ICFUT – GIRO PELO FUTEBOL

Fonte: Futebol Interior

Por Silvana – E no Tricolor Garotada começa a ganhar mais espaço

Para suprir algumas carências e já pensando em 2011, Ricardo Gomes vai apostar na base de Cotia

Fonte: Lancenet

Depois de um ano no comando do São Paulo, Ricardo Gomes resolveu olhar para Cotia, onde trabalham as categorias de base do clube. Até então, o treinador sempre elogiava a estrutura do Tricolor em revelar atletas, mas não havia puxado nenhum jogador para o profissional. Casemiro, volante, de 18 anos, foi o primeiro. Mas tem mais gente na mira do comandante.

– Depois da Copa São Paulo deste ano, já observei alguns garotos. Tem quatro jogadores que tenho observado, e o Casemiro é um deles. Nos últimos dias, foi testado de todas as formas, correspondeu e fica até o fim do ano – disse Gomes.

– Ele pode ficar seis meses, só ganhando experiência para jogar em janeiro. Se o tempo for maior, aí, com a idade dele, acaba perdendo e não é bom. Tem de jogar com o time em janeiro. Pode até ser antes, mas, no mais tardar, em janeiro de 2011, como titular. Isso é um ganho – completou o treinador.

Na cabeça de Ricardo Gomes, o jogador não pode ficar “encostado” no profissional. Se subir, tem de jogar. Ele considera e acha importante um tempo de adaptação, mas só. Depois, se tiver talento, tem de ir para as partidas e mostrar se pode render no profissional o mesmo que na base.

Sérgio Mota é o melhor caso para enfatizar o que o técnico não quer. No profissional desde 2007, o meia só entrou em campo 11 vezes. Passou a maior parte do tempo sem atuar. Durante esse período, ficou alguns meses no Toledo, do Paraná, mas logo retornou. A intenção, agora, é a de emprestá-lo, como aconteceu com Henrique – que, depois de um ano no CT da Barra Funda, ficará no Vitória e vai disputar o Brasileiro deste ano.

De olho em Cotia, os próximos alvos de Ricardo Gomes são o zagueiro Bruno Uvini, o volante Zé Vitor e o atacante Lucas Gaúcho. Este último, inclusive, participou de dois jogos-treino na última semana e agradou. No entanto, a grande aposta é o meio-campista. Zé Vitor teria chance, assim como Casemiro, mas um problema no adutor da coxa direita o deixou em tratamento. Para Sérgio Baresi, técnico campeão da Copinha, ele é quem está mais preparado. Na Barra Funda, a comissão técnica também sabe disso e aguarda o retorno. Ele deverá ser o próximo a ser promovido para o Brasileirão.

Bate-Bola com Sérgio Baresi
Técnico campeão da Copinha

LANCENET!: O que você pode falar sobre as características do Casemiro?
BARESI:
É um atleta ainda em desenvolvimento, que precisa ser bem trabalhado. Depositamos muita confiança no futebol dele.

LANCENET!:Além dele, tem mais algum atleta preparado para subir?
BARESI:
No primeiro momento, acho que o PA (Zé Vitor) tem possibilidade. Pela qualidade técnica, pelo o que executa nos treinos. Não foi falado nada, é minha opinião. Acredito que, dependendo da situação do profissional, outros podem ter oportunidade.

LANCENET!: Como o Ricardo, acha que eles precisam de um tempo de adaptação e, depois, de jogo?
BARESI:
Sim, tem um período de adaptação, para conhecer o esquema tático, técnico, o que ele quer. Feito isso, tem de ter uma oportunidade para vermos como vai ser. Tem de ser bem preparado.

LANCENET!: Como foi a solicitação de Dener, Lucas Gaúcho e Casemiro?
BARESI:
Quando houve a solicitação deles, foi via profissional e, depois, comunicado para nós. Não teve o bate-papo, foi direto.

LANCENET!: É bom ter um contato maior com a comissão profissional?
BARESI:
Todos nós somos São Paulo, queremos o bem do grupo. Estamos trabalhando arduamente para que tudo aconteça de maneira natural. Quanto mais ajudarmos, melhor para todos.

Por Rogerinho – Acabou a novela: Keirrison é do Santos

Fiorentina (ITA) libera substituto de André, que fica no Peixe por empréstimo até julho de 2011

Fonte: Lancenet

Com final feliz, o casamento entre Keirrison e Santos, enfim, foi consumado. Após longas tratativas, iniciadas ainda no período de recesso do clube para a Copa do Mundo, o clube mandou uma comitiva à Barcelona e acertou nesta sexta-feira a liberação de K9.

O LANCENET! apurou que a rescisão contratual do jogador com a Fiorentina (ITA) foi assinada nesta sexta-feira, via fax. Sendo assim, Marcos Malaquias, empresário do atacante, não precisará viajar para Florença.

Mesmo com mais um ano de contrato com o clube italiano, o jogador já havia sido preterido. Ficou, inclusive, fora da lista dos 32 convocados para a pré-temporada, em Cortina d’Ampezzo, na Itália, que será realizada entre os dias 15 e 30 de julho.

K9 deve chegar à Santos nesta segunda-feira e ficará por empréstimo no clube até julho de 2011 para o objetivo de disputar a Copa Libertadores e chegar a Seleção Brasileira.

Keirrison: sucesso no Brasil, decepção na Europa

Para contratá-lo, o Peixe superou a concorrência local de Grêmio, Cruzeiro, Flamengo e Corinthians; além de Ajax (HOL) e Racing Santander (ESP).

A novela deve um desfecho positivo na manhã desta sexta-feira.Com um sinal verde do Barcelona (ESP) e da Fiorentina, o contrato foi assinado.

O advogado do clube, João Vicente Gazolla, esteve acompanhado de Pedro Luiz Nunes Conceição e Jamelli, diretor e gerente de futebol, respectivamente, para bater o martelo com a diretoria do clube catalão.

O LANCENET! tentou contato com Malaquias, que não atendeu as ligações da reportagem, mesma tática adotada pela diretoria do Santos. Mas via Twitter, microblog da internet, o agente do jogador dá indícios do acerto:

– Depois d uma madrugada e manha atribulada uma pausa p tomar cafe!! Mas valeu a muito a pena .. Dia produtivo d mais… (sic).

Keirrison baixará significativamente a quantia que recebia na Europa para jogar no Brasil, cerca de 125 mil euros mensais (R$ 275 mil), e se adequará ao teto salarial do Peixe é de R$ 160 mil.

O jogador, mais uma vez, volta a trabalhar com o técnico Dorival Júnior – um dos principais responsáveis pela sua chegada – com quem manteve constante contato.

Sob o comando de Dorival, no Coritiba, K9 foi artilheiro do Brasileirão de 2008 e um dos artilheiros do país naquela temporada.

Substituto para André

Keirrison chega à Vila Belmiro com a missão de substituir André, vice-artilheiro do time, com 26 gols, mas que foi negociado com o Dinamo de Kiev (UCR).

André se despede do Santos após o segundo jogo da final da Copa do Brasil, contra o Vitória, no dia 4 de agosto.

Ficha técnica:

Nome: Keirrison de Souza Carneiro
Nascimento: 3/12/1988, em Dourados (MS)
Altura: 1,84m
Peso: 80 kg
Carreira: Coritiba (2005-2009), Palmeiras (2009), Barcelona-ESP (2009), Benfica-POR (2009-2010) e Fiorentina-ITA (2010).

Títulos: Campeonato Brasileiro da Série B (2007), Campeonato Paranaense (2008), Campeonato Português (2009-2010) e Taça da Liga de Portugal (2009-2010).


Por Vander – Brasil vai perder a liderança do ranking da Fifa

Espanha ou Holanda vão assumir a primeira posição

Fonte: Lancenet

O Brasil, atual líder do ranking da Fifa, vai perder a posição para Espanha ou Holanda, que disputarão o título da Copa do Mundo neste domingo.

O ranking foi atualizado pela última vez em 10 de maio, um mês antes do início da Copa. Então, o Brasil aparecia em primeiro com 1611 pontos, logo à frente da Espanha, com 1565. A Holanda era a quarta, com 1231, atrás de Portugal, com 1249.

Assim, na nova lista, que será publicada no próximo dia 14, a campeã deste Mundial será a nova líder. A única exceção possível ocorre no caso de a Holanda conquistar o título nos pênaltis – com isso, a Espanha, mesmo vice-campeã, seria a primeira colocada.

//

Uruguai, Chile, Paraguai, Gana, Japão, Nova Zelândia e África do Sul são as equipes que mais avançarão na lista, enquanto França, México, Nigéria, Camarões e Honduras são as que mais perderão posições.

Por Cleber Aguiar – Brasileiro salva a vida de Michel Platini

Radialista reanimou dirigente francês após passar mal durante jantar

Fonte: Lancenet

O ex-jogador Michel Platini, que passou mal na noite desta sexta-feira, em Johannesburgo, deve a vida a um brasileiro. O diretor da Rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, Claudio Carneiro, foi o responsável por reanimar o francês, exatamente no momento em que ele passava mal.

Platini estava no restaurante Pigalle, quando passou mal. A equipe da emissora brasileira estava no local, jantando. Carneiro socorreu o francês, que recebeu massagens cardíacas e respiração boca a boca, pois já estava sem pulso. Após ser reanimado, ele foi encaminhado ao hospital.

O radialista não é médico, mas já fez curso de primeiros socorros e por isso se prontificou a atender o francês. A Fifa deve soltar uma nota oficial sobre o ex-jogador na manhã deste sábado. Platini é um dos membros do comitê executivo da entidade.

Por Éder – Protesto contra Felipe no Parque São Jorge

Grupo de torcedores leva faixa criticando a traição do goleiro

Fonte: Lancenet

Na manhã deste sábado, um grupo de torcedores compareceu ao treinamento do Corinthians no Parque São Jorge para protestar contra Felipe. O goleiro, que havia manisfestado seu desejo de se transferir para Europa, não teve sua transferência realizada e despertou antipatia em alguns torcedores.

Com uma faixa com os dizeres: “Fora Felipe traidor. Não respeita a tradição”, os torcedores manifestaram seu repúdio à postura do ex-camisa 1 do Timão.

Felipe seguiu treinando isolado do elenco, mantendo a forma física na academia do clube.

Ronaldo, Dentinho, Moacir, Jorge Henrique e Dodô continuaram longe dos gramados, na sequência de seus respectivos tratamentos. A novidade na academia do ceproo foi Danilo que, poupado do treino no campo, realizou apenas atividades físicas leves.

Já para os jogadores que foram a campo a atividade foi desgastante. Comandada pelo preparador físico Eduardo Silva, os atletas participaram de atividades físicas até ficarem, visivelmente, esgotados.

No domingo, todo o elenco ganha folga. O próximo compromisso do Corinthians será na quarta-feira, quando enfrenta o Ceará, no retorno do Campeonato Brasileiro.

Por Allisson – Palmeiras perde na despedida do Palestra

Palmeiras dá adeus para o Palestra com derrota

Verdão joga melhor, mas sofre em jogadas de bola parada e acaba sendo derrotado por 2 a 0 pelo Boca

Antes do jogo, muita festa. Homenagem a grandes palmeirenses da história, como Ademir da Guia e Evair, e a ídolos da atualidade, como Marcos. A torcida fazia uma bonita festa para se despedir de sua casa nos últimos 93 anos.

Porém, o que começava como uma grande comemoração, acabou com gosto de ressaca na boca dos palmeirenses. O Verdão perdeu para o Boca Juniors por 2 a 0 e viu problemas antigos, como a falta de pontaria do ataque, voltarem. Apesar de ter tido mais posse de bola e dominado a partida, a equipe alviverde viu o Boca aproveitar duas chances em bolas paradas e sair de campo com a vitória.

Os dois times começaram o jogo cautelosos, mas já era possível perceber que o jogo não seria tão ‘amistoso’. Logo aos 4 minutos do primeiro tempo, Méndez fez falta dura em Lincoln e tomou o primeiro cartão amarelo.

O Palmeiras parecia melhor no jogo. Com mais posse de bola e com o time argentino errando muitos passes, o Verdão chegava constantemente à área do Boca, mas sempre com dificuldades para finalizar.

Porém, aos 19 minutos, a equipe alviverde tomou um golpe inesperado. Cañete bateu falta de muito longe, o goleiro Bruno deu rebote e Viatri abriu o placar para o Boca Juniors. Culpa da Jabulani?

O Verdão partiu com tudo para o ataque e em boas jogadas de Lincoln, chutando de fora da área, e Kleber, de cabeça, poderia ter empatado a partida. Mas, novamente, quando dominava a partida, o Palmeiras sofreu com a bola parada.

Cañete cobrou escanteio, a bola ficou pingando na área do Palmeiras, mas a defesa não conseguiu tirar. Sobrou para Muñoz, que bateu forte e aumentou a vantagem do Boca Juniors.

No segundo tempo, a história se repetia. O Palmeiras tinha mais posse de bola e as melhores chances de marcar, enquanto o Boca marcava forte e errava passes. Mas o Verdão pecava demais nas finalizações e não aproveitava bem as jogadas de bola parada.

Vendo o Palmeiras melhor em campo, os jogadores do Boca começaram a apelar para a catimba. Qualquer falta era motivo para a maca entrar em campo. O goleiro argentino chegou a receber cartão amarelo por retardar uma cobrança de tiro de meta.

Mas, se o Boca segurava a partida, o Palmeiras também não conseguia aproveitar suas chances de marcar. Em falta na entrada da área do Boca, Marcos Assunção teve a melhor chance de marcar o primeiro gol do Palmeiras, porém acabou chutando para fora.

Com um Palmeiras com muita vontade, mas sem qualidade na finalização, e com o Boca esfriando o jogo, a despedida do Palestra Itália acabou mesmo 2 a 0 para o Boca Juniors.

FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS 0 X 2 BOCA JUNIORS

Estádio: Palestra Itália, São Paulo (SP)
Data/hora: 9/7/2010 – 17h30 (de Brasília)
Árbitro: Cléber Wellington Abade (SP)
Auxiliares: Daniel Paulo Viosi (SP) e Vicente Romano Neto (SP)
Renda/público: R$ 1.214.512,00 / 17.786 pagantes
Cartões amarelos: Cleiton Xavier e Vitor (PAL); Méndez, García e Muñoz(BOC)
Cartões vermelhos: Nenhum
GOLS: Viatri, 19’/1ºT (0-1); Muñoz, 38’/1ºT (0-2)

PALMEIRAS: Bruno (Deola, Intervalo), Vitor, Maurício Ramos (Léo, Intervalo), Danilo e Gabriel Silva; Edinho, Márcio Araújo (Vinícius, 24’/2ºT), Cleiton Xavier e Lincoln (Marcos Assunção, Intervalo); Ewerthon (Tadeu, Intervalo) e Kleber. Técnico: Flávio Murtosa.

BOCA JUNIORS: Lucchetti (García, Intervalo), Muñoz, Cellay e Insaurralde; Marín, Méndez, Erbes, Cañete (Colazo, 17’/2ºT) e Monzón; Mouche (Gonzales, 41’/2ºT) e Viatri (Blandi, 43’/2ºT). Técnico: Claudio Borghi.

Fonte: Lancenet