Por José Reis – Mengão x Fogão

Fonte:Lancenet.com.br

Botafogo x Flamengo terá filhos de Papai Joel dos dois lados

Caio, do Alvinegro, e Toró, do Rubro-negro, são seus xodós 

O técnico Joel Santana com seus dois "filhos": o mais "novo", Caio, e o mais "velho", Toró

O técnico Joel Santana com seus dois “filhos”: o mais “novo”, Caio, e o mais “velho”, Toró (Crédito: Paulo Wrencher e Paulo Sérgio)

O técnico Joel Santana não terá olhos apenas para o seu “bebê” alvinegro Caio no clássico deste domingo entre Botafogo e Flamengo, no Engenhão, pelo Campeonato Carioca. Do outro lado do campo também estará um jogador que vai dividir as atenções do Papai Joel: o rubro-negro “Torozinho”.Caio e Toró são os xodós do treinador. Com todo o carinho de uma paizão, Joel adotou os dois jogadores nos treinos e deu oportunidades a ambos. Como presente, ganhou o apelido de papai, além de um atacante que tem salvado o Botafogo em jogos neste ano e um volante que não desistia na marcação quando comandava o Flamengo, em 2007.

– Os dois são meus filhos adotados e ganharam espaço comigo, tanto que Toró continua no time. Torço para que eles joguem muito bem. Mas para ganhar quero que seja o Caio – disse Joel Santana, que não está preocupado com uma possível marcação de Toró na revelação alvinegra.

Inicialmente amuleto do Botafogo e de Joel, Caio entrou aos poucos no time e marcou alguns gols decisivos, como o da vitória na semifinal da Taça Guanabara, contra o Flamengo. Aos poucos, o atacante foi ganhando espaço e justificando o carinho e a confiança do treinador.

– Vou pedir ao Joel para ligar para o Toró e pedir que alivie a marcação (risos). Joel é um treinador que tem muito carinho pelos jogadores e por isso o chamamos de Papai Joel. Mas agora o xodó sou eu. Só quando Toró voltar a jogar com Joel é que poderá falar isso – brincou Caio.

Já Toró poderia dizer que é titular do Flamengo hoje graças a Joel. Quando estava sem chances em 2007, o volante foi abraçado pelo treinador, que o defendeu das críticas, e começou a jogar. A troca de carinhos chegou ao ponto de Joel convidá-lo para a seleção da África do Sul. Como resposta, ouviu que era um segundo pai.

Apesar do bom-humor alvinegro, Toró não entrou no clima. O volante avisou, por intermédio de sua assessoria de imprensa, que não daria declarações ao LANCENET!.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s