ICFUT – Links para os jogos de Hoje da Série A – Brasileiro 2010

Atendendo a pedidos PROGRAMA ICFUT muda de horário!!!

Sábado da 13:00hs as 14:00hs

Videos

http://www.vertvonline.org/

http://www.rojadirecta.org/

http://www.futebolaovivo.net/tvonline.php

http://www.tv-aovivo.biz/Assista-Band-TV-gratis,844.html

via audio

Rádios de São Paulo

http://cbn.globoradio.globo.com/Player/playerAoVivoSP.htm

http://radiobandeirantes.com.br/

http://playersradios.band.com.br/?r=rb_bandnewsfm_sao

http://transanet.telium.com.br/player.php#

Rádio de Santos

http://www.radiocultura.com.br/am/ronline.htm

Rádio – Gaúcha

Rádio –  Presidente Prudente

http://www.prudente.am.br/radio_am.php

Rádio –  Goiânia

http://player.globoradio.globo.com/MusicCenter/0,,8476,00.html

Rádio –  Belo Horizonte

http://cbn.globoradio.globo.com/Player/playerAoVivoBH.htm

Rádio –  Rio de Janeiro

http://radioglobo.globoradio.globo.com/estudiorg/estudiorg.htm?praca=RJ&id=0

http://www.radios.com.br:8080/play/1_cbn860rio-br.htm

Rádio – Fortaleza

http://radioglobofortaleza.com.br/player_globoam/index.php#

Rádio – Florianopolis

http://www.radioguaruja.com.br/



10ª RODADA
21/07 – 19h30 São Paulo-SP x Grêmio Prudente-SP
21/07 – 19h30 Atlético-MG x Internacional-RS
21/07 – 19h30 Vitória-BA x Goiás-GO
21/07 – 21h00 Flamengo-RJ x Avaí-SC
21/07 – 21h50 Grêmio-RS x Vasco da Gama-RJ
21/07 – 21h50 Atlético-GO x Corinthians-SP
21/07 – 21h50 Atlético-PR x Santos-SP

ICFUT – Giro pelo futebol 21/07/2010

Fonte: Futebolinterior.com.br

Hoje o Tricolor enfrenta o Prudente com link ao vivo no site ICFUT .
21/07/2010

Por Cleber Aguiar – Neymar saída inevitável diz Santos FC

Fonte: O Estado de São Paulo

Neymar: saída é inevitável, admite clube

Santos resiste a mais uma proposta do Chelsea, mas sabe que será difícil manter o jogador diante de tanta pressão, até mesmo do empresário e da família

Sanches Filho – O Estado de S.Paulo

ESPECIAL PARA O ESTADO
SANTOS
A saída de Neymar do Santos está cada vez mais perto. Ontem, a diretoria recebeu e recusou proposta do Chelsea, da Inglaterra, de 20 milhões (R$ 46 milhões), mas já sente que não terá como resistir à pressão para negociar o seu principal talento.

Esta foi a segunda oferta em menos de um mês pelo atacante de 18 anos. A primeira foi apresentada há cerca de 20 dias pelo West Ham, também da Inglaterra. O clube pagaria 15 milhões (RS 34,2 milhões) e ficaria com Neymar durante um ano para depois repassá-lo ao Chelsea, como admitiu o pai do garoto, Neymar da Silva Santos.

Até o fechamento da janela de transferências internacionais, os ingleses devem aumentar a oferta para 30 milhões (R$ 69 milhões) e a tendência é que o Santos aceite. A multa para tirar Neymar da Vila Belmiro é de 35 milhões (R$ 81 milhões), dos quais o clube tem direito a 60% e o empresário Delcir Sonda a 40%.

Inicialmente, os dirigentes do Santos e o pai de Neymar tentaram negar a proposta que chegou à mesa do presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, na manhã de ontem, primeiro dia do prazo para negociações internacionais de jogadores. Mas, às 12h19, depois que a informação havia sido confirmada por uma fonte ligada ao jogador, o site do clube publicou nota sobre a recusa da oferta, sem mencionar o valor. “O Santos esclarece que recebeu, no final da manhã, proposta oficial do Chelsea, da Inglaterra, pelos direitos econômicos do atacante Neymar. O presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro já enviou resposta ao clube inglês agradecendo pelo interesse e reiterando que o Santos não tem qualquer interesse em abrir negociação”, disse a nota.

Pressão para sair. Após afirmar que desconhecia a nova proposta, Neymar da Silva Santos afirmou que a decisão sobre o futuro do filho está nas mãos do Santos. “O que é preciso ser levado em conta é que a janela atual é a mais importante, porque, no fim do ano, poucos clubes contratam. Se não for agora, só no meio do próximo ano.”

Há 20 dias, pouco depois de o Santos ter recebido a proposta de 15 milhões (RS 34,2 milhões) do West Ham, o pai de Neymar se reuniu com o empresário Wagner Ribeiro e ficou impressionado com os números.

A punição por indisciplina, os atos de rebeldia e as más atuações nos últimos jogos desgastaram a imagem da revelação junto a uma parte da torcida santista. A cada lance perdido no último domingo, na derrota por 1 a 0 para o Fluminense, na Vila Belmiro, surgiam protestos, com o ídolo sendo chamado de “pipoqueiro” e “vendido”.

Na cidade são comuns os comentários de que a possibilidade de ser tornar milionário no futebol europeu virou a cabeça do garoto. E, pelo Twitter, Neymar mandou recado para os insatisfeitos: “Paciência tem limite”. A impressão é de que, como na saída de Robinho para o Real Madrid, em 2005, o cenário está sendo montado para sua despedida.

Crise financeira. Além da eventual pressão do sócio nos direitos econômicos de Neymar, dos agentes e da família do jogador, o Santos tem outro motivo que poderá fazer com que se renda a uma proposta melhor: a sua grave situação financeira. A atual administração herdou uma dívida que se aproxima dos R$ 200 milhões, foi obrigada a renegociar um empréstimo bancário de R$ 22 milhões no começo do ano e terá que enfrentar as despesas apenas com bilheteria e patrocínio até o fim do ano, além de recolher tributos atrasados.

As cotas da transmissão dos jogos do Brasileiro pela televisão foram recebidas antecipadamente no ano passado, pela diretoria anterior. Se não vender jogadores, o rombo no final do ano chegará a R$ 35 milhões.

Segunda-feira passada, ao apresentar o atacante Keirrison, o presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro disse que não havia recebido propostas, torcia para que não chegasse e que, se chegasse alguma, sua resposta seria não. Mas, ontem cedo, após o último treino antes do jogo contra o Atlético-PR, hoje às 21h50, na Arena Baixada, Dorival Júnior fez um desabafo. “Qualquer situação nessa maldita janela altera a cabeça de todos, do jogador, da família, do dirigente. O técnico brasileiro é o melhor do mundo, porque além de trabalhar o time, é um gerenciador de problemas”, afirmou o treinador.

ICFUT – Jogos e classificação dos jogos da Série B – Brasileiro 2010

PROGRAMA ICFUT

Todos os Sábados da 13:00hs as 14:00hs

Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1 Figueirense-SC 20 10 6 2 2 19 8 11 66.7
2 Náutico-PE 20 9 6 2 1 16 13 3 74.1
3 Coritiba-PR 18 9 5 3 1 15 11 4 66.7
4 Portuguesa-SP 16 9 5 1 3 20 14 6 59.3
5 Bahia-BA 16 9 5 1 3 15 11 4 59.3
6 Paraná-PR 16 10 5 1 4 15 11 4 53.3
7 Guaratinguetá-SP 16 9 4 4 1 17 13 4 59.3
8 América-MG 15 9 4 3 2 12 5 7 55.6
9 São Caetano-SP 15 9 4 3 2 18 13 5 55.6
10 Brasiliense-DF 14 10 3 5 2 15 15 0 46.7
11 ASA-AL 13 9 4 1 4 19 16 3 48.1
12 Icasa-CE 13 9 4 1 4 16 13 3 48.1
13 Sport-PE 11 9 3 2 4 14 13 1 40.7
14 Santo André-SP 11 10 3 2 5 19 21 -2 36.7
15 Ponte Preta-SP 10 9 2 4 3 11 11 0 37.0
16 Bragantino-SP 9 9 1 6 2 8 11 -3 33.3
17 Duque de Caxias-RJ 6 9 2 0 7 9 22 -13 22.2
18 América-RN 6 9 1 3 5 9 20 -11 22.2
19 Ipatinga-MG 4 9 1 1 7 9 20 -11 14.8
20 Vila Nova-GO 4 9 1 1 7 5 20 -15 14.8



10ª RODADA
20/07 – 21h00 Figueirense-SC 2 x 2 Santo André-SP
20/07 – 21h00 Brasiliense-DF 3 x 0 Paraná-PR
23/07 – 21h00 Ponte Preta-SP x Ipatinga-MG
23/07 – 21h00 América-RN x Bragantino-SP
23/07 – 21h00 América-MG x Icasa-CE
24/07 – 16h10 São Caetano-SP x ASA-AL
24/07 – 16h10 Guaratinguetá-SP x Portuguesa-SP
24/07 – 16h10 Náutico-PE x Bahia-BA
24/07 – 16h10 Coritiba-PR x Sport-PE
24/07 – 21h00 Duque de Caxias-RJ x Vila Nova-GO
11ª RODADA
27/07 – 21h00 Santo André-SP x América-RN
27/07 – 21h00 Sport-PE x Duque de Caxias-RJ
30/07 – 21h00 Portuguesa-SP x São Caetano-SP
30/07 – 21h00 Vila Nova-GO x Coritiba-PR
30/07 – 21h00 Icasa-CE x Guaratinguetá-SP
31/07 – 16h10 Bragantino-SP x Ponte Preta-SP
31/07 – 16h10 Paraná-PR x Náutico-PE
31/07 – 16h10 ASA-AL x América-MG
31/07 – 16h10 Bahia-BA x Figueirense-SC
31/07 – 21h00 Ipatinga-MG x Brasiliense-DF

Por José Reis – Flamengo x Avaí embalados.

Fonte: O Estado de São Paulo

Embalados, Fla e Avaí duelam no Maracanã

Equipes vêm de duas vitórias no reinício do Brasileiro. Aquela que vencer hoje poderá terminar a rodada no G-4

– O Estado de S.Paulo

RIO
O Flamengo esqueceu o momento de turbulência que vive fora dos gramados e conseguiu triunfar em seus dois compromissos neste retorno do Brasileiro, com vitórias por 1 a 0 sobre Botafogo e Atlético-GO. Hoje, às 21 horas, no Maracanã, encara um rival que vem mantendo a mesma toada. Após bater São Paulo (2 a 1) e Palmeiras (4 a 2), o Avaí já provou que não se intimida contra equipes de tradição.

O “caso Bruno” ainda ocupa boa parte do noticiário do Flamengo, mas o time tem compensado a crise com eficiência em campo. Com a saída de Adriano e Vágner Love, o time ficou carente de estrelas, mas tem compensado na base da superação.

O Avaí é um concorrente direto por uma vaga entre os quatro melhores. Com 15 pontos, a equipe carioca está empatada na quarta posição com o Cruzeiro. Já os catarinenses vêm logo atrás, com 14, e tem subido na tabela. Por conta de lesão muscular, o Avaí não terá o veterano Sávio, que brilhou no Flamengo em meados da década de 90 e poderia ter seu reencontro com o Maracanã.

Técnico pressionado. No Olímpico, em Porto Alegre, o encontro é de equipes que lutam para fugir da zona de rebaixamento. Às 21h50, o pressionado Grêmio (17º) recebe o Vasco (18º), que tem mostrou sinais de reação com a vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-PR na última rodada.

No Grêmio, que montou um bom elenco para a temporada, a pressão recai sobre o técnico Silas. Com a derrota para o Grêmio Prudente (2 a 0), a desconfiança da torcida aumentou e um novo tropeço, em casa, pode custar o cargo do treinador.

Na incômoda 16ª posição, o Atlético-MG pega o Internacional, às 19h30, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, A novidade pode ser a estreia do meia Daniel Carvalho, que foi revelado pelo clube gaúcho e chegou a Minas no final de maio.

No mesmo horário, no Barradão o Vitória vencer a segunda em casa contra o Goiás, após bater o São Paulo (3 a 2).

Por Éder – Felipe acusa Timão de assédio moral.

Fonte: O Estado de São Paulo

Felipe acusa clube de assédio moral e pede rescisão

Representantes dizem que goleiro está sendo impedido de trabalhar pelo Corinthians e trabalham para liberá-lo

Fábio Hecico – O Estado de S.Paulo

A relação entre Felipe e Corinthians, que nunca foi das melhores, azedou de vez. Clube e goleiro travam guerra fora dos campos por causa de um eventual rompimento de contrato, que vai até dezembro de 2011. A briga chegou ontem ao Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo com o pedido de rescisão por parte do atleta, negado pelo presidente Andrés Sanchez.

Empresários do ex-camisa 1 acusam o Corinthians de “assédio moral”, impossibilitando-o de treinar com bola e no campo – vinha fazendo apenas exercícios físicos na Academia do Parque São Jorge. O clube garante não estar agindo de má-fé com Felipe, mas o colocará para trabalhar, sozinho, no CT de Itaquera.

Com sete jogos realizados neste Campeonato Brasileiro, o goleiro não pode defender outro clube da Série A. Ou muda de ares e atua no exterior ou acerta com times da Série B, algo descartado por ele. Magoado, Felipe não vestirá mais a camisa alvinegra. Por vontade própria e por retaliação dos dirigentes, que o querem distante do Parque São Jorge, apesar de não aceitarem romper o contrato sem compensação financeira.

O novo capítulo da novela entre goleiro e clube começou ontem, com acusações e via notas oficiais. “Na manhã da segunda-feira, nos reunimos com o Corinthians para, amigavelmente junto ao presidente Andrés Sanchez, acertar a rescisão de contrato do Felipe, uma vez que o atleta está, claramente, sendo vítima de assédio moral em seu trabalho. Felipe está publicamente fora dos planos da comissão técnica, sendo obrigado pelo clube a treinar em horário separado dos demais atletas, e sem ter acesso ao campo de treino”, disseram os representantes do goleiro, por meio de nota divulgada no site do jogador. “Entretanto, o Corinthians não aceitou nenhum tipo de acordo conosco.”

Sem conversa. O Corinthians, também em nota, garante que fará valer o direito do contrato assinado até 31 de dezembro de 2011 e não abrirá mão de “um verdadeiro patrimônio”. “O Corinthians conta e sempre contou com o Felipe. Ocorre que, mal orientado, o goleiro chegou a se despedir de seus colegas antes mesmo que seus empresários trouxessem a propalada proposta para que o atleta se transferisse ao clube italiano Genoa. Frustrada a negociação, o Corinthians já havia contratado outro goleiro (Bobadilla). De qualquer forma, Felipe segue sendo funcionário do clube e deve cumprir os treinamentos que lhe são determinados”, rebateu o clube.

A confusão entre o goleiro e o clube começou no dia 22 de junho, quando o goleiro informou à diretoria ter uma proposta do Genoa, e pediu para ser negociado. O acordo seria de empréstimo por um ano. Felipe, na intertemporada em Águas de Lindoia, chegou a se despedir dos companheiros e acabou cortado do grupo que disputaria um torneio em Londrina. O sonho de jogar na Itália, porém, ruiu com a mudança da legislação italiana, reduzindo o número de extracomunitários por clube em seus campeonatos de dois para um. Sem passaporte extracomunitário, o goleiro viu o Genoa anunciar a desistência de sua contratação. O Corinthians, nesse período, acertou com Bobadilla e Felipe passou a não fazer mais parte dos planos de Mano Menezes.

Momentos de Felipe no Parque São Jorge

2007
Chega ao clube vindo do Bragantino

2007
Não evita a queda do time para a Série B

2008
Defende pênalti e debocha dos botafoguenses

2008
Falha e time perde a final da Copa do Brasil

2009
Conquista o Paulista e a Copa do Brasil

2010
De olho no Genoa, pede para sair