Por Cleber Aguiar – Mengão vai para final da Taça Rio !

Fonte: Gazetaesportiva.net


Vagner Love faz dois gols e bota Fla na decisão da Taça Rio

Com dois gols de Vagner Love, o Flamengo venceu por 2 a 1 o Vasco, neste domingo, e se classificou para a final da Taça Rio. Mesmo sem contar com Adriano, o rubro-negro conseguiu levar a melhor sobre os cruz-maltinos e, na decisão, irá enfrentar o Botafogo. O resultado alivia um pouco a pressão na Gávea, iniciada após o tropeço na Libertadores diante do Universidad do Chile, em pleno Maracanã, na última quinta-feira.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 x 1 VASCO

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 11 de abril de 2010, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Renda: R$ 774.920,00
Público: 24.299 pagantes
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Eduardo de Souza Couto (RJ) e Luiz Antônio de Oliveira (RJ)
Cartões amarelos: Willians, Bruno Mezenga, Toró e Álvaro (Flamengo); Fagner, Márcio Careca, Philippe Coutinho e Titi (Vasco)
Cartões vermelhos: Juan (Flamengo) e Thiago Martinelli (Vasco)

Gols: FLAMENGO: Vagner Love, aos 10 minutos do primeiro tempo e 26 minutos do segundo tempo; VASCO: Thiago Martinelli, aos 31 minutos do primeiro tempo

FLAMENGO: Bruno, Leonardo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Juan; Toró, Willians, Maldonado e Michael (Petkovic); Bruno Mezenga (Kléberson) e Vagner Love (Fabrício)
Técnico: Andrade

VASCO: Fernando Prass; Fagner, Thiago Martinelli, Titi e Márcio Careca; Rafael Carioca (Rodrigo Pimpão), Souza, Léo Gago e Philippe Coutinho (Magno); Elton e Dodô (Carlos Alberto)
Técnico: Gaúcho

Por Cleber Aguiar – Um grande passo para final.

POR CLEBER AGUIAR SANTISTA DA EQUIPE ICFUT –Caros amigos santistas desse blog,tudo que eu disse ficou comprovado o tricolor perdeu mais um clássico,o Rogerinho me mandou um mensagem falando que o juiz robou , o morumbi estava lotando provando que a torcida tricolor só lota no filé ou seja MODINHA.Mandou um abraço com ” MUITA TRISTEZA” para Silvana vai pagar o café da manhã de segunda e Rogerinho vai chorar na cama que é muito mais quente.Um abraço par todos Santista e estamos muito próximo do nosso objetivo que é o título!!! VAI PRA CIMA DELES SANTOS !!!

MORUMBI NOSSO PARQUE DE DIVERSÃO !!!

Por José Reis – Taça Rio: Vasco x Flamengo !

Fonte: O Dia Online


Vasco

Rio – Carlos Alberto já foi visto por muitos como um jogador problemático. Confusões eram comuns em sua carreira, mas desde que chegou ao Vasco esse perfil ficou no passado. A chance de mudar foi encarada como um recomeço, não só em campo como na vida. Foi aí que o camisa 19 recorreu com tudo a algo que tinha esquecido: a fé. Passou a frequentar uma igreja considerada mais ‘mente aberta’ e se entregou.

Além das tatuagens com mensagens religiosas — Carlos Alberto tem, por exemplo, o Salmo 27 no antebraço direito —, o novo acessório que dá ainda mais força é uma pulseira. A frase é a mais simples e direta possível: ‘Deus é o cara’. É com essa simplicidade que ele espera dar mais uma volta por cima na semifinal de hoje, contra o Flamengo.

“Em todos os momentos difíceis, a fé ajuda a ter ainda mais confiança. Sou muito ligado em Deus, e não especificamente em religiões, doutrinas e igrejas. Fé, sim”, afirma o jogador, lembrando que, além de ter ajudado em campo, fora dele se considera um homem muito melhor. “Estou mais tranquilo. Percebi com a idade que nada precisa ser no impulso. Controlo minhas emoções e sinto que isso só me trouxe coisas boas. Até o meu filho”.

Nos últimos dias, além de pedir saúde para a família e proteção para si próprio, Carlos Alberto lembra em suas orações todas as vítimas e pessoas que diretamente ou indiretamente sofreram com o caos causado pelas chuvas no Rio de Janeiro. Para ele, a fé tem que ser abrangente. Não adianta apenas pedir pela saúde própria e fechar os olhospara tantos que precisam. Isso porque o apoiador tem a certeza de que, nesses momentos de tanta dor, só mesmo a fé em Deus para dar um norte a quem está perdido.

“Só Ele conforta. É claro que qualquer lesão que eu tenha ou até mesmo uma derrota me deixa muito abalado, mas não posso fechar os olhos. Meu problema perto de muitos é mínimo. Por isso, digo que se as pessoas abrirem os olhos, não teríamos tanto caos no mundo. Mas isso não é uma fórmula. Se fosse o mundo seria perfeito”, filosofa.

E é com a força dos versos do Salmo que tem gravado (‘O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei?’) que Carlos Alberto espera outra superação em sua vida: uma nova vitória sobre o Flamengo e a chance de disputar a final da Taça Rio: “É o meu maior objetivo”.

Flamengo

Rio – O atacante Adriano está fora do clássico contra o Vasco, neste domingo, no Maracnã. O Imperador voltou a sentir a dor na região lombar, que o tirou da partida desta quinta-feira, contra a Universidad de Chile, pela Copa Libertadores.  Bruno Mezenga será o titular ao lado de Vagner Love na semifinal da Taça Rio.

Nesta sexta, em entrevista coletiva na Gávea, Adriano mostrou-se otimista e disse que estava em condições de entrar em campo, mas que preferia esperar para ver como acordaria no sábado.

“Essa é a hora em que eu tenho de botar a cara mesmo. O grupo precisa de mim e quero ajudar. Hoje (sexta-feira), estou pronto para jogar. Vamos ver como vou acordar amanhã”, disse o Imperador.

O jogador revelou uma hérnia, velho problema do qual já sofrera na Itália, é o responsáve, pela dor nas costas.

ICFUT – Giro pelo futebol 11/04/2010

Fonte: Futebolinterior.com.br

» Inglês: Liverpool empata e fica mais longe de vaga na Liga
» Olímpia 1 x 4 Batatais – Goleada livra Fantasma da queda
» São Carlos 3 x 0 Bandeirante – Águia vence e se mantém na A3
» Italiano: Roma vence e assume a ponta; Milan só empata
» Francana 1 x 3 Barueri – O novato consegue escapar na A3
» Inglês: Manchester United empata e perde chance de virar líder
» RJ: Joel enaltece virada do Botafogo e agradece a torcida
» Drama e emoção até o fim define rebaixados na A3. Confira!
» RJ: Chororô! Cuca reclama da arbitragem e diz que faltou sorte
» A3:Definidos últimos classificados, rebaixados e novos grupos
» DF: Time de Túlio e Ceilândia brigam por vaga, Série D e Copa BR
» Juventus 2 x 1 Araçatuba – Moleque vira e se garante no G8 da A3
» Penapolense 3 x 1 Lemense – Classificação tranquila na Série A3!
» Comercial 1 x 1 XV de Jaú – Bafo mantém a invencibilidade
» Tem grupo da morte! Confira os grupos da segunda fase da Série A3
» Itapirense 3 x 2 Taubaté – Virada espetacular garante permanência
» Torcedores e conselheiros do Juventus discutem durante intervalo
» A3: Composição dos grupos e rebaixados. Situação no intervalo!
» Como assim? Belluzzo diz que Palmeiras está melhor do que em 2009
» Sem receber, treinador não acompanha time rebaixado da Série A3
» Descubra qual clube ostenta a maior invencibilidade atualmente

Por Cleber Aguiar – Robinho despreza vantagem e quer Santos no ataque

Fonte: Terra Esportes

Atacante está confiante para duelo no Morumbi

Em meio ao mistério do técnico Dorival Júnior sobre a escalação do Santos que enfrenta o São Paulo neste domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio do Morumbi, pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Paulista, o atacante Robinho, que ainda não foi confirmado como titular para a partida, dá a receita para os santistas vencerem o duelo contra os rivais.

Embora o Santos jogue com a vantagem do empate por ter feito a melhor campanha da primeira fase, o atacante acredita que a equipe deve atuar com o quinteto ofensivo formado por Marquinhos, Paulo Henrique, Robinho, Neymar e André. Segundo o camisa 7 alvinegro, o segredo é todos ajudarem na marcação e continuarem jogando com velocidade e dribles.

“A gente sabe que temos o regulamento, mas o Santos vai jogar para frente. Não vamos fazer diferente. Humildade para marcar e alegria para jogar. Estamos passando um momento bom e esperamos chegar a final. Não temos que mudar nada, é continuar do mesmo jeito”, afirmou Robinho, que ressaltou não estar preocupado com o esquema tático que será escolhido por Dorival Júnior.

“Nosso time já vem jogando assim e está adaptado (quinteto ofensivo). Mesmo jogando para frente à marcação vai ser forte. A maneira que vamos jogar não tem problema”, disse o atacante.

Dorival ainda não divulgou o esquema tático santista para o jogo. No entanto, o treinador já adiantou que está na dúvida em três formações: 4-4-2 com Neymar e Robinho no ataque, 4-4-2 com a entrada de André e a saída de Robinho ou Neymar, ou a entrada do quinteto ofensivo, formação utilizada pela última vez na derrota para o Palmeiras por 4 a 3, na Vila Belmiro, no dia 14 de março.

Por Silvana – Ta chegando o grande momento, segura coração !!!

Fonte: Terra Esportes

Em fase artilheira, Souto promete comemorar gol contra ex-time

Trocado por Arouca no início da temporada após não ter entrado em acordo salarial para renovar seu vínculo com o Santos, o volante Rodrigo Souto demorou para convencer o técnico Ricardo Gomes de seu real valor. Nos últimos jogos, no entanto, além de ter acertado o setor de meio-campo do São Paulo, o camisa 18 ainda emendou uma fase “artilheira”, tendo marcado três gols (dois contra o Corinthians e um contra o Botafogo-SP). E quer mais.

Confirmado pelo treinador do São Paulo como titular para o primeiro duelo das semifinais do Campeonato Paulista, Souto não negou que sentirá um gosto especial em encarar o time onde conquistou duas vezes o título estadual (2006 e 2007). Mas garantiu: se voltar a balançar as redes, não terá pudor em comemorar.

“Se eu for novamente abençoado, vou comemorar sim, até mesmo pela fase boa que estamos vivendo”, garantiu o volante, em entrevista ao site oficial do São Paulo. “É um reencontro em um bom momento. Estou muito feliz aqui no São Paulo e, agora, tenho esta oportunidade de reencontrar o Santos, que é um clube que eu respeito muito. Sabemos que um terá de ficar pelo caminho. Mas vamos em busca deste título”, continuou.

Souto usou uma experiência vivida com a camisa 8 do time da Vila Belmiro, em 2007, para ilustrar a pequena vantagem que seu ex-time tem sobre o São Paulo – a de atuar por dois resultados iguais para se classificar. E prometeu fazer tudo para que isso comece a ser revertido já no domingo.

“Eles estão jogando com os dois resultados. Já fui campeão usando este regulamento (na ocasião, o Santos perdeu a primeira final por 2 a 0 para o São Caetano, mas venceu a segunda pelo mesmo placar). Temos de fazer um bom jogo para ir para a Vila com segurança. Estamos crescendo em um momento decisivo do ano”, concluiu.

Por Silvana – Dentinho torce por “zebra” na reta final do Paulista

Fonte: Terra Esportes

Atacante quer que troféu fique em Prudente ou Santo André

O atacante Dentinho abre um sorriso tímido ao falar sobre o Campeonato Paulista. Após o Corinthians ser eliminado do torneio, o prata da casa passou a torcer contra os rivais Santos e São Paulo na reta final.

“Estou com Grêmio Prudente e Santo André. Quem passar desse confronto vai levar o caneco. Estamos torcendo para dar zebra”, disse Dentinho.

Sobre o confronto entre São Paulo e Santos, o jogador preferiu não dar palpite. “O Santos está jogando um futebol muito bonito, leve e alegre, mas o São Paulo começou a crescer. Não torço por ninguém. Deixa dar empate, e eles que se virem”, afirmou.

Dentinho ainda não sabe se irá assistir aos últimos jogos do Estadual. O atacante foi um dos atletas que mais ficaram frustrados com o fracasso de sua equipe.

“O Campeonato Paulista fica um pouco triste sem o Corinthians”, disse, antes de se reanimar. “Infelizmente, não deu para nós. Mas vamos nos concentrar para ir bem na Libertadores agora”.

Comentário por Silvana equipe ICFUT: é Dentinho vamos ter que esperar pro ano que vem, quando  um dos clubes que vc quer que seja campeão jogue contra o seu time, aliás, isso é,  se voces conseguirem chegar numa final né …. !!!!

Por Cleber Aguiar – Oeste bate São Caetano e fica perto da final do interior.

Fonte:Futebolinterior.com.br

Oeste_01_ori.jpgItápolis, SP, 10 (AFI) –  Com um gol de Ricardo Bueno, artilheiro isolado do Campeonato Paulista, com 16 gols, o Oeste venceu o São Caetano, por 1 a 0, neste sábado à noite, pela semifinal do Título do Interior, no Estádio dos Amaros, em Itápolis.

Agora o time interiorano tem a vantagem de atuar por um empate, com qualquer placar, nojogo de volta, no próximo sábado, às 16 horas, no ABC, para chegar à decisão inédita. A vantagem inicial era do Azulão, com melhor campanha e entrando na disputa por dois empates.

FICHA TÉCNICA

Oeste 1 x 0 São Caetano

Local: Estádio dos Amaros, em Itápolis-SP.
Renda: R$ 17.010,00
Público: 1.821 pagantes.
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Cartões amarelos: Wilton Goiano, Adriano, Paulo Miranda e Alex Willian (Oeste). Luiz e Hugo (São Caetano).
Gol: Ricardo Bueno, aos 15’/2T.

Oeste
Neneca; Paulo Miranda, Adriano e Cris; Wilton Goiano, Dionísio, Alê, Kleber (Alex Willian) e Fernandinho; Ricardo Bueno (Ricardinho) e Mazinho.
Técnico: João Ricardo.

São Caetano
Luiz; Artur, Glauber, Marcelo Batatais e Bruno Recife; Moradei (Lucas), Jairo, Fernandes e Éverton Ribeiro; Hugo (Eduardo) e Wanderley (Fábio).
Técnico: Roberto Fonseca.

Por A. Tiago – Botafogo na final da Taça Rio !

Fonte: Lancenet.com.br

Caio comemora após marcar o terceiro do BotafogoRICARDO FERREIRA

Talismã decide Clássico Vovô e põe Botafogo na final da Taça Rio

Em jogo nervoso no Maracanã, Alvinegro derrotou Tricolor por 3 a 2

Se o Botafogo estava mais perto da conquista do Campeonato Carioca do que os outros grandes do Rio de Janeiro, essa distância diminuiu mais na noite deste sábado. Em um jogo cheio de surpresas, o Glorioso venceu o Fluminense por 3 a 2, no Maracanã, e garantiu sua vaga na final da Taça Rio. O adversário do Alvinegro na decisão será conhecido neste domingo, na outra semifinal que será disputada entre Flamengo e Vasco.

Caso conquiste o returno do Carioca, o clube de General Severiano levantará o caneco do Estadual antecipadamente, já que faturou a Taça Guanabara.

O Clássico Vovô começou a mil no Maracanã. Apesar de as equipes entrarem em campo com a formação defensiva composta por três zagueiros, Botafogo e Fluminense partiram para o ataque nos minutos iniciais. E logo aos quatro minutos aconteceu o primeiro gol. Túlio Souza levantou bola na medida para Loco Abreu mandar de cabeça, no canto do gol de Rafael: 1 a 0 Botafogo.

Com o placar aberto, inacreditavelmente, a Estrela Solitária se apagou no Maracanã. Após o gol, o que se viu no Maior do Mundo em todo o restante da primeira etapa foi quase um massacre tricolor. Aos oito minutos, após bate e rebate dentro da área, Leandro Guerreiro colocou a mão na bola e o árbitro assinalou a penalidade. Era mesmo um jogo cheio de surpresas: Fred desperdiçou a cobrança, mandando a bola no travessão.

Mas a superioridade do Fluminense se manteve. Com Everton e Conca no meio, o Tricolor criava muitos mais oportunidades e encontrava espaços deixados pelo Alvinegro com facilidade. A recompensa veio só aos 27, quando Diguinho cruzou com categoria para Fred que, aproveitando a bobeada de Antônio Carlos, só teve o trabalho de cabecear para dentro da rede de Jefferson.

O empate alcançado ainda não traduzia o domínio do Flu dentro das quatro linhas. O Botafogo sentia a ausência de Lucio Flavio e não mostrava criatividade na saída de bola. Pressionado com a marcação adiantada do time de Cuca, os contra-ataques do Glorioso paravam muitas vezes antes mesmo do meio do campo. E assim o Fluminense virou. Aos 31, Alan avançou pela direita e tocou nos pés de Fred, que girou com talento sobre Fábio Ferreira e chutou firmemente no canto esquerdo de Jefferson.

A segunda grande chance do Botafogo só apareceu aos 36 minutos, após cruzamento na área, Fahel cabeceou com força, mas a bola passou por cima do gol. Aos 47, outro susto: gol anulado do Fogão. Não foi à toa, já que Herrera, impedido, ajeitou a bola com as mãos e marcou em seguida.

Na volta ao jogo, mudanças no Bota. Joel Santana tirou Sandro Silva e Túlio Souza para colocar Caio e Edno, respectivamente. Deu certo. Com mais mobilidade, o Alvinegro voltou para o segundo tempo com outra cara. Mais veloz, o Botafogo ganhou em poder de fogo com as substituições. Prova disso foi o gol de empate, que partiu dos pés de Edno. O meia levantou bola na área, Fahel se livrou da marcação e guardou a redonda no canto esquerdo do gol de Rafael, que se atrapalhou ao tentar a defesa.

O panorama do Clássico Vovô mudava mais uma vez. Após o empate, o time de Joel reagiu e passou mandar no clássico. A estrela de Joel Santana já havia brilhado uma vez, com o passe de Tulio Souza (escolhido para substituir Lucio Flavio) que originou o primeiro gol. Mas um personagem que definiu momentos importantes para o Botafogo durante a temporada voltaria a decidir, aumentando a estrela do técnico do Glorioso. Caio justificou o apelido de Talismã e, aos 25 minutos, matou bola aérea no peito e chutou de longe para marcar o terceiro do Botafogo. Caixão fechado nas Laranjeiras, festa em General Severiano.

O Fluminense tentou desordenadamente encontrar o gol de empate e até obrigou Jefferson a fazer difícil defesa no fim do jogo, mas o Botafogo dominou o jogo e perdeu chance com Loco Abreu. O time de Joel Santana conseguiu segurar o jogo e garantir a classificação para a final da Taça Rio. Agora o Botafogo está a uma vitória de conquistar o título do Campeonato Carioca.
FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 3 X 2 FLUMINENSE

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 10/4/2010 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Auxiliares: Ricardo Maurício Ferreira de Almeida (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)
Cartões Amarelos: Leandro Guerreiro, Antônio Carlos, Leandro Euzébio, Túlio Souza, Herrera, Alan, Gum
Cartões Vermelhos: Cássio (43’/2ºT)

GOLS: Loco Abreu 4’/1ºT (1-0), Fred 27’/1ºT (1-1), Fred 31’/1ºT (1-2), Fahel 15’/2ºT (2-2), Caio 25’/2ºT (3-2)

BOTAFOGO: Jefferson, Fahel, Antônio Carlos e Fábio Ferreira; Alessandro, Leandro Guerreiro, Sandro Silva (Caio – intervalo), Túlio Souza (Edno) e Somália (Marcelo Cordeiro – 48’/2ºT); Herrera e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana.

FLUMINENSE: Rafael, Leandro Euzébio (Welington Silva – 27’/2ºT), Cássio e Gum; Mariano, Diguinho, Conca, Everton e Julio Cesar (Marquinho – 16’/2ºT); Alan (André Lima – 30’/2ºT) e Fred. Técnico: Cuca