, quando o time atleticano foi campeão mineiro.

O treinador, no entanto, se transferiu logo após o término do Mineiro quando recebeu proposta para dirigir o clube japonês Cerezo Osaka. Isso aconteceu no começo de maio. Levir Culpi ficou praticamente um ano à frente do Atlético-MG, mas sem começar e terminar uma mesma temporada. Vanderlei Luxemburgo, contratado em dezembro de 2009 e que começou seu trabalho com pompa e circunstância em janeiro de 2010, também não chegou ao final da temporada, sendo dispensado após a goleada por 5 a 1 para o Fluminense, em 23 de setembro.

Entre 1992 e janeiro de 2011, o Atlético-MG foi comandado por 47 técnicos, sendo que alguns nomes são recorrentes no clube, casos de Levir Culpi, Vantuir, Procópio Cardoso, Leão, Geninho e Celso Roth, entre outros.

Levir Culpi, por exemplo, tem como característica à frente do Atlético-MG passar de uma temporada para outra, mas sem chegar ao fim do ano no cargo. Foi assim em 1994, quando foi o terceiro treinador da temporada, entrando na vaga de Valdir Espinoza e saindo em 1995, cedendo a vaga para Gaúcho. Em 2001 e 2002 a história se repetiu e, pela última vez, em 2006 e 2007.

O técnico Dorival Júnior, que chegou na reta final de 2010, espera conseguir se manter no comando da equipe mineira por um longo período. Ele assumiu o cargo em 26 do mesmo mês, na derrota para o Grêmio, por 2 a 1.

Ao terminar uma temporada e iniciar a seguinte, Dorival Júnior já conseguiu quebrar uma marca negativa atleticana. Desde 2007, um técnico não tinha a oportunidade de dar continuidade ao trabalho de uma temporada para a outra. O último treinador a conseguir este feito havia sido justamente Levir Culpi.

Agora, Dorival Júnior espera quebrar outra marca e conseguir pelo menos chegar ao final de 2011 no comando atleticano, o que significaria cumprir o seu contrato. “Essa é a minha intenção, não tenho planos, sinceramente, para outra condição que não seja o Atlético Mineiro em 2011, claro que técnico vive um processo em que ele está entre o céu e um interno e a diferença é apenas um palmo de distância”, disse.

Porém, o treinador mantém tranquilidade quanto a isso e destaca que precisa mostrar resultados em campo para ter a continuidade. “Não me iludo muito com isso, vou procurar trabalhar a questão do momento, tentando preparar alguma coisa que me permita manter essa situação”, destacou Dorival Júnior.

Além de cumprir o seu contrato, Dorival Júnior já pensa no legado que poderá deixar para o Atlético, quando seu ciclo se encerrar. “Espero que quando eu sair, o que fatalmente acontecerá, eu tenha deixado o time em condição melhor do que quando iniciamos, essa é obrigação e vou procurar cumprir meu contrato como sempre fiz e que a expectativa é que as coisas fluam com naturalidade, para que a gente possa se manter ao longo da equipe durante o ano”, afirmou o técnico.

ICFUT – Brasil inicia busca por vaga olímpica apoiado em superioridade continental

Fonte: http://www.uol.com.br

Neymar se mostra descontraído, mas alerta: “Temos que tomar cuidado com todos”

O sonho da medalha de ouro olímpica inédita começa nesta segunda-feira para a seleção brasileira. Comandados pelo técnico Ney Franco, os 20 jogadores escolhidos iniciam contra o Paraguai, às 21h10 (0h10 de Brasília), no estádio Jorge Basedra, em Tacna (Peru), a disputa do Sul-Americano sub-20, que premiará os dois melhores com vagas nos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres.

Para chegar lá, no entanto, a seleção brasileira terá um longo e desgastante caminho. Além dos paraguaios, o Brasil terá pela frente Colômbia, Bolívia e Equador na primeira fase. Se avançar, pode encontrar potências como Argentina e Uruguai, em um hexagonal que termina apenas no dia 12 de fevereiro.

Além de brigar por uma das vagas, o Brasil também coloca em campo sua superioridade no torneio continental. Atual bicampeão da competição, a seleção brasileira é também a maior vencedora da história do campeonato, com dez títulos, contra sete do Uruguai e quatro da Argentina.

O retrospecto, no entanto, só aumenta a responsabilidade do jovem grupo brasileiro e aumenta a expectativa em torno de grandes apresentações. O discurso, no entanto, é de respeito aos demais adversários, até pela pouca informação, pelo menos por enquanto, dos rivais que o Brasil terá nesses quase 30 dias de competição no Peru.

CAMPEÕES SO SUL-AMERICANO SUB-20

BRASIL – 10 (1974, 1983, 1985, 1988, 1991, 1992, 1995, 2001, 2007, 2009)
URUGUAI – 7 (1954, 1958, 1964, 1975, 1977, 1979, 1981)
ARGENTINA – 4 (1967, 1997, 1999, 2003)
COLÔMBIA – 2 (1987, 2005)
PARAGUAI – 1 (1971) 

———————————————————————————————————————————-

“[Temos de respeitar] todos. Não tem nenhuma seleção específica. Temos que tomar cuidado com todos os times”, afirmou o atacante Neymar.

O jogador do Santos, por sinal, colocará a prova o papel de protagonista. Após ser preterido pelo técnico Dunga e ficar fora da Copa do Mundo, o jogador terá o primeiro grande torneio para mostrar, mesmo com apenas 17 anos, é o grande destaque da geração que tentará lutar pelo ouro olímpico.

Mas para confirmar a sonhada caminhada rumo às Olimpíadas o Brasil terá de superar um esperançoso Paraguai. Depois de ficar em segundo lugar no último Sul-Americano, a equipe sonha repetir desempenho semelhante nesta temporada e incomodar os grandes nomes do continente.

O técnico Adrián Coria, no entanto, teve problemas para definir o grupo que levaria ao Peru. Depois de não conseguiu a liberação do atacante Frederico Santander, do Toulouse, viu o meia Juan Iturbe optar por defender a Argentina e, de quebra, ainda perdeu Rodrigo Alborno, contundido. Mesmo assim, o treinador mantém o otimismo.

“Sabemos do potencial do Neymar, mas o conjunto do Brasil também é muito bom. Mesmo assim, eu confio na minha equipe e não vamos para o jogo sem pensar em vencer”, afirmou Coria.

BRASIL X PARAGUAI

Data: 17/01/2010 (segunda-feira)
Horário: 21h10 (0h10 de Brasília)
Transmissão na TV: Band, ESPN Brasil, Esporte Interativo e Sportv
Local: estádio Jorge Basadre, em Tacna (Peru)
Árbitro: Diego Abal (ARG)
Auxiliares: Ricardo Casas (ARG) e Francisco Mondría (CHI)

Brasil
Gabriel; Danilo, Bruno Uvini, Juan e Alex Sandro; Casemiro, Zé Eduardo, Oscar, Lucas e Neymar; Henrique
Técnico: Ney Franco

Paraguai
Mario Ovando; Raúl Cáceres, Gustavo Gómez, Diego Viera e Nelson Ruiz; Diego Benítez, Hernán Pérez, Marcos Gimenez e Oscar Ruiz; Miguel Medina e Claudio Correa
Técnico: Adrián Coria