Por Cleber – Esse texto de Wagner Vilaron ,mostra como está a cabeça de Neymar com a possível transferência.

Fonte: O Estado de São Paulo

Texto do colunista do Estadão WAGNER VILARON

30 minutos de papo sobre Neymar


Wagner Vilaron, wagner.vilaron@grupoestado.com.br – O Estado de S.Paulo

Na última segunda-feira estive no evento promocional que contou com a participação, entre outros, do técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, e dos dois principais representantes da nova geração de craques do futebol brasileiro, Neymar e Paulo Henrique Ganso. Confesso que prestei pouca atenção ao que Mano falou. O alvo de minha curiosidade estava em duas figuras discretas, que não se separavam e acompanhavam o evento lá do fundo do salão: o empresário de Neymar, Wagner Ribeiro, e o pai do garoto, Neymar da Silva Santos.
Enquanto a cerimônia se desenvolvia, tivemos uns 30 minutos de bate-papo. Tempo suficiente para deixar alguns aspectos bem claros em relação à badalada proposta que o jogador recebeu do Chelsea, da Inglaterra.
Em primeiro lugar, fiquei surpreso com o nível de indecisão do atleta. Mas a surpresa passou rápido quando lembrei que ele tem apenas 18 anos. Seria muita crueldade cobrar esse poder de decisão de alguém que, ali, naquele palco, fazia a barba pela primeira vez na vida.
A explicação para o comportamento do garoto veio do próprio pai. Segundo seu Neymar, o craque tem curtido muito o grande momento que atravessa no Santos e, agora, na seleção. “Quando a torcida aplaude, ele quer ficar. Quando vaia, ele quer ir embora”, disse para explicar a falta de convicção do menino.

O dilema de Neymar fica ainda mais dramático pelo fato de seu pai e de seu empresário defenderem a transferência. A lista de argumentos apresentada pela dupla é extensa. Mas para aqueles que imaginam ser o dinheiro o principal deles, digo o seguinte: é bem provável que vocês estejam certos, afinal, não é todo mundo que tem proposta de 4 milhões (R$ 9 milhões) de salário, fora premiações e direito de imagem.

Porém, na reunião que teve ontem com a diretoria do clube, seu Neymar fez ponderação que merece ser analisada.

Para o pai, o Santos, assim como qualquer outro clube do País, não tem condições de apresentar garantias de que manterá o nível do time nos padrões atuais. “Não é uma questão só do dinheiro. O Santos já perdeu o André, o Robinho voltou para a Europa e o Ganso é só questão de tempo para sair. O que adianta o Neymar ficar sozinho? A responsabilidade que antes era dividida, vai cair toda sobre ele. E nenhum deles consegue jogar sozinho.” Acrescente aí a independência financeira, a oportunidade de oferecer à toda família a chance de viver na Europa e o prestígio de disputar os torneios mais importantes do mundo por um grande time. De fato, depois dessa conversa, confesso que não me atrevo a palpitar sobre qual seria o melhor para Neymar. Falar é fácil.

E só para não reclamarem que não prestamos atenção ao que Mano falava, uma frase do treinador da seleção causou reação. Ao ouvir Mano dizer, durante a entrevista coletiva, que seria melhor para Neymar ficar um pouco mais no Brasil, o pai do craque olhou para o monitor e mandou essa, sorrindo: “Pô, professor, assim você me complica.”


“Prezado Vilaron, a nação holandesa inteira agradece à CBF por ter mantido o Dunga na seleção. Só com ele que conseguimos passar por Brasil desta vez! Sou holandês e vivo há 15 anos no Brasil”

MAURIK JEHEE
SÃO PAULO-SP

Nota da coluna: Caro Maurik, a opinião pública é ávida por heróis e vilões. Nessa linha, me parece inevitável que o Dunga, pelo menos por um tempo, carregue esse fardo de ser o símbolo do fracasso na África do Sul. Mas é importante que reflitamos, sempre, se ele é o único.

Um pensamento sobre “Por Cleber – Esse texto de Wagner Vilaron ,mostra como está a cabeça de Neymar com a possível transferência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s