Por Eder – Timão só empata no Pacaembu !

Fonte: O Estado de São Paulo

Botafogo acaba com a festa de Ronaldo

Atacante corintiano tem fraca atuação e time do interior arranca bom empate no Pacaembu

Fábio Hecico

A sessão da tarde corintiana teve apenas nove minutos de felicidade: o tempo em que o time esteve à frente no placar diante do Botafogo. Num dia em que nada deu certo, no qual Ronaldo planejava festa e quase passou despercebido e Tcheco só apareceu nos tropeços na bola, o Corinthians cedeu o empate ao time de Ribeirão Preto, por 1 a 1, no Pacaembu, chegou ao terceiro jogo sem vitória no Campeonato Paulista e se complica na luta por uma das quatro vagas às semifinais. Depois de muito tempo em harmonia com a torcida, o time deixou o campo sob sonora vaia. Mais uma prova de que o Corinthians ainda não está pronto para grandes jogos. Depois de levar baile do Santos, a equipe quase não criou ontem e, não fosse Felipe, até poderia ter amargado nova derrota. “Erramos muito, em todos os setores”, reconheceu o lateral Alessandro, que teve uma tarde de altos (como a tabela com Dentinho no gol) e baixos (com falhas para dominar a bola), como quase todos o time.

Ninguém conseguiu se destacar. Nem mesmo Ronaldo. No dia em que comemorou um ano do primeiro jogo corintiano, o Fenômeno ficou marcado por dois chutes para fora, domínios errados de bola e pouca mobilidade. “Mas tínhamos de segurá-lo até o fim, pois tem capacidade para decidir jogos complicados”, justificou o técnico, questionado se o time não jogou com um a menos por ter o centroavante o tempo todo parado.

Agora restam sete jogos para o Corinthians buscar vaga no G-4 e seguir com o sonho do bicampeonato. Domingo o adversário é o São Caetano, em Barueri, na segunda das seis decisões orquestradas por Mano. Vencer e convencer será importante para o time recuperar a confiança da torcida, insatisfeita após apresentação pífia.

Uma semana depois de receber grande público na estreia da Libertadores, desta vez o Pacaembu estava vazio. Não pela desconfiança do corintiano, mas pelo horário nada habitual para um jogo de meio de semana: 17 horas. Mas o corintiano não canta “eu nunca vou te abandonar” por acaso. A bola já rolava e os torcedores chegavam para preencher, ao menos, a parte das organizadas – o público foi de 10.958 pessoas. O sacrifício dos “fiéis” não foi premiado. O Corinthians nada jogou, achou um gol com Dentinho na fase final, mas, merecidamente, cedeu a igualdade a um time que não está no G-4 por acaso. O gol de William manteve o Botafogo entre os melhores e mostrou que, além de marcar com precisão, o clube do interior também sabe atacar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s