Por José Reis – Leandro Amaral é apresentado no Mengão.

Fonte: O Dia Online

Leandro Amaral escolhe a 33 para homenagear trigêmeos

POR AMANDA KESTELMAN

Rio – Longe dos gramados há mais de um ano, Leandro Amaral recebeu nesta terça-feira a camisa rubro-negra das mãos de Zico. Muito emocionado, o atacante, que completa 33 anos na sexta-feira, não conseguiu conter as lágrimas ao falar dos momentos difíceis pelo quais passou, por conta de uma grave infecção no joelho direito após uma cirurgia. Leandro também voltou a agradecer a oportunidade dada pelo Flamengo, prometendo se doar ao máximo em campo.

“No momento em que eu mais precisei de carinho, o Zico estendeu a mão para mim.Assim como todos aqui no Flamengo. Agradeço aos médicos que cuidaram de mim, minha esposa e minha família. Estou feliz e confiante. Será uma batalha dura, mas mereço uma recompensa maior. A torcida pode ter certeza de que vou dar o máximo”, disse Leandro.

O atacante, que não marca gols desde que atuava pelo Vasco da Gama, em 2008, garantiu que está 100% recuperado do grave problema no joelho. “Tudo está completamente superado e estou pronto para o trabalho. Posso dividir bolas e fazer tudo em campo”, afirmou o atacante, que participou de jogo-treino na terça-feira com o Bonsucesso e se movimentou bem.

Apesar dos momentos difíceis pelos quais passou, Leandro confessou, com os olhos marejados, que jamais pensou em desistir de jogar futebol. Para ele, seus familiares, amigos e médicos foram fundamentais na volta por cima: “Eu pensava só em voltar a jogar. Quando eu ia falar em parar de jogar, minha esposa, meus filhos, médicos e amigos falavam para seguir em frente. Isso ajudou na minha recuperação. Isso tudo vai ser um grande exemplo para meus filhos seguirem, não abaixarem a cabeça nos momentos difíceis”.

Questionado sobre a enorme pressão que os jogadores sofrem no Flamengo, sobretudo os atacantes, Leandro afirmou estar preparado para mais um grande desafio em sua carreira, que começou há 13 anos, na Portuguesa-SP.

“A responsabilidade é grande para todo jogador. Vestir a camisa do Flamengo é um desafio, mas também é muito gostoso. Encontrar o clube de portas abertas é muito legal e acho que será uma pressão muito boa e saudável. Acredito que todos estejam no caminho certo”, declarou o jogador, que escolheu a camisa 33.

foto materia principal

Atacante Leandro Amaral recebe o Manto Sagrado de Zico | Foto: Márcio Mercante / Agência O Dia

“Escolhi e me identifico muito com o número três. Foi uma homenagem a eles por este momento e por tudo o que fizeram durante a minha recuperação. Os três ficaram ao meu lado e tenho certeza de que tudo vai dar certo aqui”, disse o atacante, que voltou a se emocionar ao falar dos familiares.

Leandro Amaral, que deve estar pronto para atuar em duas semanas, firmou contrato até dezembro. Ele chega com a bênção de Zico, diretor-executivo e maior jogador da história do clube, que mostrou muita confiança no atacante.

“Ele já fez muita coisa no futebol e espero que continue fazendo. Confio em uma boa recuperação. Torço para que isso aconteça. É uma oportunidade ímpar não só para o Flamengo como para o próprio Leandro Amaral”, afirmou o Galinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s