Por Silvana – Melhor notícia do dia – “Dunga não é mais técnico da Seleção Brasileira”

Treinador assumiu o cargo após a Copa do Mundo de 2006

Fonte: Lancenet

Com a eliminação do Brasil da Copa do Mundo, se encerra também o ciclo de Dunga no comando da Seleção. Em entrevista coletiva após a derrota para a Holanda, o treinador afirmou que está deixando o cargo:

– Já se sabia bem que eu ia ficar quatro anos desde que cheguei à Seleção.

Dunga assumiu a Seleção logo após o mundial de 2006, em um empate com a Noruega por 1 a 1. Ele conquistou a Copa América, Copa das Confederações e terminou as Eliminatórias na primeira colocação. Dunga também treinou o Brasil nas Olímpiadas de 2008.

Por Vander – Kleber dispara: ‘No Corinthians, não jogo’

Atacante é o convidado do ‘Papo com Benja’ desta semana; Confira a íntegra da entrevista aqui!

Fonte: Lancenet

A chegada de Kleber ao Palmeiras, somada à contratação de Luiz Felipe Scolari, reanimou uma torcida que andava desacreditada.

Em entrevista ao Papo com Benja, nesta quinta-feira, na Academia de Futebol, o Gladiador revelou que até os atletas do Verdão admitiam o desânimo pelo mau momento da equipe. “Estávamos mortos, sem esperança”, disseram companheiros a Kleber.

Hoje, o camisa 30 é, inclusive, chamado de Sassá Mutema, personagem protagonista da novela “O Salvador da Pátria”, exibida em 1989, pela Rede Globo.

E, para alegria dos palmeirense, sentenciou: nunca vestiria a camisa do rival Corinthians.

Como explicar tanta idolatria da torcida palmeirense?
É uma coisa louca para mim. Nunca tinha passado por isso. Mas sempre demonstrei muito carinho pelo Palmeiras, assim como hoje guardo muito carinho pelo Cruzeiro. Vou guardar os dois clubes no meu coração.

A torcida parece considerá-lo tão ídolo quanto Marcos…
O Marcão conquistou o maior título da História do Palmeiras, que foi a Libertadores. Ele é um caso à parte, foi o principal jogador dessa conquista. Ele, para mim, é o maior ídolo do Palmeiras. Até incomodava quando o Palmeiras passava por momento difícil. Só se falava em Kleber e Valdivia. Nós ganhamos o Paulista e classificamos o time para a Libertadores. Foi uma passagem boa. Mas eu tinha ídolos pelas conquistas. E eu fiz muito pouco ainda pelo clube. Eu voltei para conquistar títulos.

O estilo guerreiro contribuiu para você virar ídolo?
Também, mas não é só isso. Tem de ser bom jogador. Ser bom jogador e ter atitude, ajuda muito. Às vezes, você vê jogador que é bom, mas não tem sangue na veia, não corre. Isso faz o torcedor ver você de maneira diferente. O Pierre é outro exemplo, um cara que dá sangue. A torcida quer ver isso.

Pela expectativa da torcida, hoje você tem mais responsabilidade do que em 2008, não?
Depende do ponto de vista. Já estão me chamando de Sassá Mutema. Mas não é assim. Não adianta chegar só um ou dois jogadores. Tem de ter um time bom, um elenco bom. Muitos jogadores, de outros clubes, falaram para mim: “Você é louco de ir para o Palmeiras.” Um monte de jogador não quer jogar aqui, pelo momento ruim, pela pressão e, às vezes, por ouvir falar de salário atrasado. Mas é lamentável ouvir atleta dizer que não quer jogar no Palmeiras. Eu falo: “Você que é louco, não sabe o que é jogar no Palmeiras”.

Teve um jogo, pelo Cruzeiro, em que você até dedicou o gol para a torcida palmeirense…
É que, na época, muitos palmeirenses falavam: “O São Paulo não pode ser campeão, tire o São Paulo.” Eu ouvia isso até em casa. Meu pai e meus irmãos são corintianos. Minha mãe é palmeirense. A família sempre gostou muito de futebol. Meu avô, palmeirense, até já foi preso, porque meteu fogo na camisa do Corinthians, enrolada com a do Brasil, na época da ditadura. Isso era um crime na época. Foi uma briga de bar, discussão de futebol. Meu avô era fanático.

A família influencia na hora de escolher um clube?
O maior sonho do meu avô era me ver jogar pelo Palmeiras. Ele morreu e não teve essa oportunidade. Mas o maior sonho do meu pai era me ver ganhando a Libertadores pelo Corinthians. Ele era alucinado por isso. Mas o tempo vai passando e a família começa a torcer mais pelo filho. Hoje, meu pai fala: “Fica no Palmeiras e faz uma história legal no clube. A torcida gosta muito de você.”

Em 2009, você poderia ter ido para o Corinthians?
Andrés (Sanchez, presidente alvinegro) conversou com o Pepe (Giuseppe Dioguardi, empresário). Mas não aconteceu. Eu, sinceramente, não jogaria pelo Corinthians. Hoje, em São Paulo, só jogo no Palmeiras. E, em Minas, só no Cruzeiro. Foram nos dois clubes que eu me senti em casa, me senti ídolo, e fui tratado como um jogador de verdade.

Hoje, no Palmeiras, o astral é outro com você e Felipão.
O que eu sinto de mais importante é a motivação dos jogadores. Quando cheguei, dois dias depois, os jogadores falavam: “Nós estávamos mortos, não tínhamos mais esperança alguma. Depois que você veio, e o Felipão veio, mudou tudo.” É muito legal ouvir isso. Ganhar um Brasileiro pelo Palmeiras não tem nada que pague, não tem dinheiro no mundo. Vamos lutar muito para ganharmos esse título.s


ICFUT – Depois de hoje uma piadinha para descontrair !

Prezado Técnico,

Há um ano e meio troquei o programa [Noiva 1.0] pelo [Esposa 1.0] e
verifiquei que o Programa gerou um aplicativo inesperado chamado [
Bebê.exe] que ocupa muito espaço no HD.

Por outro lado, o [Esposa 1.0] se auto-instala em todos os outros
programas e é carregado automaticamente assim que eu abro qualquer
aplicativo.

Aplicativos como [Encontro_Com_A_Turma 0.3], [Noite_De_Farra 2.5] ou
[Domingo_De_Futebol 2.8], não funcionam mais, e o sistema trava assim que
eu tento carregá-los novamente.

Além disso, de tempos em tempos um executável oculto (vírus) chamado
[Sogra 1.0] aparece, encerrando abruptamente a execução de um comando. Não
consigo desinstalar este programa.

Também não consigo diminuir o espaço ocupado pelo [Esposa 1.0] quando
estou rodando meus aplicativos preferidos.

Eu gostaria de voltar ao programa que eu usava antes, o [Noiva 1.0], mas
o comando [Uninstall.exe] não funciona adequadamente. Poderia ajudar-me?
Por favor!

Ass: Usuário Arrependido

RESPOSTA:

Prezado Usuário,

Sua queixa é muito comum entre os usuários, mas é devido, na maioria das
vezes, a um erro básico de conceito: muitos usuários migram de qualquer
versão [Noiva x.0] para [Esposa 1.0] com a falsa idéia de que se trata de
um aplicativo de entretenimento e utilitário.

Entretanto, o [Esposa 1.0] é muito mais do que isso: é um sistema
operacional completo, criado para controlar todo o sistema.

É quase impossível desinstalar [Esposa 1.0] e voltar para uma versão
[Noiva x.0], porque há aplicativos criados pelo [Esposa 1.0], como o
[Filhos.dll ], que não poderiam ser deletados, também ocupam muito espaço,
e não rodam sem o [Esposa 1.0].

É impossível desinstalar, deletar ou esvaziar os arquivos dos programas
depois de instalados. Você não pode voltar ao [Noiva x.0] porque
[Esposa1.0] não foi programado para isso.

Alguns usuários tentaram formatar todo o sistema para em seguida
instalar a [Noiva Plus] ou o [Esposa 2.0], mas passaram a ter mais
problemas do que antes (leia os capítulos ‘Cuidados Gerais’ referente a
‘Pensões Alimentícias’ e ‘Guarda das crianças’ do software [CASAMENTO].

Uma das melhores soluções é o comando [DESCULPAR..EXE/flores/all] assim
que aparecer o menor problema ou se travar o micro.

Evite o uso excessivo da tecla [ESC] (escapar).

Para melhorar a rentabilidade do [Esposa 1.0],aconselho o uso de
[Flores5.1], [Férias_No_Caribe 3.2] ou [Jóias3.3].

Os resultados são bem interessantes.

Mas nunca instale [Secretária_De_Minissaia 3.3],[Antiga_Namorada 2..6]
ou [Turma_Do_Chopp 4.6 ], pois não funcionam depois de ter sido instalado o
[Esposa 1.0] e podem causar problemas irreparáveis no sistema.

Se você tivesse procurado o suporte técnico antes de instalar o
[Esposa1.0] a orientação seria: NUNCA INSTALE O [ESPOSA 1.0]

Agora….. Boa sorte!

Suporte Técnico

ICFUT – Brasil 1×2 Holanda Copa 2010


Ficha técnica: Holanda 2 x 1 Brasil

Porto Elizabeth – África do Sul

FICHA TÉCNICA
HOLANDA 2 X 1 BRASIL

Local: Nelson Mandela Bay, em Porto Elizabeth (África do Sul)
Data: 2 de julho de 2010, sexta-feira
Horário: 11 horas (de Brasília)
Árbitro: Yuichi Nishimura (Japão)
Assistentes: Toru Sagara (Japão) e Hae Sang Jeong (Coreia do Sul)
Cartões amarelos: Heitinga, Van der Wiel, De Jong e Ooijer (Holanda); Michel Bastos (Brasil)
Cartão vermelho: Felipe Melo (Brasil)
Gols:
HOLANDA: Felipe Melo (contra), aos 8, e Sneijder, aos 22 minutos do segundo tempo; BRASIL: Robinho, aos 9 minutos do primeiro tempo

HOLANDA: Stekelenburg, Van der Wiel, Heitinga, Ooijer e Van Bronckhorst; Van Bommel, De Jong e Sneijder; Robben, Van Persie (Huntelaar) e Kuyt
Técnico: Bert Van Marwijk

BRASIL: Júlio César; Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos (Gilberto); Gilberto Silva, Felipe Melo, Daniel Alves e Kaká; Robinho e Luís Fabiano (Nilmar)
Técnico: Dunga

Link – Para Uruguai x Gana – Copa 2010

Por Silvana – E o BRASIL SILENCIA !!!! AGORA É TRICOLOR NA LIBERTADORES !!! Aí simmm

Por Silvana Sãopaulina equipe ICFUT – Pois é brasileiros, mas uma Copa perdida, jogada fora, nesta nova página da história do Futebol Mundial, desta vez teve como principal instrutor o Sr. DUNGA, que na minha opinião, desde o início não escalou o que tinha de melhor espalhado pelo Brasil, e sim fez um “cata” pelo mundo, montando a Seleção Internacional Brasileira, vamos dizer que …  com uma boa defesa, um meio de campo fraco e um ataque que conseguiu até ter seu brilho na figura de Luis Fabiano e Robinho, mas não foi o suficiente. Em nome da equipe ICFUT, venho dizer a todos  os brasileiros BOLA PRA FRENTE BRASIL !!! VAMOS GANHAR A LIBERTADORES PRA VOCÊS  !!! Não desanimem o TRICOLOR MAIS AMADO DO MUNDO TRARÁ PARA NÓS  BRASILEIROS, A VITÓRIA QUE A SELEÇÃO BRASILEIRA NÃO CONSEGUIU !!! Por tanto Palmeirenses, Flamenguistas, Santistas, Corintianos, não fiquem de cabeça baixa, juntem-se a nós NAÇÃO TRICOLOR e a alegria logo logo voltara a reinar… AVANTE TRICOLOR !!!!! TRAGA A ALEGRIA PARA A NAÇÃO BRASILEIRA !!!!!

BRASIL NÓS ESTAREMOS AO SEU LADO SEMPRE !!!! 2014 SERÁ NOSSO !!!

Por Silvana – Deus vai querer a Argentina na final’, diz Maradona

Técnico demonstra otimismo antes do duelo decisivo com a Alemanha

Fonte: Lancenet

O técnico da Argentina, Diego Maradona, disse que “Deus vai querer” sua seleção na final, demonstrando otimismo antes da partida de sábado contra a Alemanha pelas quartas de final da Copa da África do Sul.

A declaração de Maradona aconteceu durante entrevista à emissora “Canal 13”, da Argentina, na qual encontrou velhos amigos de seu clube de bairro e até mesmo com Ricardo Bochini, companheiro da seleção argentina que conquistou a Copa do México em 1986, e que foi o ídolo de sua juventude.

– Deus queira que estejamos na final (…) e Ele vai querer – afirmou treinador.

Argentina e Alemanha decidem neste sábado, às 11h (de Brasília), no estádio Green Point, na Cidade do Cabo, uma vaga nas semifinais da Copa da África do Sul.