Por Silvana – Sérgio Baresi assume o São Paulo e já realiza primeiro treino, nesta terça-feira de manhã, no CT

Sou interino, mas vou comandar como técnico”

Fonte: Site do SPFC

Sérgio Baresi deixou o comando técnico da base do São Paulo para treinar o profissional. Assim como todo jogador que sobe, Baresi chega com motivação de um garoto. Apresentado nesta terça-feira de manhã, no CT da Barra Funda, ele espera manter o sucesso alcançado na base.

“Meu sonho como treinador é ir o mais longe possível. Hoje estou aqui por competência. Acredito que estou 100% focado no que vou fazer nos próximos. Estou nesta jornada há sete anos. Estou muito preparado. Sou interino, mas vou comandar como técnico”, ressaltou Sérgio Baresi.

De início, Baresi terá a função de reorganizar o time após a eliminação na Copa Libertadores deste ano para o Internacional. Com carta branca na escalação da equipe, o são-paulino admite que tudo dependerá do que cada jogador demonstrar dentro de campo.

“Quem tiver condição vai jogar. É inegável de que seja um dos melhores elencos do Brasil. Neste momento quero dar uma avaliada muito concentrada no que o time vem desenvolvendo. Apesar da eliminação, a equipe já mostrou uma evolução nos últimos jogos”, completou Baresi.

No profissional, Sérgio Baresi reencontrará parte do grupo com quem foi campeão na Copa São Paulo deste ano. São eles: Casemiro (volante), Zé Vitor (volante), Marcelinho (meia) e Lucas Gaúcho (atacante). Além deles, o zagueiro Bruno Uvini treinou com o grupo nesta terça.

Muito ligado aos jogadores da base, Sérgio acredita que precisa ter calma para lançá-los no time de cima. Segundo ele, ainda são jogadores novos que precisam passar por um processo de desenvolvimento. Deste grupo, Casemiro e Marcelinho já fizeram suas estreias pelo profissional.

“Estamos falando de atletas de 17, 18 anos, que estão em período de desenvolvimento. Antes subia com 20 anos para o profissional. Temos de trabalhar com calma. Esta integração já estava sendo feita pelo Ricardo Gomes”, concluiu o técnico interino do Tricolor.

Por Cleber Aguiar – Moisés do Paysandu no Peixe.

Fonte: Diário do Pará

Papão prepara terreno para a saída de Moisés

Nesse jogo Moisés fez dois gols !

A ‘ficha caiu’ e o Paysandu já começa a se preparar para perder Moisés. O atacante não está mesmo interessado em continuar na Curuzu e coube ao diretor de futebol Antonio Cláudio ‘Louro’ falar dos próximos passos a respeito da situação dele que entrou com uma reclamação trabalhista pedindo rescisão contratual. O jogador alega que a agremiação não recolhe FGTS e outras contribuições previdenciárias descontadas de seu salário e segue firme na ideia de tentar a sorte no Santos, já o Paysandu corre em busca de substitutos.


‘Louro’ confirmou que Moisés treinará separado a partir de hoje, de 15h às 16h, e contou que o jogador disse estar sem cabeça e quer ser emprestado (sic). Jenison e o zagueiro Thiago, que possuem ligação com a mesma empresa que gerencia a carreira de Moisés estão poupados do ‘castigo’. “Eles falaram que têm procuradores, mas não é por que um fez isso que eles também farão”, confia.

“Dia 26 será a audiência e dificilmente perderemos essa causa. Entraremos em acordo, mas há um entrave, ele não deve ser emprestado por cem mil reais e mais quinhentos mil para venda no fim do ano. Ou o Santos melhora essa proposta, ou ele irá para outro clube, como o Paraná, que ofereceu quinhentos mil para ter oitenta por cento do passe dele”, revela.

O diretor aproveitou para anunciar que outro atacante, Neto Potiguar, será mesmo desligado do clube, por não ter conseguido a transferência do México. “Vou providenciar a passagem aérea para ele ir cuidar da transferência. Mas ele não volta”.

Bicola não quer perder o foco

Os bicolores procuram agora esquecer os problemas de bastidores e se concentram no embate com o São Raimundo, que vem de uma partida disputada em que empataram com o Rio Branco (AC). Um deles é Tácio, que se mostra desconfiado com o adversário, que vai jogar sob o comando de um novo técnico, Sebastião Rocha.

O volante demonstra respeito pelo time santareno. “Contra o São Raimundo é difícil, eles estão com um técnico novo e devem estar empolgados e empenhados para jogar com a gente, por isso temos que fazer nosso papel para dar certo” avalia Tácio.

Na opinião do jogador, a torcida alviceleste ficou satisfeita com o jogo diante do Fortaleza, que também resultou em empate e promete que no próximo jogo sairão mais gols. “O torcedor compareceu lá, fez esse sacrifício, e acho que saíram satisfeitos. Está todo mundo batendo na mesma tecla sobre as chances de gols perdidas, mas o importante é que elas estão sendo criadas. Com certeza a bola vai entrar na hora certa”, afirma. Hoje o grupo bicolor vai treinar pela manhã em uma arena e à tarde em uma academia.

Ei Thiago, e se a proposta fosse pra ti?

Com o afastamento de Moisés e a briga na Justiça, o Paysandu vê de uma hora para outra, a possibilidade de deixar de ganhar um bom dinheiro com o passe do jogador. A multa rescisória do atleta está estipulada em 2,5 milhões de reais, mas, a diretoria sempre deixou claro que esperava lucrar ao menos um milhão em uma possível negociação. Pelo menos até agora, resta ao clube Thiago Potiguar, a outra revelação bicolor que tem a rescisão estipulada em 3 milhões e o passe dividido entre o Potyguar de Currais Novos (RN) e o Papão. Fica então a pergunta: qual seria a reação de Thiago se recebesse uma proposta parecida com a do colega?

“Eu conversaria primeiro com o presidente daqui e com o de lá (do Potyguar) para saber a minha situação. Para os dois lados teria que ser uma coisa boa, não por trás. Eu estou feliz de estar aqui. O erro do Moisés foi esse, assim como do empresário dele. Não era para ter feito isso, mas ele já está bem grandinho. Agora temos que deixar isso de lado e focar na Série C”, analisa Thiago.

Potiguar fala do próximo confronto, dessa vez com o São Raimundo, domingo, em Santarém, quando deve continuar no ataque e lamenta não poder passar o ‘bastão’ para Moisés. “Eu não imaginava que isso fosse acontecer, mas agora é continuar trabalhando. Queria que ele ajudasse também na Série C, pois é um cara importante”, reiterou. (Diário do Pará)

Clique na foto para ampliar!

Site oficial do Paysandu

ICFUT – Giro pelo futebol 01/08/2010

Fonte: Futebolinterior.com.br

ICFUT – Larissa Riquelme e jogador Viola na Fazenda 3.

A Fazenda 3

A fazenda 3 contará com a Musa da Copa 2010, a paraguaia Larissa Riquelme e o ex jogador de Futebol Campeão Mundial de 1994 Viola entre outros participantes.

Veja no video abaixo suposto participantes do Reality Show da Record ,que tem previsão de ínicio na segunda quinzena de Setembro de 2010.

Video de supostos participantes:

ICFUT – Hoje começa a Era Mano Menezes na Seleção.

Fonte: O Estado de São Paulo

Brasil inicia a era Mano Menezes em amistoso nos EUA

Estreia do técnico será com time ofensivo – três atacantes – a partir das 21 horas desta terça

GUSTAVO CHACRA – Enviado Especial – O Estado de S. Paulo

NOVA YORK – O jogo desta terça-feira contra os Estados Unidos, em New Jersey, às 21 horas (de Brasília, com transmissão do SporTV e do estadão.com.br) talvez seja lembrado no futuro como o primeiro da era Paulo Henrique Ganso ou da era Mano Menezes. O certo é que marcará o início de uma preparação de quatro anos para a Copa do Mundo mais importante para a seleção brasileira desde 1950.

Mike Segar/Reuters
Mike Segar/Reuters
Mano Menezes começa nesta terça o trabalho para 2014

Os jogadores que entram em campo para enfrentar os norte-americanos menos de um mês depois de a Espanha ter sido campeã na África do Sul sabem que terão a oportunidade de disputar um Mundial em casa, em 2014. Conquistar o título em uma final no Maracanã colocará o nome desses atletas na história do futebol brasileiro.

Será algo que nem Pelé, Garrincha, Romário e Ronaldo conseguiram por não terem tido a sorte de jogar uma Copa no Brasil, diferentemente de Ademir Menezes e os outros atletas da seleção da 1950 que entraram para a história pelo caminho inverso, da derrota, ao perderem do Uruguai no Maracanã.

Os jogadores sabem que ainda terão quatro anos pela frente e um mau resultado na partida desta terça não significará o fim do sonho para 2014. Mas, em um projeto de longo prazo, o desempenho de todos, principalmente de Mano Menezes, começará a ser avaliado a partir de agora.

Os olhos estarão acima de tudo nos craques santistas Ganso e Neymar, que causaram enorme expectativa no primeiro semestre deste ano, quando muitos analistas e torcedores defenderam sua convocação para a Copa da África do Sul. Dunga preferiu deixá-los fora. A partir desta terça, os dois tentam se firmar na equipe até 2014.

Mano Menezes também sabe que a sua tarefa não será fácil. Os últimos dois técnicos da seleção em Copa ficaram no comando por quatro anos – Parreira e Dunga. O ex-corintiano também recebeu essa garantia da CBF. Mas, na preparação de 2002, Luxemburgo e Leão foram dispensados – Felipão assumiu o cargo. Sem a participação do Brasil nas Eliminatórias, Mano terá o trabalho avaliado pelo desempenho do time na Copa América (em 2011, na Argentina), na Olimpíada de Londres (2012), nas Copa das Confederações (2013, no Brasil) e nos amistosos.

Nesta terça, o técnico vai investir na renovação e usará esquema ofensivo (4-3-3). Apenas quatro jogadores que disputaram a Copa foram convocados. E todos devem começar a partida entre os titulares: Daniel Alves, Thiago Silva, Ramires e Robinho. O goleiro será Victor, do Grêmio. Ganso aparecerá no meio de campo e Neymar jogará ao lado de Robinho e Pato no ataque. Hernanes fica no banco de reservas.

ESTADOS UNIDOS – Howard; Cherundolo, Goodson (Spector), Bocanegra e Bornstein; Maurice, Bradley, Sacha e Donovan; Gomez (Buddle) e Findley. Técnico: Bob Bradley.

BRASIL – Victor; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e André Santos; Lucas, Ramires e Paulo Henrique Ganso; Robinho, Alexandre Pato (Diego Tardelli) e Neymar. Técnico: Mano Menezes.

Início – 21 horas (de Brasília); Árbitro – Silviu Petrescu (CAN); Auxiliares – Joe Fletcher (CAN) e Daniel Belleau (CAN); TV – SporTV; Local – Estádio New Meadowlands, em Nova Jersey (EUA).