ICFUT – A segunda camisa mais cara do mundo

Fonte: http://www.estadao.com.br

Apesar de ainda não ter anunciado nenhum grande reforço para a temporada, o Corinthians entrou em 2011 com uma boa notícia. De acordo com cálculos realizados pelo departamento de marketing, o clube deve arrecadar neste ano, só com patrocínio da camisa, mais de R$ 60 milhões. Só para se ter ideia da dimensão desse número, o clube do Parque São Jorge passa a ter a segunda maior receita do planeta com anunciantes da camisa.

Fica atrás apenas do Barcelona, que pela primeira vez em sua história trará uma marca no peito, pela qual vai receber R$ 69 milhões da Qatar Foundation. E vale lembrar que os corintianos terminaram o ano do centenário sem conquistar títulos.

Um detalhe, porém, precisa ser considerado. Enquanto o Barcelona consegue R$ 69 milhões com apenas um anunciante estampado na camisa, o Corinthians precisou transformar seu uniforme naquilo que os rivais costumam chamar de “colcha de retalhos” para atingir os R$ 62 milhões.

Provocações à parte, Sanchez entende a brincadeira como uma espécie de dor de cotovelo dos adversários. “Nossa prioridade é estruturar o Corinthians. E, se tiver de vender mais, eu vendo”, comenta o presidente corintiano, Andrés Sanchez. “Investimos R$ 20 milhões na construção do nosso Centro de Treinamento. As pessoas precisam entender que esse dinheiro tem de vir de algum lugar. Parte conseguimos parcerias e parte bancamos com recursos próprios.”

A Hypermarcas permanece como anunciante principal, o que lhe dá o direito de estampar a marca de seus produtos no peito e nas costas, regiões consideradas nobres. Além disso, a empresa ampliou seu acordo e manterá a exploração do ombro e das axilas. Se no primeiro contrato, assinado em 2009, o Corinthians arrecadou R$ 38 milhões, a expectativa é de que em 2011 esse valor atinja os R$ 50 milhões.

O restante vem da negociação da barra da camisa. Até o final da temporada passada, o espaço era ocupado pelo Banco Pan-Americano, que pagava R$ 8 milhões por ano. A projeção da diretoria é que o novo patrocinador desembolse 50% a mais. Ou seja, a cota chegaria a R$ 12 milhões. “Trabalhamos com a projeção de uma receita de R$ 62 milhões com patrocínios de camisa em 2011”, afirmou Sanchez. “Isso nos deixaria entre os três clubes com maior patrocínio do mundo. Acho que ficaríamos atrás apenas do Barcelona e do Bayern de Munique.”

Melhor ainda. De acordo com estudo realizado pela Futebol Finance, empresa especializada em análise financeira do esporte, a expectativa do presidente alvinegro será superada. Levantamento realizado no mês passado, logo após o anúncio do acordo de cinco anos entre Barcelona e a Qatar Foundation, que renderá ao clubes catalão R$ 69 milhões por temporada, indica que o Corinthians entra na seleta relação como o vice-líder. O Bayern de Munique, citado por Sanchez, divide a terceira colocação com o poderoso Real Madrid, ambos com R$ 57 milhões.

Mas Ronaldo seria o único fenômeno por trás desses números? Segundo especialistas, o atacante tem ajudado bastante na valorização na marca corintiana, mas outros aspectos interferem nesses valores. “A Europa vive um momento de recessão, onde é natural que os valores fiquem mais contidos”, explicou o consultor Ricardo Araújo, especializado em marketing esportivo. “Por outro lado, o mercado brasileiro está em expansão. Quando juntamos uma coisa à outra, entendemos essa realidade.”

Dívida. Apesar de contar com um dos maiores patrocínios do mundo, de ser a marca mais valorizada do futebol brasileiro e de ter arrecado em bilheteria no ano passado mais do que São Paulo e Palmeiras juntos, o Corinthians fechou 2010 com déficit de, aproximadamente, R$ 7 milhões.

A esperança de encerrar o período com as contas equilibradas é de que o dinheiro referente à venda de Elias ainda seja registrado como entrada de 2010. “O problema não é ter dívida. Isso todo mundo tem”, disse Sanchez. “O problema é como você a administra. Há três anos nós devíamos R$ 100 milhões e arrecadávamos R$ 60 milhões. Isso é complicado. Mas hoje temos R$ 115 milhões de dívida, mas arrecadamos R$ 200 milhões. É mais confortável, é administrável.”

PATROCÍNIO NAS CAMISAS
R$ 69
milhões
é o valor que o Barcelona receberá pelo contrato acertado com a Qatar Foundation, o primeiro da história do clube.

R$ 62
milhões
é a receita total que a diretoria do Corinthians calcula receber de patrocínio da camisa na temporada 2011.

R$ 57
milhões
representam o que o Real Madrid, de Cristiano Ronaldo e Kaká, recebe por ano de patrocínio no uniforme.

R$ 57
milhões
deixam o Bayern de Munique em empate com o clube da capital espanhola no ranking de arrecadação.

R$ 55
milhões
foram investidos no Manchester United, clube que conta com o maior patrocínio
de camisa da Inglaterra.

ICFUT – Entre os jogadores do Flu, Conca é o recordista de jogos na temporada 2010

Fonte: http://www.uol.com.br

Darío Conca foi um dos principais jogadores do Flu na conquista do Brasileiro

Eleito o craque do ano passado, Darío Conca foi o recordista de jogos entre os tricolores com a camisa do Fluminense em 2010. E de todos os jogadores que disputaram o Brasileiro, o argentino foi o único de linha a disputar as 38 partidas da competição. Num total de 63 jogos disputados pelo time, o camisa 11 foi o que mais entrou em campo: foram 60 vezes.

CONFIRA A LISTA

Conca: 60 jogos
Mariano: 57 jogos
Gum: 53 jogos
Leandro Euzébio: 51 jogos
Marquinho: 48 jogos
Júlio César: 45 jogos
Diguinho: 42 jogos
Diogo: 39 jogos
Rafael: 38 jogos
Alan e Fred: 29 jogos

Em razão do grande esforço relativo ao elevado número de jogos, quase no fim do ano passado Conca começou a se queixar de dor no joelho esquerdo. Mesmo assim, não jogou a toalha e foi até o fim da competição. Dois dias após o Natal de 2010, foi para a mesa de cirurgia e acabou submetido a uma artroscopia no local.

Recuperado da cirurgia, considerada um sucesso pelo chefe do departamento médico do Fluminense. Douglas Santos, Conca iniciará sessões de fisioterapia nesta terça-feira, data da reapresentação do elenco tricolor nas Laranjeiras. Ele deverá permanecer por cerca de 25 dias sob os cuidados de fisioterapeutas.

Conca é considerado desfalque certo nas primeiras rodadas do Campeonato Carioca, mas a previsão é a de que esteja em ótimas condições para enfrentar o Argentinos Juniors, no Engenhão, dia 9 de fevereiro, data da estreia do Fluminense na Libertadores deste ano. Souza deverá ser o substituto do camisa 11 nas rodadas iniciais.

No dia do início da fisioterapia de Conca, o elenco tricolor se reapresentará nas Laranjeiras nesta terça-feira para exames médicos e testes físicos. No dia seguinte, a delegação seguirá para Mangaratiba, na Costa Verde do estado do Rio, onde será realizada a pré-temporada do Fluminense. As atividades físicas só deverão começar na próxima quarta-feira.

ICFUT – Réveillon de Ronaldo no Caribe é manchete fora do país

Fonte: http://www.lancenet.com.br

Festa foi regada a muita bebida e contou também com a presença da cantora Wanessa Camargo

Ao lado da esposa Bia Anthony, Ronaldo comemorou a virada de ano do Caribe

(Foto: Reprodução do site do ‘Daily Mail’)

Ronaldo passou a virada de ano em grande estilo. Ao lado da esposa Bia Anthony, o Fenômeno comemorou a chegada de 2011 na discoteca Nikki Beach, na pequena ilha St. Barts, no Caribe.

De acordo com o jornal inglês “Daily Mail”, a festa foi regada a muita bebida e contou também com a presença da cantora brasileira Wanessa Camargo. A publicação, aliás, afirmou que Ronaldo estava bêbado e ironizou a forma sua forma física.

Nesta segunda-feira, o elenco corintiano se reapresenta no CT Joaquim Grava. À noite, os jogadores viajam a Itu, onde realizarão pré-temporada. Ronaldo, por sua vez, ganhou um dia a mais de folga e chega dia 4.

ICFUT – Empresário descarta Cristian no Corinthians: “não volta e ponto”

Fonte: http://www.terra.com.br

O volante Cristian não deve retornar ao Corinthians em 2011. Depois de o filho do presidente Andrés Sanchez anunciar o acerto com o jogador do Fenerbahce, da Turquia, em sua conta no Twitter, muita especulação surgiu sobre o assunto. Em contato com o Terra, o empresário do atleta, Carlos Leite, foi taxativo em desmentir a possível transferência.

“Não tem absolutamente nada. Já mandei uma pessoa lá (Turquia) conversar e esse assunto acabou. Eles não liberaram”, disse o agente do jogador.

Campeão da Copa do Brasil pelo Corinthians em 2009, Cristian vem demonstrando desejo de retornar ao clube desde abril de 2010. No que depender dos turcos, no entanto, o volante terá que esperar ainda mais.

“O Cristian não volta mais e ponto”, finalizou Carlos Leite, demonstrando clara irritação em comentar o assunto.

ICFUT – Washington: “reencontrei a felicidade no Fluminense”

Fonte: http://www.terra.com.br

Washington classificou o jogo contra Guarani como o mais marcante do Campeonato Brasileiro
Foto: Wallace Teixeira/Photocamera/Divulgação

Um dos principais personagens do Fluminense na conquista do Campeonato Brasileiro de 2010, o atacante Washington contou que o retorno ao clube tricolor lhe devolveu a alegria de jogar.

“Não vivia um momento ruim dentro de campo no São Paulo, estava sendo o artilheiro do time na época, mas estava um pouco triste, fora de campo não me sentia completo. E aqui no Fluminense resgatei tudo isso, a alegria, a vontade de jogar bola. Com certeza reencontrei a felicidade”, declarou o jogador, em entrevista ao site oficial do clube.

Apesar do mau momento que viveu na reta final da competição, quando amargou um jejum de gols, o atacante escolheu a partida contra o Guarani, na última rodada, como a mais emocionante da campanha.

“Por incrível que pareça um jogo que me marcou foi contra o Guarani. É claro que contra o Atlético-PR também foi marcante porque foi o meu retorno ao Fluminense, a torcida me recebeu muito bem. Confesso que na época estava um pouco receoso, me receberam de braços abertos e me emocionei. Mas contra o Guarani foi mais difícil, sofrido e conseguimos arrancar um ponto fundamental”, completou o atleta.

ICFUT – Com carta aberta, Ramon se despede do Vitória

Fonte: http://www.terra.com.br

Ramon anunciou sua saída do Vitória por meio de uma carta aberta

Foto: Felipe Oliveira/Agif/Gazeta Press

O apoiador Ramon Menezes, 38 anos, não vai defender o Vitória, clube pelo qual atual nas últimas duas temporadas, em 2011. Neste domingo, em carta aberta, o jogador disse que não chegou a um acordo com a direção do clube e com isso, se despediu do clube rubro-negro.

Além de lamentar não ter evitado o rebaixamento do clube à Série B do Campeonato Brasileiro, Ramon exaltou o povo baiano e desejou sorte aos agora ex-companheiros de Vitória.

Confira a carta do jogador na íntegra:

“É com enorme pesar que me dirijo a vocês para comunicar minha saída do Vitória. Pesar porque é um clube pelo qual tenho muito carinho e admiração. Infelizmente não conseguimos permanecer na Série A do Campeonato brasileiro de 2010 e minha intenção era continuar na equipe para a temporada de 2011 e ajudar o Vitória a retomar o seu lugar, o que acredito que irá acontecer. Na conversa com a direção do clube, vi que não era do interesse deles a minha permanência.

Agradeço à direção do Vitória e em especial ao Alex Portela, diretor que me abriu novamente as portas do clube. Essa minha segunda passagem pelo Vitória serviu para reafirmar meu carinho e gratidão pelo clube.

Ao povo baiano, também meu cordial abraço e desejo de muitas alegrias e conquistas. Agradeço aos torcedores do Vitória e também aos adversários que sempre me trataram com muito carinho e respeito.

Confesso minha imensa gratidão ao estado da Bahia, pois vivi grandes momentos, fiz ótimas, verdadeiras e duradouras amizades e saio com tristeza, mas essa é a vida de um atleta profissional.

Aos companheiros de clube, todos os funcionários, profissionais da imprensa e pessoas com as quais tive a oportunidade de me relacionar deixo o meu agradecimento e desejo de dias melhores.

Enfim, obrigado de coração ao povo baiano por todos os momentos especiais que pudemos compartilhar.

Com os sinceros desejos de felicidades, um grande abraço do amigo Ramon Menezes.”

ICFUT – Dorival pede mais quatro contratações para o Atlético-MG e revela nomes

Fonte: http://www.uol.com.br

Apesar do Atlético-MG já ter anunciado a contratação de seis reforços para a próxima temporada, o técnico Dorival Júnior informou que pediu para a diretoria atleticana a contratação de mais quatro, ou cinco novos nomes para definir o elenco que trabalhará ao longo da temporada de 2011.

“Fizemos já algumas contratações importantes, mas preciso ainda de quatro ou cinco contratações, ainda preciso mudar um pouco o perfil deste elenco do Atlético, para depois testar em campo”, disse Dorival Júnior em entrevista a Rádio Globo.

O treinador atleticano revelou que entre estes quatro reforços, o clube mineiro tem o interesse e negocia a contratação do goleiro Giovanni, ex-Grêmio Prudente, do zagueiro Leonardo Silva, ex-Cruzeiro, o lateral-esquerdo Júnior César, do São Paulo e o volante Rafael Carioca, do Spartak de Moscow.

“Nós temos alguns nomes que foram colocados e dentro destes nomes, estes quatro citados estão sim inseridos, mas não que nós estejamos brigando apenas por eles, temos outros nomes”, destacou Dorival Júnior.

O próximo reforço que será anunciado pelo Atlético deverá ser o goleiro Giovanni. Na última semana, o diretor de futebol alvinegro, Eduardo Maluf revelou que o clube já havia acertado a contratação de um novo camisa 1, mas manteve o nome me sigilo até quarta-feira, quando o elenco atleticano se reapresentará na Cidade do Galo, para a pré-temporada.

Giovanni disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Grêmio Prudente, que foi rebaixado para a segunda divisão. O atleta pertencia ao Marília, cujo vínculo se encerrou no último dia 2. Com isso, o goleiro está livre para negociar com qualquer equipe e será anunciado pelo Atlético.

Outro atleta que está próximo de reforçar o time mineiro é o volante Rafael Carioca, que disputou o último Brasileirão pelo Vasco. O jogador que pertence ao Spartak de Moscou, da Rússia, revelou que já havia acertado a base salarial com o Atlético e aguardava apenas a liberação de empréstimo de mais um ano da equipe russa.

Leonardo Silva estava no rival Cruzeiro na última temporada. Porém, o jogador não renovou o seu contrato. O diretor de futebol atleticano, Eduardo Maluf confirmou que o Atlético tem o interesse no jogador, que seria contratado caso o clube não permaneça com Cáceres e Jairo Campos.

Já Júnior César está no São Paulo e se recupera de lesão no tornozelo. Porém, com a contratação de Juan, ex-Flamengo, o lateral-esquerdo não terá mais espaços na equipe paulista e poderá ser negociado com outro clube.

ICFUT – Fla sobe oferta, propõe contrato mais longo e espera ‘sim’ de Ronaldinho

Fonte: globo.com

Dirigentes têm diversos indicativos de que clube vai levar a melhor na batalha com Grêmio e Palmeiras pelo astro

Ronaldinho Gaúcho pouco depois da chegada ao
Rio, no sábado (Foto: Delson Silva / AgNew)

É com uma proposta chamada de “360 graus”, considerada boa para o Flamengo, para Ronaldinho Gaúcho e para os parceiros envolvidos, que a diretoria rubro-negra tenta concluir o negócio e garantir que a Gávea será a nova casa casa do astro, pelo menos, até a Copa do Mundo do Brasil, em 2014. Neste domingo, entrando pela porta dos fundos do hotel cinco estrelas em que o jogador está hospedado na Barra da Tijuca, os dirigentes do Fla aumentaram a oferta para seduzi-lo.

Apesar da cartada do Palmeiras em uma churrascaria carioca, a diretoria rubro-negra considera o Grêmio o principal concorrente por causa do apelo sentimental. A possível viagem a Porto Alegre nesta segunda-feira preocupa moderadamente. Mas há uma série de fatores que dão quase certeza de que o destino final será o Flamengo. A começar pelos números.

A proposta rubro-negra, que já era superior à dos gaúchos financeiramente, agora se equivale em duração. O acordo, que partia de R$ 30 milhões por 30 meses de contrato (com variáveis como royalties em venda de camisas), subiu para 42 meses (três anos e meio). As cifras podem alcançar um patamar entre R$ 50 e 60 milhões – incluindo o pagamento de um valor menor da rescisão aos italianos. A princípio, o Milan informou que seria preciso desembolsar R$ 17,6 milhões para liberá-lo. No entanto, o Flamengo costura uma redução pesada do valor, que chegaria a pouco menos da metade. O Palmeiras também tem uma proposta interessante, mas há dois contras: jogar em São Paulo não atrai o jogador e o clube paulista esbarra na falta de garantias de que a generosa oferta será cumprida.

Neste domingo, Ronaldinho e seu irmão e empresário, Roberto Assis, receberam a nova proposta rubro-negra, no mesmo hotel que é utilizado pelo Flamengo para as concentrações. O ex-camisa 80 do Milan está hospedado na suíte presidencial 1401 desde a noite de sábado, quando retornou ao Brasil. Foi lá que ele recebeu o técnico Vanderlei Luxemburgo, o diretor de futebol Luiz Augusto Veloso e o vice de finanças Michel Levy. Os três deixaram o encontro otimistas sobre o possível acerto, mas ainda aguardam a resposta.

A Traffic é a grande empresa por trás do negócio e terá direito a explorar a imagem do dentuço neste período. Desta forma, recuperaria o pesado investimento. A Olympikus também está “interessadíssima” no negócio, como revelou uma fonte. A empresa teve um boom nos primeiros seis meses de contrato com o Flamengo, expandiu violentamente a produção, mas teve queda assustadora nas vendas por causa do desempenho do time em 2010. Desta forma, vê a contratação do atleta como uma chance de ouro para impulsionar novamente a venda de camisas. O fornecedor de material esportivo se empenha diretamente e conversa com Assis há algum tempo. Dentre as táticas de sedução há até possibilidade de patrocínio ao Porto Alegre, clube da família, e que disputa a Primeira Divisão do Campeonato Gaúcho.

As amizades de Ronaldinho também pendem para o lado rubro-negro. O dentuço conversou com Vagner Love e Adriano, confirmou a ambos que está “fechado” com o Flamengo e recebeu ótimas referências da grandeza do clube. O Imperador, aliás, brincou (ou nem tanto) e disse que em breve estará de volta para jogar ao lado dele. Os pagodeiros do grupo Revelação, amigos de longa data do astro, também receberam sms pedindo para que se preparem para tocar na festa de apresentação dele no clube carioca.

ICFUT – Técnico do Hoffenheim pede demissão após venda de brasileiro

Fonte: globo.com

Um dos principais responsáveis pelo crescimento do clube, Ralf Rangnick não teria sido consultado sobre transferência de Luiz Gustavo para Bayern

Sem Rangnick e o volante brasileiro Luiz Gustavo,
2011 começa mal para o Hoffenheim (Getty Images)

O torcedor do Hoffenheim que pediu boas notícias na virada do ano foi pego de surpresa no primeiro dia de 2011. Após vender o volante brasileiro Luiz Gustavo, um de seus melhores jogadores, para o Bayern de Munique, o clube também viu o técnico Ralf Rangnick pedir demissão neste sábado.

Segundo o jornal alemão “Bild”, Rangnick e Hoffenheim haviam renovado contrato em maio de 2010, prorrogando o vínculo até junho de 2012. A transferência do jogador, inclusive, teria sido a gota d’água no relacionamento entre o treinador e o dono do clube, Dietmar Hopp. Em 2009, ele havia pedido reforços e até ameaçou sair caso fosse contrariado.

Rangnick é considerado um dos principais nomes da ascensão do Hoffenheim que, desde 2006, acumulou dois acessos e o título do “campeonato de inverno” na temporada 2008/2009.

ICFUT – Presidente-jogador, Rivaldo demite técnico do Mogi Mirim

Fonte: globo.com

Craque dispensa Roberval Davino por não concordar com suas atitudes

No Mogi Mirim, Rivaldo acumula as funções de jogador e presidente do clube (Montagem)

A duas semanas do início do Campeonato Paulista, o Mogi Mirim demitiu o técnico Roberval Davino. O curioso é que o responsável pelo desligamento do treinador foi Rivaldo, que concilia as funções de presidente e jogador do Sapão, apelido do Mogi.

Na noite deste domingo, através do Twitter, Rivaldo divulgou a informação:

– Eu, como presidente do Mogi Mirim, tomei a decisão de dispensar o treinador do Mogi por não concordar com certas atitudes. Estou atrás de outro.

No site do clube, Rivaldo deu maiores explicações:

– Como jogador não posso deixar de reconhecer que ele é um bom profissional, mas como presidente, faltou diálogo. Não podia mais ficar aceitando certas decisões tomadas sem minha participação. O investimento no clube é 100% meu e, no mínimo, mereço participar das decisões. Como presidente, entendo ser necessária esta decisão agora, para não ter que mudar o curso do nosso trabalho durante a competição. Vou correr atrás de um profissional que possa preencher as nossas necessidades e que venha para somar, pois o Mogi Mirim não se resume a uma única pessoa

O primeiro jogo do Mogi no Paulistão será dia 16, diante do São Paulo, em Mogi Mirim.