Por Alexandre – Por que só o Cippulo que não sai?

Boa tarde Palestrinos!

Nestes dias fomos supreendidos com a notícia de que o aprendiz de técnico Antonio Carlos e o jogador Robert brigaram dentro do ônibus do Palmeiras na volta do Rio de Janeiro, após o “maravilhoso” empate com o fortíssimo Vasco da Gama, sendo que o citado jogador e mais outros do elenco voltaram por volta das 5:00 horas da manhã, quando o retorno da folga era às 03:00 horas.

A torcida está cansada destes jogadores sem comprometimento, se o aprendiz de técnico teve culpa, os jogadores que não estão nem aí para o Palmeiras muito mais.

Já temos um time limitado, agora por sua vez temos um time baladeiro. Será que o problema é técnico, sim acho que é um dos problemas, em conjunto com jogadores que pensam que o Palmeiras é um parque de diversão, bem como uma diretoria incompetente.

Fica uma pergunta para o dirigente, o comandante de futebol do Palmeiras. Todo mundo foi demitido por incompetência ou desavenças, e o Plameiras continua um caco, e o Sr. a frente deste caco, será que não está na hora do Sr. pegar o seu banquinho e sair de mansinho???

Abraços!

Alexandre

ICFUT – Giro pelo Futebol 20/05/2010

Fonte: Futebolinterior.com.br

Camisa da Seleção Brasileira é a mais vendida na internet.

» Maradona atropela repórter em entrevista coletiva. Veja o vídeo
» Líder! Camisa da Seleção Brasileira é a mais vendida na internet
» Flu terá retorno de atacante matador contra o Corinthians
» Nordestinos têm as melhores médias de público das Séries A e B
» Fifa aprova projeto arquitetônico do Beira-Rio para a Copa 2014
» PF abre inquérito contra dirigentes de time do Brasileirão
» Eu já sabia! Ex-meia do Guarani acerta com time da Série B
» Sortudo! Ex-lateral de São Paulo e Fluminense se casa com atriz
» Desafiando gigantes! Bugre encara maratona “Missão Impossível”
» Ponte Preta segue indefinida e conta com retorno de ex-Timão
» Uefa define árbitro da decisão da Liga dos Campeões
» França terá novo treinador após a Copa do Mundo
» Superstição! Ônibus da Seleção é o último a chegar em Joanesburgo
» Vai começar! Seleção Brasileira inicia preparação atrás do hexa
» Vai dar certo? Torcidas organizadas se reúnem em busca da paz
» Agora sim! Técnico festeja volta por cima no São Paulo
» Técnico campeão pelo rival deve fechar com o Boca Juniors
» Ídolo do São Paulo vai virar comentarista durante a Copa
» Fim da carreira! Ídolo do Atlético-MG confirma aposentadoria
» Polêmica! Conselheiro do Palmeiras critica jogadores evangélicos
» Coritiba desmente interesse em ex-meia de Palmeiras e Timão
» BOMBA! Banco pode bancar técnico campeão mundial no Palmeiras
» Brasileiro é cortado da lista oficial da Seleção Espanhola
» Jogadores do Santos rebatem provocações de presidente do Grêmio
» Brasiliense contrata ex-lateral de Guarani, Grêmio e Flu
» Copa União: Adiamento irrita diretoria do Sampaio Corrêa
» Série C: Antigo ídolo do Rio Branco pode voltar ao clube
» Reforço! Vasco demonstra interesse em meia de time do Brasileirão
» Grito da Galera: Gaúchos desrespeitam nosso Brasil!
» Fluminense espera acertar com ex-atacante de Cruzeiro e Goiás
» Série C: Técnico critica duramente a CBF por divisão de grupos
» Bahia terá estreia de ex-meia do Corinthians contra a Ponte Preta
» ONDE ANDA: Roberto Baggio, homem que “deu” o tetra ao Brasil
» Zagueiro da Seleção Inglesa afirma que irá parar após a Copa
» Diretoria do Fluminense promete ir atrás de volante do Palmeiras
» Cheio de graça! Dorival agradece torcida e 2º tempo do Santos
» Dirigentes do Cruzeiro revoltados com a expulsão de Kleber

Por Éder – Timão pode ter Ronaldo no final de semana.

Fonte: Agora-SP

Ronaldo encara chuva e deve voltar contra maior vítima

Marcos Guedes
do Agora

Em alta, Souza marcou nas duas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, ajudou a colocar o Corinthians na liderança e ganhou uma série de elogios. Mas todos no clube estão loucos para que o ainda fora de forma Ronaldo volte a ocupar o seu lugar.

Sob comando do preparador Eduardo Silva, o Fenômeno trabalhou debaixo de chuva ontem para reunir melhores condições. Só ficou fora da parte final do treino, uma atividade tática, para evitar maiores riscos no pesado gramado do Parque São Jorge.

“A presença do Ronaldo é muito forte. Saber que ele pode jogar contra o Fluminense é muito importante para dar mais confiança em um momento em que a gente está bem”, afirmou o lateral-direito Alessandro.

Por Cleber Aguiar – Internacional é Brasil na Argentina.

Fonte: Agora-SP

Inter não teme pressão argentina

Não é a pressão do acanhado estádio Dr. José Luis Meiszner –o Centenário–, de Quilmes, na Argentina, que preocupa o Inter.

Mesmo com a torcida do Estudiantes próxima ao campo, no estádio com capacidade para cerca de 25 mil pessoas, o foco do time gaúcho é parar o atual campeão da Libertadores.

“Eles têm tudo para vir pra cima”, espera o atacante Alecsandro. A opinião é compartilhada pelo zagueiro Sorondo. “A pressão vai ser forte desde o primeiro minuto”, disse o uruguaio.

O técnico Jorge Fossati realizou dois treinos antes da viagem para a Argentina. No primeiro, começou testes com o 4-4-2, mas passou para o 3-6-1, com Alecsandro no ataque. Na terça-feira, antes do embarque, o trabalho foi, mais uma vez, todo baseado na escalação com três zagueiros, a mais provável para o jogo.

Por José Reis – Mengão com toda confiança no Chile.

Fonte: Agora-SP

Império do Amor e do colesterol

Agências

Precisando de uma vitória por dois gols de diferença, o Flamengo ganhou motivação extra para o decisivo duelo com a Universidad de Chile, às 22h15 (horário de Brasília), em Santiago, pelas quartas de final da Libertadores.

Gerardo Pelusso, treinador da equipe chilena, disse aos seus comandados que o ataque rubro-negro é formado por dois jogadores gordos.

A preleção do técnico uruguaio foi ouvida pela imprensa chilena e foi parar nos jornais esportivos do país.

“Se a gente não deixar, os dois gordos que jogam ali [Vagner Love e Adriano] não conseguirão chegar perto do nosso gol”, declarou Pelusso.

O tabloide “La Cuarta”, inclusive, apelidou a dupla de “Império do Colesterol”.

A provocação chegou aos ouvidos dos flamenguistas, que ficaram mordidos.

“No futebol, as respostas são dadas dentro de campo. As declarações dele [Pelusso] fazem parte do futebol e nossos jogadores certamente as transformarão em motivação”, disse a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim.

O meio-campista Michael preferiu minimizar o cutucão do adversário. “Já estamos motivados naturalmente e com o nosso objetivo traçado. Nesta época de jogos decisivos, acontecem essas coisas, mas sabemos lidar com isso.”

Para o armador, o Flamengo não poderá se desesperar para conseguir reverter a vantagem que a Universidad conquistou no Maracanã. “Temos totais condições de reverter o resultado.” Por ter perdido por 3 a 2 no Rio, o Fla necessita de um triunfo por dois gols de diferença ou qualquer vitória com mais de quatro gols marcados

Por Cezar Alvarenga – Novas frases dos ônibus das seleções

A FIFA divulgou as frases que estarão estampadas nos ônibus que transportarão as 32 seleções da Copa 2010. Aqui vai sugestões de frases mais adequadas para cada seleção:

Por Rafael Klein

África do Sul: Futebol aqui é preto no branco.

Alemanha: A caneca é nossa!

Argélia: Sem essa de nadar, nadar, nadar e morrer nas dunas.

Argentina: Gracias, Dunga.

Austrália: Tirando onda dos adversários.

Brasil: Um ônibus, 10 volantes.

Camarões: Um time meio sem cabeça, mas cheio de pernas.

Chile: Um país inteiro tremendo de esperança.

Coreia do Norte: Vamos bombar nesse mundial!

Coreia do Sul: Vamos nos matar em campo. Mas se o jogo for contra a Coreia do Norte, matamos eles.

Costa do Marfim: Vamos, Elefantes! E ai de quem trombar com a gente.

Dinamarca: Ficaremos com os louros da vitória.

Eslováquia: Perdemos a Tcheca, mas não perdemos a honra.

Eslovênia: Pela milésima vez, não temos nada a ver com a Eslováquia.

Espanha: Não vamos fazer feio: convocaremos a Penélope Cruz.

Estados Unidos: Ê ô, ê ô, o Osama é um terror.

França: Desodorantes podem estar vencidos, o time nunca.

Gana: Gatos em pele de leões.

Grécia: Chuto, logo existo.

Holanda: Ônibus ecológico: fumaça só do lado de dentro.

Honduras: Em busca de um sonho. Ou pelo menos de um presidente.

Inglaterra: Chá com a gente.

Itália: A Copa do Mundo é massa.

Japão: A gente caberia numa van, né?

México: Se buscamos nosso lugar ao sol, porque temos que usar esses malditos sombreros?

Nigéria: Vamos tirar a barriga da miséria.

Nova Zelândia: Mas que diabos da tazmânia estamos fazendo aqui?

Paraguai: Copa do Mundo por apenas R$ 1,99.

Portugal: Seremos campeões em plena Ásia!

Sérvia: Vai dar Zebracovic.

Suíça: Vamos dar um chocolate neles.

Uruguai: Gaúcho é a mãe, tchê.

Por Vander – Adilson Batista plano B

Fonte: O Estado de São Paulo


Adílson Batista é plano B para um ‘não’ de Scolari

Palmeiras ainda aguarda Felipão, mas, se perceber que negócio será inviável, vai tentar fechar com o treinador do Cruzeiro

Daniel Akstein Batista – O Estado de S.Paulo

A decisão do próximo treinador do Palmeiras está nas mãos de Luiz Felipe Scolari. Se ele der um sinal positivo, a diretoria vai esperá-lo até o fim da Copa do Mundo, em que vai ser comentarista de uma emissora de tevê sul-africana. Caso o clube perceba que será difícil contar com o técnico, o plano B entrará em ação: Adílson Batista, que pode deixar o Cruzeiro depois da eliminação de ontem na Libertadores.

Felipão é sonho antigo da torcida e de diretores, que veem nele o único salvador para a crise que assombra o time há meses. Mas há alguns problemas que o impedem de fechar logo contrato. A questão financeira, segundo cartolas, seria o menor deles ? o treinador já manifestou interesse em ficar mais um tempo na Europa e deve receber convites em breve de outros clubes.

O presidente Luiz Gonzaga Belluzzo confirmou ontem a primeira opção para o cargo deixado por Antônio Carlos. “O Felipão é consagrado, identificado. Se tiver disponível, disposto, conversaremos com ele. Seria muito bom tê-lo de volta”, disse à Rádio Bandeirantes. O cartola, porém, admite ser difícil trazer o experiente treinador para o Brasil. “Não gosto de iludir ninguém, não gosto de dar esperanças ao torcedor do Palmeiras.”

Com a saída de Antônio Carlos, vários nomes surgiram na lista de futuro treinador. Sérgio Soares e Jorginho foram alguns deles, mas a diretoria resolveu contratar alguém mais experiente. Abel Braga e Adílson Batista foram os mais cotados.

O Palmeiras espera resposta de Felipão até amanhã. Os dirigentes vão conversar novamente com ele para saber de seus planos e para falar sobre salários. Caso ele dê alguma esperança, a diretoria vai manter Jorge Parraga no comando até o fim da Copa para esperar o treinador pentacampeão mundial com a seleção. Mas, se a resposta for negativa, uma reunião será marcada com Adílson Batista para tentar sua contratação ? o técnico do Cruzeiro já cogitou a possibilidade de treinar o Alviverde.

Interino. Enquanto não acerta definitivamente seu treinador, o Palmeiras vai a campo no sábado, contra o Grêmio, em casa, com Jorge Parraga. Após a demissão de Muricy Ramalho, em fevereiro, o técnico do time B foi chamado às pressas para comandar os profissionais, mas ficou no cargo interinamente por apenas 24 horas ? Antônio Carlos foi chamado logo em seguida.

“O que vai acontecer no futuro eu não sei. Acredito no meu trabalho e vou abraçar essa oportunidade”, disse. “Vou tentar o máximo de vitórias nestes cinco jogos (até a parada para a Copa). Isso se eu permanecer aqui.”

Parraga está ansioso em seu primeiro jogo no time principal. Contra o Grêmio, aliás, será a última partida do Palmeiras no Palestra Itália. O estádio será fechado para as obras da Arena. “Talvez seja o destino. Já consegui um grande feito que foi subir o Palmeiras B para a Série A2 do Paulista”, lembrou. “Que seja um jogo marcante, inesquecível para o público.” Ontem, no contato com o grupo, Parraga tratou de acalmar os jogadores após as confusões. “Dei apoio e tranquilidade aos atletas”, falou o treinador.