Por Cézar Alvarenga – Sanchez fala da copa e Timão.

Fonte: Lancenet.com.br

Andrés Sanchez é o único a falar no desembarque em São Paulo

Mandatário corintiano pediu calma aos jogadores

Andrés foi o único membro da delegação brasileira que desembarcou em São Paulo e falou (Crédito: Tom Dib)

Andrés  foi o único membro da delegação brasileira que desembarcou em São Paulo e  falou

LANCEPRESS!

O chefe da delegação brasileira no Mundial da África do Sul, Andrés Sanches, foi o único a se pronunciar, na manhã deste domingo, na chegada a São Paulo. O mandatário corintiano pediu tranquilidade aos atletas e confirmou o óbvio, a tristeza dos jogadores com o resultado.

– Os jogadores estão tristes, pois estávamos lá para sermos campeões. É um momento que eles precisam ter de tranqüilidade – disse Andrés.

Questionado sobre a justiça do resultado, Andrés ressaltou o fato de que o Brasil teve oportunidades para definir a partida na primeira etapa, quando foi muito superior à Holanda.

Andrés Sanchez volta com muito trabalho ao Corinthians

Presidente retorna ao Timão para tratar questões de estádio, saída de Felipe, contratação de reforços…

Andrés Sanchez foi o chefe de delegação brasileira durante o Mundial da África. Mesmo assim, ele não esqueceu do Timão (Crédito: Ari Ferreira)

Guilherme Cardoso 

 

Mesmo sem ter jogadores no grupo da Seleção Brasileira, eliminada da Copa do Mundo da África do Sul, o corintiano vive a expectativa do retorno do Brasil, hoje. Tudo porque, o presidente do clube e chefe da delegação, Andrés Sanchez, está de volta. E logo em sua chegada, o dirigente não vai ter descanso. Para quem reclamou do excesso de tempo livre durante a disputa do Mundial, nada melhor do que ter trabalho. Então, mãos à obra.

A definição sobre o futuro estádio do Timão e as possíveis mudanças no elenco (com a contratação ou venda de jogadores, e a renovação de contratos) são apenas alguns dos assuntos a serem definidos pelo mandatário corintiano. Apesar da certa tranquilidade dentro de campo com a liderança e a parada do Brasileirão, fora dele as coisas andam agitadas no clube.

Durante a ausência de Andrés, o primeiro vice-presidente, Roberto de Andrade, e o diretor de futebol, Mário Gobbi Filho, foram os responsáveis pelas decisões relativas ao futebol. O primeiro até cuidou de algumas tratativas da negociação do goleiro Felipe com o Genoa (ITA). Já o segundo foi o responsável por conduzir a renovação e a liberação do zagueiro Paulo André com o Le Mans (FRA). Mesmo assim, uma coisa é certa: as decisões só foram tomadas após uma aprovação do mandatário do clube.

Dois assuntos ilustram bem a importância de Andrés no Alvinegro: as conversas sobre o futuro estádio do clube e a renovação de contrato do zagueiro Chicão. Ao contrário das negociações de Felipe e Paulo André, esses temas só acabarão com a presença do presidente.

Durante o mês, Roberto de Andrade até soltou um comunicado oficial pedindo prudência e calma na discussão do Conselho Deliberativo sobre a nova casa corintiana. Já no caso do defensor, Mário Gobbi revelou o interesse do Corinthians em manter o camisa 3, mas as conversas só teriam seu início a partir do retorno de Andrés.

Se os jogadores são peças importantes na luta pelo título brasileiro, o presidente tem se mostrado crucial nas decisões fora dele. E a música do retorno à Série A nunca caiu tão bem: “Eu voltei, agora pra ficar, porque aqui é o meu lugar.”

Casos já resolvidos:

Mudanças no elenco
Na reapresentação, em 15 de junho, o clube anunciou as saídas de Marcelo Mattos, Balbuena e Escudero. O primeiro não teria seu empréstimo renovado (o vínculo termina em 12 de agosto). Já os outros não agradaram. Escudero até já foi emprestado ao Argentinos Juniors (ARG). Além dele, o volante Bruno Octávio também foi cedido, mas para o Bahia.

Paulo André fica!
Primeira opção na reserva, o zagueiro estava emprestado pelo Le Mans (FRA) até 20 de agosto. Após muita negociação, os clubes entraram em acordo. O zagueiro vai ficar mais dois anos no Timão. O jovem atacante Fernando Henrique foi cedido aos franceses. Mário Gobbi filho cuidou da negociação.

Assuntos para resolver:

Estádio
Dia 15, o Conselho Deliberativo volta a se reunir para discutir o projeto de Guarulhos. Andrés defende o estádio em Itaquera.

Novo goleiro
O clube já liberou Felipe e aguarda detalhes da negociação. O Timão agora procura outro goleiro. Dida, Gomes, e D. Cavalieri são opções.

Quem fica?
Vários jogadores já foram sondados, mas o clube nega ter recebido propostas. Chicão vai conversar para renovar o vínculo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s