POR VANDER – HOJE TEM PALMEIRAS X SANTO ANDRÉ

FONTE: O ESTADO DE SÃO PAULO

Santo André, após queda, se torna a surpresa

Clube renova time, é vice-líder do Estadual e hoje desafia Palmeiras

Bruno Winckler

A campanha do Santo André no Estadual surpreende. Rebaixado no Campeonato Brasileiro de 2009, parecia fadado a um papel de pouco destaque, mas mudou o estilo de jogo e reformulou o elenco para se reencontrar. Hoje, só está atrás do Santos no Paulista. O responsável direto por essa transformação é o técnico Sérgio Soares, que trabalha no clube pela quarta vez desde 2004.

O Santo André é dono do segundo melhor ataque do campeonato com 26 gols, três atrás do líder Santos. “Estamos variando mais nossas jogadas, temos um time veloz, que toca bem a bola, mas também estamos sendo eficientes na bola parada”, avalia Sérgio Soares.

A saída de medalhões como Marcelinho Carioca e Gustavo Nery, além da aposentadoria de Fernando, diminuiu a média de idade do time de 32 anos para 23. “Hoje, do jeito que o futebol é corrido, é preciso ter mais vitalidade”, diz o técnico, que não tira o mérito dos veteranos na construção do time. “Com a experiência deles, jogadores jovens como o Renato Dias e o Bruno César puderam aprender muito.”

Soares atribui a boa campanha do Ramalhão (apelido do Santo André) a outro detalhe: o time não tropeça nas equipes pequenas. Já são cinco vitórias seguidas. “O Sérgio fala que a gente não pode vacilar contra os times pequenos. É nesses jogos que temos mais chances de pontuar”, afirma o meia Branquinho, o homem das bolas paradas na equipe do ABC.

O treinador explica melhor: “Não tenho de motivar o time para pegar um Palmeiras, um Corinthians… É sempre um jogo importante. A motivação parte do próprio jogador. Eu pego no pé, e muito, é para não vacilarem nos outros jogos. É por isso que temos essa gordurinha na classificação.”

Sérgio Soares vê nas próximas três rodadas a grande chance de o Santo André se firmar no G-4. Depois do jogo de hoje, enfrentará o Botafogo, terceiro colocado, domingo, e o Corinthians, quinto, dia 13. “Se depois dessa sequência a gente continuar no G-4, vai ser difícil não nos classificarmos.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s