Por Eder – Timão segue inovando e será o primeiro do país a ter Stewards no estádio


FONTE: Agência Corinthians

A valorização do espetáculo nos estádios de futebol é cada vez mais frequente na pauta dos grandes clubes do Brasil, até porque a eminente Copa do Mundo de 2014 movimenta todo o setor. Com isso, a ProFootball, consultoria em gestão esportiva, e a empresa inglesa Akona, trouxeram ao Brasil uma tendência forte nos estádios da Europa, o Steward.
“O Steward é um tipo de profissional muito comum nos estádios de outros países, principalmente na Europa. A figura do Steward pressupõe um profissional que lide diretamente com o público do espetáculo, atuando em duas frentes básicas de trabalho: segurança e atendimento ao público. O objetivo é que o Steward sempre aja de uma forma pró-ativa, diplomática e educada, estando sempre atento aos acontecimentos durante o evento”, revelou Felipe Drago, um dos sócios da ProFootball.

O Sport Club Corinthians Paulista sai na frente e será o primeiro grande clube do Brasil a receber o treinamento de 15 dias ministrado pela ProFootball e Akona, que utilizam a metodologia de treinamento já aplicada com sucesso no estádio do Chelsea FC, no estádio de Wembley, e no programa de treinamento de voluntários para os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres. O treinamento consiste em formar os Stewards para atuarem nos jogos do Corinthians, mas os formandos estarão aptos também a atuarem em qualquer estádio de futebol e outros eventos de grande porte. Ao final do curso, os alunos receberão um certificado internacional que os possibilitará trabalharem como Stewards em diversas áreas.

O treinamento inicia nesta segunda-feira, 15 de novembro, nas instalações do Parque São Jorge e prossegue até o final do mês. A certificação será auditada pela empresa Edexcel, que enviará um profissional ao Brasil exclusivamente para acompanhar o treinamento no Corinthians. A intenção da Profootball não é repetir exatamente o sistema utilizado na Europa, onde somente os Stewards fazem a segurança dentro do estádio, mas sim adaptá-lo ao Brasil junto ao mandante dos jogos com uma atuação conjunta com a Polícia Militar, que continuaria a responsável pela segurança, mas teria osStewards como auxílio nas demais atividades que hoje são realizadas por eles.

Outros benefícios em relação aos Stewards foram apontados por Drago. “Se considerarmos o fato que nos próximos 6 anos teremos dois eventos de grande magnitude no Brasil (Copa do Mundo e Olimpíadas), concluímos logicamente que precisaremos estar prontos para não apenas mostrar grandes estádios, mas também ótimos níveis de serviço para torcedores que virão de todas as partes do mundo. No entanto, esse caminho tende a ser muito favorável para clubes, federações e todos os envolvidos no espetáculo futebol, principalmente pelo fato de os Stewards elevarem os níveis de serviço dentro do estádio, e consequentemente aumentarem o valor do espetáculo. Com isso, mais torcedores comparecem aos jogos e mais renda os clubes arrecadam. Sem falar ainda no legado deixado, preparando profissionais com melhor formação e com mais possibilidades de renda”, enfatizou.

A Profootball é a representante no Brasil da Akona, empresa que atua na Europa e principalmente no Reino Unido oferecendo treinamento em segurança e gerenciamento de Stewards para grandes eventos. Sua lista de eventos esportivos efetuados com sucesso passa por grandes nomes como Chelsea FC, Fulham FC, Everton FC, Chalrton AFC, Leyton Orient Football Club, Barnet FC e Estádio Oval Cricket, além do programa de desenvolvmento de voluntários para as Olimpíadas e Paraolimpíadas de Londres em 2012.

A princípio, o projeto começará com o Corinthians, mas o público-alvo do treinamento é bem mais abrangente, envolvendo além de clubes de futebol, federações, complexos esportivos, empresas de segurança e mão-de-obra, e também profissionais autônomos.

 

Por Eder – Rodada termina com Timão isolado na liderança

FONTE: Agência Corinthians

Ao final da 35ª rodada do Brasileirão 2010, o Corinthians aparece isolado na liderança da competição, com 63 pontos ganhos, um a mais que o vice-líder Fluminense e três a mais que o Cruzeiro, terceiro colocado.
Após vencer o Cruzeiro por 1 a 0 neste sábado, no Pacaembu, com um gol de Ronaldo, o Timão ficou torcendo por um tropeço do Fluminense diante do Goiás, ontem, no Rio de Janeiro. E foi o que aconteceu: 1 a 1.

Agora o Corinthians depende só das suas próprias forças para conquistar seu quinto título do Brasileirão. Para que isso aconteça, o alvinegro precisa vencer seus três últimos jogos contra Vitória (fora), Vasco (em casa) e Goiás (fora)