Por A. Tiago – Diego Souza ameaça sair !!!

Fonte: O Estado de São Paulo

Diego Souza rebate torcedores e ameaça deixar o Palmeiras

Irritado com as vaias após a expulsão contra o Santo André, meia diz que, se clima piorar, repete atitude de Love

Bruno Deiro

INJUSTIÇADO? – “Ninguém fala que o Diego começou o ano bem e se machucou. Só falam que jogou mal”

Diego Souza chegou ao limite com as vaias no Palmeiras. Ontem, o meia deixou claro que, se as ofensas se agravarem, pode deixar o time do Palestra Itália. “Se eu tiver medo, não seria o caso de continuar no clube. Faria como o Vagner Love, que se sentiu desvalorizado e foi embora. Mas fui muito profissional e vou continuar sendo.”

O meia, visivelmente desmotivado na derrota em casa por 3 a 1 para o Santo André, acabou expulso no fim e saiu de campo bastante vaiado. Desta vez, porém decidiu rebater as ofensas. “Se eles querem vaiar é com eles. Quer vaiar, pode vaiar. Mas que lote o estádio e fique junte com a gente”, disse Diego, referindo-se ao público de menos de 4 mil que esteve anteontem no Palestra. A média no último Brasileiro, porém, foi de 15 mil torcedores. “Está difícil de jogar até em casa, nossa torcida está com paciência zero.”

A relação conturbada de Diego Souza com a torcida alviverde tem se intensificado desde que o Palmeiras deixou escapar o título do Campeonato Brasileiro de 2009. As belas exibições no início da competição renderam convocações para a seleção brasileira e, mesmo com a queda de desempenho, foi eleito o craque do campeonato.

Com atuações apagadas desde o fim do ano passado, no entanto, Diego se sente injustiçado. “Venho sendo criticado desde que terminou o Brasileiro, ser vaiado não é novidade”, disse. “Ninguém fala que o Diego começou o ano bem, com gols, e se machucou. Fiquei 10 dias parado. Só falam que o Diego não fez gol, jogou mal de novo.”

Durante o treino de ontem, Diego Souza foi chamado por Antônio Carlos para uma conversa particular. O meia, porém, evitou comentar o conteúdo do diálogo. De fora do jogo contra o Sertãozinho, amanhã, no Palestra Itália, o jogador promete voltar com outra disposição no clássico com o Santos, dia 14, na Vila Belmiro.

“Não jogo no fim de semana e a próxima semana é cheia . Terei tempo para fortalecimento, preciso estar em forma para render bem”, afirmou. “Bem fisicamente, do meio para a frente posso render mais em qualquer situação, seja como centroavante ou no meio.”

Apesar do clima ruim, Diego garante que ainda tem objetivos no clube. “Minha maior tristeza é não ter conquistado títulos de expressão aqui.” No Estadual, o Palmeiras vive situação complicada. A equipe de Antônio Carlos, com 16 pontos, está a cinco da zona de classificação para as semifinais.

A sete jogos do fim da primeira fase, o meia crê em mudança de panorama. “Não tem nada acabado. Ainda temos chance de classificação”, disse Diego. Ele citou o exemplo de 2009, quando a equipe liderou a fase inicial e nem sequer chegou à decisão. “No ano passado começamos bem, mas no mata-mata é outro jogo. Se a gente avançar, não pense que os outros times vão bater em um cachorro morto, não.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s