ICFUT – Namorada de Casillas torce para o Atlético de Madri .

Fonte:Futebolinterior.com.br

Namorada de boleiro, musa do jornalismo revela torcer para rival de seu “amor”

Sara Carbonero já havia criado polêmica, ao declarar que Cristiano Ronaldo era uma pessoa difícil

Campinas, SP, 20 (AFI) – A bela jornalista espanhola Sara Carbonero mais uma vez se meteu em uma polêmica. Namorada do goleiro e capitão do Real Madrid-ESP, Iker Casillas, causou furor na imprensa da Espanha ao dizer que seu time do coração é o Atlético de Madrid.

Resta saber, agora, como as torcidas dos dois clubes vão lhe dar com a situação. Até porque a musa é repórter esportiva, torce para o arquirrival…

Será que haverá mais um caso de espionagem no futebol? Será que vai a vida vai imitar a arte mais uma vez e teremos um caso semelhante ao filme Senhor e Senhora Smith?

Brincadeiras à parte, o fato é que a beldade tem colocado Casilla em “saia justa”. Ela já havia criado polêmicao, ao declarar que Cristiano Ronaldo era uma pessoa difícil e o Real Madrid sabia disso quando o contratou.

A afirmação obrigou o goleiro da seleção espanhola a se retratar em público, explicando que não conta nada sobre os bastidores do clube com a noiva.

Veja video da reporter !


Por Cleber Aguiar – Hoje tem Avaí pela Sulamericana 2010

Fonte: Diário Catarinense

Avaí faz treino descontraído antes de enfrentar Emelec pela Sul-Americana

Técnico Vagner Benazzi deve entrar no jogo desta quinta com força máxima

Jean Balbinotti | jean.balbinotti@diario.com.br

O clima de descontração invadiu o Estádio da Ressacada nesta quarta, no último treino antes da partida contra o Emelec, nesta quinta, às 20h15min. Para avançar na Copa Sul-Americana e chegar às quartas de final da competição, o time precisa vencer os equatorianos por 1 a 0. Placar igual ao jogo de ida, em Guayaquil (2 a 1), leva a decisão para os pênaltis.

Os jogadores promoveram algumas brincadeiras atrás de um dos gols enquanto aguardavam a entrada do técnico Vagner Benazzi. Junto deles, com o semblante mais sereno, estava o presidente João Nilson Zunino e o empresário Luiz Alberto de Oliveira, parceiro do clube.

Embora o Leão não esteja passando por um bom momento no Brasileiro, é consenso entre comissão técnica e atletas que uma vitória sobre o Emelec pode servir de estímulo para o jogo decisivo contra o Goiás, no domingo, fora de casa.

— A gente está vendo a partida como uma decisão. Queremos vencer na Sul-Americana, mas não esquecendo do Brasileiro. Vamos focar nos dois campeonatos e uma vitória amanhã (quinta) sobre o Emelec vai nos dar um ânimo a mais — disse o zagueiro e capitão Emerson.

Benazzi ainda não divulgou a equipe que vai enfrentar os equatorianos, mas tudo indica que ele vá usar força máxima neste jogo.

Por Cleber Aguiar – Lista dos melhores treinadores !

Fonte: Futebolinterior.com.br

IFFHS divulga lista de melhores técnicos do mundo. Felipão é o sexto!

Ricardo Gomes, Dunga e Jair Picerni também estão na lista de melhores

Campinas, SP, 20 (AFI) – A Federação de História e Estatísticas de Futebol (IFFHS), divulgou nesta quarta-feira uma lista com os melhores técnicos desta década, a primeira do século XXI. O único brasileiro a figurar é Luiz Felipe Scolari, na sexta colocação.

A lista é liderada por Arsene Wenger, que comanda o Arsenal, e é natural da França. Ele está seguido por Alex Ferguson, do Manchester United, José Mourinho, atual Real Madrid, e Guus Hiddink, que atualmente dirige a Seleção da Turquia. A lista ainda tem o brasileiro Carlos Alberto Parreira, na 14ª colocação, e o ex-técnico da Seleção Brasileira, Dunga, que está em vigésimo. Zico aparece em 35° e Muricy Ramalho em 40°.

Confira a lista dos técnicos e os principais brasileiros:
Posição – Nome – País – Colocação

1º – Arsène Wenger – França – 142
2º – Alexander Ferguson – Escócia – 133
3º – José Mourinho – Portugal – 115
4º – Guus Hiddink – Holanda – 112
5º – Fabio Capello – Itália – 106
6º – Luiz Felipe Scolari – Brasil – 101
7º – Rafael Benítez – Espanha – 97
8º – Carlo Ancelotti – Itália – 92
9º – Marcello Lippi – Itália – 88
10º – Marcelo Bielsa – Argentina – 86
11º – Franklin Rijkaard – Holanda – 80
12º – Sven-Göran Erikisson – Suécia – 79
13º – Karel Brückner – República Tcheca – 76
14º – Carlos Alberto Parreira – Brasil – 65
14º – Vicente Del Bosque – Espanha – 65
16º – Otto Rehhagel – Alemanha – 61
17º – Ottmar Hitzfeld – Alemanha – 58
18º – Carlos Bianchi – Argentina – 53
19º – Dunga – Brasil – 50
19º – Gerard Houllier – França – 50
35º – Zico – Brasil – 29
40º – Muricy Ramalho – Brasil – 27
45º – Vanderlei Luxemburgo – Brasil – 24
60º – Jorvan Vieira – Brasil – 18
74º – Abel Braga – Brasil – 15
78º – Paulo Autuori – Brasil – 14
94º – Emerson Leão – Brasil – 11
94º – Jair Picerni – Brasil – 11
101º – Tite – Brasil – 10
108º – Alexandre Borges Guimarães – Brasil/CostaRica – 9
122º – Joel Santana – Brasil – 6
145º – Ricardo Gomes – Brasil – 3

Opinião Cleber Aguiar ICFUTEntão cadê o Dorival Junior ex-Santos e o Mano Menezes da seleção ?

Outra coisa, Rogério Ceni também faltou nessa lista você não acha ROGERINHO ?

ICFUT – O Corinthians de Tite !

Fonte: O Estado de São Paulo

Corinthians de Tite: nem a cauteala de Mano, nem a ousadia de Adilson

Novo treinador do clube promete time equilibrado para chegar ao título do Brasileirão

RAFAEL VERGUEIRO – Estadão.com.br

SÃO PAULO – O Corinthians experimentou duas formas diferentes de jogar neste Campeonato Brasileiro. Até a 11.ª rodada, quando era comandado por Mano Menezes, o time era cauteloso, e privilegiava o sistema defensivo. Depois, quando Adilson Batista assumiu, o esquema foi mudando aos poucos e a equipe ficou mais ofensiva, porém menos segura na defesa.

Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE
Tite quer aumentar aproveitamento da equipe na reta final


Agora, a missão do técnico Tite, que assume o Corinthians nas oito rodadas finais para tentar o título, é buscar o equilíbrio. E ele está ciente deste desafio. “O que pretendemos é ter um futebol equilibrado, com consciência defensiva, mas sem abrir mão de ser agressivo”, declarou.

Tite acredita que, para o Corinthians faturar o Brasileirão, terá que conseguir um aproveitamento final entre 65% e 68%. Hoje, o alvinegro tem 56%, e ocupa a terceira colocação, com 50 pontos, quatro a menos do que o líder Cruzeiro. “Mas o importante é rodada a rodada ir buscando se aproximar da ponta”.

O treinador promete um esquema simplificado nesta reta final da competição nacional. No entanto, não descarta algumas mudanças no esquema que vinha sendo utilizado. “O 4-231 é o mais utilizado aqui, deve ser mantido, mas em alguma coisa podemos mexer”.

A estreia de Tite será quente, justamente contra o arquirrival Palmeiras, em confronto marcado para o próximo domingo, às 16 horas no Pacaembu. O resultado positivo é fundamental para o Corinthians seguir na luta pelas primeiras posições.

Tite só deseja o ‘Corinthians de volta’

Técnico diz trabalhar ara time retomar futebol da época em que era líder. E, no início, dá prioridade à recuperação da defesa

Fábio Hecico – O Estado de S.Paulo

Administrar bem a posse de bola e não ter vergonha de recuá-la para o goleiro nos momentos mais difíceis. O primeiro dia de trabalho de Tite no Corinthians, ontem, mostrou um pouco como será sua equipe. Em 50 minutos de um treino conhecido por “dois toques”, com espaço e campo reduzidos, o treinador pediu aos times, com 10 jogadores cada, que corressem bastante e mostrassem agilidade na hora de encontrar um companheiro mais bem posicionado.

“Meu time terá consistência defensiva sem abrir mão de ser ofensivo”, garantiu, sem, contudo, divulgar a escalação para o clássico de domingo, contra o Palmeiras, no Pacaembu. No primeiro treino, atenção especial apenas com o atacante Iarley, com quem conversou por cerca de cinco minutos.

A velocidade, com toques rápidos e força atrás, foi característica observada pelo treinador antes de embarcar para os Emirados Árabes, há pouco menos de dois meses. Resgatar esse futebol será sua missão nas oito decisões – ou “oportunidades, não desafios” -, observou Tite. A rodada final do Brasileiro será em 5 de dezembro. “Há dois meses, era a (equipe) mais consistente do futebol brasileiro, grande favorita ao título. Passou algum tempo e se perdeu. Retomar é o primeiro passo para ambicionar o título”, discursou. Como? “O time joga no 4-3-3 já há algum tempo, podemos utilizar três zagueiros ou o losango no meio. São várias as possibilidades, e minha busca é simplificar as situações.”

No clássico, Tite deve optar pela formação que mais se aproxima do Corinthians que vinha na ponta no início do campeonato. A defesa será a considerada ideal e o quadrado do meio deve voltar a atuar junto após 11 rodadas, com Ralf, Jucilei, Elias e Bruno César. Restaria a definição, apenas, do companheiro de Ronaldo, muito provavelmente Iarley. “O Ronaldo tem grande capacidade técnica, é definidor, o jogador que faz a diferença. Por isso, é preciso todo o cuidado para tê-lo em totais condições. Esperamos contar com ele nos oito jogos.”

Nas contas de Tite, o campeão terá entre 65% e 68% de aproveitamento. Para se aproximar desse número, restando oito rodadas para o fim, o Corinthians terá de ganhar todas as partidas – chegará, assim, a 64,9%.

Por Silvana – Com saldo zero, Tricolor trabalha desequilíbrio entre defesa e ataque

Equipe evolui na tabela do Brasileiro, mas sabe que precisa resolver o problema do número de gols sofridos para se acertar de vez

Fonte: Globo Esporte

O São Paulo está em um momento favorável desde que Paulo César Carpegiani assumiu o comando do time no Brasileiro. Em três jogos, o treinador acumulou três vitórias, e agora o clube está em nono lugar, com 44 pontos, a apenas dois do primeiro time na zona de classificação para a Libertadores. Mas, curiosamente, mostra desequilíbrio nos números: sofreu 43 gols na competição e fez os mesmos 43, com saldo zero. Com o crescimento visível, os jogadores esperam agora melhorar este aspecto.

– Em um campeonato como esse o time precisa de saldo, temos que diminuir essa margem. O Carpegiani está tentando acertar a parte defensiva, principalmente agora que temos um time mais ofensivo. Lá na frente podemos precisar desse saldo. O time está mais aberto, agressivo, e isso acaba dando espaço. Mas é possível corrigir logo, até porque ninguém gosta de ficar sofrendo gols – analisou Rodrigo Souto.

Fernandinho concorda que o fato de o Tricolor estar jogando com uma formação bastante ofensiva, com ele e Lucas na criação, e Dagoberto e Ricardo Oliveira na frente, contribui para que o time sofra mais gols.

– Esta compactação entre defesa e ataque significa uma nova fase, e gera desequilíbrio. O São Paulo está acostumado a tomar poucos gols, mas creio que em pouco tempo o time vai melhorar e subir na tabela – ressaltou o atacante.

O Tricolor terá desfalques de três jogadores de defesa no duelo com o Ceará, neste domingo, em Fortaleza: Alex Silva, Jean e Richarlyson, que estão suspensos. Mas Souto acha que a equipe conseguirá se adaptar com Xandão ao lado de Miranda, Renato Silva na lateral direita, e Diogo na esquerda.

– É difícil, até porque são jogadores de qualidade, e há muito tempo não conseguíamos colocar o mesmo time em campo por lesões e cartões. Mas é nesse momento que temos que mostrar a força do grupo – acrescentou Souto.

Por Cleber Aguiar – Escândalo da FIFA ( Sujeira no Futebol )

Fonte: O Estado de São Paulo

Blatter enfreta sua maior crise á  frente da FIFA !

Escândalo provoca punição de 6 dirigentes

Indícios de corrupção levam à suspensão de cartolas. Espanha e Catar são suspeitos de troca de votos

Jamil Chade ENVIADO ESPECIAL / ZURIQUE – O Estado de S.Paulo

Os dirigentes do futebol campeão do mundo, a Espanha, são alvos de uma investigação sem precedentes na Fifa e que está abalando as estruturas da entidade. O Catar e a candidatura conjunta da Espanha-Portugal são os suspeitos de terem fechado um acordo ilegal para a transferência de votos para garantir-lhes as Copas de 2018 e 2022. Ontem, a entidade suspendeu temporariamente dois dos 24 membros do Comitê Executivo diante do mais grave escândalo de corrupção em décadas, além de quatro altos cartolas da Fifa que deram conselhos para se pagar propinas.

Mesmo assim, o presidente da entidade, Joseph Blatter, insistiu que a Fifa não tem nenhuma responsabilidade e os atos são individuais. Irritado e visivelmente atordoado por causa da maior crise de seus 35 anos na Fifa, Blatter se recusou a responder a perguntas. Declarou que a Fifa “não é uma entidade corrupta”.

A entidade ainda insistiu que manterá o dia 2 de dezembro como data para a escolha das próximas sedes dos Mundiais. “Não há uma discussão de adiar voto ou mudar modelo de votos”, afirmou o secretário-geral Jérome Valcke, garantindo que a eleição continuará secreta.

A ideia era manter em total sigilo o nome dos países envolvidos. Mas, achando que seu microfone estava desligado durante uma entrevista coletiva, Valcke pronunciou o nome do Catar a um colega ao seu lado. Ao perceber a escorregada, tentou desconversar. Mas seu desespero era evidente. “São apenas rumores e não temos provas ainda. Vamos ver se eles são verdadeiros”, disse, admitindo, porém, que os países implicados poderiam ser suspensos. “Não podemos falar nada sobre o assunto”, afirmou Claudio Sulser, presidente do Comitê de Ética.

A alegação recebida pela entidade seria um situação complicada para a Fifa. Afinal, nunca nenhuma candidatura foi suspensa e, pior, a atual tocaria diretamente a Espanha, atual campeã do mundo. A Fifa enviou uma carta aos países que concorrem a sede das Copas de 2018 e 2022 alertando que a troca de votos é proibida. Além das duas candidaturas investigadas, as outras são Inglaterra, Holanda-Bélgica, Rússia, Estados Unidos, Japão, Coreia do Sul e Austrália.

O Estado apurou que as alegações secretas recebidas pela entidade são de que Espanha e Catar poderiam ter fechado um acordo no sentido de trocar apoio. Para 2018, quando a Copa ficaria na Europa, o Catar se comprometeria a levar para a Espanha os três votos asiáticos no Comitê Executivo. Em troca, a Espanha conseguiria para o Catar em 2022 os quatro votos da América do Sul – e seu próprio.

Por enquanto, a única decisão tomada é a suspensão por unanimidade de dois membros do Comitê filmados pelo jornal Sunday Times negociando a venda de seus votos por valores entre R$ 1,5 milhão e R$ 3,6 milhão. Os implicados são o vice-presidente da Fifa, Reynald Temarii, e o nigeriano Amos Adamu. Até o dia 15 a ideia é tomar uma medida final antes da votação que ocorrerá no dia 2 de dezembro.

“Não é um dia feliz. É um dia triste para o futebol. Mas num jogo não há como ter apenas comportamentos exemplares”, disse Blatter. Colocando-se acima de qualquer suspeita, o cartola suíço prometeu defender o futebol. “É meu dever proteger o futebol e a Fifa dos diabos”, afirmou. “Apelo para que todos atuem de forma honesta”, disse. “Mas fico surpreso com a questão de dizerem que a Fifa é uma entidade corrupta.”

Defesa. Valcke insistiu em separar a Fifa dos casos de corrupção. “Não estamos falando da instituição. Se um indivíduo é corrupto, não quer dizer que a entidade é corrupta. Se não, toda a sociedade é corrupta.”

Os dirigentes suspensos são Slim Aloulou, Amadou Diakite, Ahongalu Fusimalohi e Ismael Bhamjee, todos com postos de alta responsabilidade na entidade – e do Comitê de Arbitragem. Nas entrevistas gravadas pelo Sunday Times, sugeriram que candidatos paguem propinas para garantir uma vitória. “Há muita tentação aqui e há muitos interesses em jogo”, disse Sulser.

Entidade tenta desviar a atenção do nebuloso caso

O escândalo de corrupção fez a Fifa se blindar e tentar desviar a atenção. Primeiro, permitiu a entrada no prédio apenas de pessoas que tivessem suas digitais eletronicamente reconhecidas. Normalmente, o local é liberado para visita de turistas.
Outra estratégia foi anunciar ontem que a entidade aceitou “reexaminar” a introdução da tecnologia para detectar se uma bola cruzou ou não a linha do gol. Há seis meses, rejeitara o plano, alegando que a inclusão de um chip na bola era custoso demais e não havia garantias de que o sistema funcionasse.

África do Sul também teria sofrido com venda de votos

Gravações entregues por jornal britânico revelam que esquema funcionou também para a escolha da sede da Copa de 2010

Jamil Chade ENVIADO ESPECIAL / ZURIQUE – O Estado de S.Paulo

ZURIQUE
Uma nova avalanche de denúncias é feita sobre a compra de votos para a escolha das sedes da Copa do Mundo. As gravações entregues à Fifa pelo jornal Sunday Times revelam que a compra de votos também teria ocorrido em 2004, quando a África do Sul foi escolhida para organizar o Mundial de 2010.
Reynald Temarii, vice-presidente da Fifa, confirmou nas conversas, gravadas sem que ele soubesse, que três membros do Comitê Executivo da entidade, de origem africana, receberam cada um US$ 250 mil para votar contra a candidatura do país de Nelson Mandela e apoiar Marrocos. Ele não diz quem teria pago, mas o cartola revela que a informação foi passada por Ismail Bhamjee, ex-integrante do Comitê Executivo expulso da Fifa em 2006 durante a Copa do Mundo, acusado de vender ingressos que a entidade havia dado a ele para jogos da Copa.
Na época da votação, em 2004, os sul-africanos ganharam o direito de receber a Copa por uma margem pequena de apenas quatro votos sobre Marrocos. Mais tarde, foi revelado que nenhum dos membros africanos do Comitê Executivo da Fifa votou na candidatura da África do Sul.

Temarii ainda indicou que um quarto membro da entidade com direito a voto foi também consultado sobre a venda de seu apoio, mas rejeitou o acordo ao final.

Quatro anos antes, a África do Sul já havia sido derrotada pela Alemanha para ter a Copa de 2006. A diferença foi de apenas um voto e, misteriosamente, um dos 24 membros do Comitê Executivo não registrou seu voto.

Outra revelação recebida pela Fifa, e que estava nas gravações, se refere ao membro do Comitê de Solução de Disputas da Fifa, o tunisiano, Slim Aloulou. Também sem saber que estava sendo gravado, Aloulou recomendou que as propinas oferecidas não sejam baixas. “Não deem migalhas”, disse.

Buraco sem fundo. Sobre o escândalo atual, o Estado obteve confirmações de que a crise não vai se limitar ao que já foi revelado ontem. Novas informações estão prestes a se tornar públicas e os autores da investigação confirmaram que prometem liberar o material do novo escândalo antes da eleição, marcada para 2 de dezembro. As informações também apontariam para a compra de votos. Seja qual for o resultado do escândalo, a constatação é de que a crise já revelou que a briga pela sede da Copa vai bem além da qualidade dos estádios oferecidos e se tornou um verdadeiro negócio.

Na Fifa, a proliferação de revelações ainda foi recebida como o maior desafio da presidência de Joseph Blatter na entidade. Em 2011, ele tentará mais uma eleição, depois de 35 anos trabalhando na Fifa.

Londres é cobrada por promessas

Para ter Jogos de 2012, cidade se comprometeu a pagar R$ 56 mil aos 205 comitês olímpicos e aos 168 paraolímpicos

Jamil Chade ENVIADO ESPECIAL / ZURIQUE – O Estado de S.Paulo

ZURIQUE
O recente escândalo envolvendo integrantes da Fifa está provocando uma corrida para garantir que promessas feitas no passado por candidatos sejam cumpridas. Em sua campanha para receber os Jogos Olímpicos de 2012, Londres prometeu a cada um dos 205 comitês olímpicos nacionais e aos 168 paraolímpicos uma bolsa de mais de R$ 56 mil.

O dinheiro seria usado para que os países pudessem preparar seus atletas para os Jogos. A oferta teria atraído o interesse especialmente das nações mais pobres. O “presente” custaria mais de R$ 24 milhões aos ingleses.

Nesta semana, enquanto se revelava que membros da Fifa estariam negociando “doações”, os organizadores dos Jogos em Londres notaram que várias associações em todo o mundo ligaram para tentar apressar o envio do dinheiro. Um encontro ainda na Ásia também mostrou a frustração dos países diante da demora em receber o dinheiro.

Países pequenos argumentam que, se o recurso for usado para de fato preparar atletas, deve ser entregue agora. O Comitê Organizador da Olimpíada já prometeu rever a estratégia e considerar o pedido de cada um.

Integrantes da Fifa e do COI admitem que o dinheiro solicitado pelos dois membros da Fifa é apenas “trocado” perto do que oficialmente governos vêm oferecendo como doações para entidades e membros. Os valores variam entre R$ 2 milhões e R$ 5,7 milhões.

Na Fifa, a história de doações estão de fato cada vez mais comuns. Na semana passada, o governo inglês anunciou que daria R$ 192 milhões por ano para que a Fifa invista em desenvolvimento social e no futebol em regiões mais pobres entre 2011 e 2018. O projeto foi chamado de Football United e, claro, apenas entraria em vigor se a Inglaterra ganhasse o direito de receber a Copa do Mundo de 2018.

Um dia antes desse anúncio, a Coreia do Sul prometeu R$ 1,2 bilhão para ajudar no desenvolvimento do futebol e das condições de vida de populações mais pobres até 2022, se a Copa for dada a seu país.

PRESENTINHO COREANO

1,2
bilhão de reais é quanto a Coreia do Sul oferece aos países mais pobres para ajudar a desenvolver a prática do futebol, caso ganhe o direito de organizar a Copa do Mundo de 2022

Por Cleber Aguiar – TV Globo perde prefêrencia em negociar jogos !

Fonte: O Estado de São Paulo

DIREITOS DE TRANSMISSÃO

Globo perde preferência O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) proibiu o direito de preferência da Globo na negociação com o Clube dos 13 sobre os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro. A decisão vale a
partir do torneio de 2012.

Por Cleber Aguiar – Goiás pode perder mandos de campo !

Fonte: Futebolinterior.com.br

Correndo risco de rebaixamento, Goiás pode perder mando de campo

Equipe será julgada na próxima segunda-feira por conta de cadeiras atiradas no gramado

Goiania, GO,  (AFI) – Correndo sério risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Goiás pode ter um grande problema para a tentativa de escapar da Série B. A confusão relatada na súmula pelo árbitro, Marcelo de Lima Henrique, após a partida contra o Cruzeiro no último dia 7 pode fazer o time esmeraldino pode ter que mandar seus jogos longe do Serra Dourada.

O clube será denunciado pelo artigo 1 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que prevê: “quando a desordem, invasão ou lançamento de objeto for de elevada gravidade ou causar prejuízo ao andamento do evento desportivo, a entidade de prática poderá ser punida com a perda do mando de campo de uma a dez partidas”. A decisão do caso acontecerá na próxima segunda-feira. Na partida em que o Goiás foi derrotado pelo Cruzeiro, por 1 a 0, em pleno Serra Dourada, na saída da partida, os torcedores da equipe arrancaram os assentos da arquibancada e os atirou em direção aos vestiários.

Por Cleber Aguiar – Ganso diz não ao projeto de carreira no Santos !

Fonte: Lancenet.com.br

Ganso diz ‘não’ para o projeto de carreira do Santos

Paulo Henrique e o clube não chegaram a um acordo para plano similar ao de Neymar; meia recebeu sondagem do Chelsea (ING)

Paulo Henrique Ganso no Santos (Crédito: Ivan Storti) Meia ainda se recupera de séria lesão no joelho esquerdo e só retorna em 2011 (Crédito: Ivan Storti)

Klaus Richmond e Marcelo Hazan
Publicada em 21/10/2010 às 06:03
Santos (SP)

No dia 19 de agosto, o Santos oficializou com pompa o “não” de Neymar ao Chelsea (ING). O clube, à época, comemorou a permanência da Joia, motivado por um “projeto inovador”. Quase dois meses depois, porém, o Peixe admite, sem qualquer alarde, o “não” de Ganso ao mesmo projeto de carreira. As negociações melaram!

A decisão foi tomada pelo staff do meia, que encerrou as conversas por não chegar a um acordo com o Alvinegro. Conforme o LANCE!NET noticiou nesta quarta-feira, a família do camisa 10 discorda, principalmente, da cessão de 30% dos direitos de imagem do jogador para o clube. Ganso, hoje, possui 100%.

Em troca de parte da imagem, o atleta receberia R$ 1,5 milhão por ano, condicionado ao acerto com um patrocinador. Uma oferta pouco vantajosa, já que Ganso fatura mais com a sua imagem.

A diretoria do clube não recorrerá ou tentará marcar novos encontros, não tem mais volta.

– Infelizmente os representantes legais dele deram as negociações por encerradas. Temos que respeitar e acatar esta decisão, ainda que não entenda, até porque isso o prejudica financeiramente – alegou Pedro Luiz Conceição, diretor de futebol.

O argumento do dirigente se baseia no fato de que Ganso continuará com os mesmos termos contratuais, ou seja, com vínculo até 28 de fevereiro de 2015 e salário de R$ 130 mil.

Mesmo assim, o Peixe pode enfrentar dificuldades nas próximas janelas de transferências para segurar o camisa 10, já que sua situação não será tão vantajosa.

Um indício é o próprio Chelsea. O LANCE!NET apurou que, após fracassar na tentativa pela Joia, o clube inglês sondou a situação contratual do meia, mas não formalizou uma proposta devido o alto valor da multa – 50 milhões de euros (R$ 115 milhões). A investida seria exatamente a mesma feita para ter Neymar, 35 milhões de euros (R$ 81,9 milhões).

A reportagem procurou o Grupo DIS, por meio de Thiago Ferro, diretor executivo, presente aos encontros para a renovação.

– O Paulo permanece com contrato vigente com o Santos até fevereiro de 2015 e isso não será alterado – limitou-se a dizer.

E agora, quem saiu ganhando?

Bate-Bola: Pedro Luiz Conceição, diretor de futebol do Santos

Quando foi tomada a decisão de que as negociações estavam encerradas?

Foi dada há alguns dias atrás e nós acatamos. Estamos respeitando, não podemos forçar uma situação. Acatamos, mas lamentamos essa decisão porque prejudica o jogador.

Prejudica como?

Ele tem contrato vigente até 2015. Se tivéssemos segundas intenções, simplesmente teríamos sentado em cima do contrato. Foi uma iniciativa do Santos procurá-lo para o projeto de carreira.

Mas o que aconteceu? O que faltou para um acerto?
Tivemos reuniões do mais alto nível, com pessoas esclarecidas, mas é a decisão do staff deles.

Os valores

R$ 275 mil

Era o salário proposto para Ganso no plano de carreira. Agora, meia continuará ganhando R$ 130 mil.

70%

É quanto Ganso teria sobre seus direitos de imagem, enquanto 30% ficariam com o Peixe. Meia detém 100% de sua imagem.

50 millhões de euros

Valor da multa do meia, inalterado com o “não”. Divisão é Ganso (10%), DIS (45%) e Santos (45%).

2015

Ano que se encerra o contrato do jogador.