Por Edgar Santista – Campeonato Espanhol, Barça é campeão de inverno !

Barcelona goleia o Málaga e é ‘campeão’ do primeiro turno

Júlio Baptista tem atuação apagada em estreia: 4 a 1 no Camp Nou

O Barcelona já entrou em campo campeão neste domingo. Pelo menos, do título simbólico do primeiro turno do Campeonato Espanhol: a equipe venceu o Málaga por 4 a 1, no Camp Nou, e terminou a 19ª rodada na liderança.

Como o Real Madrid empatou por 1 a 1 com o lanterna Almería, o Barça já começou a partida em casa com o primeiro lugar garantido. O time de Pep Guardiola soma 52 pontos e aumentou para quatro a vantagem contra a equipe de José Mourinho (confira a classificação completa). Nunca um clube fez tantos pontos no primeiro turno como o Barça desta temporada. 

No retorno de Kaká ao time titular, Real sofre para empatar com lanterna

Time de Mourinho fica no 1 a 1 com o Almería, fora, pela 19ª rodada

Após quatro partidas seguidas entrando no segundo tempo, Kaká ganhou sua primeira chance como titular do Real Madrid na temporada neste domingo. Porém, o brasileiro teve atuação apagada e viu o time de José Mourinho sofrer para empatar em 1 a 1 com o Almería, lanterna do Campeonato Espanhol, pela 19ª rodada, fora de casa.

O time anfitrião, que chegou a ser goleado por 8 a 0 pelo Barcelona na temporada, abriu o placar com Ulloa aos 15 do segundo tempo, cinco minutos depois da saída de Kaká para a entrada de Benzema. O Real só empatou aos 33, quando Granero acertou belo chute dentro da área, sem defesa para o goleiro brasileiro Diego Alves.

Fonte: Globoesporte.com

Por Rogerinho – Tranquilo, São Paulo faz 2 a 0 no Mogi na estreia

Com gols de Rogério Ceni, de pênalti, e Marcelinho Paraíba, o Tricolor chegou à vitória na estreia fora de casa

Fonte – LANCENET

Ilsinho fez bom primeiro tempo, mas saiu cansado na segunda etapa; boa vitória do Tricolor na estreia

No ano em que o São Paulo não tem que se “preocupar” com a Libertadores pela primeira vez desde 2003, o Tricolor começou a temporada com uma vitória, ainda que tímida, sobre o Mogi Mirim por 2 a 0, no Estádio Romildo Vítor Ferreira, em Mogi, na tarde deste domingo.

Os gol foram marcados por Rogério Ceni, após pênalti marcado em Tiago Alves, que pôs a mão na bola, e Marcelinho Paraíba, voltando de empréstimo do Sport, já no fim do jogo. Este foi o 94º gol da carreira do goleiro são-paulino.

O time da casa não contou com a sua principal estrela, o meia-atacante e presidente Rivaldo, que não teve sua situação regularizada pela Federação Paulista de Futebol para o jogo.

Sem o ex-jogador do Barcelona, o Mogi Mirim apostou suas fichas no experiente Paulo Isidoro, ex-Palmeiras e Fortaleza, de 37 anos.

Carpegiani também tinha problemas antes do jogo. Fernandão, poupado, e Marlos, com o contrato renovado a partir da segunda rodada, desfalcaram o o time neste domingo.

Mazola, que voltou de emprésimo do Guarani, estreou na equipe titular. Mas a cara nova mesmo era Juan, ex-lateral do Flamengo, mas que é cria da base do próprio Tricolor.

A NOVIDADE DO PAULISTA

 O São Paulo voltou ao estádio onde conquistou, em 2005, o Campeonato Paulista após empate com o Santos em 0 a 0. Com boas recordações de Mogi, o Tricolor já inaugurou o placar aos 4 minutos, graças a um artifício que promete ser a grande novidade no campeonato: a presença de auxiliares-extras na linha de fundo.

Foi um dos auxiliares adicionais, com visão privilegiada, quem assinalou mão de Tiago Alves, do Mogi, na bola. Pênalti para o Tricolor.

Rogério Ceni, como sempre, foi para a cobrança e marcou seu 94º gol na carreira.

O estádio, que já se chamou Wilson Fernandes de Barros e Papa João Paulo II e hoje leva o nome do pai de Rivaldo, Romildo Vitor Ferreira, viu o Sapão ficar atordoado logo após o gol.

Apenas aos 12, o Mogi reagiu com o mesmo Tiago Alves, dessa vez cabeceando para boa defesa de Rogério. O lance, porém, era irregular.

Única contratação (além de Willian José, que serve a Seleção sub-20) para a temporada, Juan, ex-Flamengo, deu as caras aos 21, quando cortou um marcador e chutou de direita.

A partir da metade da primeira etapa, o grande nome tricolor foi o meia Ilsinho. Aos 31 e aos 40, o jogador deslocado para o meio de campo fez boas jogadas, usando sua habilidade como principal arma pró-Tricolor.

Pelo lado do Mogi, o melhor atleta era Ricardinho, ex-Palmeiras e Grêmio, que infernizou a zaga são-paulina aos 25, quando levantou o estádio com um belo cruzamento de letra.

Os jogadores de Mogi e São Paulo viam no calor do interior paulista a maior dificuldade para manterem o ritmo do jogo.

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, o calor deu lugar ao mormaço e às nuvens cinzas, a chuva, porém, que não veio. Geovane, que entrou no intervalo, foi um dos personagens do segundo tempo, protagonizando alguns dos melhores lances do Sapo no jogo.

Se Antônio Carlos, técnico do Mogi, tentou mexer suas peças do lado de lá, Carpegiani optou por Dagoberto para também tentar mudar o rumo da partida. Ele entrou no Tricolor aos 18 no lugar de Mazola, que não teve boa (re)estreia pelo time que o revelou. A substituição melhorou o Tricolor.

No fim da partida, foi Marcelinho Paraíba, que voltara de empréstimo do Sport, quem entrou na vaga de Cléber Santana, para reequilibrar o ímpeto ofensivo do Tricolor, que já começava a dar mostras de fraqueza diante de um motivado Mogi Mirim.

O São Paulo acordou novamente na partida. Fernandinho fez boa jogada pela direita e achou Jean livre, mas o polivalente jogador são-paulino só acertou a rede pelo lado de fora.

E o segundo gol acabou chegando aos 41. Fernandinho foi acionado dentro da área e, livre, tocou por cima de João Paulo e achou Marcelinho Paraíba que, de cabeça, completou: 2 a 0.

Sem expectativas, o Mogi ainda chutou uma bola na trave, aos 44, com Niel. Tiago Alves também assustou Rogério de cabeça nos acréscimos, mas era tarde.

Na próxima rodada, o São Paulo recebe o São Bernardo no Morumbi, na quarta-feira (19). Mesmo dia em que o Mogi Mirim visita a Ponte Preta no Moisés Lucarelli.

FICHA TÉCNICA:
MOGI MIRIM 0 X 2 SÃO PAULO

Estádio: Romildo Vítor Gomes Ferreira, Mogi Mirim (SP)
Data/hora: 16/1/2011 – 17h
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli e Maria Eliza C. Barbosa
Renda/público: Não disponíveis
Cartões amarelos: Tiago Alves (MOG); Cléber Santana, Carlinhos Paraíba, Fernandinho (SPO)
GOLS: Rogério Ceni (pênalti), 4’/1ºT (0-1); Marcelinho Paraíba, 41’/2ºT (0-2);

MOGI MIRIM: João Paulo, Niel, Tiago Alves, Audálio e João Paulo Gomes; Baraka, Bruno de Jesus (Léo Paraíba, 18’/2ºT), Val e Paulo Isidoro (Geovane, intervalo); Ricardinho (Paraíba, 30’/2ºT) e Roberto Jacaré. Técnico: Antônio Carlos Zago

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, Alex Silva, Miranda e Juan; Rodrigo Souto, Cléber Santana (Marcelinho Paraíba, 33’/2ºT), Carlinhos Paraíba e Ilsinho (Renato Silva, 26’/2ºT); Fernandinho e Mazola (Dagoberto, 19’/2ºT). Técnico: Paulo César Carpegiani

Por Edgar Santista – Milan cede empate ao Lecce e fica com quatro pontos de vantagem !

Ibrahimovic faz belo gol, mas time rubro-negro entrega 1 a 1 fora de casa

O Milan não aproveitou o tropeço do vice-líder Napoli no sábado (0 a 0 com a Fiorentina) e também empatou pela 20ª rodada do Campeonato Italiano, ficando com quatro pontos de vantagem na liderança: 1 a 1 com o Lecce, fora de casa, após sair na frente do placar.

A equipe treinada por Massimiliano Allegri soma agora 41 pontos, contra 37 de Lazio e Napoli. O Roma é o quarto colocado, com 35. Em quinto, o Juventus tem 34, seguido pelo Inter de Milão com 32 (o time de Leonardo tem ainda dois jogos a menos por causa do Mundial de Clubes). O Lecce está em 18º com 19, na frente apenas de Brescia (18) e Bari (14).

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA DO CAMPEONATO ITALIANO

Allegri deixou Cassano no banco  e escalou o ataque do Milan com Alexandre Pato e Ibrahimovic (o ex-jogador do Sampdoria entrou no segundo tempo no lugar do ex-colorado). O Milan contou ainda com o zagueiro Thiago Silva na equipe, enquanto o time da casa teve dois brasileiros em campo: os zagueiros Gustavo (ex-Cruzeiro) e Fabiano (ex-Vitória).

O Milan dominou a partida no primeiro tempo, e perdeu algumas boas oportunidades com Pato e Ibra. Mas o gol só saiu na etapa final. Logo aos quatro minutos, o sueco arriscou de fora da área e acertou um belo chute por cima do goleiro Rosati. Golaço: 1 a 0.

A reação do Lecce começou aos 36: Di Michelle chutou, a bola bateu em Nesta e explodiu na trave antes de sair. Em seguida, o uruguaio Olivera aproveitou a cobrança de escanteio e chutou para empatar a partida, dentro da pequena área. Aos 40, Cassano cruzou para Ibra, sozinho na marca do pênalti, mas o sueco bateu em cima do goleiro. Última chance, que foi desperdiçada pelo Milan.

Confira os jogos da 20ª rodada do Campeonato Italiano

Sábado
Napoli 0 x 0 Fiorentina
Inter de Milão 4 x 1 Bologna.

Domingo
Cagliari 3 x 1 Palermo
Brescia 2 x 0 Parma
Catania 1 x 1 Chievo
Cesena 0 x 1 Roma
Genoa 2 x 4 Udinese
Juventus 2 x 1 Bari
Lazio 1 x 0 Sampdoria
Lecce 1 x 1 Milan

Fonte: Globoesporte.com

Por Cleber Aguiar – Granja Comary virá heliponto improvisado para as vítimas do Rio.

Fonte: Portal Terra

RJ: Granja Comary vira heliponto improvisado em Teresópolis

Hermano Freitas

Direto de Teresópolis

A Granja Comary, em Teresópolis, famosa por abrigar a concentração da Seleção Brasileira de futebol em pré-temporadas, tem servido como heliponto improvisado para equipes de resgate e auxílio a vítimas das enchentes que estão em comunidades isoladas na região serrana do Rio de Janeiro. Aeronaves do Exército, Força Nacional de Segurança Pública, Polícias Militares de São Paulo e Minas Gerais e dos Bombeiros pousam e decolam de um terreno que era preparado para virar um campo de grama sintética.

Além de permitir o uso do local, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) cede alguns espaços para o pernoite dos homens, além de fornecer três refeições diárias. Segundo pessoas envolvidas com os trabalhos, os pilotos de aeronaves militares e bombeiros dormem nos alojamentos e em dependências como a sala de imprensa da granja. O segurança André Lopes, conhecido como Rabecão, faz a segurança e coordena a entrada e saída de veículos. Ele se exaltou ao ver um carro da prefeitura do município. “Fala lá para o secretário que tem que botar o pé na lama igual ao povo!”, gritou.

A queixa de pessoas ligadas às buscas é de que a prefeitura do município demorou a fornecer mapas que permitissem o sobrevoo eficaz dos helicópteros nas áreas mais atingidas. De acordo com as reclamações, helicópteros do Exército ficaram parados de sexta-feira até as 15h deste domingo até que fossem providenciados mapas destas regiões isoladas. Procurada, a prefeitura declarou ter ficado de prontidão desde o primeiro momento da tragédia e ter fornecido todo o material necessário, inclusive fotos e os mapas reclamados.

De acordo com um morador de um condomínio vizinho, o engenheiro e empresário Antonio Fuzco, 52 anos, que participa da distribuição de mantimentos, o alojamento dos jogadores não foi liberado para o uso das equipes pela presença da Seleção sub-17 no local.

Chuvas na região serrana
As fortes chuvas que atingiram os municípios da região serrana do Rio nos dias 11 e 12 de janeiro provocaram enchentes e inúmeros deslizamentos de terra. As cidades mais atingidas são Teresópolis, Nova Friburgo, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu cerca de 300 mm em 24 horas na região.

Por Cleber Aguiar – Veja um gráfico do caminho do seu clube no Paulistão!

Fonte: O Estado de São Paulo

Em sua primeira fase, o Campeonato Paulista coloca todos os 20 clubes jogando entre si em um único turno. A consequência dessa fórmula é simples: não há o famoso “jogo de volta”, quando um time que foi mandante no primeiro jogo torna-se visitante no jogo do turno seguinte, e vice-versa. Com isso, o campeonato tende a certos desequilíbrios. Alguns times terão mais desafios fora de casa do que dentro, por exemplo. E uma sequência de jogos difíceis no início da competição, quando os times ainda carecem de entrosamento, pode causar a perda de pontos valiosos mais adiante.

Na tabela ao lado, mostramos a sequência de jogos de cada equipe e a dificuldade estimada de cada confronto, seja ele dentro ou fora de casa. Ao consultar o gráfico, o torcedor avalia o caminho de seu time: se mais ou menos tortuoso que dos adversários, se mais difícil em seu início ou seu final, e assim por diante.

Não se trata, claro, de um exercício de futurologia. Não são previsões de resultados, mas avaliações sobre o potencial de cada time de acordo com alguns critérios que, somados, dão ideia da força relativa de cada equipe.

Usamos como critério a posição das equipes no Campeonato Paulista anterior; a divisão que o clube disputa no Campeonato Brasileiro; a avaliação de 22 jornalistas de esportes do Estado de S. Paulo, estadão.com.br e Jornal da Tarde; e o retrospecto de aproveitamento desses times dentro e fora de casa, nos últimos 10 anos (apenas consideramos jogos entre esses 20 times; não consideramos Palmeiras x Sertãozinho, por exemplo).

Somando esses critérios, formamos dois rankings: um com o desempenho dos clubes como mandantes e outro como visitantes. O resultado é uma avaliação que reflete a soma desses dados históricos dos times e da avaliação do momento de cada time. A escala vai de 0 a 100, sendo 100 o melhor índice alcançado (no caso, o do Santos, em ambos os cenários).

ICFUT – Gols de Corinthians 2×0 Portuguesa – Paulistão 2011

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 x 0 PORTUGUESA

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 16 de janeiro de 2011, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: David Botelho Barbosa e Maiza Teles Paiva (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Edson Reis Pavani Júnior e Ilbert Estevam da Silva (ambos de SP)
Renda:R$ 699.572,00
Público:22.472 pagantes/24.975 no total
Cartões Amarelos: Paulo Sérgio (Portuguesa); Danilo (Corinthians)

Gols:
CORINTHIANS: Paulinho, aos 11, e Roberto Carlos, aos 19 minutos do primeiro tempo.

CORINTHIANS: Julio Cesar; Moacir, Chicão, Leandro Castán e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Paulinho e Bruno César (Morais); Dentinho (Danilo) e Ronaldo (Edno)
Técnico: Tite

PORTUGUESA: Weverton; Paulo Sérgio, Maurício, Preto Costa e Fabrício; Ademir Sopa (Marcelo Cordeiro), Ferdinando, Gláuber e Ivo (Kempes); Heverton (Luis Ricardo) e Dodô
Técnico: Sérgio Guedes

ICFUT – Links ao vivo para jogos

Videos

http://www.vertvonline.org/

http://www.rojadirecta.org/

http://www.futebolaovivo.net/tvonline.php

http://www.eugeniosvirtual.com/tevirtual/jogos_vivo.html

http://www.tvaovivogratis.net/

http://www.tvgol.org/

http://www.tvbr.rg3.net/

http://www.assistirtvgratis.net/

http://tvdenet.blogspot.com/

http://www.tvdegraca.net/

ICFUT – Destaques da TV deste domingo

Fonte: folha.com

10h – Portuguesa x Bahia, Copa São Paulo, ESPN Brasil

10h – Napoli x Fiorentina, Campeonato Italiano, Sportv 2

12h – Lazio x Sampdoria, Campeonato Italiano, Sportv 2 e ESPN

12h – Liverpool x Everton, Campeonato Inglês, ESPN Brasil

12h – Juventus x Bari, Campeonato Italiano, ESPN HD

14h – Tottenham x Manchester United, Campeonato Inglês, ESPN

14h – Valencia x La Coruña, Campeonato Espanhol, ESPN HD

14h15 – China x Uzbequistão, Copa da Ásia, Sportv 2

15h – Palmeiras x Nacional, Copa São Paulo, ESPN Brasil

16h – Almería x Real Madrid, Campeonato Espanhol, ESPN

17h – Mogi Mirim x São Paulo, Campeonato Paulista, Globo e Band

17h45 – Lecce x Milan, Campeonato Italiano, ESPN Brasil

18h – Argentina x Uruguai, Sul-Americano sub-20, Sportv 2 e ESPN HD

19h30 – Mirassol x Ponte Preta, Campeonato Paulista, Sportv

19h30 – New England Patriots x New York Jets, futebol americano, ESPN e ESPN HD

20h – Peru x Chile, Sul-Americano sub-20, Sportv 2

22h30 – Aberto da Austrália, tênis, ESPN Brasil e ESPN