Por Cleber Aguiar – Riquelme quer Maradona como técnico !

Fonte: Gazetaesportiva.net

Riquelme defende o nome de Maradona como técnico do Boca

Buenos Aires (Argentina)

Maradona e Verónica Ojeda, sua namorada, assistem o ATP Finals de Londres

Afastado dos campos até 2011, o argentino Riquelme amarga o mau momento do Boca Juniors. Além do desfalque do camisa 10, a equipe ainda não definiu seu novo técnico após a demissão de Claudio Borghi na derrota por 1 a 0 diante do maior rival do time, o River Plate, na semana passada. Para a vaga de treinador, o atacante defende a contratação de Diego Maradona, na esperança de ajudar o Boca no Campeonato Argentino.

Ainda que o nome de Julio Cesar Falcioni, atual técnico do Banfield, seja o favorito da diretoria do clube para a sucessor de Borghi, as chances de Maradona, maior ídolo da equipe argentina, ao comando do Boca Junior, são grandes.

“Sou uma pessoa de 32 anos de idade e sei separar as coisas da minha vida”, disse Riquelme. “O presidente do clube é quem decidirá o novo treinador. Se for Maradona, assim será e ele cumprirá seu trabalho como técnico e eu o meu como jogador. Estamos no mesmo barco e a minha esperança é de que as coisas fluam bem”, completou o argentino.

Maradona comandou a seleção da Argentina durante a Copa do Mundo na África do Sul e foi afastado após a derrota por 4 a 0 diante da Alemanha, nas quartas de final da competição. Vale lembrar que Riquelme e Maradona não se falam desde 2008, quando o atacante criticou as convocações do técnico, na ocasião no comando da seleção.

Por Cleber Aguiar -Neymar estrela de minessérie da Globo !

Fonte: FutebolInterior.com.br

Novo popstar? Neymar participa de gravação de minissérie da Globo

esta quarta-feira, o atacante santista foi eleito pela revista VIP o “Homem do Ano”

Santos, SP, 25 (AFI) – O atacante do Santos Neymar está aproveitando a fama para aparecer ainda mais na mídia. Após passar no Rio de Janeiro para uma visita à Soccerex – feira internacional de negócios do futebol -, o jogador participou de uma gravação para a minissérie “Aline”, da Rede Globo.

Não há mais detalhes sobre a participação do jogador na série, que é uma adaptação da tirinha “Aline”, do cartunista brasileiro Adão Iturrusgarai. A estreia do programa na emissora carioca deve acontecer no início de fevereiro de 2011. Ao contrário do que ocorre na tirinha, a Aline interpretada na TV pela atriz Maria Flor não é uma ninfomaníaca e libertina. Embora tenha dois namorados, Pedro (Pedro Neschling) e Otto (Bernardo Marinho), ela possui um perfil mais romântico.

Na agenda de Neymar também estava previsto uma entrevista no “Programa da Xuxa”. A gravação, no entanto, foi adiado porque o meia Paulo Henrique Ganso não viajou par o Rio com o companheiro.

Nesta quarta-feira, o atacante santista foi eleito pela revista VIP, do grupo Abril, o “Homem do Ano”. O jogador estampará a capa da edição de dezembro da revista, vestindo terno e gravata.

ICFUT – Classificação e jogos da Liga dos Campeões 2010/2011.

Links  para jogos ao vivo

https://icfut.wordpress.com/2010/07/23/icfut-links-para-transmissao-dos-jogos-da-serie-a-b/

Destaque da Rodada

Por Edgar Santista – Benzema brilha, e Real confirma a soberania no Grupo G. Milan faz feio

Por ICFUT – Anderson faz o dele e garante o Manchester na liderança do Grupo C

Por Edgar Santista – Sem estrelas, Barcelona joga para o gasto e vence. Copenhague avança

Por Edgar Santista – Na Alemanha, o Werder Bremen mediu forças com um Inter de Milão

Grupo A
   Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Tottenham 11 6 3 2 1 18 11 7 61.1
2  Internazionale 10 6 3 1 2 12 11 1 55.6
3  Twente 6 6 1 3 2 9 11 -2 33.3
4  Werder Bremen 5 6 1 2 3 6 12 -6 27.8
 
Grupo B
   Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Schalke 04 13 6 4 1 1 10 3 7 72.2
2  Lyon 10 6 3 1 2 11 10 1 55.6
3  Benfica 6 6 2 0 4 7 12 -5 33.3
4  Hapoel Tel-Aviv 5 6 1 2 3 7 10 -3 27.8
 
Grupo C
   Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Manchester United 14 6 4 2 0 7 1 6 77.8
2  Valencia 11 6 3 2 1 15 4 11 61.1
3  Rangers 6 6 1 3 2 3 6 -3 33.3
4  Bursaspor 1 6 0 1 5 2 16 -14 5.6
 
Grupo D
   Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Barcelona 14 6 4 2 0 14 3 11 77.8
2  Copenhague 10 6 3 1 2 7 5 2 55.6
3  Rubin Kazan 6 6 1 3 2 2 4 -2 33.3
4  Panathinaikos 2 6 0 2 4 2 13 -11 11.1
 
Grupo E
   Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Bayern Munique 15 6 5 0 1 16 6 10 83.3
2  Roma 10 6 3 1 2 10 11 -1 55.6
3  Basel 6 6 2 0 4 8 11 -3 33.3
4  Cluj 4 6 1 1 4 6 12 -6 22.2
 
Grupo F
   Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Chelsea 15 6 5 0 1 14 4 10 83.3
2  Olympique de Marselha 12 6 4 0 2 12 3 9 66.7
3  Spartak Moscou 9 6 3 0 3 7 10 -3 50.0
4  Žilina 0 6 0 0 6 3 19 -16 0.0
 
Grupo G
   Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Real Madrid 16 6 5 1 0 15 2 13 88.9
2  Milan 8 6 2 2 2 7 7 0 44.4
3  Ajax 7 6 2 1 3 6 10 -4 38.9
4  Auxerre 3 6 1 0 5 3 12 -9 16.7
 
Grupo H
   Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Shakhtar Donetsk 15 6 5 0 1 12 6 6 83.3
2  Arsenal 12 6 4 0 2 18 7 11 66.7
3  Braga 9 6 3 0 3 5 11 -6 50.0
4  Partizan 0 6 0 0 6 2 13 -11 0.0
Legenda

PG – Pontos Ganhos | JG – Jogos Disputados | VI – Vitórias | EM – Empates
DE – Derrotas | GP – Gols Pró | GC – Gols Contra | SG – Saldo de Gols
%A – Porcentual de Aproveitamento de Pontos

Por Cleber Aguiar – Imprensa internacional critica segurança no Brasil !

Fonte: Futebolinterior.com.br

Imprensa internacional critica segurança brasileira para Copa e Olimpíadas

Desde publicações na América do Norte, e passando pela Europa, o assunto é sempre o mesmo

Campinas, SP, 24 (AFI) – Parece que os incidentes no Rio de Janeiro mostram que a segurança no Brasil está longe de ser eficiente. Com eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas a caminho, esse assunto deveria ser tratado de forma mais responsável, e como isso não é feito, a imprensa internacional tratou de mostrar ao mundo o que anda ocorrendo da Cidade Maravilhosa.

Desde publicações na América do Norte, e passando pela Europa, o assunto é sempre o mesmo: A capacidade do Brasil de se organizar para realizar os eventos esportivos. Abaixo, o Portal Futebol Interior fez um apanhado das principais notícias ao redor do mundo. BBC – Inglaterra
Copa do Mundo com MedoLeia a notícia
“Correspondentes dizem que a última onda de violência aumentou ainda mais dúvidas sobre a capacidade do Rio sediar a segurança da Copa do Mundo e Jogos Olímpicos de 2016”

CNN – Estados Unidos
22 mortos e preocupação com a CopaLeia a notícia
“As autoridades estão preocupadas com a criminalidade no Brasil e comno o país se prepara para a Copa 2014 e as Olímpidas de 2016…”

El País – Espanha
Traficantes desafiam Rio de Janeiro
Leia a notícia

“Todos acontecimentos mostram apenas como o município trabalha para a Copa de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016”

Guardian – Inglaterra
Polícia carioca investe contra crime na favela
Leia a notícia

“Com tiroteios por todos os lados, a cidade olímpica de 2016 teve muitos carros queimador…”

ICFUT – Goiás é finalista da Copa Sulamericana 2010!

Fonte: Diário da Manhã – GO

Alviverde vence e chega à final inédita

25 de Novembro de 2010 | Por: Guilherme Gonçalves – Esporte

Dramática e decidida nos detalhes. Assim foi a heroica vitória do Goiás, que bateu o Palmeiras por 2 a 1, de virada, ontem, no Pacaembu e entrou para a história. Com gol do zagueiro Ernando aos 36 minutos da etapa final, o alviverde goiano fez valer o critério de gol fora de casa e avançou à final inédita da Copa Sul-Americana.

Pela quarta vez o Goiás reverteu resultado adverso e saiu classificado – já havia desbancado Grêmio, Peñarol e Avaí fora de casa. Agora, espera contronto entre Independiente e LDU, hoje, às 21:30, para conhecer o adversário da final. Se for campeão, o clube garante vaga na Libertadores de 2011 e se iguala a Criciúma, Santo André e Paulista, únicos clubes que disputaram o torneio continental e a Série B no mesmo ano.

Com apoio de mais de 36 mil torcedores, o Palmeiras foi melhor na etapa inicial. Logo aos 6 minutos, Danilo avançou pela intermediária, teve liberdade, mas bateu por cima do gol. Aos 12, Tinga arriscou de fora da área e acertou uma bomba, que explodiu na trave direita de Harlei.

Aos 18, Lincoln recebeu de Kléber na entrada da área, girou sobre a marcação e bateu rasteiro para defesa do goleiro esmeraldino. Três minutos depois, Douglas, muito mal na partida, dominou errado na intermediária e deixou nos pés de Luan. O atacante avançou, invadiu a área e bateu cruzado. Harlei fez boa defesa.

A primeira boa chegada do Goiás aconteceu apenas aos 22 minutos. Rafael Moura tabelou com Otacílio Neto na intermediária e arriscou de longe. A bola explodiu no travessão e levou perigo ao gol de Deola. O goleiro palmeirense voltou a fazer boa defesa em chute de Otacílio Neto, aos 27.

Quando o Goiás ameaçava igualar as ações ofensivas, o Palmeiras respondeu com duro golpe. Aos 33, após ótimo lançamento de Edinho, Luan avançou nas costas de Douglas e bateu cruzado à meia altura para abrir o placar e fazer explodir o Pacaembu lotado. Palmeiras, 1 a 0.

O gol de empate saiu nos acréscimos do primeiro tempo, aos 47, e teve origem em lance de bola parada. Marcelo Costa cobrou falta com categoria e acertou o travessão de Deola. Na sequência, a bola continuou viva na área palmeirense e Rafael Moura conseguiu escorar para Carlos Alberto que, de cabeça, mandou para o fundo das redes e igualou o placar: 1 a 1.

O segundo tempo começou com modificação no Goiás, que voltou do intervalo com três atacantes. Irritado com a má atuação de Douglas, o técnico Artur Neto sacou o lateral e promoveu a entrada de Felipe. Carlos Alberto, então, passou a atuar na ala direita e Marcelo Costa foi recuado.

A mudança levou o alviverde goiano ao ataque em busca da virada. Aos cinco minutos, escanteio mal cortado pela zaga palmeirense e chute de Felipe defendido por Deola. Um minuto depois, cabeceio de Marcão rente à trave. Aos 16, Felipe cruzou para Rafael Moura, que cabeceou fraco.

Enquanto o Goiás pressionava, mas não conseguia ser incisivo, o Palmeiras buscava contra-ataques mas parava na boa atuação do trio de zaga formado por Rafael Toloi, Ernando e Marcão.

O gol da classificação saiu aos 36 minutos. Felipe lançou Marcão na linha de fundo e o zagueiro cruzou na segunda trave. Rafael Moura escorou para Ernando que, de cabeça, empurrou para o fundo das redes e colocou o Goiás na final da Copa Sul-Americana.

Ficha Técnica

Palmeiras: Deola; Márcio Araújo, Maurício Ramos, Danilo e Gabriel Silva; Edinho, Marcos Assunção, Tinga (Ewerthon) e Lincoln (Dinei); Luan e Kléber; Técnico: Felipão

Goiás: Harlei; Rafael Toloi, Ernando e Marcão; Douglas (Felipe), Amaral, Carlos Alberto, Marcelo Costa e Wellington Saci; Rafel Moura (Valmir Lucas) e Otacílio Neto (Jonílson); Técnico Artur Neto

Local: Pacaembu – São Paulo
Horário: 21h50
Árbitro: Heber Roberto Lopes (FIFA/PR)
Assistentes: Altemir Hausmann (FIFA/RS)) e Alessandro Rocha de Matos (FIFA/BA)
Gols: Luan aos 33 e Carlos Alberto aos 47 minutos do 1º tempo; Ernando aos 36 minutos do 2º tempo
Cartões Amarelos: Douglas, Marcão e Carlos Alberto (Goiás)
Público: 36.410 (total)
Renda: R$ 711.429,00

Fonte: O Estado de São Paulo

Palmeiras dá vexame e cai na Sul-Americana

Equipe paulista leva a virada do Goiás dentro do Pacaembu lotado, vê sonho da vaga na Libertadores acabar e fica com o futuro incerto para a próxima temporada

ANDRÉ RIGUE – estadão.com.br

Fracasso! Uma palavra resume toda a temporada do Palmeiras, que terminou na noite desta quarta-feira de forma vexatória. Em jogo dramático no estádio do Pacaembu lotado, o alviverde paulista foi derrotado pelo rebaixado Goiás por 2 a 1 e acabou eliminado na semifinal da Copa Sul-Americana. O time esmeraldino agora pegará o ganhador do confronto entre Independiente e LDU, que se enfrentam na noite desta quinta-feira. No primeiro duelo, vitória do time equatoriano por 3 a 2.

Paulo Pinto/AE
Paulo Pinto/AE
Torcedoras choram com eliminação do Palmeiras

A derrota no Pacaembu compromete todo o futuro do Palmeiras, que dava como certa a vaga na final da Sul-Americana – havia vencido o primeiro jogo por 1 a 0 no Serra Dourada. Com a vida política fervendo (eleições acontecerão em janeiro), o alviverde paulista terá de se reorganizar todo para a próxima temporada. Até mesmo a manutenção do técnico Luiz Felipe Scolari está indefinida devido ao seu alto salário.

Nesta quinta-feira, Luiz Gonzaga Belluzzo deve retornar ao cargo de presidente no lugar de Salvador Hugo Palaia. Os dirigentes devem se reunir para discutir o que fazer para 2011. O time não tem mais chances de classificação no Brasileirão e deve escalar os reservas diante do Fluminense neste domingo em Barueri.

Dentro de campo. Apesar da eliminação, o Palmeiras começou um pouco melhor na partida. Felipão pediu para o time sufocar o Goiás desde os primeiros minutos. Com o apoio da torcida, o alviverde se lançou ao ataque. Aos 13 minutos do primeiro tempo, Tinga recebeu bola de Kléber e soltou uma bomba. Harlei deu um leve desvio e a bola bateu na trave direita.

O Palmeiras quase abriu o marcador aos 18 minutos do primeiro tempo com Lincoln, que arriscou chute de fora da área, mas parou na defesa de Harlei. O Goiás também deu sustos e mandou uma bola no travessão de Deola quatro minutos depois, em chute de Rafael Moura.

Somente aos 34 minutos do primeiro tempo o Palmeiras conseguiu abrir o marcador. Em bela jogada, o volante Edinho fez lançamento preciso para o atacante Luan. O camisa 21 invadiu a área em velocidade e soltou uma bomba, em chute cruzado. Harlei pulou, mas a bola morreu no fundo das redes e fez o Pacaembu explodir.

Os torcedores do Palmeiras esperavam uma tranquilidade maior após o gol. Porém o Goiás conseguiu empatar aos 47 minutos do primeiro tempo. Em cobrança de falta, Marcelo Costa acertou a trave. A zaga do alviverde cochilou, a bola retornou à área e Carlos Alberto completou para o gol. A bola bateu em Tinga e enganou Deola.

Empolgado com o gol, o técnico Arthur Neto foi para o ataque no segundo tempo e colocou o atacante Felipe na vaga de Douglas, abrindo mão do esquema com três zagueiros. A mudança fez o Palmeiras recuar e o Goiás levou muito perigo nos primeiros 15 minutos da etapa final em cruzamentos na área. A zaga palmeirense teve dificuldades para se restabelecer.

Os jogadores do Palmeiras também ficaram nervosos e passaram a cometer mais erros na etapa final. Aos 30 minutos, Lincoln levantou a bola na área e a zaga do Goiás se atrapalhou. Kléber pegou o rebote, dominou e teve espaço para bater. Mas o atacante não pegou bem e a bola foi à esquerda de Harlei.

O que os palmeirenses tanto temiam aconteceu aos 37 minutos da etapa final. Em cruzamento de Marcão pela linha de fundo, Rafael Moura tocou de cabeça e Ernando completou para o fundo das redes em liberdade. Um gol que fez os palmeirenses no estádio gritarem em coro ao final do jogo: “time sem vergonha”.

Hoje sai o segundo finalista !

Independiente-ARG
x
25/11 – 22h30
LDU-ECU

Semifinal

1ª RODADA
17/11 – 21h50 Goiás-BRA 0 x 1 Palmeiras-BRA
18/11 – 22h30 LDU-ECU 3 x 2 Independiente-ARG
2ª RODADA
24/11 – 21h50 Palmeiras-BRA 1 x 2 Goiás-BRA
25/11 – 22h30 Independiente-ARG x LDU-ECU

ICFUT – Giuliano recebe prêmio de melhor da Libertadores 2010 !

Fonte: Gazetaesportiva.net

Melhor da Libertadores, Giuliano recebe troféu das mãos de Verón

Assunção (Paraguai)

Talismã do Colorado revelou idolatria por Verón

Eleito o melhor jogador da Copa Libertadores 2010, o meio-campista Giuliano, campeão do torneio com o Internacional, recebeu das mãos do argentino Juan Sebatián Verón o troféu oferecido pela Conmebol pelo feito, em cerimônia realizada no Paraguai, em Assunção.

Defendendo as cores do Estudiantes, Verón faturou o prêmio em 2009. Um ano antes, o equatoriano Guerrón foi o primeiro homegeado, ao ser eleito destaque da disputa que terminou com o título da LDU, clube defendido pelo atual atacante do Atlético-PR.

Curiosamente, o Estudiantes de Verón teve parcela fundamental para o título do Inter e para a carreira de Giuliano. Nas quartas de final, a vitória por 2 a 0 em Quilmes dava a vaga aos argentinos até que o jovem colorado diminuiu a diferença e classificou o time brasileiro, quando a partida já se encaminhava para o final. Na ida, o Inter havia vencido por 1 a 0, no Beira-rio.

Por situações como esta, Giuliano se tornou uma espécie de talismã da equipe gaúcha, pois costumava sair do banco de reservas para decidir as partidas. Foram seis gols durante a campanha vitoriosa, sendo dois deles nos confrontos contra o Chivas, na decisão.