ICFUT – Bruno entrega-se no Rio .

Fonte: Globo.com

Delegado confirma que Bruno se entregou à polícia

Segundo ele, jogador do Flamengo se apresentou na Polinter do Andaraí.
Ele é acusado de ser o mandante do sequestro de uma ex-namorada.

Alícia Uchôa Do G1 RJ


Bruno se entregou à polícia nesta quarta-feira
(Foto: Reprodução/TV Globo)

GOleiro Bruno

O delegado Felipe Ettore, da Divisão de Homicídios do Rio, confirmou na tarde desta quarta-feira (7) que o goleiro Bruno se entregou na Polinter do Andaraí, na Zona Norte do Rio. O jogador será levado para a DH do Rio, na Zona Oeste. Antes, porém, deve passar pelo Instituto Médico Legal para exame de corpo de delito.

Ettore disse também goleiro foi indiciado como o mandante do sequestro de Eliza Samudio, sua ex-namorada que está desaparecida desde o início do mês de junho. Ele disse que o menor que prestou depoimento na terça-feira (6) e o amigo do atleta Luiz Henrique Ferreira Romão, conhecido como Macarrão, foram os executores do sequestro de Eliza.

Bruno e Macarrão tiveram o pedido de prisão temporária decretada na manhã desta quarta-feira (7) e estão foragidos. O delegado disse que 15 equipes da DH do Rio estão nas ruas à procura dos dois. À tarde, policiais estiveram na casa da ex-mulher do goleiro, Dayanne, para ver se Bruno estava lá. Eles também procuram um carro do jogador.

O delegado disse que o depoimento do menor ajudou na investigação. “Ele esclareceu muitos elementos e dúvidas que se tinham até então, muitos detalhes informados que depois de checados fizeram essas informações se sustentarem,” disse o delegado. Ele confirmou também que o menor teria testemunhado o estrangulamento de Eliza, mas que o delegado disse não lembrar quem seria o assassino segundo o menor.

Denúncias

Desde a noite de terça-feira (6) até o início da tarde desta quarta-feira (7), o Disque-Denúncia do Rio recebeu 15 ligações sobre a possível localização do goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes. As informações são do próprio órgão.Ainda de acordo com o Disque-Denúncia, desde o dia 26 de junho até esta quarta-feira (7) foram recebidas 30 ligações sobre o desaparecimento de Eliza.

No mesmo período, o Disque-Denúncia 181 de Minas Gerais recebeu 120 denúncias sobre o desaparecimento de Eliza Samudio, de acordo com a assessoria de imprensa do Instituto Minas Pela Paz. O 181 é um serviço da Secretaria Estadual de Defesa Social em parceria com o instituto. Desse total de denúncias, 30 teriam saído do Rio de Janeiro.

A assessoria do Instituto Minas Pela Paz afirmou ao G1 que não se manifesta sobre o teor das denúncias, pois se tratam de casos em investigação.

Pedido de Habeas Corpus
Um dos advogados do goleiro Bruno, Michel Assef Filho, afirmou que vai entrar com pedido de habeas corpus. Ele esteve no Fórum do Rio nesta manhã para pegar a cópia do pedido de prisão temporária do atleta do Flamengo. Assef informou que não sabe onde Bruno está.

“Eu vou impetrar um hc (habeas corpus) porque no meu entendimento não há fundamento para a prisão. Assim que eu conseguir contato com Bruno claro que ele vai se apresentar à polícia”, afirmou o advogado.

Sobre o depoimento do menor na terça-feira (6), que teria complicado a situação do goleiro e de seu amigo ‘Macarrão’, Michel Assef Filho disse que ainda vai decidir se pede a anulação do depoimento.

Interrogatório
O jovem de 17 anos, que foi apreendido pela polícia na casa do goleiro, prestou depoimento por mais de sete horas na terça-feira (6), na Divisão de Homicídios do Rio. O interrogatório pode ajudar a polícia a desvendar todo o mistério em torno do desaparecimento de Eliza. Ele foi levado para Minas, para ajudar nas investigações que estão centralizadas por lá.

O adolescente foi encontrado na casa do jogador na tarde desta terça-feira, após uma denúncia. O goleiro Bruno estava em casa e abriu a porta para os policiais. De acordo com a polícia, o depoimento do menor foi considerado esclarecedor, apesar de ele ter entrado em contradição várias vezes. Durante o interrogatório, ele confirmou que Eliza está morta.

Segundo a polícia, o adolescente mentiu em alguns momentos. No interrogatório, de acordo com a polícia, ele contou que ajudou o Luiz Henrique Romão a levar Eliza Samudio e o bebê do Rio para o sítio do goleiro, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG).

ICFUT – Larissa Riquelme cumpri promessa e sai nua em revista.

Fonte: Globo.com

Jornal paraguaio divulga fotos do ensaio nu de Larissa Riquelme

Modelo afirma que ‘leões guaranis merecem homenagem’

Por GLOBOESPORTE.COM Assunção, Paraguai

O jornal paraguaio “Diário Popular” publicou na edição desta quarta-feira fotos do ensaio nu da modelo Larissa Riquelme. Uma foto da musa da Copa do Mundo ilustra a capa do diário, com uma frase da atriz: “Os leões guaranis merecerem esta homenagem”

Larissa Riquelme ensaio nuTrês fotos do ensaio de Larissa Riquelme foram divulgadas no site do jornal paraguaio (Reprodução)

A edição traz um poster com imagem da modelo, que prometeu tirar a roupa caso a seleção do Paraguai fosse campeã mundial. Depois, alterou a promessa, dizendo que a cumpriria caso a equipe derrotasse a Espanha e chegasse às semifinais. Após a eliminação da seleção guarani da Copa nas quartas de final, Larissa disse que iria fazer o ensaio em homenagem ao esforço dos jogadores na África do Sul.

Larissa Riquelme na capa do Diário Popular. A vitória da Holanda virou canto de página (Reprodução)

Capa Diário Popular - Larissa Riquelme

ICFUT – Justiça libera busca em casa ,que estaria o corpo de Eliza.

Fonte: Globo.com

Justiça emite mandado de busca em casa onde estaria corpo de Eliza

Policiais chegaram ao local seguindo orientações de adolescente.
Jovem teve relacionamento com goleiro Bruno e sumiu no início de junho.

Do G1, em São Paulo e em Minas Gerais


Imagem aérea mostra movimentação na rua em
que fica a casa citada por adolescente em
depoimento (Foto: Reprodução/Globo News)

Movimentação na rua em que fica a casa citada por adolescente em depoimento

A Justiça de Minas Gerais emitiu, no início da tarde desta quarta-feira (7), um mandado de busca na casa em que estaria o corpo de Eliza Samudio, em Vespasiano (MG). De acordo com o Tribunal de Justiça mineiro, o pedido do mandado foi feito pela polícia e levado aos agentes que estão no local.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, as equipes chegaram ao local orientadas pelo menor que prestou depoimento, na terça-feira (6), no Rio de Janeiro. Ele foi levado para Minas Gerais e acompanha os agentes.

Os policiais se preaparam para entrar no imóvel. Além de policiais civis e militares, bombeiros especializados em escavações estão no local.

A rua foi isolada. Curiosos já se aglomeraram perto da barreira policial.

Segundo os vizinhos, a casa pertence a um ex-policial afastado por mau comportamento, que tem três filhos. Os moradores da região dizem que o imóvel abriga cães bravos. No portão, há uma placa de alerta sobre os cachorros.

A casa fica perto da lagoa onde bombeiros realizaram buscas no início desta semana. A polícia havia recebido uma denúncia de que o corpo de Eliza foi jogado na lagoa.

Eliza Samudio está desaparecida há quase um mês. Ela teve um relacionamento com o goleiro Bruno, do Flamengo, no ano passado, e brigava, na Justiça, pelo reconhecimento da paternidade do filho de 4 meses, que seria do jogador. O atleta é suspeito de envolvimento no sumiço de Eliza.

Rua foi interditada (Foto: Ismar Madeira/TV Globo Minas)

Rua foi interditada e agentes aguardam para entrar em imóvel

Nesta quarta, a Justiça do Rio decretou a prisão de Bruno e de um amigo dele, Luiz Henrique Romão, conhecido como Macarrão. Em referência ao mesmo caso, a Justiça de Minas Gerais expediu sete mandados de prisão e um mandado de internação provisória. O nome de Macarrão está nesta lista. Cinco pessoas foram presas. Bruno e Macarrão são considerados foragidos, segundo a polícia.

Um dos advogados do atleta, Michel Assef Filho, já afirmou que vai entrar com pedido de habeas corpus.

Além de Macarrão, o advogado Firpe representa Dayane Souza, mulher de Bruno, e outras duas pessoas que foram alvos de mandados de prisão. Dayane foi presa em casa, em Belo Horizonte.

Fonte: Lancenet.com.br

Bruno é procurado no Rio por 15 equipes da Polícia

Goleiro pode se entregar ainda nesta quarta-feira em Minas

Pelo Disque-Denúncia, Polícia já recebeu dez denúncias do possível paradeiro de Bruno

Mauro Graeff Júnior RIO DE JANEIRO

Considerado foragido da Justiça, Bruno é procurado no Rio de Janeiro por 15 equipes da divisão de homicídios da Polícia. Até o momento, a Polícia já recebeu dez denúncias através do Dique-Denúncia sobre o possível paradeiro do jogador.

A Polícia já tem um mandado de prisão temporária para Bruno, mas ele não foi encontrado na madrugada desta quarta-feira em sua casa no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Links – Para Alemanha x Espanha Copa 2010

Por Alexandre – Eu até gostaria que o felipão fosse técnico da seleção.

Boa tarde Palestrinos!

Você palmeirense ou torcedor do Brsil, já deve ter ouvido falar em alguns veículos de comunicação, que Luis Felipe Scolari, poderia dividir as funções de ténico da seleção e do Verdão.

Pois é, imagine nuestro Pipo Scolari, sendo técnico do Palmeiras e da seleção.

Imaginem o tanto de jogador, que escolheria para jogar no Palmeiras em detrimento a outros clubes só para ficar mais perto do técnico da seleção e por consequência da própria seleção.

Também teríamos mais chances de nossos jogadores serem convocados, e com isso uma melhor valorização de nossos atletas no mercado da bola.

Imaginem que nosso clube irá aparecer muito mais na mídia nacional e internacional.

Acho que temos mais a ganhar do que perder com essa divisão de funções do Felipão. Aliás, seriedade não falta a este senhor por onde passou, e aqui não vai ser diferente, e mostrará o caráter e competência que o acompanham até hoje em sua vitoriosa carreira.

Se fossem outros técnicos não concordaria, mas o Felipão merece o auge na carreira, e sempre mostrou amar a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Portanto, Felipão assuma o clube mais importante do país, em conjunto com a seleção mais importante do mundo.

Sendo assim, palmeirense vamos aderir a esta campanha.:

FELIPÃO NA SELEÇÃO E NO VERDÃO!

Abraços!

Alexandre

Por José Reis – Flamengo cria comissão para demissão de Bruno.

Fonte: Terra.com.br

Fla cria comissão para tratar de possível demissão de Bruno

Goleiro Bruno Foto: Márcia Feitosa/Vipcomm/DivulgaçãoBruno está treinando longe dos companheiros desde a última semana
Foto: Márcia Feitosa/Vipcomm/Divulgação

Direto do Rio de Janeiro

A assessoria do Flamengo informou, nesta quarta-feira, que vai criar uma comissão para analisar uma possível demissão do goleiro Bruno, suspeito do desaparecimento da estudante Eliza Samudio, 25 anos, ex-amante do jogador. O clube vai aguardar o fim das investigações para tomar uma decisão.

De acordo com Bernardo Monteiro, assessor da presidência, o clube criará uma comissão de desembargadores para analisar o caso e passar as informações para a presidente Patrícia Amorim e assim tomar uma decisão. O assessor afirma que, no momento, o clube acredita que não exista nada de concreto contra o goleiro.

Bruno tem contrato com o Flamengo celebrado pela leis trabalhistas, mas não possui compromisso de imagem – a diretoria afirma que puniria o jogador caso ele estivesse ferindo a imagem do clube o que, na visão dos dirigentes, ainda não aconteceu.

Sobre as declarações e eventos polêmicos envolvendo o jogador, como a festa com prostitutas no sítio dele em Minas Gerais e a frase “quem nunca saiu na mão com uma mulher” dita em defesa do amigo e atacante Adriano, o clube afirma não ter punido o jogador por acreditar que qualquer sanção não influenciaria positiva ou negativamente o jogador, evitando assim um crime de maior proporção.

Através da assessoria, o diretor de futebol Zico afirmou que também não vai se pronunciar sobre o caso.

ICFUT – Menor diz que Eliza Samudio foi estrangulada !

Fonte: Globo.com

MPRJ diz que menor afirmou que Eliza morreu por estrangulamento

Ex-namorada do goleiro do Flamengo está desaparecida desde junho.
Menor que estava na casa de Bruno prestou depoimento nesta terça.

O Ministério Público do Rio de Janeiro divulgou nota em seu site nesta quarta-feira (7) em que afirma que o menor que prestou depoimento sobre o desaparecimento de Eliza Samudio, ex-namorada do goleiro Bruno, disse que ela teria sido morta por estrangulamento. Ela está desaparecida desde o início de junho.

Na terça-feira (6), após o depoimento do menor, a polícia afirmou que ele teria dito que Eliza estava morta, mas não havia dado informações sobre como a morte teria ocorrido. O atleta do Flamengo teve a prisão temporária decretada nesta quarta e é procurado pela polícia.

Advogado de Bruno vai entrar com pedido de habeas corpus

Michel Assef Filho diz que não sabe onde está o goleiro.
Ele vai decidir se pede a anulação do depoimento do menor na terça.

Um dos advogados do goleiro Bruno, Michel Assef Filho afirmou que vai entrar com pedido de habeas corpus. Ele esteve no fórum do Rio na manhã desta quarta-feira (7) para pegar a cópia do pedido de prisão temporária do atleta do Flamengo. Assef informou que ele não sabe onde Bruno está.

“Eu vou impetrar um hc (habeas corpus) porque no meu entendimento não há fundamento para a prisão. Assim que eu conseguir contato com Bruno claro que ele vai se apresentar à polícia”, afirmou o advogado.

Sobre o depoimento do menor na terça-feira que teria complicado a situação do goleiro e de seu amigo ‘Macarrão’, Michel Assef Filho disse que ainda vai decidir se pede a anulação do depoimento.

“Esse depoimento a gente também vai averiguar se há alguma nulidade no depoimento porque me parece que foi uma pessoa que acompanhou como representante legal desse menino, não seria sequer parente dele. Ele tem 17 anos, e ele precisava estar acompanhado de um parente, de um representante legal. Eu ainda vou ter conhecimento desse depoimento e aí sim vou poder me manifestar sobre ele”, disse Assef.

Bruno foi visto treinando pela última vez no Centro de Treinamento do Flamengo na sexta-feira (2). Ele não falou com a imprensa. Na terça-feira (6), um dos advogados do escritório que defende o goleiro, Monclar Gama, disse que Bruno estava na casa no momento em que a polícia chegou para levar um menor, que prestou depoimento sobre o caso. O depoimento dele levou aos pedidos de prisão desta quarta.